Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Hospital de Palmares é outro exemplo da crise na saúde em Pernambuco


“Prédio bonito não trata doença”, diz o deputado Silvio Costa Filho ao denunciar colapso da unidade de saúde, que atende a 22 municípios da Mata Sul

O líder da Bancada da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB), foi pessoalmente ao Hospital Regional de Palmares (HRP) para conferir a série de denúncias que têm recebido sobre a crise no funcionamento da unidade de saúde do município.

O HRP Dr. Silvio Fernandes Magalhães tem registrado pedidos de demissão em massa de médicos, interrupção de serviços ambulatoriais e de especialidades, a exemplo do setor de cardiologia, e atraso de mais de três meses de pagamento da folha salarial dos funcionários, fruto do atraso no repasse de recursos do Estado à Organização Social (OS) Maria Lucinda, responsável pela gestão do hospital.

Responsável pelo atendimento de 22 municípios da Mata Sul – com população estimada de 500 mil habitantes - o hospital vive uma situação de “quase falência”, conforme constatação feita por Costa Filho. O parlamentar ouviu de funcionários que cirurgias eletivas foram suspensas, o setor de obstetrícia não funciona, não há mais atendimento nas áreas de cardiologia, urologia ou geriatria e a emergência atende parcialmente a demanda. Falta de remédios e de lençóis para os pacientes da emergência são outros problemas registrados.

“A população da Mata Sul que precisa de atendimento médico tem se deslocado para a Região Metropolitana do Recife, contribuindo ainda mais para a superlotação de hospitais como o da Restauração e Getúlio Vargas”, afirma o parlamentar. Ele diz que a crise se observa sobretudo na drástica redução de médicos, enfermeiros e profissionais de áreas meio, como o setor administrativo do hospital.

“Todas as semanas médicos pedem para sair por não possuírem as condições adequadas de trabalho e por atrasos nos salários. Funcionários que residem em cidades próximas a Palmares também estão sendo demitidos sob a alegação de que não há condições de se pagar pelo transporte”, relata um funcionário que preferiu não se identificar temendo represálias. Calcula-se que nos últimos meses, mais de 250 funcionários se desligaram do HRP.

Ainda segundo o mesmo funcionário, exames de tomografia não estão sendo realizados, pois o Estado não paga a mais de dois meses a empresa que produz o laudo médico, e, por falta de profissional especializado para manuseá-lo, o aparelho de endoscopia digestiva foi retirado do hospital e enviado para o Recife.

Para Silvio Costa Filho, o colapso do Hospital Regional de Palmares é outro exemplo da severa crise por que passa a saúde pública em Pernambuco. “O hospital foi inaugurado em 2010, tem uma estrutura moderna, mas prédio bonito não trata doença. Ao longo das vistorias que realiza dentro do projeto Pernambuco de Verdade, a Bancada de Oposição tem encontrado uma flagrante queda na qualidade do atendimento à população de hospitais e UPAs do Estado”, reforça.

O parlamentar disse que o atraso de recursos do Governo do Estado às Organizações Sociais que gerem os hospitais e UPAs é um caso que precisa ser tratado com todo o rigor pela gestão Paulo Câmara. “Não é possível que se deixe faltar recursos para uma área como a saúde”, afirma. O parlamentar disse que a Bancada de Oposição quer promover, neste segundo semestre, um amplo debate sobre o padrão de relação entre Governo e Organizações Sociais que atuam na área de saúde em Pernambuco.

Casa Ofício fornece auditório principal do novo Senac

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) de Caruaru instalou uma nova unidade no Agreste pernambucano, na última quarta-feira (29). Dentre as instalações, está o Centro de Convenções Empresário Djalma Farias Cintra, cujo maior auditório, com capacidade para receber aproximadamente 700 pessoas, foi todo fornecido pela Casa Ofício em parceria com a Flexform. “O que eu posso dizer é que a linha adquirida pelo órgão, a Linha Eventum da Flexform, é um dos principais produtos da linha de auditório da Flexform”, ressalta Rafael Pimenta, executivo de negócios da Casa Ofício.

O estabelecimento conta ainda com 29 ambientes educacionais, 11 salas de aulas, 13 laboratórios, biblioteca, espaço de convivência e modateca, além de uma empresa pedagógica e outros dois auditórios. As poltronas foram instaladas no espaço maior visando os grandes eventos que serão realizados no local. “É um produto adequado para espaços amplos e com design elegante, com traços retos. As poltronas de auditório da linha Eventum foram projetadas para oferecer conforto aos usuários e melhor aproveitamento de espaço”, continua Rafael Pimenta.

Todas as poltronas foram desenvolvidas com sistema de fechamento sincronizado do assento e pela utilização de pranchetas escamoteáveis. “De fato o Senac Caruaru equipou o auditório com o melhor produto disponível no mercado nacional e será um importante espaço para o desenvolvimento de Caruaru e região”, concluiu Rafael.

