Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Artesãos do Paulista participam da 16º edição da Fenearte

Seis grupos de artesãos do Paulista estão participando da 16ª edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte). O evento, que teve início nesta quinta-feira (02.07) e segue até o dia 12 deste mês, está sendo realizado no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. Os participantes fazem parte da Associação de Artesãos do Paulista, da Associação Paulistense de Arte e Cultura, da Rede de Mulheres do Paulista, do Grupo de Artistas Plásticos do Paulista e da colônia dos pescadores.

Diariamente, oito representantes destes grupos irão expor seus artesanatos, como pinturas em quadro, em tecido, bonecos de pano, esculturas de madeira e crochê. Os produtos serão vendidos nos estandes de números 43 e 44, localizados na Rua três, cedidos pela Secretaria de Turismo e Cultura do Paulista. A verba conseguida com a venda dos artesanatos será revertida para os artesãos e suas associações.

FENEARTE - Neste ano o evento homenageia o poeta popular Lourival Batista, imortalizado como Louro do Pajeú, que faria 100 anos em 2015; e o artesão Manoel Borges da Silva, o Mestre Nuca de TracunhaémA Fenearte é a maior feira de artesanato da América Latina, unindo cultura, gastronomia, moda, decoração, música e artesãos de Pernambuco, do Brasil e de mais 50 países. Serão mais de cinco mil expositores de todo o mundo. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (meia), de segunda a quinta, e R$ 12 e R$ 6 (meia) de sexta a domingo.

Uma novidade para esta edição é a exposição de diversas peças de arte popular, que têm referencia da família Campos. Será um agradecimento ao ex-Governador de Pernambuco, Eduardo Campos, falecido em 2014, e a sua viúva, Renata Campos.

Presidente da FEB faz palestra na FEP

No domingo, dia 05 de julho, o novo presidente da Federação Espírita Brasileira (FEB), Jorge Godinho Barreto Nery, estará no Recife. Neste dia, às 16h, ele ministrará palestra na Federação Espírita Pernambucana (FEP), sobre “Justiça divina na visão espírita”, em homenagem aos150 anos de lançamento do livro O Céu e o Inferno.Goinho é membro efetivo do Conselho Superior da FEB e há mais de 32 anos presta serviços à instituição. É expositor e monitor espírita desde 1983, divulgando o Espiritismo em diversos países, seja como palestrante, ou como organizador de cursos, como o do Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita na Suíça. Aberta ao público, a palestra será proferida na área externa da FEP, na Avenida João de Barros, 1629, no bairro do Espinheiro, Recife. Mais informações pelo e-mail decom@fepernambucana.org.

FEP promove INTECEPE em Escada
A Federação Espírita Pernambucana (FEP) promove neste domingo, dia 05 de julhoIntegração dos Centros Espíritas de Pernambuco (INTECEPE) da Regional 20 - Mata Meridional. Tendo como tema central “Construir o Movimento: saberes e práticas para a união dos espíritos”, com palestra de Ednar Santos, da FEP, o encontro será realizado das 9h às 17h, na Escola Estadual de Referência Monsenhor José Rodrigues de Carvalho, situada à Rua Antônio Ramiro, 37, no bairro Vila Operária, em Escada. Como subtema, o INTECEPE irá discutir sobre “Que movimento espírita nós queremos?”.

Sinregás - PE recebe evento da ANP no Recife

Encontro reuniu sindicatos, revendedores e distribuidores de GLP para tratar de minuta sobre revenda varejista de GLP
O Sinregás - PE (Sindicato dos Revendedores de Gás Liquefeito de Petróleo do Estado de Pernambuco) participou e recepcionou o encontro promovido pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), que discutiu a minuta de resolução sobre a revenda varejista de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo do Brasil Gás de cozinha). O evento aconteceu na tarde da quinta-feira (2) no Park Hotel em Boa Viagem e contou com representantes de revendas e de sindicatos de outros estados além de Pernambuco, como Bahia, Ceará, Paraná e São Paulo.

