Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

EMENDA DE NINHO BENEFICIA PAULISTA

Em solenidade realizada sexta-feira, dia 07, em Paulista, o governador Paulo Câmara e o prefeito Júnior Matuto, ambos do PSB, lançaram o programa Paulista Segurança Cidadã Conectada, que irá beneficiar os bairros do Centro, Jardim Paulista Baixo, Aurora e Maranguape I e II. O projeto, que contará com uma central de monitoramento e 15 câmeras, recebeu uma verba de 802 mil reais, dos quais 680 mil foram destinados por meio uma Emenda Parlamentar do ex-deputado federal Severino Ninho, PSB. Ninho, como é mais conhecido, enquanto foi deputado federal, destinou cerca de 18 milhões de reais em Emendas de sua autoria, beneficiando todos os municípios do litoral norte.

Junior Matuto e Paulo Câmara lançam programa de segurança



Duas semanas após inaugurarem mais uma unidade básica de saúde, o prefeito do Paulista, Junior Matuto e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, cumpriram nova agenda juntos, para assinar a ordem de serviço do Programa Paulista Segurança Conectada. O município é o primeiro do estado a receber e implantar os equipamentos do Projeto “Crack, é Possível Vencer”, criado pelo Governo Federal.  A cerimônia de lançamento da ação aconteceu em frente à sede da prefeitura, nesta sexta-feira, 07. 

O programa vai implantar no município uma central de monitoramento com 15 câmeras espalhadas pela cidade, monitorado por equipes da Guarda Municipal do Paulista e do 17º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). Para atuar de forma integrada ao trabalho, um ônibus, duas viaturas e cinco motocicletas foram adquiridos pelo município. Os automóveis foram cedidos pelo Ministério da Justiça.


A princípio, o programa abrangerá o bairro de Maranguape I como projeto piloto. Os recursos utilizados na ação foram obtidos em um convênio com o Governo Federal e são de aproximadamente R$ 800 mil. As 15 câmeras serão instaladas em até 60 dias nos bairros do Centro, Jardim Paulista Baixo, Aurora, Maranguape I e II.
Para estimular o convívio em sociedade e a inclusão digital, o projeto escolheu três praças do município para receberem pontos de internet gratuita, a partir do sistema de Wi-Fi. Os locais escolhidos ficam nos bairros de Jardim Paulista Baixo e Maranguapes I e II.      
Ainda como parte das ações do Segurança Conectada está a divulgação do número 0800.200.6400 para a manutenção da iluminação pública na cidade. O atendimento funciona de segunda a sexta, das 07h30 às 17h30. Com o objetivo de garantir um maior número de vias beneficiadas, a Prefeitura do Paulista convoca a população a apoiar o projeto.



O prefeito Junior Matuto destacou a utilidade do programa ao município. “O ganho da iniciativa não é para mim, mas para o cidadão. Uma parceria como esta é importante para mostrarmos que podemos carregar o fardo de administrar a cidade e trazer melhorias para Paulista”, refletiu.
O governador Paulo Câmara aproveitou o encontro para elogiar a atual gestão do Paulista.”É muito bom fazer parcerias com Paulista. É bom saber que nós só temos o trabalho de ver que tudo foi feito como planejado”, concluiu.

Visita ao Mercado Público de Paratibe - Ao sair do evento de inauguração do Programa Paulista Segurança Conectada, o prefeito do Paulista, Junior Matuto, e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, seguiram para uma visita ao canteiro de obras do novo mercado público de Paratibe. Durante a vistoria, eles fizeram questão de perguntar sobre o andamento dos serviços e se informar sobre o cumprimento do cronograma de atividades. Os recursos para a construção do centro de compras fazem parte de um convênio com a Secretaria Estadual das Cidades e equivalem a R$ 12,3 milhões.
O empreendimento vai beneficiar mais de 100 mil pessoas da comunidade e bairros vizinhos. O mercado será erguido em pré-moldado com uma área total coberta de 4.700m². A estrutura vai contar com 136 boxes, quase o dobro do quantitativo existente no mercado atual. O espaço interno será dividido em setores com a proposta de acomodar hortifrutis, açougues, pescados, grãos em geral, entre outros. No local, também serão montados pontos de convivência, como: praças arborizadas, lanchonetes e áreas de acessibilidade.
Após a inspeção, o prefeito Junior Matuto aproveitou para falar da importância do trabalho. “Essa é uma obra que vai mudar completamente à vida, não só dos moradores do bairro de Paratibe, como também do município. Estamos mostrando que apesar do momento difícil a cidade do Paulista continua em ritmo acelerado. Seguimos lutando pela cidade, sempre com o intuito de mostrar trabalho e responder a população.”, ressaltou.
 O governador Paulo Câmara destacou que um dos objetivos da obra é dar às pessoas o direito de trabalhar dignamente. “Queremos oferecer condições de trabalho, para que tanto os comerciantes, como os frequentadores do local, possam usufruir de um ambiente adequado, amplo e de alta qualidade. Além de poder ver as pessoas felizes e ganhando seu dinheiro honestamente. A gente fica feliz em poder contribuir com o desenvolvimento do Paulista e essa parceria só tende a crescer”, completou.  


