Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Uma nova saúde para o menino José Gabriel‏‏‏‏

Quando
 José Gabriel, de apenas 4 aninhos, entrou no Bloco Cirúrgico da UPAE 
Garanhuns, sua mãe, Maria Ilda da Silva, sabia que era o início de uma 
nova história para a saúde do garoto, que sofria desde recém-nascido de 
problemas respiratórios e inflamações constantes, principalmente nariz e
 garganta. A cirurgia foi realizada pelo Dr. Helio Creder Bentes, na 
manhã da quarta-feira (12), depois de cinco meses de acompanhamento, 
consultas e exames feitos na própria unidade.

"Só
 tenho a dizer coisa boa daqui. Fomos muito bem atendidos por 
todo mundo, e agora posso levar meu filho pra casa com a certeza que 
ele vai ficar bem" - Afirmou D. Ilda, no final da tarde, quando seu 
esposo retornou do Sítio Várzea Suja, zona rural de Caetés, para 
buscar esposa e filho. José Gabriel passou por uma adenoamigdalectomia, 
dois procedimentos cirúrgicos em um só, com intervenção na adenoide e 
nas amígdalas. "Ele respirava pela boca, não dormia direito, 
vivia sufocando e não podia chupar um picolé que adoecia" - Lembrou a 
mãe do
garoto.

A
 UPAE Garanhuns recebeu José Gabriel para primeira consulta no dia 27 de
 março, após o encaminhamento de Dra. Fátima, do Posto de Saúde 
da Família do Sítio Várzea Suja, em Caetés, através da regulação. O 
jovem paciente fez consultas, exames e teve pareceres de cardiologista 
e anestesista, além, claro, do Otorrinolaringologista.

José
 Gabriel é somente um dos cerca de 40 pacientes mensais da cirurgia na 
área de Otorrinolaringologia da UPAE Garanhuns, no mesmo dia, o Bloco 
Cirúrgico contou também com intervenções oftalmológicas e cirurgias 
gerais.

"É
 claro que emociona uma história assim. Uma criança com problemas assim,
 não dorme bem, não se alimenta bem, não vai bem na escola, não se 
desenvolve... é gratificante ver a mudança que este procedimento causa 
na vida da criança e de seus pais. Este é um dos aspectos positivos, 
além de muitos outros, que nos incentiva a trabalhar com a saúde 
pública" - Registra Dr. Gustavo Amorim, Coordenador Geral da UPAE 
Garanhuns.

Questionamentos sobre Itaquitinga continuam sem resposta

Terminada a validade do Decreto de Emergência do sistema penitenciário do Estado, no último dia 30 de julho, a Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco levou a audiência pública realizada hoje, na Alepe, uma série de questionamentos sobre o futuro do Centro Integrado de Ressocialização de Itaquitinga, principal complexo prisional em construção no Estado.

Após 180 dias de intervenção, o Governo do Estado afirma que vai precisar de mais 180 dias para embasar o pedido de caducidade do contrato e responder as perguntas, que continua no ar. Questões como quanto ainda precisará investir, quando as obras serão retomadas, quando o complexo será entregue à sociedade e como ficará o passivo com os fornecedores seguem sem resposta.

De acordo com o deputado Silvio Costa Filho (PTB), líder da Bancada de Oposição na Alepe, alguns fatos novos surgiram na audiência pública de hoje, como a existência de um seguro contrato pelo consórcio Reintegra Brasil em nome da Secretaria de Planejamento do Estado, no valor de R$ 35,8 milhões. Valor suficiente para cobrir, por exemplo, o passivo deixando junto aos fornecedores da PPP, que somava na época R$ 30 milhões. “A partir dessas novas notícias, vamos apresentar alguns pedidos de informação sobre essas questões que ainda não tinham vindo a público para que a sociedade seja esclarecida”, destacou.

