Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

SARA, INCRA e Prefeitura de Caruaru celebram acordo para avanços na Regularização Fundiária do município


Um Acordo de Cooperação Técnica que irá promover a regularização fundiária de mais de 2.600 famílias caruaruenses foi celebrado, nesta segunda-feira (17), entre o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), por meio do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), e a Prefeitura de Caruaru. O objetivo é estimular a promoção de ações que permitam a efetiva aplicação do Programa Nacional de Reforma Agrária no município.
 
A presidente do  Incra, Maria Lúcia Falcón, o secretário estadual de Agricultura, Nilton Mota, o presidente do Iterpe, Paulo Lócio, e o vice-prefeito de Caruaru, Jorge Gomes, oficializaram o documento em encontro realizado na sede do Incra, no bairro dos Aflitos, no Recife. “Estamos à disposição do Governo do Estado e da Prefeitura de Caruaru para que possamos somar e avançar no que diz respeito à reforma agrária em Pernambuco” enfatizou Maria Lúcia.
 
Para o secretário Nilton Mota o ato é apenas o ponto de partida de um pacote de ações que ainda serão desenvolvidas pelo Governo do Estado em benefício da população rural. "Esse é mais um passo importante que Pernambuco dá na garantia da dignidade e do resgate da cidadania dos menos favorecidos, fruto da determinação e trabalho do nosso governador Paulo Câmara" comemorou.
 
A iniciativa visa mitigar a desigualdade social que atinge os trabalhadores rurais que não têm qualquer perspectiva de adquirir oficialmente as terras onde vivem e/ou trabalham. A regularização fundiária garante, ainda, aos beneficiados o acesso ao crédito, a segurança jurídica e a documentação básica da propriedade. Mais de R$ 2 milhões serão investidos no Programa e cerca de 93.500 hectares deverão ser geocadastrados. 
 
A evolução do processo se dará com a arrecadação das terras devolutas (espaços que não têm donos registrados), em seguida com o georreferenciamento e cadastramento das famílias, e, por fim, com a titulação dos beneficiados com o Programa. De acordo com o presidente do Iterpe, Paulo Lócio, o início dos trabalhos "será imediato e com previsão de conclusão para o final de 2016". O Governo de Pernambuco prevê a entrega, até 2018, de 40 mil títulos de acesso a terra em todo o estado. 

Também participaram do encontro, o superintendente do Incra no Recife, Luiz Aroldo, o diretor de ordenamento agrário do Incra, Richard Torsiano, a secretária-executiva de Direitos Humanos, Laura Gomes, os diretores do MST Jayme Amorim e Alexandre Conceição, o secretário-executivo de Agricultura Familiar, José Cláudio, o presidente do Prorural, Anselmo Pereira, e o delegado do MDA em Pernambuco, Demétrios Fiorante.

Desembargador Marcelo Navarro é o novo ministro do STJ

O desembargador federal Marcelo Navarro acaba de ser nomeado pela presidente Dilma Rousseff para o cargo de ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O desembargador, que atualmente preside o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), com sede em Pernambuco, integrava uma lista tríplice juntamente com os magistrados Joel Ilan Paciornik e Fernando Quadros da Silva, ambos do TRF4. Ele irá ocupar a vaga do ministro Ari Pargendler, que se aposenta.
A OAB-PE celebra a nomeação do desembargador Marcelo Navarro. “É um juiz dos mais cultos e vocacionados à magistratura que tive a honra de conhecer. O Superior Tribunal de Justiça ganha muito com a sua nomeação”, destacou o presidente da OAB-PE, Pedro Henrique Reynaldo Alves.
Natural de Natal (RN), Marcelo Navarro é a bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Foi procurador da República e chegou ao TRF5 em dezembro de 2003, em uma das vagas do Quinto Constitucional do Ministério Público. Navarro tem mestrado e doutorado pela PUC-SP e é professor dos cursos de graduação e pós-graduação na UFRN e no Centro Universitário do Rio Grande do Norte (Uni-RN).

