Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Decoração natalina da cidade do Paulista

Decoração natalina do Paulista é inaugurada nesta segunda-feira

Haverá apresentação da Banda Municipal Aristides Borges na Praça dos Ipês, no Centro

         Com foco na tradição, a decoração natalina da cidade do Paulista será inaugurada nesta segunda-feira (14.12), às 18h, na Praça dos Ipês, em frente ao TI Pelópidas Silveira, às margens da Avenida Floriano Peixoto, no Centro. Com o tema “Eu vivo Natal. Eu vivo Paulista”, o evento de abertura contará com a presença do prefeito Junior Matuto, do vice-prefeito Jorge Carreiro, e secretariado. No local serão acesas as luzes da árvore de Natal, com 25 metros de altura, e iniciadas as festividades de fim de ano com um concerto natalino da Banda Municipal Aristides Borges. Na noite dessa quinta-feira, o Blog Paulista Atualizado conferiu a decoração natalina 2015 de Paulista.

         A praça é uma das cinco da cidade que receberão casinhas do Papai Noel, que contarão com equipes de duendes ajudantes para receber a população - em especial as crianças. Além desses pontos estratégicos, quatro das principais vias de acesso aos bairros do Paulista serão decoradas com luzes e elementos tradicionais das festas natalinas. A decoração é assinada pelo artista plástico Fábio Glei, com 15 anos de experiência no ramo.











Fotos: Zé Carlos



Alunos do Paulista participam de evento natalino





Canções como Noite Feliz, Bate o Sino e Natal das Crianças fizeram parte do repertório da festa natalina dos alunos da rede de ensino do Paulista. Durante o espetáculo, que trouxe o tema “Tradições Natalinas”, as crianças e adolescentes encantaram o público com apresentações em homenagem ao natal. As Bandas da Escola Municipal José Firmino da Veiga e Aristides Borges comandaram a festa.  
O evento, que aconteceu na noite desta sexta-feira (11.12), na Praça Aníbal Fernandes, em Jardim Paulista baixo, foi coordenado pela Secretaria de Educação da cidade. A aluna do 1º ano, Yasmim Evelyn, tem sete anos de idade e já canta como gente grande. “Participar do coral é tudo que eu mais gosto de fazer. Fico em casa ensaiando às músicas para fazer bonito na apresentação”, revelou.

Segundo o secretário de Educação do Paulista, Carlos Júnior, o objetivo da iniciativa é trazer para os alunos a solidariedade e a fraternidade que compõem o espírito natalino. “Estamos a todo o momento formando cidadãos. Desse modo, queremos reforçar mais uma vez através da música e da educação, a ideia de que precisamos sempre rever nossos conceitos e atitudes e que a época do Natal nos traz essa oportunidade de renovação,” finalizou.

Cineclube CineRua promove sessão comemorativa de 100 anos do Cineteatro do Parque



Programação conta com sete curtas e apresentações de artistas de rua; objetivo é manter viva a memória do Teatro do Parque



Fechado para reforma desde 2010, o Cineteatro do Parque é um dos principais espaços culturais da cidade do Recife. No ano de seu centenário, o movimento #CineRuaPE lança um projeto de exibição permanente, promovendo sessões periódicas, até que o cinema-jardim reabra as portas para a população. O objetivo é manter viva a memória deste espaço, trazendo para a Rua do Hospício filmes e atividades de rua que provoquem reflexões e debates sobre formas de ocupar, pensar e viver a cidade.


O Cineclube CineRua é a primeira ação continuada do movimento #CineRuaPE, fundado em  novembro de 2015 no ensejo de reunir esforços, promover atividades, estratégias e a conscientização da importância de se preservar os poucos cinemas de rua que restam no Estado. A abertura da programação será feita pelo palhaço Cabeça de Espantalho. Após a exibição dos curtas e debates haverá show da banda Forró de Cabeça.



Nesta primeira edição serão exibidos sete curtas, três inéditos em Pernambuco. “Ponta do dragão” (SC, 2015), de Renan Fontana; “Ruim é ter que trabalhar” (SP, 2015), de Lincoln Péricles; e “Contínuo” (PB, 2014), de Carlos Ebert e Odécio Antonio. Após a sessão haverá debate com os realizadores Cecília Araújo, Pablo Nóbrega e Odécio Antonio. Além disso, o curta “Miró, preto, pobre, poeta e periférico” (PE, 2008), de Wilson Freire, contará com a presença do próprio Miró, que fará intervenções ao vivo e colocará à venda seu novo trabalho, “Amanhã não existe ainda”, conjunto de 20 poemas avulsos reunidos em um envelope.



Histórico - O Teatro do Parque passou a exibir filmes um mês depois de sua inauguração, em agosto de 1915. Em 1929 foi comprado e modernizado pelo Grupo Severiano Ribeiro, que o reinaugurou no dia 29 de setembro, anunciado como “o mais bello, luxuoso e confortável cinema do norte do Brasil”. Em 23 de março de 1930 promoveu a primeira sessão de cinema sonoro da cidade, com o filme “A divina dama”. O Teatro do Parque já foi também a casa da Orquestra Sinfônica Pernambucana e abrigou por muitos anos o Projeto Seis e Meia. Nos anos 1970 recebeu festivais de cinema Super 8. Em 1975 recebeu a Filmoteca Alberto Cavalcanti, que nunca funcionou efetivamente. O Festival de Vídeo de Pernambuco (atual FestCine) nasceu lá, em 1999. Nos anos 90, sob a programação de Geraldo Pinho, o Cinema do Parque se tornou a sala mais popular do Recife, com sessões a R$ 1 (um real) de filmes nacionais e estrangeiros.



Programação:

Ponta do dragão (SC, 2015), de Renan Fontana, 20’
Ruim é ter que trabalhar (SP, 2015), de Lincoln Péricles, 9’

Êxito D’Rua (PE, 2004), de Cecília Araújo, 15’
A clave dos pregões (PE, 2015), de Pablo Nóbrega 15’
Contínuo (PB, 2014), de Odécio Antonio, 16’ 
A copa do mundo no Recife (PE, 2014), de Kleber Mendonça Filho, 15’

Miró: preto, pobre, poeta e periférico (PE, 2008), de Wilson Freire, 19’



Serviço:

Cineclube CineRua

Apresentador: palhaço Cabeça de Espantalho; após os filmes Miró + Forró de Cabeça

Quando: terça-feira, 15/12, às 18h30,

Onde: em frente ao Teatro do Parque (Rua do Hospício – Boa Vista)

Encontros contra impeachment mobilizam Recife nesta segunda-feira‏

Historicamente, é nos momentos mais difíceis - onde se coloca em descrédito a democracia - que o Partido Comunista do Brasil se agiganta em defesa do poder que é compartilhado com o povo, como a legitimidade de um mandato eleito pela maioria e um legado de desenvolvimento social. Atenta a isso, a deputada federal e presidenta do PCdoB Luciana Santos participa, na próxima segunda-feira (14/12), no Recife, de uma série de atividades que objetivam fortalecer a defesa da democracia e se posicionar - no campo das ideias e nas frentes de ação - contra o golpe em curso. 


A partir das 12h30, Luciana se encontra com o professores das universidades públicas e privadas de Pernambuco, intelectuais e cientistas, num almoço que acontece no Restaurante Recanto da Várzea, bairro da Várzea.  Na pauta da reunião está a discussão sobre um manifesto contra o impeachment. 


No final da tarde, a partir das 17h, a deputada realiza mais um Encontro com a Cult