Presente à audiência, o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, disse apenas que a obra passaria a ser pública e que passivos com fornecedores e trabalhadores deveriam ser cobrados às empresas Advance Construções e Socializa Empreendimentos, uma vez que o Estado não teria nenhuma responsabilidade sobre os débitos deixados. O argumento foi questionado pelo deputado Romário Dias (PTB), que disse estranhar a afirmação do secretário. “O Estado contratou a obra, é um dos entes da parceria, como não tem nenhuma responsabilidade”, indagou.

Convidado pela Bancada de Oposição para participar da audiência, o empresário Antônio Carlos, representante dos fornecedores do complexo, confirmou a existência do seguro, apesar de o representante do Governo afirmar desconhecer a informação. “Fomos informados sobre o seguro, mas o prazo para o resgate foi perdido. Seja pelo consórcio seja pelo Governo”, explicou.

O empresário também questionou a informação de que o Banco do Nordeste teria vetado o ingresso da DAG no consórcio Reintegra Brasil, em substituição à Advance. “Fomos ao Banco do Nordeste e lá nos disseram que o banco não chegou a aprovar ou desaprovar a entrada da DAG no empreendimento”, disse.

A Bancada de Oposição continuará acompanhando a situação da PPP de Itaquitinga para que os interesses da sociedade pernambucana sejam preservados. “O secretário (Pedro Eurico) não trouxe respostas aos questionamentos levantados, apesar dos 180 dias de intervenção na PPP. Mas nós continuaremos cobrando uma solução para o nó que se transformou Itaquitinga. Tenho certeza que esse debate está começando, de fato, a partir de agora”, destacou Silvio Costa Filho.

Seguem algumas das perguntas levadas pela bancada de oposição que continuam sem resposta:

·         Qual será a modelagem jurídica implantada?
·         Quanto ainda falta ser investido para a conclusão da obra?
·         Quem irá saldar os restos a pagar da ordem de mais de R$ 30 milhões aos fornecedores?
·         Quem pagará o empréstimo que foi obtido junto ao Banco do Nordeste, no valor de mais de R$ 250 milhões?
·         Quanto será preciso de investimento para o pagamento de custeio, de  funcionamento, do presídio de Itaquitinga?
·         Por que o Estado afirma que a DAG nunca assumiu a obra, se há contrato de compra e venda entre a DAG e a Advance e distrato entre a Advance  a Estado?
·         Porque o seguro contratato pela PPP, no valor de R$ 35,8 milhões, nunca foi mencionado nem acionado pelo Governo do Estado?
·         Quando a obra será entregue à população?

Advogados agora têm estacionamento na Justiça do Trabalho em Jaboatão dos Guararapes

A OAB-PE, por meio da Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (CAAPE), inaugurou, hoje (19/08), um novo Estacionamento Gratuito da CAAPE/OAB, dessa vez na Justiça do Trabalho em Jaboatão dos Guararapes. O estacionamento para os advogados fica em terreno no oitão da concessionária de veículos AutoNunes, na Estrada da Batalha, nº 1000, e já começou a funcionar hoje, mesmo dia em que as Varas do Recife foram transferidas do prédio da Sudene na Cidade Universitária/Recife para Jaboatão, e antes de serem iniciadas as audiências, como forma de minimizar os transtornos provocados aos advogados por essa transferência.

Este é o quarto estacionamento gratuito inaugurado pela CAAPE para os advogados junto a fóruns onde é crítico o problema de estacionamento de veículos. Os três primeiros estão localizados junto ao Fórum do Recife/Rodolfo Aureliano, Fórum de Vitória de Santo Antão e Sudene. Para utilizá-lo, o advogado adimplente deve apresentar sua carteira da OAB-PE.

O presidente da OAB-PE, Pedro Henrique Reynaldo Alves, destacou que a Ordem vê com preocupação e está acompanhando de perto a transferência das 23 Varas da Justiça do Trabalho da Capital para o Fórum da Justiça do Trabalho em Jaboatão. Ele disse que esta transferência foi uma decisão precipitada e equivocada do TRT6, uma vez que as demais varas da Justiça do Trabalho que funcionam em Jaboatão já estão saturadas para atender a própria demanda. “Notificamos a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, que já fizeram relatórios de vistoria e infelizmente não embargaram a transferência. O prédio foi concebido para abrigar cinco varas, e vai passar a funcionar com 28 varas”.

