Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Miguel Coelho discute situação da rede de saúde militar com comandante da PM


 Após receber diversas reclamações da corporação sobre o sistema de saúde que atende os policiais e bombeiros pernambucanos, os deputados estaduais Miguel Coelho e Joel da Harpa visitaram, nesta terça-feira (08), a sede do comando geral da Polícia Militar, no Recife. No encontro, os parlamentares discutiram a situação dos hospitais militares, além do plano de atendimento médico dos cerca de 70 mil usuários ativos e inativos da rede militar.



Entre os principais gargalos apontados pelo comando está a diminuição de recursos para subsidiar o setor por conta da queda na arrecadação no estado. A redução de receita e os ajustes no orçamento da PM têm dificultado a manutenção da rede hospitalar e o pagamento de convênios com as prestadoras de serviços e profissionais da saúde.
Durante a conversa, o deputado Miguel Coelho propôs a criação de um grupo técnico composto por oficiais, associações de cabos e soldados, parlamentares e Governo do Estado para fechar uma pauta de prioridades para melhorar o sistema. “É um momento difícil para nosso estado com essa crise econômica. Mas o militar e seus familiares precisam de um atendimento médico de qualidade para ter a tranquilidade de oferecer a segurança a todos os pernambucanos. Acredito que a criação de uma agenda de prioridades, poderá ajudar a encontrar um ponto de equilíbrio que mantenha o sistema, mas não inviabilize o orçamento do Governo”, ponderou Miguel.

Os deputados ainda visitaram o Hospital Geral da Polícia Militar e constataram alguns problemas como demora no atendimento. “O Sistema de Saúde tem uma importância gigante para o Pacto Pela Vida, porque diz respeito à saúde dos agentes de segurança pública que estão nas ruas. Iremos propor um projeto para viabilizar recursos e resolver esse gargalo”, adiantou Joel da Harpa, que preside a Frente Parlamentar de Segurança da Assembleia Legislativa.

Atualmente, o Sistema de Saúde Militar conta com três hospitais, no Recife, Caruaru e Petrolina. Segundo, o comando da PM existe a necessidade de construção de uma nova unidade em Serra Talhada para atender os policiais do Sertão central e Araripe. “Com a visita, os deputados puderam compreender melhor as dificuldades enfrentadas pela corporação, e podem nos ajudar a atender as demandas da sociedade e do nosso público interno”, explicou o coronel Pereira Neto, comandante-geral da PM.


​Fotos: Rinaldo Marques​

Ministro Armando Monteiro lidera missão comercial para o Paraguai


Comitiva reúne 59 empresas brasileiras de sete setores da economia. Agenda prevê rodadas de negócio com empresários em Assunção e Cidade do Leste

Brasília  O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, lidera um grupo com 59 empresas e 11 entidades brasileiras de sete setores em uma missão comercial ao Paraguai, nesta quarta-feira (9), com o objetivo de aumentar o comércio e os investimentos bilaterais. Também integram a comitiva o subsecretário-geral da América do Sul, Central e do Caribe do Ministério das Relações Exteriores (MRE), Antonio Simões, o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), David Barioni Neto, e o vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Olavo Machado Junior.

Os sete setores da economia confirmados para integrar a missão – autopeças; têxteis e confecções; couro e calçados; alimentos processados; produtos químicos; indústria naval; e indústria metal-mecânica – apresentam alto potencial para a integração de cadeias produtivas dos dois países. Estarão presentes empresas e entidades de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Goiás.

Agenda - O primeiro compromisso será na tarde da própria quarta, em Assunção, onde a delegação será recepcionada. Na quinta-feira (10), será iniciada a agenda oficial, quando o Ministro terá, pela manhã, audiência com o presidente paraguaio, Horacio Cartes, no Palácio do Governo, para tratar de temas como integração produtiva e aumento do comércio bilateral.

Em seguida, Monteiro fará a abertura do Seminário Empresarial Brasil - Paraguai, organizado pela Apex-Brasil, Rediex, agência de fomento às exportações e investimentos do Paraguai, e CNI. Após a abertura do seminário, Armando Monteiro e o ministro da Indústria e Comércio (MIC) paraguaio, Gustavo Leite, participam da reunião bilateral ministerial.

Logo após a reunião, às 11h20, os ministros Armando Monteiro e Gustavo Leite falam com a imprensa no local do evento.

Às 14h30, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil seguirá para Cidade do Leste, na fronteira com o Brasil, para um encontro com empresários na Governança do Alto Paraná.

Armando Monteiro avalia que a missão comercial é uma forma de aproximar os setores produtivos dos dois países e para que os empresários brasileiros conheçam as oportunidades comerciais e de investimento no país vizinho. "Trabalhamos fortemente para expandir a atuação brasileira em mercados prioritários. A América do Sul tem muito potencial e pode dar uma resposta rápida às demandas brasileiras. Há que se destacar que o Paraguai vem apresentando expressivo crescimento de sua economia, e que o PIB, em 2014, cresceu 4,4% segundo o Banco Mundial”, ressaltou.

Para o presidente da Apex-Brasil, David Barioni Neto, “a missão ao Paraguai traz um importante elemento para a ação de internacionalização produtiva, pois constitui-se em uma estratégia de expansão, apresentando vantagens como o aumento da competitividade das empresas e a facilidade de acesso a terceiros mercados”.