Durante o encontro, os sindicatos e revendedoras do GLP, mais conhecido como gás de cozinha, questionaram algumas normas estabelecidas pela ANP, como também aproveitaram para esclarecer dúvidas freqüentes a um dos órgãos que é responsável pela fiscalização da revenda e distribuição do GLP. “É de fundamental importância este momento, estamos discutindo e atualizando o novo marco regulatório que vai reger a atividade dos revendedores e também dos distribuidores de GLP”, explica Aurélio Amaral, superintendente de abastecimento da ANP.

De acordo com o superintendente, é importante que todos conheçam, debatam, façam as sugestões, os questionamentos, pois a partir destas sugestões a ANP vai deliberar e vai tomar as decisões que vão interferir na vida do comerciante daqui para frente. “A ANP vai sempre olhar para o mercado, para promover uma concorrência sadia, fazendo com que o produto chegue com qualidade até o consumidor”, explica ele.

Há quase dois anos existe o debate sobre a minuta de resolução sobre a revenda varejista de GLP. “Tudo o que foi apresentado na minuta é passível de ser consolidado e surgir como uma inovação. É um salto de qualidade, de uma modernização, é uma atualização e que já foi fruto de uma série de discussões prévias. Boa parte dos assuntos tem uma solidificação na ANP, já estão amadurecido” completo Aurélio.
“A importância deste evento aqui em Pernambuco foi a participação de estados do Norte e do Nordeste para Pernambuco, pois geralmente esses eventos acontecem no sul. Solicitei à ANP que desse uma prioridade ao nordeste e que viesse à Pernambuco para a gente poder agregar e esclarecer as dúvidas relacionadas à nova resolução que será decidida no próximo mês”, destacou Francinne Gulde, presidente do Sinregás – PE.

Segundo Francinne, as mudanças são importantes para o setor. “Devem ajudar bastante no combate da clandestinidade, que é muito alta aqui no Estado. Esperamos que a nova resolução nos ajude a trazer também certa segurança ao consumidor. As mudanças podem interferir na forma de comercialização, a qual a ANP vai ter mais controle sobre as revendas, promovendo um rastreamento do produto até o consumidor”, finaliza Gulde.

Luciano Holanda, presidente do Sincegas – CE, diz que a ANP nos últimos anos vem passando por uma transformação muito grande. ”Devido ao programa de combate à clandestinidade, a ANP se aproximou mais das revendas, dos sindicatos. E agora com esta nova regulamentação, ela quer ouvir a revenda, para que após a resolução estar pronta, não haja mais questionamentos, então é louvável os sindicatos a nível de Brasil se fazerem presentes, com certeza teremos bons frutos desta nova resolução”, destaca Luciano Holanda.

"Existem pontos positivos e negativos. Mas as minutas trazem uma capacidade de prestação de um serviço melhor. A divergência que os revendedores têm em relação às propostas discutidas são relacionadas à verticalização das distribuidoras. Acho injusto que uma distribuidora possa abrir uma revenda ou ser sócio para concorrer com o setor", revela Eduardo Vasconcelos, revendedor de GLP.

Até o dia 4 de agosto, a ANP irá receber através do site da ANP, as sugestões das revendedoras, distribuidoras e sindicatos relacionadas à revenda varejista do GPL para as alterações na nova resolução. A audiência púbica para definir todas as questões discutidas nos encontros acontece no dia 19 de agosto de 2015 no Rio de Janeiro.

Fernando Bezerra Coelho defende políticas públicas para o desenvolvimento regional em seminário promovido pelo PSB

Recife, 03/07 - Compreender as diferenças regionais do Brasil, para desenvolver políticas públicas que tenham a capacidade de enfrentar as desigualdades, promovendo o crescimento. Esta foi a lógica defendida pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) durante o seminário