Pedro Henrique destacou que, como forma de minimizar os transtornos aos advogados causados com essa transferência a OAB, por meio da CAAPE, providenciou o estacionamento no oitão da AutoNunes.

“Trabalhamos no sentido de dar assistência aos advogados na sua tarefa, na sua atividade profissional, e estacionar os veículos tem sido um problema enfrentado pela classe. Os profissionais correm de uma audiência para outra e aqui em Jaboatão eles teriam mais um problema de estacionamento, que é bem difícil por aqui”, disse o presidente da CAAPE, Ronnie Preuss Duarte.

O presidente da OAB/Jaboatão, Paulo de Tarso, também manifestou preocupação com a transferência das varas do Recife para Jaboatão. “O prédio não tem estrutura e não foi dimensionado para isso. O estacionamento aqui é uma conquista dos advogados, se a OAB não tivesse conseguido esse espaço ele ia servir aos juízes, aos funcionários ou a outras pessoas. Quero agradecer o empenho da OAB de ter agido com rapidez, conseguindo minimizar esse problema”, disse.

Presentes na inauguração o presidente da OAB/Salgueiro Péricles Soares, o secretário geral adjunto da OAB-PE Fernando Ribeiro Lins, o diretor tesoureiro Bruno Baptista, o conselheiro federal Leonardo Accioly, os conselheiros seccionais Marcelo Farias, Peterson Parpinelli e Silvia Nogueira, a vice-presidente da CAAPE, Isabela Aguiar, e diversos advogados. 

Perseguição‏ - Thiago Pessoa

Dia 24/08/2015 completará 61 anos do suicídio de Getúlio Vargas. A história relata o quanto Getúlio foi perseguido pela oposição ou seja, o Carlos Lacerda. Foram anos que o jornalista em seu jornal difamava o mesmo. Agressivo em suas notas, Lacerda tinha uma sede muito grande, o Palácio do Catete. Foi esta perseguição que culminou no suicídio de Vargas dia 24 de agosto de 1954. Lacerda foi convicto, ao sonhar com o palácio do catete. E Getúlio foi homem o suficiente para não entregar o mesmo para a oposição, preferiu se matar ao invés de entregar o Governo. Como ele mesmo destaca em sua honrosa carta testamento. “Mais uma vez, as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e novamente se desencadeiam sobre mim. Não me acusam, insultam; não me combatem, caluniam, e não me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minha ação, para que eu não continue a defender, como sempre defendi, o povo e principalmente os humildes”. Getúlio deixa claro em sua carta testamento o quanto estava sendo perseguido pela oposição. Tenho lutado mês a mês, dia a dia, hora a hora, resistindo a umas pressões constantes, incessantes, tudo suportando em silêncio, tudo esquecendo, renunciando a mim mesmo, para defender o povo, que agora se queda desamparado. Nada mais vos posso dar, a não ser meu sangue. Se as aves de rapina querem o sangue de alguém, querem continuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço em holocausto a minha vida”. Esta atitude de Vargas é admirada por muitos, pois diante do ocorrido, seria uma humilhação para Getúlio uma renuncia. Com esta atitude Getúlio atrasou uma ditadura em 10 anos, a mesma ocorrendo em 1964. Por isso, ao lembrar de Getúlio devemos ser gratos aos 24 anos de obras em pró de um desenvolvimento nacional, ao lembrar de Getúlio, devemos incorporar um sentimento patriótico, nacionalista, um sentimento de mudança constante porque era dessa forma que Getúlio se portava diante dos interesses interno e externo. Getúlio foi um ditador como muitos dizem, mas só assim ele pôde implantar um progresso no Brasil, ele pôde dar inicio a industrialização no país, ele pôde da o primeiro passo no caminho da eternidade e sair da vida para entrar na História."

