Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Mudanças climáticas: comissão do Senado homenageia brasileiros que contribuíram com metas ambientais apresentadas à COP-21


Brasília, 16/12/15 – Presidida pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), a Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas (CMMC) do Congresso Nacional homenageou, nesta quarta-feira (16), as autoridades e os especialistas brasileiros que participaram da Conferência das Nações Unidas sobre o Clima (COP-21) e também contribuíram para a consolidação das propostas apresentadas pelo Brasil durante o encontro da ONU, em Paris (França). Na reunião de hoje da CMMC, também foram aprovados o relatório de atividades desenvolvidas pela comissão ao longo deste ano – produzido pelo relator da comissão, deputado Sérgio Souza (PMDB-PR) – e o balanço da participação de parlamentares da CMMC na COP-21.

“O Estado brasileiro teve um papel de grande destaque na Conferência, contribuindo para que os mais de 190 países chegassem ao acordo global firmado em Paris e celebrado pelo mundo todo”, avaliou Fernando Bezerra. O documento assinado pelos líderes presentes à COP-21 prevê um esforço para limitar o aumento da temperatura média do planeta até 1,5ºC acima dos níveis pré-industriais. O presidente da Comissão Mista sobre Mudanças Climática ressaltou que a CMMC irá atuar pela aprovação de projetos apresentados pelo senador Jorge Viana (PT-AC) e o deputado Sarney Filho (PV-AM) – integrantes da comissão – voltados ao cumprimento das metas ambientais brasileiras, consolidadas na Contribuição Nacionalmente Determinada (iNDC/Brasil).

O deputado Sérgio Souza enfatizou os principais pilares de atuação da CMMC em 2015: energias renováveis e recursos hídricos. O relator da comissão também observou que, entre as atividades realizadas pela CMMC, destacaram-se as 16 audiências públicas promovidas no decorrer do ano. Boa parte delas foi voltada ao debate da crise hídrica enfrentada pelo país; principalmente, no Vale do São Francisco, na Região Nordeste.

ENERGIAS RENONÁVEIS – O presidente da CMMC, senador Fernando Bezerra, cumpriu agenda de trabalho na COP-21 entre os dias 4 e 11 deste mês. Em Paris e na reunião de hoje da comissão, o senador defendeu que as energias renováveis cheguem a 25% da matriz energética brasileira, até o ano de 2030. Bezerra Coelho acredita que, a partir da ampliação das "energia limpas" na matriz energética, o governo brasileiro não só aumentará a oferta de outros tipos de energia à população – ao mesmo tempo, protegendo o meio ambiente – como também poupará a água dos reservatórios (atualmente, bastante utilizada na produção de energia hidrelétrica) para o abastecimento humano.

Pela proposta do governo federal – apresentada durante a COP-21 e contida na iNDC/Brasil – o percentual de participação das energias renováveis (sem considerar a hidrelétrica) na matriz energética nacional chegará a 23%, em 2030. “A atuação da CMMC está focada no sentido de privilegiar a ampliação das ‘energias limpas’; principalmente, a eólica, a solar e a de biomassa”, destacou o senador. Na avaliação de Fernando Bezerra Coelho, a diminuição do uso da água (armazenada) para a produção de energia hidrelétrica poderá, ainda, contribuir para a solução da crise hídrica enfrentada pelo Brasil; principalmente, no Vale do São Francisco.

Na avaliação de Fernando Bezerra Coelho – um dos principais representantes do Congresso Nacional brasileiro na COP-21 – as propostas do Brasil conquistaram protagonismo e o interesse das nações que participaram da Conferência de Paris. A proposta central da iNDC/Brasil é que “o país, até o final deste século, envidará esforços para uma transição a sistemas de energia baseados em fontes renováveis e descarbonização da economia mundial, no contexto do desenvolvimento sustentável e do acesso aos meios financeiros e tecnológicos necessários para tal transição”. Entre as principais metas brasileiras, destacam-se o fim do desmatamento ilegal, o reflorestamento de 12 milhões de hectares de terra, a recuperação de 15 milhões de hectares de pastagens degradadas e a integração de cinco milhões de hectares, entre lavouras, pastagens e florestas.

SÃO FRANCISCO – Também nesta quarta-feira, a Comissão Nacional do Desenvolvimento Nacional (CEDN) – que analisa os projetos da chamada “Agenda Brasil” – aprovou, em turno suplementar e decisão terminativa, substitutivo apresentado pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) que eleva recursos para a revitalização do Rio São Francisco. Pela proposta, a parcela da Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH) de aproveitamentos hidrelétricos será aumentada em 1,25% para uso exclusivo na recuperação do “Velho Chico”.

“O objetivo da proposição é obter mais recursos financeiros para investimentos na revitalização do São Francisco, vítima de exploração predatória e negligente”, explica o senador. “Algo precisa ser feito para reverter a sua deterioração e evitar uma catástrofe social e ambiental. E como iniciativas de revitalização custam muito caro, nada mais razoável que obter das usinas hidrelétricas, que dependem da saúde do rio para operar, recursos adicionais para salvarmos o rio”, completa Fernando Bezerra.

