Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Visão Monocular vira Lei em Pernambuco


O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Guilherme Uchoa (PDT), promulgou nesta sexta-feira (11) o projeto de lei que inclui a Visão Monocular na Política Estadual da Pessoa com Deficiência. A Lei nº 15.576/2015 é de autoria do deputado Beto Accioly (SD) e foi publicada no Diário Oficial deste sábado (12).

A visão monocular limita a noção de profundidade e reduz o campo periférico, sendo causas mais comuns os traumas oculares, glaucoma e doenças congênitas. As pessoas com o problema apresentam uma série de dificuldades.

“Reconhecer a visão monocular como deficiência era um sonho antigo de milhares de pernambucanos. Dialogamos, apresentamos a proposta e hoje podemos celebramos esse grande momento na história da inclusão social no Estado. Agora sim fizemos justiça a essas pessoas”, comemora Beto Accioly.

Glaucoma - Outra lei (nº 15.577/2015) promulgada de autoria do parlamentar cria a Semana Estadual de Prevenção e Combate ao Glaucoma, a ser comemorada anualmente na semana do dia 26 de maio. Com isso o Governo realizará ações preventivas por todo Estado.

Paulista sedia II encontro literário com escritores de vários municípios de Pernambuco



Escritores e poetas de 7 municípios do estado participaram do II encontro das Academias de Letras e Artes das Microrregiões de Pernambuco. O evento aconteceu neste sábado (12.09) no plenário da Câmara de Vereadores do Paulista e reuniu cerca de 60 participantes. A iniciativa visa estreitar a relação entre os escritores, fortalecer o papel dos grupos, promover troca de experiências e estimular a criação de mais academias em Pernambuco.

A programação foi dividida em duas etapas. A primeira contou com mesas de diálogo onde os participantes puderam discutir sobre o papel das academias e seus acadêmicos e questões relacionadas a arte literária. No período da tarde, os integrantes visitaram alguns pontos turísticos da cidade como a Igreja Nossa Senhora dos Prazeres, o Casarão da Família Lundgren e o Forte de Pau Amarelo.

“O nosso objetivo é interagir com as outras instituições da classe, promover a abertura da poesia popular, poder criar espaços para novos poetas e escritores que estão chegando, que os novos talentos possam ter oportunidade, e ter um local para apresentar e lançar os seus trabalhos”, ressaltou Amaro Rodrigues, presidente da Academia de Letras e Artes do Paulista (ALAP).

O encerramento ficou por conta de poetas convidados que fizeram um recital. O próximo encontro irá acontecer na cidade de Moreno.

Fotos: Jorge Macrino

Clique AQUI para visualizar mais 42 fotos da matéria acima por meio do Facebook de José Carlos Alves


Aviso: para ter acesso às fotos terá que enviar-nos um pedido de amizade no Facebook,
caso já seja nosso amigo ignore esse aviso.