Thiago Pessoa Mafra Ratys

De autoria do deputado Beto Accioly, Visão Monocular é aprovada na Alepe


A Assembleia Legislativa de Pernambuco aprovou na tarde desta quarta-feira (19) proposta que inclui as pessoas com Visão Monocular na Política Estadual da Pessoa com Deficiência. O Projeto de Lei nº 112/2015 é de autoria do deputado estadual Beto Accioly (SD).

Atualmente, os monoculares são negligenciados pela legislação e não possuem nenhum dos benefícios garantidos às pessoas com deficiência. Na Tribuna, Beto Accioly destacou que a Política Estadual da Pessoa com Deficiência considera que a deficiência se dá quando alguém é impedido de forma plena e efetiva de participar em igualdade de oportunidades com as outras pessoas.

“Está mais do que claro que a Visão Monocular dificulta a definição de profundidade e distância, podendo ser impeditiva para várias atividades diárias, inclusive profissionais. Qualquer limitação grave de ordem visual implica maior dificuldade no acesso a uma vaga no acirrado mercado de trabalho. Entendemos que 
toda perda ou anormalidade de uma estrutura ou função psicológica, fisiológica ou anatômica que gere incapacidade para o desempenho de atividade, dentro do padrão considerado normal para o ser humano deve ser considerada uma deficiência e consequentemente que tenha garantida igualmente os seus direitos”, justificou o Beto Accioly, convocando os deputados para votarem favoráveis à matéria. “Hoje podemos corrigir esta distorção e fazer justiça, reconhecendo a Visão Monocular como deficiência visual”, disse.

Colocada em votação, a proposta foi aprovada por unanimidade pelos deputados. “Estou muito feliz com o resultado da votação. Pernambuco dará mais um grande salto de qualidade na inclusão social”, comemorou Beto Accioly.

Miguel Coelho se reúne com presidente nacional do PSB

Recém-empossado presidente do PSB de Petrolina, o deputado estadual Miguel Coelho visitou a sede do partido em Brasília, nesta quarta-feira (19). O parlamentar se reuniu com Carlos Siqueira, presidente nacional dos socialistas, para discutir a estruturação e expansão do partido na capital do Sertão do São Francisco.

De acordo com Miguel, já foi autorizado pela executiva o recadastramento de todos os filiados ao PSB em Petrolina e, na próxima semana, será liberada a criação de um programa de filiações no município sertanejo. “Nosso presidente nos garantiu total apoio e disse que Petrolina é uma cidade estratégica para os planos do PSB. Agora, vamos reunir as lideranças para iniciar a estruturação do partido e desenvolver um programa para aumentar o quadro de filiados”, comentou o parlamentar após o encontro.

Miguel também se reuniu com o ex-governador do Espírito Santo e presidente da Fundação João Mangabeira, Renato Casagrande. No encontro, foram discutidas parcerias para a realização de debates, fóruns e outras atividades em Petrolina. “Casagrande também nos prometeu ajudar a criar um plano estratégico para nossa cidade alinhado com as diretrizes do partido”, acrescentou o deputado estadual.

O PSB de Petrolina teve a nova direção empossada na última sexta-feira (14). Ainda neste mês deve ocorrer a primeira reunião dos novos dirigentes na capital do São Francisco.

OAB-PE entrega Medalha Joaquim Amazonas no dia 20 de agosto

Dentro da programação comemorativa do Mês do Advogado, a OAB-PE promove nesta quinta-feira, dia 20 de agosto, a cerimônia de entrega da Medalha Joaquim Amazonas. O evento será realizado às 15h, no auditório do Banco Central, na Rua da Aurora, 1259, no bairro de Santo Amaro.
O presidente da OAB-PE, Pedro Henrique Reynaldo Alves, destaca que a comenda - uma das mais importantes solenidades da instituição - é concedida aos advogados com mais de 50 anos de exercício da profissão. Ele destaca, ainda, que além da militância na advocacia, os agraciados também atendem ao requisito de boa conduta ético-profissional registrada durante toda