Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Líder da Oposição cobra informações sobre programas do Estado

O deputado Silvio Costa Filho, líder da Bancada de Oposição na Alepe, está apresentando um pedido de informações sobre os programas do Governo de Pernambuco, como o Atitude, Ganhe o Mundo, Chapéu de Palha, Mãe Coruja e PE Conduz, entre outros. A preocupação, segundo o parlamentar, é que essas ações estejam sendo afetadas pelos cortes orçamentários executados pelo Estado.
A Bancada de Oposição vem alertando, já há alguns meses, para a necessidade de se preservar os serviços prestados à população, como nas áreas de saúde, segurança pública e educação. “Quando anunciou a ampliação dos cortes em mais R$ 600 milhões, há quinze dias, os representantes do Governo garantiram que as áreas essenciais para a população seriam preservadas, mas não é isso que estamos vendo no dia a dia. A paralisação do Programa Atitude (que garanteatendimento aos familiares e usuários de crack, álcool e outras drogas) por falta de recursos, denunciada esta semana pelos funcionários no Recife, é um exemplo de que a restrição de recursos está atingindo a todos, sem restrições”, avaliou Costa Filho, acrescentando que não se pode admitir a descontinuidade desses programas.

Há cerca de 15 dias, a Bancada de Oposição apresentou um requerimento para que os secretários da Fazenda, Márcio Stefani Monteiro, e de Administração, Milton Coelho,  pudessem comparecer à Alepe para prestar mais esclarecimentos sobre os cortes orçamentários.

Ministério da Defesa diz a Cintra que Aeronáutica negociará cessão de terreno para hub da TAM no Recife

Brasília - O ministro da Defesa, Jaques Wagner, assegurou nesta quarta-feira (09) ao senador Douglas Cintra (PTB-PE), em audiência no ministério, que a Aeronáutica está aberta a negociações para ceder à Infraero o terreno da Base Aérea do Recife, fator decisivo na candidatura do Aeroporto dos Guararapes para sediar o hub na capital pernambucana da Latam, associação da TAM com a chilena LAN. O centro de distribuição de voos é disputado também pelos aeroportos de Fortaleza e Natal.

Após a audiência com Wagner, Cintra esteve com o chefe do Estado Maior da Aeronáutica, brigadeiro Hélio Paes de Barros Junior, que informou estar o desfecho dessa negociação dependendo da contrapartida a ser oferecida pela Infraero à cessão da Base Aérea. Paes de Barros explicou ao senador pernambucano que o Plano Estratégico da Aeronáutica prevê a redução das 18 bases aéreas atualmente existentes, por não serem mais necessárias em tal quantidade, o que incluirá a Base do Recife.

Embora possua o maior terminal de passageiros entre os três concorrentes ao hub, com 76 mil metros quadrados, o Aeroporto dos Guararapes somente pode ser expandido para abrigar o centro de distribuição de voos se incorporar o terreno da Base Aérea.    

Impactos - Cintra é um dos três senadores pernambucanos convidados pela TAM, juntamente com o governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, para reunião no próximo dia 17, em São Paulo, entre 13h e 14h30, com a presidente da empresa, Claudia Sender. No encontro, serão apresentados os resultados do estudo da consultoria inglesa Oxford Economics, contratada pela Latam, sobre os impactos econômicos em Pernambuco da instalação do hub.

No mesmo dia 17, Sender se reunirá, separadamente, com os governadores do Ceará, Camilo Santana (PT), e do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), com o mesmo objetivo de mostrar o estudo dos impactos econômicos do hub nos Aeroportos de Fortaleza e Natal. Pela manhã, segundo informações da TAM, o estudo será apresentado à Secretaria de Aviação Civil, Infraero e Ministérios do Turismo e da Defesa.

A ferrenha disputa pela localização do hub da Latam, que inclui a mobilização de parlamentares estaduais e federais dos três estados, anúncios publicitários e campanhas em redes sociais, se justifica pelo elevado investimento do projeto, da ordem de US$ 1 bilhão, e pela perspectiva de geração de 10 mil novos empregos.  O centro de distribuição irá ampliar a atuação e a capilaridade das operações da Latam na América do Sul e no restante do mercado internacional, aumentando, principalmente, os destinos para a Europa.

Crédito da foto: Ana Luiza Sousa/Divulgação 

Miguel Coelho pede apoio da ministra da Agricultura para assistência técnica nos perímetros irrigados


Suspenso pela Codevasf desde maio, o serviço de assistência técnica aos produtores dos perímetros irrigados do Sertão foi cobrado pelo deputado estadual Miguel Coelho (PSB) à ministra da Agricultura, Kátia Abreu. O parlamentar acompanhou a auxiliar da presidente Dilma Rousseff, nesta quarta-feira (09), no lançamento do programa de combate à mosca da fruta no Vale do São Francisco e falou sobre a reivindicação de centenas de agricultores sertanejos que foram pegos de surpresa com a suspensão do suporte.

