Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Projeto Esporte para Todos beneficia crianças e adolescentes em vulnerabilidade de Maranguape I

Ao longo dos próximos seis meses, dez comunidades do Paulista serão beneficiadas pelo Projeto Esporte para Todos, que foi lançado neste sábado (28.11) pelo prefeito Junior Matuto. A iniciativa visa incentivar a participação de crianças e adolescentes em oficinas recreativas, esportivas e culturais. O ponta pé inicial do projeto no município aconteceu na Praça Emílio Russel, em Maranguape I. A área de lazer do bairro ficou lotada. As atividades, que seguem neste domingo, a partir das 08h, são totalmente gratuitas.

         As crianças e adolescentes que participaram do primeiro dia da ação  puderam jogar futebol, vôlei, futsal, dominó, além de disputar corridas pelo atletismo. A ideia é motivar a interação da garotada com as diversas modalidades, proporcionando, entre outros aspectos, o interesse pelo esporte. O projeto faz parte da parceria entre a Prefeitura do Paulista, por meio da Secretaria de Políticas Sociais, Esportes e Juventude, e o Governo Federal, através do Ministério dos Esportes.

Animado com a quantidade de crianças na praça, o prefeito Junior Matuto aproveitou para conferir de perto as partidas de futsal. Na primeira delas, inclusive, o gestor municipal deu ponta pé inicial. “O que estamos fazendo em Maranguape I vamos realizar em praticamente toda a cidade. Nossa meta é beneficiar 12 mil crianças e adolescentes em vulnerabilidade com o projeto. Queremos envolver as famílias, ocupar a mente dos jovens e despertar neles o amor pela vida e pelo esporte”, frisou o prefeito, que recebeu a visita do deputado estadual Ossésio Silva no evento. 
O radiologista Fernando Barros, 38 anos, acordou cedo para levar a família para a Praça Emílio Russel. Acompanhado da esposa e dos dois filhos, ele aprovou a iniciativa. “Essa é uma ação muito bacana da prefeitura porque busca a interação entras as crianças. Resido aqui em Maranguape I há mais de 30 anos e nunca tinha visto um projeto como este aqui na comunidade”, revelou.
Durante a ação em Maranguape I, a população também contou com outros serviços, como: aferição de pressão arterial, teste de glicose, distribuição e preservativo e orientações de saúde; orientação para o enfrentamento à violência contra a mulher, pré-inscrição em cursos profissionalizantes; oficina sobre o trabalho infantil, informação sobre Cadastro Único, atualização e recadastramento do Bolsa Família, Carteira de Livre Acesso, 2ª Via de Certidão de Nascimento, além dos agentes de trânsito e da guarda municipal com o Patrulha Cidadã. Os meninos do Projeto Tambores do Paulista também se apresentaram para o público. O trabalho de inclusão social na praça contou com o apoio de diversas secretarias municipais.


Clique AQUI para visualizar mais 85 fotos da matéria acima por meio do Facebook de José Carlos Alves

Aviso: para ter acesso às fotos terá que enviar-nos um pedido de amizade no Facebook,

caso já seja nosso amigo ignore esse aviso. 

Dilma e governador de PE discutem ações sobre microcefalia


A presidenta Dilma Rousseff recebeu, nesta quinta-feira (26), no Palácio do Planalto, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara. Nessa reunião, eles discutiram o aumento dos casos de microcefalia no Estado e uma ação conjunta para combater a doença. 
O ministro da Saúde, Marcelo Castro, que também participou do encontro, deve ir a Recife (PE) na próxima semana, juntamente com integrantes da Defesa Civil, para definir a atuação do governo federal e estadual contra o surto. Essa teria sido uma das medidas acertadas no encontro, segundo o governador.
A microcefalia é uma má-formação congênita em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. Os bebês nascem com perímetro cefálico menor que o normal, que habitualmente é superior a 33 centímetros.
“O aumento de casos de crianças nascendo com essa doença mostra a necessidade de união de forças, tanto do governo federal quanto dos Estados, para que a gente possa fazer um desdobramento no combate à microcefalia”, disse o governador, após a reunião.
A Câmara convocou os prefeitos de municípios pernambucanos para participar de reunião de emergência, na próxima segunda-feira (30), no Recife, com o objetivo de mapear os casos, identificar as causas e definir estratégias de combate à doença. De acordo com o boletim epidemiológico, do dia 24 de novembro, sobre microcefalia, do Ministério da Saúde, foram notificados 739 casos suspeitos da doença, em 160 municípios brasileiros.
Pernambuco é o Estado com o maior número de casos registrados (487), e o primeiro a identificar aumento da doença. O Estado conta com o acompanhamento de equipe do Ministério da Saúde desde o dia 22 de outubro. Em seguida, estão Paraíba (96), Sergipe (54), Rio Grande do Norte (47), Piauí (27), Alagoas (10), Ceará (9), Bahia (8) e Goiás (01).
O governo ainda não identificou a causa do aumento da doença, mas há estudos científicos que indicam que os casos de microcefalia têm como causa o zika vírus, que teria o mesmo vetor de transmissão da dengue, o mosquito Aedes aegypti.
Grupo interministerial
O assunto foi tema da reunião semanal de coordenação política. Na ocasião, a presidenta determinou a criação de um grupo interministerial, sob coordenação da Casa Civil, para tratar do surto de microcefalia que atinge os Estados do Nordeste.

