Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Porto Beach Run reúne apaixonados por praia e corrida

Evento será realizado neste domingo em Porto de Galinhas

Aproximadamente 600 pessoas são esperadas neste domingo (25) na Porto Beach Run, evento que une a paisagem do Litoral Sul do Estado e o estímulo a prática de atividades esportivas. As inscrições são gratuitas e os interessados que moram no Recife e Região Metropolitana contarão com transporte saindo da Praça do Derby às 6h.  O intuito é estimular o uso de espaços públicos pela população e a busca por uma melhor qualidade de vida.

Os primeiros lugares das modalidades feminina e masculina serão premiados em dinheiro e tênis profissionais. A concentração do evento será na Praça 3, em Porto de Galinhas (próximo a rua Carauna).

Durante o evento os corredores poderão contar com fisioterapia, pontos de hidratação durante todo o percurso de 5km, chips de marcação de tempo, ambulância para atender possíveis intercorrências, kit exclusivo para os inscritos e lanche para dar uma força extra.

A largada será às 8h. As inscrições podem ser feitas pelo telefone e whatsapp (81) 99323.4650 e pelo e-mail: institutodarwin@yahoo.com.br, para onde os interessados precisam enviar informações como nome, data de nascimento, telefone, sexo, CPF, RG, endereço e e-mail. 

Serviço:
Data: 25 de outubro de 2015
Horário: 6h
Concentração: Praça 03 - Porto de Galinhas (Praça da Quadra do Futevôlei, próximo a Rua Carauna)
Entrega dos kits: 6h30 
Largada: 8h

PTB de Pernambuco tem novo presidente e se prepara para 2016

O deputado estadual José Humberto Cavalcanti (PTB) é o novo presidente do PTB de Pernambuco. O parlamentar assume a condução do partido em substituição ao ex-deputado federal José Chaves, que passa a presidir o Conselho Político do PTB.

As mudanças foram anunciadas nesta sexta-feira (23) durante encontro entre quadros do partido e o ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro (PTB). As mudanças também incluem a escolha de João Batista Alves para a secretária-geral, e a de Cícero Moraes para a secretária-executiva.

Armando afirma que José Chaves sai da presidência, mas continua a exercer papel fundamental dentro da estrutura partidária, dirigindo um conselho político que também será formado por ele (Armando), por senadores, deputados federais, estaduais, prefeito, vereador e integrantes de setoriais como mulher e juventude.

“O PTB está constituindo um conselho político que vai definir as linhas programáticas e sua orientação estratégica. Nossa prioridade agora é preparar o partido para as eleições municipais do próximo ano. Sob a presidência de José Humberto, e com a orientação do conselho presidido por José Chaves, vamos percorrer todas as regiões, para discutir a pauta dos municípios”, antecipa Armando, reforçando que o PTB já contabiliza hoje 83 pré-candidatos a prefeito em Pernambuco.

José Chaves lembra que ingressou no PTB em 2003, quando compôs, ao lado de Armando e outros parlamentares, o chamado Grupo Independente. “Desde então, estamos nesta construção, sempre com a consciência de que esta é a reunião de pessoas que pensam Pernambuco”, diz. Ele reforça que assumiu a missão de presidir o PTB no momento máximo desta construção, quando o partido apresentou a candidatura de Armando Monteiro ao Governo de Pernambuco, em 2014.

Chaves elogia ainda a escolha de José Humberto, pontuando que por exercer um mandato parlamentar e estar no convívio diário com a classe política, o novo presidente poderá fortalecer ainda mais o PTB em todo o Estado. “Saio feliz, pela escolha dos novos dirigentes, e também pela grande missão que recebo, de ampliar o diálogo com as bancadas, a executiva do partido, prefeitos e vereadores”, afirma.

O novo presidente do partido, José Humberto, também ingressou no PTB em 2003, por ocasião da formação do GI. Desde então, ocupava a função de secretário-geral do partido. Ele fala do desafio e do entusiasmo com a nova missão:

“Tive na minha vida duas filiações partidárias, uma no PMDB e a outra no PTB, onde estou há mais de uma década, defendendo o ideário do partido, seja sob a liderança do hoje ministro Armando e a do companheiro José Chaves. Minha responsabilidade agora aumenta. Vou continuar a trabalhar com muita energia e entusiasmo para ampliar a presença do partido em Pernambuco. Espero contar com todos os companheiros”, conclama.
Também participaram do encontro com o ministro Armando os deputados estaduais Silvio Costa Filho e Augusto César.

Crédito da foto: PTB/Divulgação

Da esquerda para a direita – Cícero Moraes, José Chaves, Armando Monteiro, José Humberto e João Batista

Qual o melhor momento para investir em uma segunda franquia?

