Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Salgueiro vence Criciúna por 2x1 no estádio Ademir Cunha em Paulista - PE

 
Paulista, PE, 16 (AFI) - O Salgueiro acabou com a sequência negativa de quatro jogos sem vitória e voltou a respirar no Campeonato Brasileiro da Série B na tarde deste sábado, ao vencer o Criciúma, por 2 a 1, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista, pela 11ª rodada. O time catarinense saiu na frente com Rogélio, mas Alemão e Clébson viraram para os pernambucanos.
Com esse resultado, o Carcará do Sertão se distanciou um pouco da zona de rebaixamento e se encontra na 15ª colocação, com 12 pontos. A última vitória havia sido sobre o Goiás, por 2 a 0, no dia 18 de junho. Enquanto isso, o Tigre perdeu a chance de encostar no G4 e figura na nona colocação, com 17 pontos.
Muita movimentação...

Apesar de estar jogando fora de casa, o Criciúma não demorou muito para abrir o placar. Aos dois minutos, Rogélio aproveitou cobrança de escanteio e subiu mais que todo mundo, cabeceando para o fundo do gol. No entanto, a alegria dos catarinenses não durou muito. Logo aos 11, Aloísio levantou a bola para a área e o zagueiro Alemão testou sem chances para o goleiro Andrey.
Animado com o empate, o Carcará do Sertão partiu para cima e quase virou na sequência, quando Fabrício Ceará aproveitou cruzamento de Clebson e mandou pela linha de fundo. Sem conseguir escapar da forte marcação do time pernambucano, os jogadores do Tigre arriscavam bastante de fora da área, mas pecavam nas finalizações. Aos 19, Diogo arriscou da entrada da área e Marcelo fez boa defesa.
Mas não demorou muito para a virada do Salgueiro sair. Aos 22 minutos, Clébson arriscou de fora da área e contou com o gramado molhado para enganar o goleiro Andrey. O Criciúma sentiu um pouco o gol sofrido e quase levou o terceiro na sequência. Elvis invadiu a área e bateu firme, mas a bola explodiu na zaga e saiu.
Mais tranquilo com o resultado positivo, o time pernambucano tocava a bola e esperava contar com falhar do sistema defensivo adversário. O Tigre quase chegou ao empate no último minuto. Aloísio arriscou e Marcelo se atrapalhou todo para fazer a defesa.

Sem muita emoção

Atrás do marcador, o Criciúma iniciou a etapa final em cima do adversário, buscando pelo menos o empate. Aos oito minutos, Schwenck arriscou de longe. A bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo, sem perigo ao goleiro Marcelo. Contando com o apoio de seus torcedores e em vantagem no placar, o Salgueiro tocava a bola e começava a botar pressão.
A chuva atrapalhou muito o estado do gramado, que ficava ainda pior com o passar do tempo. Por isso, os times abusavam dos cruzamentos para dentro da área e também dos chutes de longa distância. O Tigre tinha maior posse de bola, mas pouco assustava o goleiro Marcelo, principalmente devido a boa atuação do sistema defensivo do Salgueiro.
Aos 20 minutos, Zé Carlos cruzou na cabeça de Diogo Oliveira, que cabeceou em cima de Marcelo e perdeu uma grande oportunidade. Sentindo falta de um meia de criação, o Tigre ficava tocando a bola, mas não criava oportunidades. O empate quase saiu em uma do goleiro adversário. Marcelo falhou na saída, mas nenhum jogador catarinense estava atento e aproveitou. No último lance de perigo quase que o Salgueiro faz o terceiro. Fabrício Ceará aproveitou cruzamento e completou de letra, mas a bola explodiu no travessão.

Próximos jogos


O Criciúma volta a campo no próximo sábado, quando recebe o Paraná, às 16h20, no Estádio Heriberto Hülse, pela 12ª rodada da Série B. Por outro lado, o Salgueiro terá pela frente o Sport, na sexta-feira, às 21 horas, na Ilha do Retiro.