Dilma sanciona lei que isenta vistos de estrangeiros para a Olimpíada

EBC
A presidenta da República, Dilma Rousseff, sancionou o projeto de Lei 149/15, que isenta estrangeiros da necessidade de visto de turismo para entrada no País por conta das Olimpíadas de 2016, que serão realizadas no Rio de Janeiro.
De acordo com o texto, a dispensa unilateral da exigência de visto é válida por 90 dias improrrogáveis e atenderá estrangeiros que entrarem em território nacional até 18 de setembro de 2016. A dispensa no visto não está condicionada à comprovação de compra do ingresso para o evento.
A medida pode resultar em um incremento de 20% no número de turistas internacionais esperados no país no período de janeiro até setembro de 2016, segundo estimativas do Ministério do Turismo.
Os cálculos do MTur têm como base estudos da Organização Mundial de Turismo (OMT) e do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), órgão que reúne as principais redes hoteleiras e companhias aéreas do mundo.
As entidades internacionais avaliaram o impacto da facilitação de vistos no aumento dos fluxos de turistas entre países e a geração de empregos nas economias do G-20, grupo que reúne as maiores economias do mundo.

Número de jovens negros no Ensino Médio dobra em 13 anos

Parcela de 51% dos brasileiros com idade entre 15 e 17 anos que se declararam pretos ou pardos estavam cursando o Ensino Médio em 2014, segundo levantamento feito pelo Instituto Unibanco. Em 2001, esse percentual era de 25%. 
Os dados atuais mostram grandes avanços, pois, no começo da década passada, a maior parte dos alunos negros estava atrasada em relação ao que era esperado para a sua faixa etária. Em 2001, mais da metade (53%) daqueles na faixa de 15 a 17 anos ainda estava estudando na primeira etapa da educação básica.
De acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), o percentual caiu 21 pontos e hoje a proporção de jovens negros ainda atrasados no Fundamental é de 32%. Entre os brancos, esse percentual é de 22%.
Essa análise tomou como base os dados da Pnad divulgada na semana passada. No mesmo período, a proporção de jovens brancos no Ensino Médio cresceu 14 pontos percentuais – chegando a 65%.
Ainda de acordo com o levantamento, 57% dos negros que estão fora da escola não completaram o Ensino Fundamental. Entre os brancos, o percentual de jovens de 15 a 17 anos fora da escola é de 43%.
Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Saúde monitora suspeitas de microcefalia em todo o País

