Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Coletivos receberão GPS até janeiro de 2012

Até janeiro do próximo ano todos os coletivos da Região Metropolitana do Recife (RMR) terão que ser equipados por GPS. Esse foi o prazo dado pelo governador Eduardo Campos (PSB), nesta manhã, ao anunciar o novo Sistema de Transporte Público. O Governo de Pernambuco espera que até março de 2012 toda a central de monitoramento esteja em pleno funcionamento.
“Será um salto de qualidade no sistema, como um todo. Ao final do primeiro semestre do ano que vem as pessoas vão sentir o conjunto dessas mudanças”, garantiu Eduardo Campos. Ele explicou que o novo modelo vai dialogar com a segurança, com o conforto e com a qualidade do transporte público da região. “O que levará muitos cidadãos a trocar os seus veículos particulares pelo transporte público”.
A ordem de serviço para a implantação do novo sistema foi assinado hoje no Palácio do Campo das Princesas. De acordo com o secretário das Cidades, Danilo Cabral, que fez a apresentação, a medida vai fiscalizar e acompanhar, em tempo real, a posição e localização dos coletivos, assim como a velocidade em que eles estão trafegando.
Um Centro de Controle e Operações (CCO) vai atuar com computadores e painéis LCD, que mostrarão, em tempo real, o embarque e desembarque das linhas. A tecnologia também será usada nos terminais de integração que já estão em operação na RMR, nos novos terminais anunciados pelo Governo, na semana passada, e nas estações dos principais corredores de transporte da RMR.
O sistema será implantado por um consórcio formado por três empresas pernambucanas, que ganharão a licitação do Grande Recife Consórcio de Transporte. O investimento é da ordem de R$ 20 milhões.

Fonte:
Blog do Magno Martins

Estado antecipa 13º dos servidores


Os servidores públicos estaduais já podem fazer a sua programação financeira para o final do ano. Nesta terça-feira (25), o governador Eduardo Campos anunciou a tabela de pagamento