Gerenciamento de projetos ágeis

Quer saber gerenciar de forma adequada projetos ágeis? Executar planejamento de ações, adotar prazos e identificar qual tecnologia adotar? Então participe de palestra gratuita, que acontece nesta terça-feira (18), às 19 horas, no campus Boa Vista da Faculdade dos Guararapes (FG). O assunto será debatido pelo gerente de Projetos para o CESAR, Ricardo Peters, que foi convidado para compartilhar seus mais de 20 anos no mercado de TI, e de seu conhecimento em Agile, Scrum e Management 3.0. Com o tema “Gestão Ágil de Projetos”, o encontro terá como público-alvo gestores, líderes técnicos, líderes de times, analistas, desenvolvedores e profissionais interessados no assunto. Informações pelo telefone: 3468.4411.

Pré-Conferências Municipais da Juventude têm início no Paulista


 Com o intuito de descentralizar o debate sobre as políticas públicas para a juventude e assegurar a participação dos jovens do Paulista na 2ª Conferência Municipal da Juventude, a Secretaria de Políticas Sociais, Esportes e Juventude do Paulista inicia nesta terça-feira (18.08) as Pre – Conferências municipais. Os encontros servem de preparação para a 2ª Conferência Municipal da Juventude.

       As resoluções obtidas durante as reuniões serão apresentadas na 2ª Conferência Municipal da Juventude e servirão de subsídio para a elaboração do Plano Nacional da Juventude.

2ª Conferência da Juventude - Com o tema “As várias formas de mudar o Brasil”, o evento vai acontecer no dia 25 de agosto, das 8h às 17h, no auditório da Faculdade Joaquim Nabuco, Centro, Paulista.

Serviço:
Pré-Conferências Municipais da Juventude

Terça-feira (18.08):
Local: Escola Maestro Ferreira, Engenho Maranguape
Hora: das 8h às 12h

Terça-feira (18.08):
Local: Escola Padre Osmar Novaes, em Arthur Lundgren I.
Hora: das 14h às 17h

Quarta-feira (19.08):
Local: Escola Brasileiro, bairro do Janga
Hora: 8h às 12h

Terceirizados do Governo do Estado e Prefeitura do Recife realizam novo ato de paralisação nesta quarta (19) às 7h no Centro do Recife

Trabalhadores de várias categorias reivindicam pagamento de salários e tíquete alimentação atrasados

Terceirizados do Governo do Estado e Prefeitura do Recife, com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio e Conservação de Pernambuco - STEALMOIAC e da Força Sindical de Pernambuco realizam um novo ato de paralisação nesta quarta-feira (19) às 7h, em frente à Escola Sizenando Silveira (IEP), próxima ao Parque 13 de Maio, centro do Recife. Diversas categorias reivindicam pagamento de salários e tíquete alimentação atrasados há mais de um mês.

A decisão do novo ato de paralisação aconteceu durante assembleia realizada nesta segunda (17). Desde o começo do ano, os trabalhadores terceirizados vêm recebendo o pagamento dos salários com atraso, além da falta de pagamento de benefícios, como tíquete alimentação e vale transporte. As empresas terceirizadas, que somam mais de 10, alegam que não receberam o valor de repasse dos contratos com o Governo do Estado e Prefeitura do Recife. Cerca de 12 mil trabalhadores prestam serviço de terceirização, distribuídos em hospitais, escolas e na mobilidade urbana.

No mês de julho, a empresa de terceirização Líber Soluções comunicou ao Stealmoaic – PE que devido aos atrasos mensais e a falta de repasses dos valores, foi obrigada a finalizar a prestação dos serviços de apoio administrativo (Lotes II e III) e também aos serviços que se refere à limpeza e desinfecção hospitalar (Lote II). "90% da categoria que pertence a este contrato possui mais de 15 anos de serviço, consequentemente, será muito difícil a recolocação profissional desses trabalhadores”, ressaltou Rinaldo Júnior, presidente da Força Sindical – PE.

