Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Sport faz um “jogo chave” com o ABC pela série B do Brasileiro

A derrota para o Criciúma, na última terça-feira, fez com que o Sport, com 43 pontos, voltasse, na rodada passada, ao quinto lugar da Série B, com um pontinho a menos que o quarto colocado, Americana/SP. O problema é que o Leão vai para a segunda partida seguida fora do Recife, hoje, com o ABC, às 16h20, no Frasqueirão, em Natal, e, em caso de nova der­rota, poderá, se ocorrer uma combinação desfavorável de resultados, cair para a sexta colocação da competição nacional. Ou seja, o confronto regional válido pela 27ª rodada da Segunda Divisão tornou-se uma espécie de “jogo chave” às pretensões leoninas visando à classificação para a elite nacional. Porém, segundo o técnico Paulo César Gusmão, de nada adianta “secar” adversários ou coisa parecida se a equipe não fizer a sua parte dentro de campo para seguir na cola dos seus principais rivais.
“Não fizemos a nossa parte diante do Criciúma e, por conta disso, deixamos o G4. Portanto, temos que buscar vencer o ABC sem nos preocupar com o que vai acontecer com times concorrentes à classificação. Não podemos ter dois pensamentos e sim o único foco de buscar a reabilitação na Série B”, avaliou o comandante leonino, que acha natural que ocorram algumas oscilações no Rubro-negro, principalmente nesta reta final de competição. “Isso é normal em virtude do equilíbrio que ocorre na Série B. Ninguém vai ganhar e nem perder todas as partidas que virão pela frente. O que temos que fazer é tentar retomar uma sequência favorável que vinha acontecendo até antes do jogo com o Criciúma”.
Já quando o assunto é a ausência de jogadores importantes como os volantes Naldinho e Hamilton, vetados mais uma vez pelo Departamento Médico, além de César (que vai operar novamente o joelho direito) e Daniel Paulista (com uma fratura no tornozelo direito), que estão fora do campeonato, Paulo César Gusmão preferiu não lamentar muito. Sobre o time, o técnico confirmou, ontem, a entrada de Montoya, que cumpriu suspensão, em lugar de Raul e a de Danilo, que fará a sua estreia, em lugar de Daniel Paulista. No ataque, quem reaparece após um longo período amargando a reserva é Danielzinho. O atacante terá a missão de substituir Willians, que vem sendo um dos principais destaques do Leão na Série B, e está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.
“O futebol é feito de oportunidades e, se Danilo e Danielzinho estão no Sport, é porque ambos têm condições de nos ajudar. Também não queremos mexer muito nas características da equipe e, quanto aos desfalques, a gente fica triste, principalmente pelo fato de ter perdido dois deles com gravidade. Mas não podemos ficar lamentando o tempo todo e temos é que dar força aos que estão entrando no time para que o Sport siga em busca do acesso”, disse o técnico, falando sobre as demais mudanças táticas que vai promover na equipe. “Montoya jogará na zaga pelo lado direito, enquanto Tobi vai mais para a esquerda. Já Rithely atuará mais fixo, como um primeiro volante”.
Entre os jogadores, Danilo, de 22 anos, que já está há três meses no clube e se destacou defendendo o Olaria no Campeonato Carioca, não escondeu a sua alegria em, finalmente, ter a sua primeira oportunidade de vestir a camisa rubro-negra. “Infelizmente, houve problemas com jogadores da minha posição, mas a oportunidade chegou e essa é uma hora boa para estrear”, frisou, falando que, mesmo após um logo período “esquecido”, jamais desanimou. “Procurei sempre participar forte de todos os trabalhos e agora é corresponder, em campo, a confiança do técnico Paulo César Gusmão”.

<