Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Ação de cidadania na comunidade de Arthur Lundgren II solicitada por Edmilson do Pagode

Após uma solicitação do Vereador Edmílson do Pagode, a Prefeitura do Paulista e o governo do estado, realizam neste sábado(12.09), uma ação de cidadania na comunidade de Arthur Lundgren II. O evento que acontece na Escola Estadual Eraldo Gueiros Leite, e tem inicio a partir das 7h da manhã. 

Serão oferecidos diversos tipos de serviços gratuitos como exames médicos, emissão de carteira de identidade, carteira de trabalho e cadastro único do Bolsa Família. 
Veja a lista de serviços oferecidos:

- ATENDIMENTO JURÍDICO: PREVIDENCIÁRIO, CRIMINA.L E DIREITO DA FAMÍLIA.
- CARTEIRA DE IDENTIDADE 2ºVIA EM DIANTE
- EMISSÃO DE 2ºVIA DE CPF
- UNIDADE DO DETRAN MÓVEL
- EXAME DE VISÃO
- EXAMES
- CARTEIRA DE LIVRE ACESSO
- CARTEIRA DO IDOSO
- CADASTRAMENTO E RECADASTRAMENTO DO BOLSA FAMÍLIA
- CADASTRAMENTO DE FRAUDAS PARA IDOSOS
- VACINAÇÃO E AFERIÇÃO DE PRESSÃO

Aprovado projeto que regulamenta profissão de Artesão‏




A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara aprovou nesta quarta-feira (9) o Projeto de Lei 7755/10, do Senado, que reconhece a profissão de artesão e determina que haverá políticas públicas de apoio, crédito e aperfeiçoamento para esses profissionais.
De acordo com a proposta, do ex-senador Roberto Cavalcanti, artesão é toda pessoa que exerce atividade predominantemente manual, que pode contar com o auxílio de ferramentas e outros equipamentos de forma individual, associada ou cooperativada.
A exemplo do que fez a deputada Lucina Santos, relatora do PL na Comissão de Cultura, primeira instância de análise do PL na Câmara dos Deputados, a relatora da proposta, deputada Maria do Rosário (PT-RS), recomendou a rejeição de todas as alterações feitas por comissões da Câmara, de forma que a proposta do Senado pudesse ser aprovada. "Busquei um acordo com todos os deputados e relatores envolvidos, para que a proposta siga para ser transformada em Lei", disse.
Para a deputada Luciana Santos a aprovação representa uma grande vitória para os artesãos e artesãs. “Esse é um passo decisivo e muito esperado pelos artesãos e artesãs do nosso país. Um reconhecimento a um trabalho estratégico que movimenta a cadeia produtiva e a economia nacional e fortalece e perpetua a nossa cultura”.
Como tramitava de forma conclusiva, e já havia sido aprovada pelo Senado, a proposta segue para sanção da presidente da República.

Facepe divulga​ ​do julgamento para o edital ao combate de ataques de tubarões em Pernambuco

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado - Facepe -, em parceria com a Secretaria de Defesa Social - SDS-, por meio do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões - Cemit -, torna público o resultado do edital "Estudos e Pesquisas para Políticas Públicas Estaduais - Prevenção e mitigação de incidentes de tubarões em Pernambuco”. Após análise de seis propostas recebidas, o tema aprovado é “Monitoramento automático de banhistas na faixa segura da praia” com valor aproximado de R$32 mil.

​C​om autoria do coordenador Valmir Macário Filho – UFRPE -,​ o projeto aprovado​ tem o objetivo de desenvolver o protótipo de um sistema para rastreamento automático de objetos a partir de imagens de câmeras com aplicação ao reconhecimento e rastreamento de banhistas nas praias da Região Metropolitana do Recife. A utilização desse sistema permitirá que um alerta seja emitido caso algum banhista ultrapasse um perímetro considerado seguro.

O projeto será desenvolvido em 18 meses e terá execução acompanhada por relatórios técnicos, com visitas​ de técnicos ou consultores do comitê gestor do programa​ nos laboratórios do departamento de estatística e informática ​- ​DeInfo​ -​ ​UFRPE,  além da participação do coordenador em seminários de acompanhamento e avaliação, organizados pela Facepe e SDS.

Clique aqui e confira o resultado.

Ataques de tubarão – De acordo com o Cemit, de 1992 até a presente data, o índice do Registro Internacional de Ataques de Tubarão teve alta com relação a décadas anteriores, com 60 ataques de tubarões, na RMR e Jaboatão dos Guararapes, e 40% de casos que resultaram em morte. Além da degradação generalizada dos ambientes marinhos, a área é a região que apresenta maior densidade demográfica do país e uma alta densidade populacional no litoral, cerca de 900 hab/km², que contribui para o aumento de banhistas, surfistas e atividades na orla, propiciando maior interação entre o tubarão e o homem.