Começa processo de revisão dos Planos Diretores do Cabo e de Ipojuca

A população do Cabo de Santo Agostinho e de Ipojuca estará discutindo mais profundamente a cidade que vai querer para o futuro em oficinas de trabalho que serão realizadas em setembro. As atividades vão apontar, a partir das sugestões de cada participante, os parâmetros que vão compor o novo Plano Diretor Municipal de cada um dos municípios.  Nos encontros serão abordadas questões como qualidade de vida, mobilidade, segurança, entre outros.

Essa semana foi dado o pontapé inicial da ação, com a realização dos Fóruns de Lançamento da revisão das legislações das duas cidades, em cerimônias que contaram com um público significativo, reunindo representantes dos poderes públicos municipal, estadual e federal, além de diversos segmentos sociais, além de agentes financeiros. Em cada evento foram apresentados os participantes dos Núcleos Gestores Participativos, que tem a função de coordenar as atividades vindouras.

Os Planos Diretores deste dois municípios, que são limítrofes, serão revisados separadamente mas de forma integrada e regionalizada. Eles integram o Território Estratégico de Suape (TES) e são diretamente afetados pelos impactos da implantação do Complexo Portuário.  A atualização dos instrumentos normativos é um dos itens necessários para  a implementação da política  de controle urbano e ambiental, buscada pela Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco, Condepe/Fidem, para a região, através do Programa Especial de Controle Urbano e Ambiental do TES. A entidade conta com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a finalidade.

CABO - A cerimônia de lançamento de revisão do Plano Diretor do Cabo de Santo Agostinho ocorreu no auditório do  Centro Administrativo (CAM), e contou com ampla participação popular. O presidente da Agência Condepe/Fidem, Flávio Figueiredo, esteve presente ao evento. Ele enfatizou a importância da participação da população na construção do instrumento normativo.  “A necessidade da revisão do plano diretor é imposta por lei e visa o crescimento da cidade. Mas, é fundamental que haja a união do poder público e da sociedade. Sem essa união o Plano Diretor seria um documento técnico e bem elaborado, mas não teria a sua aplicabilidade de forma efetiva, atendendo harmoniosamente ao bem estar de todos”, avaliou.

Em sua fala o secretário municipal de Planejamento e Meio Ambiente do Cabo, Marcos Germano, que na ocasião representou o Prefeito Vado da Farmácia, destacou a importância da revisão da Lei para o desenvolvimento da cidade, enfatizando que será a primeira vez que o Cabo de Santo Agostinho será visto de forma inserida no contexto metropolitano "O município não é isolado, integra a Região Metropolitana do Recife e a centralidade do território de Suape. A construção de forma integrada faz com que tenhamos soluções em comum para problemas que são conjuntos", acentuou. Ele apontou como aspectos a serem discutidos o eixo de dinamização urbanística da PE-60.  

IPOJUCA -  A população, sociedade civil e poder público, de Ipojuca lotou o auditório da Escola Municipal Santo Cristo para assistirem ao lançamento da revisão do Plano Diretor. O evento contou com a presença do prefeito Carlos Santana e da deputada  estadual Simone Santana, além do diretor executivo da Agência Condepe/Fidem, Luciano Pinto, que representou o presidente da entidade Flávio Figueiredo,  secretários municipais, representantes do poder público e empresariado, e com ampla representatividade da Câmara de Vereadores local.

Luciano Pinto esclareceu aos presentes que o plano diretor aponta as condições necessárias indicadas pela população para se ter um município bom de se viver, "dimensiona as metas a serem buscadas, mas é o município que tem que implantar.Esperamos em Ipojuca, um trabalho consistente e ao final, ter um instrumento normativo para regularizar o município com um desenvolvimento equilibrado”, concluiu.

Já o prefeito Carlos Santana se disse muito satisfeito com a ação, "podemos realmente nos organizar e pensar a Ipojuca do futuro e de forma articulada com os demais municípios da região. É um momento impar na vida dos ipojucanos".  Ele comentou as atuais dificuldades pelas quais o município atravessa, com os altos índices de desemprego na região.  Como expectativa de ações do debate apontou a melhoria das escolas nas áreas rurais, o deficit habitacional e a dimensão dos calçamentos. 

Em ambos os fóruns, os participantes puderam assistir a um vídeo intitulado  "Plano Diretor Participativo - Cidade de Todos", e conheceram detalhes da etapas das atividades de elaboração dos planos diretores, como a realização de oficinas de trabalho, onde poderão apresentar as novas propostas para a construção das cidades. Também será disponibilizado um canal de comunicação direto com a Prefeituras.

