Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

”Vamos promover o debate sobre os desafios e o futuro de Pernambuco”


O presidente estadual do PTB, senador Armando Monteiro, concedeu entrevista à imprensa nesta sexta-feira (11) para reafirmar o apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff e anunciar a saída do partido do Governo do Estado e da Prefeitura do Recife.  Armando esteve antes com o governador Eduardo Campos (PSB) e com o prefeito Geraldo Julio para comunicar a decisão da legenda, que estava à frente da Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo e do Detran, no governo estadual, além da Secretaria de Saneamento, na gestão municipal.
“Nós integramos a base de apoio da presidente Dilma. A presidente é natural candidata à reeleição. Então, o fato novo que determinou estes movimentos  que fizemos agora é que, a partir da junção dos projetos de Marina Silva e do PSB, nós não temos mais dúvidas  de que  haverá outra candidatura neste campo, que é a do governador Eduardo Campos.  A partir daí, existem duas candidaturas e o nosso partido, o PTB, tem um alinhamento com a presidente Dilma. Ora, se há este alinhamento no plano nacional, no plano regional nós precisamos ter um grau de liberdade, porque pretendemos construir em Pernambuco uma candidatura destes partidos que apoiam a presidente Dilma. Ou seja, nós queremos montar em Pernambuco um palanque para a presidente Dilma, ao lado do ex-presidente Lula e das outras lideranças do PT”, explicou Armando.
O líder petebista disse que após a decisão, a missão do PTB será dialogar agora com os partidos que darão sustentação à candidatura da presidente Dilma, para debater uma agenda de futuro para Pernambuco. “Agora, com um grau de liberdade maior, nós vamos promover um debate sobre os desafios de Pernambuco, a necessidade de formularmos uma agenda para o Estado, e fazer uma discussão com outros partidos, com outras forças políticas do Estado”, disse.
Armando voltou a afirmar que ao longo dos últimos anos Pernambuco teve grandes conquistas, mas ainda tem muitos desafios pela frente:
“Há áreas em que houve avanços indiscutíveis. Em quase