Defensor geral do Estado recebe título de cidadão pernambucano

Por iniciativa do deputado estadual Miguel Coelho (PSB), a Assembleia Legislativa vai homenagear o defensor público geral do Estado, Manoel Jerônimo, com o título de cidadão pernambucano. A solenidade ocorre, nesta segunda-feira (14), a partir das 18h, no plenário da Casa Joaquim Nabuco.

Nascido em João Pessoa (PB), Manoel Jerônimo tem raízes fincadas no estado. O advogado é filho do pernambucano Jerônimo Melo e estabeleceu residência no estado para trabalhar na comarca de Timbaúba, em 2008, após ser aprovado em concurso público para a Defensoria Geral.

No ano passado, Manoel Jerônimo foi eleito defensor geral, sucedendo Marta Freire. Na coordenação da instituição, tem trabalhado para ampliar a interiorização da atuação da Defensoria. Recentemente, Manoel Jerônimo inaugurou um novo núcleo da Defensoria no município de Timbaúba. “A homenagem é mais do que justa e pertinente, pois Manoel Jerônimo vem exercendo um relevante trabalho em favor da população. Além disso, ele tem uma ligação umbilical com nosso estado e esse título só faz oficializar sua cidadania”, ressalta o deputado Miguel Coelho.

Bancada de Oposição e Sinpol vistoriam situação do IML


Dificuldade de manutenção, infraestrutura deficitária e quadro de pessoal insuficiente. Esses foram os principais problemas encontrados pela Bancada de Oposição de Pernambuco em visita realizada, ao lado do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), na sede do Instituto de Medicina Legal de Pernambuco (IML), na manhã desta sexta-feira (11).
Os relatos ouvidos pelos deputados Silvio Costa Filho (PTB), líder da Bancada, e Augusto César (PTB), são de falta, inclusive, de viaturas para o transporte de corpos, sobretudo no Interior de Pernambuco. Para a Região Metropolitana do Recife, são quatro carros para atender a demanda. O laboratório de toxicologia está desativado desde o incêndio provocado por curto-circuito e também foram verificados equipamentos desativados, como o de análises toxicológicas e uma das câmaras frigoríficas do órgão. “Não dá para admitir um aparelho desses (de toxicologia), que custa cerca de R$ 1 milhão, parado, quando poderia estar agilizando o trabalho dos peritos”, destacou Costa Filho.
O deputado Augusto César chamou a atenção para o Interior do Estado. “Se a situação na Região Metropolitana é essa, imagina a precariedade longe da Capital”, comparou. As dificuldades foram reconhecidas pelo gestor do IML, Antonio Barreto, há seis meses no cargo, que afirma dispor de apenas R$ 1.300 por mês para gastos com mão de obra para manutenção. “Foi por isso que nós conseguimos instalar os aparelhos Split (ar-condicionado), mas não conseguimos tirar os convencionais da parede. O dinheiro não dá para tudo”, exemplificou.
O déficit no quadro de pessoal também foi outro ponto destacado por Barreto. “Temos 100 médicos legistas e 20 deles estão prestes a se aposentar. É preciso valorizar esses profissionais, para que eles tenham incentivo para continuar na perícia”, ponderou o diretor do IML.
Em julho, o Sinpol cobrou uma série de melhorias para o IML. O presidente do sindicato, Áureo Cisneiros, lembra que a situação é menos drástica do que a encontrada em julho, mas ainda carece de uma maior atenção do Estado. “Estamos chamando a atenção para a situação do IML já há alguns meses. As condições de trabalho estão bem longe das ideais”, reforçou Cisneiros, lembrando que o sindicato da categoria chegou a fazer uma campanha para doação de material de limpeza para o órgão.
O roteiro de visitas incluiu ainda as obras paradas do laboratório de DNA do Estado, em Santa Amaro, que deveria funcionar desde outro de 2013, mas atualmente figura no rol de obras paradas do Estado. A unidade, se estivesse em atividade, aumentaria a capacidade de realização de exames em 40%. Alvo de disputa na Justiça, entre o Estado e a construtora Milão Empreendimentos, o contrato não tem prazo para ser retomado.

De acordo com o deputado Silvio Costa Filho, a ideia da Bancada é realizar um amplo levantamento sobre a situação dos órgãos de segurança pública de Pernambuco, incluindo laboratórios e delegacias, para a partir desse material discutir a solução para os problemas com a sociedade, em audiência pública. “Reconhecemos as dificuldades enfrentadas pelo Estado, mas é preciso garantir condições mínimas de funcionamento aos serviços essenciais para a população. Governar é eleger prioridade e o governador Paulo Câmara