Em tempo de retração econômica, este tipo de negócio tem se destacado como investimento seguro 
Em tempo de retração econômica, o modelo de franquia é tido como um investimento seguro e de menor risco. Afinal, a probabilidade de um franqueado obter sucesso em seu negócio, por meio do sistema de franquia formatada, é muito maior do que quem quer montar um negócio independente, pois o franqueador já possui uma rede própria de distribuição e o sucesso de marca já foi consolidado. Para os que desejam apostar em uma segunda franquia, entretanto, vale atentar para algumas questões como, por exemplo, as exigências nos contratos e a localização do ponto comercial para que a pessoa não seja concorrente de si mesma.   
Kátia Gomes, uma das sócias da Jet7, empreendimento focado na gestão de franquias, explica que trata-se de uma tendência de mercado, pois é possível ampliar as marcas  de maneira mais rápida. Qual o melhor momento, então, para investir na segunda empresa? “Paciência é um ponto relevante”, argumenta a empresária, reforçando que é bom analisar o mercado durante um ano, pelo menos, para detectar os períodos de alta e escassez do setor. Desta maneira, é possível ganhar mais experiência e respaldo para enfrentar possíveis crises. “Não tirar o foco do negócio principal e criar estrutura de gestão capaz de suportar as duas unidades, também é importante”, aconselha Gomes, ressaltando que caso a segunda franquia seja da mesma marca, manter distância entre os pontos comerciais é uma decisão inteligente, mas se forem de segmentos opostos, o ideal é que sejam próximas para otimizar tempo.  
Destaque neste segmento desde 2001, a Jet7 nasceu a partir do visionário Roberto Carlos Barbosa, sócio-diretor da empresa, que atuava no setor farmacêutico e decidiu empreender. “A ideia surgiu quando precisei encontrar material de construção para minha casa em Aldeia. A partir da necessidade, abri uma loja de materiais de construção, já que não existia nenhuma na área na época”, comenta o empresário. Com o sucesso, logo se deparou com a empreitada de executar obras para lojas de franquias; foi quando conheceu o segmento de colchoaria e passou a atender a Ortobom. Em 2003, a primeira unidade da marca surgiu no bairro da madalena, seguida de mais uma, posteriormente, no Shopping Recife.  
No começo, o empresário encabeçava o trabalho sozinho. Logo, começou a contar com a ajuda da esposa, Kátia Gomes, que o auxiliava em questões relacionadas aos recursos humanos da empresa, e do seu irmão Ivamar Barbosa, que cuidava do setor financeiro. Assim, nasceu o convite para integrar e formar a Jet7 Empreendimentos. “Optamos sempre por representar franquias que estejam no nosso perfil de interesse. Nós precisamos nos identificar e acreditar, para representar algo com paixão”, acrescenta Roberto. A empresa também conta com um escritório em São Paulo, já que a maioria dos contatos é na capital paulista, o que facilita o fechamento de negócios. “Durante esse tempo de investimento, sempre tivemos alguns pilares: a coragem, a franqueza, a disciplina, e a rapidez na tomada de decisões”, argumenta Kátia.

IV Loc Nordeste reúne fabricantes de máquinas, equipamentos e locadores de todo o país

Evento bienal aconteceu nesta quinta (22) no Centro de Convenções de Pernambuco

O Sindicato das Empresas Locadoras de Equipamentos, Máquinas e Ferramentas de Pernambuco - Sindileq-PE promoveu nesta quinta (22) o IV Loc Nordeste, encontro bienal que reuniu fabricantes de máquinas e equipamentos e locadores de todo o país. O seminário aconteceu no Centro de Convenções de Pernambuco - Auditório do Brum, dentro da programação das feiras Fimmepe Mecânica Nordeste, Forind Nordeste e Movimat Nordeste.

Considerando o cenário econômico atual, o Sindileq-PE trouxe ao seminário os impactos da desaceleração da economia para o setor tanto para a indústria como para os locadores, além de buscar soluções e compartilhar estratégias de sucesso em paralelo a uma mostra da indústria, objetivando potencializar oportunidades de negócios. Durante o evento, foi lançada a edição do Guia de Máquinas e Equipamentos 2016, ferramenta importante para o setor.

A programação contou com um painel de palestras voltadas para o mercado de locação. Durante o seminário, Paulo Esteves, diretor da Solaris Equipamentos, abordou pontos da gestão na locação. "Precisamos ter consciência de que o mercado não está tão ruim como todo mundo imagina. Existem saídas, alternativas e também é necessário mudar o mindset, porque viemos de um processo de muita aceleração econômica", destacou Esteves.

De acordo com o diretor, o momento atual "é uma adaptação a um tempo de mais escassez em que é preciso ser mais criativo, reinventar o negócio e trabalhar melhor, fazer o básico bem feito".  E ainda acrescentou: "Muitas vezes, pensamos em estratégias mirabolantes, e no final, a resposta está dentro de casa. É preciso melhorar os processos, ser mais eficiente, evitar desperdício, "varrer" mais o mercado porque as oportunidades ainda existem".

O cenário de locação e suas perspectivas foi discutido por Eurimilson Daniel, diretor da Escad Rental e Vice Presidente da Sobratema. A programação também contou com um fórum debate com a participação de Reynaldo Fraiha, presidente da Analoc (