A segunda edição do informe epidemiológico sobre microcefalia, divulgado nesta terça-feira (24) pelo Ministério da Saúde, notificou a suspeita de 739 casos de microcefalia até 21 de novembro de 2015, identificados em 160 municípios de nove Estados. O governo permanece realizando todos os esforços para monitorar e investigar, de forma prioritária, o aumento do número de casos de microcefalia no Brasil.
Pernambuco lidera o número de casos (487), sendo o primeiro Estado a identificar aumento de microcefalia em sua região e que conta com o acompanhamento de equipe do Ministério da Saúde desde o dia 22 de outubro. Em seguida, estão os Estados de Paraíba (96), Sergipe (54), Rio Grande do Norte (47), Piauí (27), Alagoas (10), Ceará (9), Bahia (8) e Goiás (1). Entre o total de casos, foi notificado um óbito suspeito no Rio Grande do Norte. Este caso está em investigação para definir a causa da morte.
Grupo de Trabalho
Com o objetivo de unir esforços contra a doença e combater o mosquitoAedes aegypti, responsável por transmitir dengue, chikungunya e zika, e dar maior agilidade às investigações, o Ministério da Saúde acionou, na última semana, o Grupo Estratégico Interministerial de Emergência em saúde Pública de Importância Nacional e Internacional (GEI-ESPII).
O grupo, que reúne 19 órgãos e entidades, foi instituído com o objetivo de acompanhar e propor medidas de emergência em saúde pública. A investigação dos casos está sendo realizada pelo Ministério da Saúde de forma integrada com as secretarias estaduais e municipais de saúde, com o apoio de instituições nacionais e internacionais.
Orientações e vigilância
Desde o surgimento dos casos, o Ministério da saúde tem enviado às secretarias estaduais de saúde orientações sobre o processo de notificação, vigilância e assistência às gestantes e aos bebês acometidos pela microcefalia. Essas informações serão constantemente atualizadas.
Ainda não é possível ter certeza sobre a causa para o aumento de microcefalia que tem sido registrado nos nove Estados. Todas as hipóteses estão sendo minuciosamente analisadas pelo Ministério da Saúde e qualquer conclusão neste momento é considerada precipitada. As análises não foram finalizadas e, portanto, continuam em andamento.
Investigação
O Laboratório de Flavivírus do Instituto Oswaldo Cruz da Fiocruz (RJ) participa das investigações e concluiu, no dia 17 de novembro, diagnósticos que constataram a presença do genoma do vírus Zika em amostras de duas gestantes da Paraíba, cujos fetos foram confirmados com microcefalia através de exames de ultrassonografia. Apesar de ser um achado científico importante para o entendimento da infecção por Zika vírus em humanos, os dados atuais não permitem correlacionar sem erros, de forma causal, a infecção pelo Zika com a microcefalia. Tal esclarecimento se dará por estudos coordenados pelo ministério e outras instituições envolvidas na investigação das causas de microcefalia no País.
Aos gestores e profissionais de saúde, o Ministério da Saúde orienta que todos os casos de microcefalia sejam comunicados imediatamente por meio de um formulário eletrônico. 
Gestantes
É importante que as gestantes mantenham o acompanhamento e as consultas de pré-natal, com a realização de todos os exames recomendados pelo médico. O Ministério da Saúde reforça ainda a orientação de não consumirem bebidas alcoólicas ou qualquer outro tipo de drogas, não utilizar medicamentos sem orientação médica e evitar contato com pessoas com febre ou infecções.
É importante também que as gestantes adotem medidas que possam reduzir a presença de mosquitos transmissores de doença, com a eliminação de criadouros, e proteger-se da exposição de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça comprida e camisa de manga longa e utilizar repelentes permitidos para gestantes.
Saiba mais sobre casos de microcefalia por Estados.

CTTU monta esquema especial de monitoramento de trânsito para o fim de semana

Os eventos, que acontecem no Centro, Zona Sul e Zona Norte do Recife, contarão com monitoramento de cerca de 120 agentes de trânsito

A Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) preparou um esquema especial de monitoramento de trânsito para acompanhar os eventos que acontecem neste sábado (27) e domingo (28) no Centro, Zona Sul e Zona Norte da cidade. No sábado, na área central do Recife, acontece a Corrida do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC), às 16h e em, seguida, às 17h, o show em comemoração ao Dia Nacional de Ação de Graças. Já no domingo é a vez da Corrida do Sest Senat, às 7h, também no centro, e do Passeio Ciclístico Por um Natal sem Lágrimas, realizado na Zona Sul, a partir das 8h. Ainda no domingo, na Zona Norte, acontece a Procissão da Bandeira, evento que dá início às festividades em homenagem à Nossa Senhora da Conceição. No total, um efetivo de cerca de 120 agentes foi destacado para monitorar o trânsito e garantir a segurança viária durante os eventos. Confira abaixo mais informações:
Corrida do GACC 

Dia: 28 de novembro
Horário: 16h às 17h
Itinerário: Marco Zero – Avenida Lisboa – Avenida Militar – Ponte Limoeiro – Rua da Aurora – Rua Princesa Isabel – Marco Zero. Haverá bloqueios itinerantes.
Efetivo: 46 agentes
Show Dia Nacional de Ação de Graças
Dia: 28 de novembro
horário: 17h às 23h
Local: Cais da Alfândega, Bairro do Recife
Bloqueios: Cais da Alfândega, entre a Ponte Maurício de Nassau e a Rua Madre de Deus. Haverá pontos de monitoramentos em vias do entorno como a Rua 1º de março, Avenida Marquês de Olinda e Avenida Cais do Apolo. A depender da quantidade do público que vai comparecer no evento, os bloqueios poderão se estender para a Ponte Giratória.
Efetivo: 46 agentes
Corrida Sest Senat
Dia: 29 de novembro
Horário: 7h
Itinerário:
5 km: Rua da Aurora – Ponte Limoeiro – Cais do Apolo – Rua Madre de Deus – Ponte Giratória – Avenida Martins de Barros – Palácio das Princesas – Rua da Aurora
10 km: Rua da Aurora – Ponte Limoeiro – Cais do Apolo – Rua Madre de Deus – Ponte Giratória – Avenida Martins de Barros – Palácio das Princesas – Rua da Aurora – Cais de Santa Rita – Viaduto Cinco Pontas – Cabanga – Avenida Engenheiro José Estelita
*Haverá bloqueios itinerantes
Efetivo: 45 agentes
Passeio Ciclístico Por um