Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

TRT DETERMINA QUE 80% DA FROTA DE ÔNIBUS DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE SEJA MANTIDA

Uma liminar expedida, na noite da última sexta (28), pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT 6ª Região) deve diminuir os transtornos aos dois milhões de usuários de ônibus, que enfrentarão o primeiro dia de greve dos motoristas, cobradores e fiscais a partir da 0h da próxima segunda-feira. O desembargador Pedro Paulo da Nóbrega determinou que 80% da frota de ônibus deve ser mantida nos horários de pico, ou seja, das 5h30 às 9h e das 17h às 20h, e nas horas com menos movimento o quantitativo deve circular com 50% do efetivo. “Caso não seja cumprida pelo Sindicato dos Rodoviários, a entidade será punida com uma multa diária de R$ 100 mil”, explicou. A decisão ainda cabe recurso. Até o fechamento desta edição, o sindicato, que representa os trabalhadores, não atendeu as ligações da reportagem da Folha para falar sobre esse assunto.
O Metrorec adicionará mais quatro trens, sendo dois em cada linha. No Centro, a quantidade aumentará de 14 para 16 veículos. Na Sul, a ampliação passará de seis para oito trens. Esse incremento ocorrerá nos horários de pico, isto é, das 6h às 8h 30 e das 17h às 19h 30, mas poderá ser estendido dependendo da demanda. A CBTU estima um crescimento de 20 viagens amais durante este período. As estações do metrô funcionam todos os dias das 5h às 23h. O Grande Recife Consórcio de Transporte irá fiscalizar o quantitativo de 30% do serviço garantido por lei durante o movimento paredista.

A paralisação por tempo indeterminado foi decidida, na última quinta-feira, depois da segunda rodada de negociação entre as classes patronal e trabalhista não finalizar com um acordo. Enquanto o Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco pediu um reajuste de 33%, o Sindicato das Empresas de Transporte Integrado (Urbana) ofereceu 3%. “Os dois principais motivos para este valor é a diminuição em cerca de 7% no número de passageiros do ano passado para este e nós temos uma das passagens mais baratas do País”, explicou o presidente do Urbana, Fernando Bandeira. Em outras duas capitais do Nordeste, Natal e João Pessoa, por exemplo, as tarifas de ônibus são R$ 2,30 e R$ 2,20, respectivamente.

Atualmente, os salários de motorista, cobrador e fiscal é de R$ 1,5 mil, R$ 690 e R$ 970. Em 2012, a greve da categoria foi feita em três dias difer