Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Merendeiras que prestam serviço de alimentação para a Prefeitura do Recife ameaçam fazer protesto na próxima segunda - feira (15)

Categoria não recebeu pagamento do salário previsto no quinto dia útil do mês

Cerca de 480 merendeiras que prestam serviço de alimentação em colégios e creches da Prefeitura do Recife ameaçam fazer protesto em frente à PCR na próxima segunda - feira (15). As trabalhadoras reclamam da falta do pagamento do salário do mês de maio, que deveria ser pago até o quinto dia útil deste mês.

A empresa terceirizada ERJ, que faz parte do grupo CBA - Soluções em Benefício Alimentação, alega que há três meses não recebe o valor de repasse da Prefeitura. O Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Refeições Coletivas de PE (Sintercope), filiado à Força Sindical de PE, se reuniu com representantes da empresa terceirizada e definiu um prazo de 72h para que o pagamento do salário possa ser feito. Além do salário atrasado, a empresa não concedeu o auxílio de cestas básicas este mês.

De acordo com o presidente do Sintercope, Paulo da Silva, o sindicato já acionou o Ministério do Trabalho e aguarda uma posição da Prefeitura do Recife e da empresa. "Espero que a empresa tome uma atitude junto com a Prefeitura. O trabalho foi feito, as merendeiras precisam receber o que é de direito delas", explicou Paulo.

SDSCJ na campanha de combate ao trabalho infantil

A data será lembrada com atividades de sensibilização abordagem social.
Ações de conscientização acontecem durante o mês de junho em Pernambuco
 
 
 
 
 
“Não ao Trabalho Infantil. Sim à Educação de Qualidade”. Esse é o tema da
campanha nacional de combate ao trabalho infantil. Em Pernambuco, as ações
estão sendo coordenadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança
e Juventude (SDSCJ), por meio do Programa de Erradicação ao Trabalho
Infantil (Peti). Para marcar o compromisso do Governo do Estado com a
temática, a SDSCJ realiza, na próxima sexta-feira (12), Dia Mundial de
Combate ao Trabalho Infantil, ações de sensibilização em três estações do
metrô. As atividades incluem ações de sensibilização da população. O
secretário da SDSCJ, Isaltino Nascimento, irá participar de uma das
atividades, que acontece na Estação Central de Metrô do Recife, a partir
das 9h.
 
 
 
No dia 12 de junho, as equipes da coordenação do Peti do Estado e do Centro
de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) Regional estarão
nas estações do metrô do Recife, de Joana Bezerra e de Afogados
desenvolvendo trabalho de abordagem social. Essa atividade consiste em
sensibilizar os passageiros que circulam nas estações sobre a campanha
contra o trabalho infantil. Além disso, haverá a buscativa para identificar
casos de trabalho infantil nestes lugares. Caso seja comprovada alguma
situação irregular, a equipe do CREAS encaminhará a criança ou o
adolescente para os serviços socioassistenciais do município ou Conselho
Tutelar, onde serão tomadas as medidas necessárias.
 
 
 
A mobilização contra o trabalho infantil é realizada desde o início deste
mês e conta com uma programação bem diversificada. São oficinas de
artesanato, blitze educativas e cinema sobre a temática, palestras
abordando o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, além de
panfletagem nos principais pontos de cada município. No Grande Recife, elas
iniciaram no dia 5 e vão até o dia 28 de junho. Já nas zonas da Mata Norte
e Sul, no Agreste e no Sertão, a programação está mais extensa. As ações
iniciaram no dia 1º e seguem até o dia 29 deste mês.
 
 
 
*NÚMEROS* – Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD)
divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em
2014, no Brasil, estima-se que 3,1 milhões de pessoas, na faixa etária de 5
a 17 anos, estejam submetidos ao trabalho infantil e 486 mil são menores de
13 anos. Em Pernambuco, existem aproximadamente 146 mil crianças e
adolescentes, entre 5 a 17 anos nesta situação.
 
 
 
*Serviço:*
 
Evento: Campanha “Não Trabalho Infantil. Sim à Educação de Qualidade”
 
Local: Estação Central de Metrô do Recife (as ações também acontecem nas
estações de Joana Bezerra e Afogados)
 
Data: 12 de junho
 
Horário: 9h às 12h

Prefeitura do Paulista é premiada por programa de estágio


A Prefeitura do Paulista conquistou o prêmio Melhor Programa de Estágio 2014, promovido pelo Centro de Integração Empresa Escola de Pernambuco (CIEE). Nesta quarta-feira (10.06), o prefeito Junior Matuto, participou da solenidade de premiação, em um restaurante no bairro do Derby, no Recife. O evento também contou com a presença do secretário de Administração, Lúcio Genú.

            Após receber o prêmio, Junior Matuto relembrou o passado e destacou a importância social do estágio para os estudantes. “Comecei minha vida profissional estagiando no Instituto de Previdência Social dos Servidores de Pernambuco (IPSEP), onde tive a oportunidade de adquiri conhecimento pra vida toda. Fico feliz que a prefeitura esteja ajudando na formação desses jovens e receba esse reconhecimento”, disse.


            Além da Prefeitura do Paulista, única gestão municipal, outras empresas e instituições públicas foram premiadas no evento, entre elas a Celpe, a Companhia de Trens Urbanos (CBTU) e a Secretaria de Defesa Social.

Oposição quer contribuir para diálogo entre servidores e Governo do Estado



Recife - O líder da Bancada da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB), participou nesta quarta-feira (10) de um ato promovido pelos servidores públicos do Estado em protesto à falta de diálogo e esclarecimentos da gestão estadual em relação à pauta de reivindicações dos trabalhadores, especialmente o calendário 2015 de negociação salarial.