Deputado Ossesio participa de inauguração do CER da Fundação Altino Ventura

 
Convidado pela direção da Fundacão Altino Ventura (FAV), na tarde da última quinta-feira (30), o deputado Ossesio Silva (PRB), esteve presente na inauguração da nova etapa do Centro Especializado em Reabilitação (CER) da FAV. A cerimônia foi realizada no bairro da Iputinga, zona Oeste do Recife.
"Há quase 30 anos nosso estado conta com esse trabalho realizado com excelência pela fundação,  que conta com uma equipe de profissionais exemplar, são milhões de pessoas beneficiadas, principalmente, os mais carentes do nosso estado" afirmou o deputado, parceiro da instituição. 
O centro atende cerca de 3 mil pessoas por mês, através do Sistema Único de Saúde (SUS), oferecendo tratamento interdisciplinar com equipe multiprofissional. A instituição, criada em 2005, já trabalhava com deficientes intelectuais e visuais. Com a habilitação para atuar nas área física e auditiva, a unidade passa a ser chamada de CER IV. 

O evento contou com a presença da presidente do FAV, Dra. Liana Ventura, do assessor especial do Ministério da Saúde, Fausto Figueira, o prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), autoridades locais e médicos.

UNIDADE DE SAÚDE JOSE BORGES DE SOUZA II PROMOVE EVENTO VOLTADO PARA SAÚDE DA MULHER

Nesta segunda-feira (03.08) a nova Unidade Básica de Saúde do Paulista, José Borges de Souza II, que funciona na rua Dois, Alameda, promove primeiro evento voltado para mulheres da comunidade.  A ação acontece das 8h às 17h e vai oferecer ao público exames preventivos contra o câncer do colo do útero (Papanicolau) e o de mama (mamografia). 
As fichas de atendimento serão distribuídas entre as mulheres das localidades da Alameda e Jaguarana.  Para se submeter ao exame a paciente não pode ter praticado relação sexual nos últimos três dias, não ter utilizado cremes e duchas e não estar menstruada pelo menos cinco dias antes da realização da coleta.
O evento também contará com palestras sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), saúde bucal, entrega de preservativos e anticoncepcionais. Para participar da ação, as interessadas devem comparecer ao local portando os documentos de identidade, CPF e cartão do SUS.

Maior cocada do mundo chega à marca dos trinta metros

16ª edição da Festa da Cocada acontecerá na praia de Maracaípe com o apoio da Prefeitura do Ipojuca

Além das belezas naturais e pontos turísticos bastante visitados, Ipojuca também é conhecida por curiosidades bem superlativas. Exemplo disso é a produção da maior cocada do mundo. No próximo sábado (01), a iguaria será servida aos turistas e moradores durante a 16ª edição da Festa da Cocada que acontece na praia de Maracaípe com o apoio da Prefeitura do Ipojuca. O evento ainda contará com mais uma novidade: uma feira de artesanato composta por artesãos ipojucanos, incluindo os que participaram da XVI Fenearte. A festa está marcada para acontecer a partir das 17h e contará com shows de Novinho da Paraíba, Banda Sedutora e Obergan e banda.
Este ano, a cocada terá um metro a mais de comprimento, passando dos atuais 29 para 30m. A confecção terá início a partir das 7h da quinta, no local da festa (Rua Principal de Maracaípe, na altura da Igreja Nova Vida e próximo ao Bar do Marcão) e precisará das mãos de 30 pessoas. Os ingredientes também são gigantescos: 1.500 cocos, 400 latas de leite condensado, 500 quilos de açúcar e dois quilos de cravos da Índia. A iguaria 100% nordestina será servida aos frequentadores da festa na quenga do coco, preservando a originalidade do evento.
Um dia antes, na sexta-feira (31), a festa será voltada para a comunidade evangélica. As atrações serão Matuto de Jesus, Pastor Lucas Lima, Banda Luz do Mundo e Teatro de Maracaípe. Os shows acontecerão a partir das 17h e uma mini cocada com cinco metros será servida ao público.
Devido ao grande sucesso e tradição, a Festa da Cocada está para ser incluída no calendário oficial de eventos do Governo de Pernambuco. A Deputada Estadual e Primeira-Dama do Município, Simone Santana, deu entrada no primeiro semestre do ano ao Projeto de Lei nº 175/2015 que está tramitando na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE).
Histórico - A manifestação cultural vem de longe. Em 1999, os moradores do local iniciaram uma brincadeira popular que resultou na produção da cocada que aumenta a cada ano. De lá pra cá, todos os anos, nessa época do mês de julho, um grande número de turistas aproveita os dois dias de comemoração.
PROGRAMAÇÃO
Dia 31/07 - A PARTIR DAS 17 HORAS:
MATUTO DE JESUS;
PASTOR LUCAS LIMA;
BANDA LUZ DO MUNDO;
TEATRO DE MARACAIPE.
DIA 01/08 - A PARTIR DAS 17 HORAS:
DISTRIBUIÇÃO DA COCADA GIGANTE;
QUADRILHA JUNINA QUENTÃO;
OBERGAN E BANDA;
BANDA SEDUTORA;
NOVINHO DA PARAÍBA.
Obs:. Trio elétrico estará estacionado na Beira Mar de Maracaípe, próximo ao Bar do Marcão