Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Geraldo vai criar escola de gestão para servidores públicos do Recife

 
A capital pernambucana vai ganhar sua primeira escola de formação de gestores públicos voltada para a modernização e a eficientização da máquina municipal. A criação do Instituto Recife de Gestão (IRG) foi anunciada hoje (06/11) pelo prefeito eleito, Geraldo Julio (PSB), durante reunião com um dos maiores incentivadores das boas práticas no serviço público do País, o empresário Jorge Gerdau, fundador do Movimento Brasil Competitivo (MBC).

"O Instituto Recife de Gestão vai formar quadros com foco na melhoria da gestão e na inovação permanente do poder público municipal", disse Geraldo. "Será uma Organização Social nos moldes do Porto Digital, que vai funcionar de forma autossustentável, captando recursos junto a organismos internacionais como o Banco Mundial e o Banco Interamericano de Desenvolvimento, além de ministérios como o de Ciência e Tecnologia e o de Planejamento, Orçamento e Gestão", complementou.

Para Gerdau, a criação do IRG será um grande legado da administração de Geraldo. "A minha posição é de entusiasmo total pois, se existe um lugar que merece ser apoiado é Pernambuco por tudo o que já foi feito lá. O estado possui hoje, indiscutivelmente, o melhor patamar de gestão do Brasil, o que nos faz enxergar que podemos abrigar também a melhor prefeitura", disse.

O Instituto Recife de Gestão terá um quadro de funcionários próprio e enxuto, além de um conselho formado por secretários municipais e representantes da entidade civil. O Movimento Brasil Competitivo ajudaria na implantação do instituto, que depois "andaria com as próprias pernas". A parceria começou a ser firmada durante o encontro desta terça-feira, em São Paulo, que reuniu ainda o presidente do MBC, Erick Camarano e o seu diretor-presidente, Cláudio Gastal.

A ideia é que os primeiros técnicos do MBC desembarquem no Recife já na primeira semana de 2013 e que o convênio seja assinado em fevereiro. A pedido do prefeito eleito, os alvos prioritários do MBC a partir de 2013 serão as ações de melhoria da gestão do trânsito da cidade e de manutenção e controle urbano (lixo, buracos, iluminação pública, entre outros). "Escolhemos estas áreas por considerá-las uns dos maiores gargalos à qualidade de vida no Recife", explicou Geraldo. Neste primeiro momento, o estudo também vai focar como equilibrar melhor a relação receita vs. despesa na Prefeitura e como dar mais eficiência à folha de pagamento municipal.

Em 2007, o Movimento Brasil Competitivo e o Governo do Estado foram parceiros na implantação do seu programa de gestão que resultou em uma diminuição da ordem de R$ 300 milhões das chamadas "despesas ruins" e no aumento da receita que colocou Pernambuco como o estado que mais obteve crescimento na arrecadação do ICMS. O convênio também possibilitou a implantação dos modelos de monitoramento do Pacto pela Vida e dos resultados de cada escola da rede estadual. Depois da reunião, Geraldo participou da entrega do Prêmio Prefeito Inovador do Serviço Público, oferecido pelo MBC.
Fotos: Carlos Percol/PSB.

Fonte: http://www.umnovorecife.com.br/