Falando aos servidores presentes ao ato, no centro do Recife, o parlamentar sugeriu a criação de uma comissão, composta por deputados estaduais, servidores e sindicatos, para que as conversas com o Governo do Estado possam avançar. “A Bancada de Oposição quer se incorporar a este processo de negociação, ajudando a restabelecer o diálogo entre servidores e Poder Executivo”, se comprometeu.

Costa Filho disse que o Governo do Estado não pode, sob a justificativa de crise financeira, sacrificar os servidores públicos, não apontando sequer para uma perspectiva de negociação. “Até agora não estamos vendo uma agenda de valorização do servidor.  A gestão também não apresentou quais serão os caminhos que poderá tomar para sair do Limite Prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal”, reforçou.

Além da falta de diálogo e de perspectivas para o reajuste salarial, o deputado citou como exemplo de desatenção do governo a situação do Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado (Sassepe). “Mesmo contribuindo mensalmente por este plano de assistência à saúde, Pernambuco tem hoje um dos piores serviços voltado para os servidores públicos. Dificuldade de marcação para o atendimento, falta de médicos, demora na realização de exames, são alguns dos problemas enfrentados diariamente por quem precisa do Sassepe”, avaliou.

Silvio disse que o Estado usa o “aperto” nas contas para não dialogar com os servidores sobre reajuste salarial, mas ao mesmo tempo realiza gastos que classificou de desnecessários. “São gastos que poderiam ser melhor racionalizados em um ano tão desafiador como este que estamos vivendo. Pernambuco é um dos estados do Nordeste que mais vai gastar este ano com passagens, diárias, e material de consumo, e você não vê redução para poder valorizar o servidor”, acrescentou o deputado, lembrando também o alto valor repassado pelo Estado à Arena da Copa, da ordem de R$ 140 milhões.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Pernambuco (Sindserpe), Renilson Oliveira, disse que é muito importante que a Assembleia Legislativa ajude neste processo de diálogo e reivindicações junto ao Governo do Estado. Ele enfatiza que os trabalhadores não podem ser responsabilizados pela crise financeira e denunciou a lentidão nas negociações com a gestão estadual.


Crédito da foto: Bancada de Oposição na Alepe / Divulgação
Assista ao depoimento do deputado Silvio Costa Filho:

Em reunião com deputados, ministro da Integração promete priorizar transposição e Adutora do Agreste

Após encontro com o ministro Mangabeira Unger, a comissão de deputados estaduais que lidera o movimento União pelo Nordeste reuniu-se, em Brasília, com o titular da Integração Nacional, Gilberto Occhi. No encontro ocorrido, nesta terça-feira (09), os parlamentares discutiram a situação de algumas obras que estão em atraso e são consideradas prioridades para Pernambuco como a transposição do Rio São Francisco e a Adutora do Agreste.

Apesar do corte R$ 2,2 bilhões no orçamento da Integração Nacional, o ministro assegurou que haverá recursos neste ano para tocar os principais empreendimentos do Governo Federal no estado. “Questionamos sobre a paralisação da Adutora do Agreste e o ministro nos informou que a obra vai ganhar um novo fôlego. Ficou acordado que o Ministério fará um repasse mensal para o Governo do Estado de R$ 2 milhões para intensificar os serviços”, disse o deputado Miguel Coelho (PSB), que também está coordenando a comissão de fiscalização das obras do PAC.

Na reunião ainda foi discutido o prazo de entrega da transposição e outras de obras hídricas em Pernambuco e na Paraíba. “O ministro nos deu boas perspectivas em relação aos repasses mensais para tocar intervenções estratégicas para segurança hídrica no estado. A transposição não deve ser afetada pelos cortes e será entregue no segundo semestre do ano que vem”, acrescentou o deputado Rodrigo Novaes (PSD).


Também participaram do encontro os deputados Claudiano Filho (PSDB/PE) e Bruno Cunha Lima (PSDB/PB), além do presidente da Codevasf, Felipe Mendes. Na passagem por Brasília, a comissão também visitou os líderes das bancadas do PSB e do PP, Fernando Filho e Eduardo da Fonte.

População do Engenho Maranguape vai desfrutar de nova área de lazer e mercado revitalizado

As obras de construção da praça do bairro do Engenho Maranguape seguem em ritimo acelerado. O espaço vai contar com campo de futebol de areia, quiosque de dominó, aparelhos para exercícios físicos, parque infantil e pista de cooper. A expectativa da Prefeitura do Paulista é de que a nova área de lazer e convivência fique pronta entre os próximos meses de setembro e outubro. O trabalho está sendo coordenado pela Secretaria de Serviços Públicos da cidade.

Nesta quarta-feira (10.06), o titular da pasta, Jaime Domingos, vistoriou o trabalho. “Estou muito satisfeito com o andamento das obras aqui no Engenho Maranguape. Esperamos, inclusive, entregar o equipamento público antes do tempo previsto. Essa ação faz parte de um grande esforço da gestão que visa criar áreas de lazer e convivência em diversas localidades do município, como já fizemos em Maranguape II e no Centro”, frisou.

Atualmente, 15 profissionais estão envolvidos nas atividades. Proprietária de um ponto comercial em frente ao canteiro de obras, dona Maria Lourenço, também conhecida por Bilia, está satisfeita com o trabalho da prefeitura. “Moro na Rua das Andradas há 38 anos e nunca vi uma gestão se preocupar com essa área aqui. Acho que a praça vai ser muito boa pra nossa comunidade”, disse.


Além da construção da praça, a prefeitura também está realizando a requalificação do mercado público do bairro, que fica em frente ao espaço onde vai funcionar a nova área de lazer. O telhado e os banheiros do centro comercial já estão recebendo os cuidados da Secretaria de Serviços Públicos. A intervenção também inclui outros reparos e pintura do centro comercial.