Vereador Éden Pedro é capa da Revista Total

A cidade de Abreu e Lima é considerada uma das maiores da Região Metropolitana do Recife, com uma população de aproximadamente 94.429 habitantes, segundo dados do IBGE, a mesma está situada a mais ou menos 18 quilômetros da capital Pernambucana.

Abreu e Lima possui uma grande extensão territorial, e cerca de 75% deste território é constituído de Zona Rural, com um diversificado comércio e um campo industrial em grande crescimento, vem acolhendo diversas empresas de nosso Estado, além das nacionais e multinacionais, entre elas Quartzolit que pertence a Weber Saint Gobain, um grupo francês, a Bombril que é uma marca de referencia em produtos de limpeza, a empresa produtora de ração Adimax, além da Venozan, Hair Flay e a Zecas que fazem parte do grupo das empresas nacionais situadas na cidade.

Na eleição de 2012 a população Abreu-limense elegeu o vereador Éden Pedro, depositando nele confiança e autonomia para pontear os interesses dos munícipes de Abreu e Lima.

Éden é o vereador eleito mais novo da oposição, o único da sua coligação e o mais votado no município com 1.445 votos em sua primeira candidatura. “Optei a me lançar como candidato para acabar com uma política velha e estagnada que existia em Abreu e Lima”, afirma o vereador. Além do cargo legislativo, Éden é presidente da comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Abreu e Lima uma das mais importantes da Câmara dos Vereadores.

Com uma alta competência e carisma, o político vem ganhando destaque, e em apenas um ano do seu mandato em 2013 o mesmo recebeu a Medalha de Ouro dos Inconfidentes do Instituto Tiradentes, por ser reconhecido como o vereador mais atuante no município. Éden valoriza a cidade e as pessoas que nela vivem e demonstra isso com um trabalho árduo, que visa um futuro melhor para os cidadãos Abreu-Limenses, e esse jeito comprometido, o levou a ganhar novamente no ano seguinte o mesmo prêmio, demonstrando que seu trabalho é continuo e não abre lacunas para a dispersão.

A cidade de Abreu e Lima é a segunda maior cidade de fieis protestantes do Brasil, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro. No município 34% da população é evangélica e isso mostra a força da igreja na cidade.

“Quando me elegi em 2012, no dia seguinte procurei o pastor Roberto José da Assembleia de Deus, igreja essa que nasci e me criei e ofereci meu mandato de parlamentar, me coloquei à disposição da igreja, e firmei esse compromisso e desde então esse relacionamento vem se estreitando cada vez mais”, ressalta.

O vereador Éden Pedro motiva na população o desejo de um futuro melhor, a população nutre a esperança de uma vida mais digna e com melhor qualidade em todos os setores básicos da cidade. Em uma pesquisa interna realizada pelo próprio grupo político do vereador revela que a atual gestão tem sido rejeitada por mais de 70% dos moradores da cidade de Abreu e Lima. Uma das maiores preocupações dos cidadãos é o fechamento das escolas, pois segundo a população até o momento a atual gestão não desenvolveu nenhum projeto voltado para a Educação.

Portanto, Éden firma-se não apenas por seu mandato de vereador, mas como um forte nome em destaque para a próxima eleição de 2016 como gestor municipal, com o propósito de renovar a cara da política de Abreu e Lima, não só por ser um líder jovem, mas pelo fato de representar com coerência, honestidade e seriedade esse desejo de uma nova política.

Éden é casado com a Doutora Claudia Gadelha que foi candidata à prefeita de Abreu e Lima nas eleições de 2012 tendo quase 17 mil votos e ficando em segundo, provavelmente ela poderá ser a vice na chapa dele na campanha do próximo ano.