Segundo Miguel Coelho, a ministra ficou sensibilizada com a situação e se comprometeu a ajudar através da criação de um programa do Ministério até o final de 2015. “Ela nos disse que estava ciente da situação e prometeu que vai garantir a assistência técnica ainda neste ano para um grupo de 500 produtores de baixa renda por meio de um programa do Ministério da Agricultura. É uma ótima notícia principalmente para os pequenos produtores que necessitam de acompanhamento especializado para manter a qualidade da produção”, destacou o deputado.

O socialista ainda comemorou o lançamento do Programa Nacional de Combate às Moscas-das-Frutas. A ação foi lançada em Petrolina, nesta quarta-feira (09), e deve garantir cerca de R$ 1,5 milhão só para evitar a expansão da praga no Vale do São Francisco. “Há 15 dias nós já havíamos discutido medidas para combater a mosca-das-frutas para a ministra e ao governador Paulo Câmara. Os recursos virão e isso significa que a fruticultura irrigada terá mais segurança para vender no mercado interno e externo”, afirmou Miguel após o lançamento do programa.

A mosca-das-frutas é uma das pragas mais relevantes da fruticultura brasileira e causa prejuízo de cerca de US$ 120 milhões ao ano, entre perdas de produção, custos de controle, processamento e comercialização. O Ministério da Agricultura deve investir cerca de R$ 10 milhões ao ano para implementação de sistemas de mitigação de risco, certificação e programas de erradicação, além de R$ 6 milhões anuais para o subprograma de erradicação da mosca-da-carambola.

Artesãos do Paulista expõem no caminhão do artesanato no Centro da cidade



A partir desta quarta-feira (9) até o dia 19 de setembro, a Praça João Pessoa, no Centro do Paulista, recebe o caminhão do artesanato. Através de uma parceria entre a Secretaria de Turismo e Cultura da cidade e o Governo do Estado, a estrutura disponibiliza produtos criados pelos artesãos ligados a cinco associações de artesanato do Paulista. O atendimento ao público é de segunda a sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h às 17h. A expectativa dos organizadores é, mesmo em tempos de crise, receber cerca de seis mil visitantes e vender em torno de R$ 20 mil em produtos nos próximos dez dias.
A professora aposentada Maria José Araújo, 70 anos, é moradora do bairro de Casa Amarela, no Recife. Ao visitar Paulista nesta quarta ela aproveitou para conferir os produtos comercializados e ficou satisfeita com os preços. “Se soubesse que tinha esse caminhão teria trazido um dinheirinho a mais pra comprar umas coisas, mas vou ver os produtos baratinhos, uns chaveirinhos, para levar uma lembrancinha”, comentou a recifense.
Já a paulistense Ana Nery, 42 anos, moradora do bairro de Maranguape I, ficou encantada com os produtos feitos pelos artesãos da cidade onde reside. “Está tudo muito lindo, cada coisa mais bonita que a outra. Os preços estão bons, vou voltar para comprar algumas peças”, planejou a dona de casa que se surpreendeu com a presença do caminhão do artesanato no Centro do Paulista.
Através de solicitação da Secretaria de Turismo e Cultura do Paulista, o caminhão foi cedido pela Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco. A estrutura climatizada recebe os artesanatos produzidos pelos artistas das cidades solicitantes. No caso de Paulista, estão sendo vendidos produtos de diversos tipos, como: artes sacras em madeira, artigos em couro, biscuit, crochê e muito mais. Os materiais variam de R$ 2,00 a R$ 320,00. O pagamento pode ser feito em cartão de crédito, parcelado em até 3 vezes sem juros.

Ivan Ferraz vai comemorar 35 Anos de Carreira com Festa na Casa da Rabeca


Conhecido popularmente como o “Embaixador do Forró”, o pernambucano de Floresta, Ivan Ferraz decidiu neste ano comemorar suas três décadas e meia de muito trabalho e dedicação à música nordestina.

Para celebrar em grande estilo, a Casa da Rabeca foi escolhida para receber esta festa no dia 24 de outubro. Com um grande show de Ivan Ferraz com Novinho da Paraíba, Genival Lacerda, João Lacerda, Irah Caldeira, Nádia Maia, Diego Cabral e muito mais. Abertura a partir das 21h com Iaponan Marins e Jaqueline Leite – Banda O Fino do Forró. 

Os ingressos estão à venda  no Espaço Cultural Dominguinhos (Sábados), Pizzaria Nova Kiss (Cidade Universitária) e no local pelo valor de R$20 (Preço Único).