Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Festa de 80 anos do Paulista contou com desfile de alunos e missa de ação de graças



O aniversário de 80 anos de emancipação do município do Paulista foi comemorado na manhã desta sexta-feira (04.09) com apresentações culturais, missa em ação de graças, entrega de comendas e o tradicional hasteamento das bandeiras do Paulista, Pernambuco e Brasil. As festividades começaram às 7h30, em frente à sede da Prefeitura, onde a população se juntou aos funcionários do executivo municipal para acompanhar o desfile de cerca de 200 alunos de quatro escolas da rede pública.



Os estudantes apresentaram uma linha do tempo com a história da cidade, desde a época da colonização até os dias atuais. As encenações foram organizadas pelas escolas municipais Salvador Dimech e Etelvino Lins, no bairro do Janga; Gelda Amorim, em Paratibe, e Manoel Gonçalves da Silva, que fica em Maranguape I. O jovem Pedro José Freitas, 13 anos, estuda na escola Manoel Gonçalves da Silva e emocionou o prefeito Junior Matuto ao interpretá-lo durante a apresentação.

“Faz quatro meses que estou morando em Paulista e há dois participei de uma gincana na escola em que tinha que imitar o prefeito [Junior Matuto]. Depois que ganhei fui convidado para participar hoje da encenação fazendo o papel dele”, disse o menino orgulhoso por ter feito o político se emocionar com a homenagem. “Eu assisti a vídeos dele na internet para ver como falava e gesticulava. Achei muito bonito ver ele se emocionar”, contou Pedro José.



Após o desfile das escolas, as bandeiras foram hasteadas em frente à Prefeitura do Paulista e todos seguiram para uma missa em ação de graças na Matriz de Santa Isabel, no Centro da Cidade. No local foram depositadas cerca de duas toneladas de alimentos não perecíveis arrecadados entre os funcionários da gestão municipal. Após a celebração eucarística, três pessoas que prestaram relevantes serviços ao município foram agraciadas com a Comenda Padre João Ribeiro Pessoa de Mello Montenegro - Mártir da Revolução Pernambucana de 1817.

A homenagem é concedida pela Prefeitura do Paulista e este ano os homenageados foram a madrinha do Carnaval da cidade, Dulce Pessoa de Macedo, o educador Gleidson Santiago, diretor da Escola Municipal Governador Miguel Arraes – destaque no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), e o promotor criminal Alfredo Pinheiro, criador do Comitê Integrado de Segurança no Paulista. 

“Só tenho a agradecer a Deus por esse dia, pelo show que essas crianças deram. Vamos agarrar na fé para acreditar que dias melhores virão, mas vamos também arregaçar as mangas e continuar com o trabalho que está sendo feito”, discursou o prefeito Junior Matuto ao final das celebrações de 80 anos de emancipação do Paulista. “Nós não teremos desfile cívico ou uma grande festa, mas comemoração sim porque essa data é importante pra nossa cidade”, pontuou o gestor político.

O município foi criado pela Lei Estadual nº 11 de 04 de setembro de 1935 após ser desmembrado de Olinda. Com um território de 93,518 km², limita-se ao norte com as cidades de Abreu e Lima e Igarassu, ao sul com Recife, Olinda e Camaragibe, ao oeste com Paudalho e ao leste com o Oceano Atlântico.

Clique AQUI para visualizar mais 146 fotos da matéria acima por meio do Facebook de José Carlos Alves

Aviso: para ter acesso às fotos terá que enviar-nos um pedido de amizade no Facebook,
caso já seja nosso amigo ignore esse aviso. 

Independência e Novo Mandamento

Foi num 7 de Setembro, ano de 1959, que o jornalista e radialista Alziro Zarur (1914-1979) fez, em Campinas/SP, no Hipódromo do Bonfim, a Proclamação do Novo Mandamento de Jesus.

O dia escolhido por ele não poderia ser mais apropriado. Quando se comemora a independência política de nosso país, necessário se torna, firmado no espiritualmente revolucionário Mandamento Novo do Cristo Ecumênico, o Sublime Estadista, convidar a população também a refletir sobre os preceitos apresentados por Jesus, estrutura pela qual podemos construir um mundo novo. Por quê?! Porque o governo da Terra começa no Céu. Não parece, mas é.

Tratado Divino

Toda nossa labuta nas Instituições da Boa Vontade, por um Brasil melhor e por uma Humanidade mais feliz, fundamenta-se neste Tratado do Espiritualmente Revolucionário Novo Mandamento de Jesus, consoante o Seu Evangelho, segundo João, 13:34 e 35; 15:7, 8, 10 a 17 e 9: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros. Se permanecerdes em mim e as minhas palavras em vós permanecerem, pedi o que quiserdes, e vos será concedido. A glória de meu Pai está em que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu Amor; assim como tenho guardado os mandamentos de meu Pai e permaneço no Seu Amor. Tenho-vos dito estas coisas a fim de que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja completa. O meu Mandamento é este: que vos ameis como Eu vos tenho amado. Não há maior Amor do que doar a própria Vida pelos seus amigos. E vós sereis meus amigos se fizerdes o que Eu vos mando. E Eu vos mando isto: amai-vos como Eu vos amei. Já não mais vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor. Mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto aprendi com meu Pai vos tenho dado a conhecer. 

Não fostes vós que me escolhestes; pelo contrário, fui Eu que vos escolhi e vos designei para que vades e deis bons frutos, de modo que o vosso fruto permaneça, a fim de que, tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vos conceda. E isto Eu vos mando: que vos ameis como Eu vos tenho amado. Porquanto, da mesma forma como o Pai me ama, Eu também vos amo. Permanecei no meu Amor”.


Súplica Especial

Ó Jesus, cuja misericórdia nos sustenta! É um conforto para os Teus servidores fiéis saber que Tu nos escolheste. Então, urge corresponder à Tua escolha. E ela tem sido para que sigamos pelo mundo e realizemos bons frutos, “de modo que o nosso fruto permaneça”. Que revelação importante! Enaltecedora para os fiéis, os que se conservarem desse modo – “a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome (Jesus), Ele vos conceda”. Está aqui o segredo do nosso trabalho, da nossa perseverança, para que mereçamos estas palavras do Educador Celeste.

Tu disseste: “Porquanto, da mesma forma como o Pai me ama, Eu também vos amo” – e em seguida Tu fazes um pedido. Imaginemos nós o Supremo Governante da Terra descendo até a nossa qualidade de espírito, tão inferior à Dele, e rogando pelo nosso próprio bem-estar físico e espiritual: “Permanecei no meu Amor!”.

Prece do Pai-Nosso

Agora, vamos orar a Prece Ecumênica de Jesus, a Oração do Senhor deste planeta, que se encontra no Seu Evangelho, segundo Mateus, 6:9 a 13.
Minhas Irmãs e meus Amigos, minhas Amigas e meus Irmãos, todos podem rezar o Pai-Nosso. Ele não se encontra restrito a crença alguma, por ser uma or