Clique AQUI para visualizar mais 129 fotos da matéria acima por meio do Facebook de José Carlos Alves

Aviso: para ter acesso às fotos terá que enviar-nos um pedido de amizade no Facebook,
caso já seja nosso amigo ignore esse aviso. 

Seminário internacional debate sobre mulher, educação e direitos humanos

Aberto ao público, o encontro é realizado pela Faculdade dos Guararapes (FG) e acontece de segunda (10) a quarta-feira (12), em Piedade. Entre os palestrantes convidados, Maria João Guia, da Universidade de Coimbra, Veronique Durand, antropóloga e doutorado na Universidade Sourbone e Rachel Aicher, vice-cônsul no Consulado Geral dos EUA no Recife

Violência contra a mulher, educação e direitos humanos são alguns dos assuntos que serão tratados no Seminário Internacional de Direitos Humanos, que começa segunda-feira (10) e segue quarta-feira (12), no auditório da Faculdade dos Guararapes (FG) – integrante da rede internacional de universidades Laureate – em Piedade. Aberto ao público jurídico, profissionais do terceiro setor, educação e estudantes em geral, o encontro contará com palestras e debates. O tema será “Perspectivas do Direito: Desafios transfronteiriços do local ao global”.

O evento é realizado pela FG em parceria com o Instituto Maria da Penha, Universidade de Coimbra, Consulado Geral dos Estados Unidos, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Jaboatão dos Guararapes-Moreno e Defensores dos Direitos à Cidadania. Para tratar o assunto, foram convidados diversos palestrantes, entre eles três são internacionais. Mais informações pelo telefone: (81) 3461.5555.


#Confira abaixo a programação:

*Segunda, dia 10, 18h30

-“Violência contra a mulher no Brasil: Por que Feminicídio?”
Veronique Durand, antropóloga doutorado na Universidade Sourbone, Paris, e professora visitante da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

-“Os nove anos da Lei Maria da Penha: uma breve análise”
Maria da Penha, presidente do instituto que leva o nome dela e que inspirou a lei que combate à violência contra a mulher.

*Terça, dia 11, 18h30

-“Direitos Humanos: Justiça e Criminologia na União Europeia”
Maria João Guia, doutora em Direito, Justiça e Cidadania no séc. XXI e investigadora associada do Centro de Direitos Humanos da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.

*Quarta, dia 12, 18h30

-“Direitos das Mulheres durante a Administração de Presidente Obama: Avanços e Desafios”.
Rachel Aicher, diplomata dos Estados Unidos e vice-cônsul no Consulado Geral dos EUA no Recife. É formada em Estudos do Oriente Médio pela Universidade de Harvard e tem mestrado em Relações Internacionais pela Universidade de Oxford.

-”Direitos Humanos e Democracia na Educação”
André Regis, que é doutor em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), PhD em Ciência Política da New School for Social Research, diretor de direito da Faculdade dos Guararapes e também vereador do Recife.


Curso de Extensão

A programação do seminário internacional envolverá ainda um curso de extensão, que será realizado de terça (11) a quinta (13) sobre Direito e Justiça na União Europeia. O curso acontece das 14h às 17 horas e será ministrado pela doutora em Direito e investigadora associada do Centro de Direitos Humanos da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Maria João Guia, com certificados para estudantes.