Bancada de Oposição cobra saída para crise do HUOC

Os parlamentares da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco visitaram, nesta segunda-feira (17), a nova direção do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), que atravessa uma crise que envolve déficit financeiro de mais de R$ 10 milhões, falta de medicamentos e deficiências estruturais. A situação do HUOC veio à tona após denúncia dos próprios funcionários do hospital, que chegaram a realizar uma paralisação para chamar a atenção da sociedade para a realidade da unidade de saúde.
Os deputados Silvio Costa Filho (PTB), líder da Bancada de Oposição, Ossesio Silva (PRB) e Júlio Cavalcanti (PTB) foram recebidos pela nova diretora do Oswaldo Cruz, Izabel Avelar, pela diretora médica, Tereza Bacelar, e pelo Assessor de Planejamento da Superintendência, Itamar Lages. No cargo há cerca de 15 dias, Izabel Avelar diz que sua primeira missão neste começo de gestão é apagar incêndios. “Hoje temos focos (de incêndio) em todos os setores do hospital”, revela, numa alusão aos problemas encontrados.
A deficiência de leitos é uma das dificuldades identificadas pela bancada. “Ouvimos relatos de pacientes e parentes que tiveram a cirurgia cancelada por falta de leito na UTI para o pós-operatório”, conta Silvio Costa Filho. “Infelizmente, essa é nossa realidade hoje”, lamentou Izabel.
A diretora do hospital reforçou que em 30 dias deve concluir um diagnóstico sobre a real situação do hospital, inclusive do déficit financeiro e das obras mais urgentes. Concluído esse levantamento, a direção do hospital assumiu o compromisso de apresentar aos parlamentares um relatório sobre a verdadeira situação do hospital e um plano de ações para corrigir os problemas.
“A deficiência do Estado atinge todos os setores, mas a saúde deve ser prioridade. É necessário medidas urgentes, para que a população não pague o preço da falta de planejamento do governo”, defende o deputado Ossesio Silva.
Trabalhando no HUOC há 26 anos, a diretora Médica do hospital, Tereza Bacelar, afirma nunca ter enfrentado uma situação tão grave. “Já passamos por epidemia de cólera, H1N1, meningite, cólera de novo, mas nunca estivemos como agora”, relata. Entre as necessidades urgentes, Tereza destaca a abertura de uma unidade de recuperação pós-operatória, de uma UTI infantil no Centro de Oncologia e da unidade de radioterapia.
Para o deputado Júlio Cavalcanti, a crise do Oswaldo Cruz preocupa ainda mais porque além do atendimento ao paciente, o hospital é responsável pela formação dos futuros profissionais de saúde do Estado. “Não é possível que o HUOC não seja olhado com a importância que merece e que não receba os recursos de que necessita para manter o funcionamento adequado”, destaca Júlio Cavalcanti.
“A Bancada de Oposição se colocou à disposição da direção e dos servidores do Oswaldo Cruz para buscar e cobrar do Governo do Estado uma rápida saída para a situação que atravessa hoje o hospital, que é uma das referências no atendimento à população”, reforça Silvio Costa Filho.

Apesar das chuvas, macrodrenagem do Canal Sítio do Jorge impede alagamentos

Apesar das fortes chuvas que caíram sobre Paulista nas últimas semanas, as obras de macrodrenagem do Canal Sítio do Jorge, em Maranguape I, já estão refletindo de forma positiva na comunidade. O serviço foi iniciado no último mês pela Prefeitura do Paulista e já está beneficiando diversas famílias que moram no bairro e sofriam com a ocorrência de alagamentos durante o período de chuvas. O desassoreamento do local era aguardado pela comunidade há mais de 20 anos.


Para facilitar o escoamento das águas, técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura estão aprofundando e limpando o leito do canal e alargando as suas margens. A previsão é de que o trabalho seja finalizado em novembro deste ano.