De acordo com o substitutivo – que altera o Projeto de Lei (PLS) nº 429/2015, de autoria do senador Raimundo Lira (DEM-PB) – os recursos arrecadados serão destinados ao Ministério do Meio Ambiente e à Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). As ações de revitalização deverão compreender projetos de recuperação de matas ciliares e proteção de nascentes como também medidas de conservação e restauração de áreas naturais (para a manutenção e o restabelecimento de ecossistemas) e de adaptação ao Plano Nacional sobre Mudança do Clima. A matéria seguirá para apreciação na Câmara dos Deputados.

Concertos da Orquestra Meninos do Ipojuca abrem período natalino do município


A Orquestra é uma iniciativa da Prefeitura do Ipojuca, por meio da Secretaria Especial de Juventude e Esporte (Sejuve) com o apoio da Associação Beneficente Criança Cidadã

Nascido há pouco mais de um ano, o projeto Orquestra Criança Cidadã – Meninos do Ipojuca (OCCMI), implantado pela Prefeitura, através da Secretaria Especial da Juventude e Esportes em parceria com a Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC), já começa a dar bons resultados. A iniciativa, que beneficia cerca de 100 jovens carentes do distrito de Camela tem como diferencial o incentivo à música clássica e ao estudo. 

Para celebrar um ano de grandes realizações, os músicos do projeto iniciarão na próxima sexta-feira (18), no distrito de Nossa Senhora do Ó uma série de espetáculos natalinos pelo município. Intitulado: “Ipojuca: Natal de Voz e Música Ano II”, os concertos também ocorrerão em Camela, Ipojuca-Sede e Porto de Galinhas. O prefeito Carlos Santana acredita que esta é uma parceria muito importante com a Orquestra Meninos do Coque, onde até então nenhuma prefeitura ou poder público tinha realizado uma parceria como essa.” Fomos ousados e precisávamos que essa parceria fosse realizada. Sabíamos que nós tínhamos aqui no município um celeiro de talentos. Esse é um projeto sério que veio para melhorar a qualidade de vida da juventude de Camela”, destacou  Santana.
As quatro apresentações serão divididas em dois momentos: no primeiro, a orquestra de cordas será a responsável pela execução das obras; no segundo, haverá a união com o coral. O repertório trará músicas clássicas e composições natalinas.  Entre as 10 obras selecionadas, estão “Ragtime”, de Mátyás Seiber; “Suíte Francesa”, de Saint-Preux; “Surgem Anjos Proclamando”, de Louise Houzmaister, e “Noite de Paz”, de Franz Xavier Gruber. Além dos músicos de Camela, cerca de 20 alunos da Orquestra Criança Cidadã Meninos do Coque também tocarão. 
Na segunda-feira (21), o concerto será apresentado em Camela, na frente da sede da Orquestra Meninos do Ipojuca, às 19h. Na quarta-feira (23), às 20h, o concerto chegará ao Ipojuca-Centro, no Convento de Santo Antônio. A última apresentação de natal será em Porto de Galinhas, na quarta-feira (30), na Praça das Piscinas Naturais, às 20h. 

SAIBA MAIS 
A Orquestra Criança Cidadã Meninos do Ipojuca é fruto de uma parceria entre a Prefeitura do Ipojuca, por meio da Secretaria Especial de Juventude e Esporte (Sejuve), e a Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC), ONG gestora da Orquestra. Com o aporte financeiro concedido pela gestão municipal do Ipojuca, a ABCC garante a execução do projeto nos moldes do que é realizado com a comunidade do Coque, no Recife. Em outubro passado, cinco alunos integraram a comitiva da Orquestra do Coque para viagem ao Vaticano. A escolha, feita pela comissão técnica e teve como base a meritocracia e o desempenho nas aulas.
Os participantes do projeto são todos moradores de Camela e estudantes da rede pública de ensino. Na sede da Orquestra, localizada em Camela, os jovens músicos recebem aulas de teoria musical e de instrumentos de cordas — violino, viola, violoncelo e contrabaixo —, reforço escolar, aulas de informática, além de atendimento psicológico e pedagógico e três refeições diárias. O núcleo funciona nos horários da manhã e da tarde, em um prédio que conta com 15 salas de aulas, miniauditório, telecentro, sala de acompanhamento pedagógico, sala para atendimento psicossocial, banheiros e refeitório.
SERVIÇO

Espetáculo “Ipojuca: Natal de Voz e Música”
Nossa Senhora do Ó
18 de dezembro de 2015 (sexta-feira)
Praça Capitão Antônio Braz Pereira, em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó. 
20h

Camela
21 de dezembro de 2015 (segunda-feira)
Av. Dr. Humberto da Costa Soares, em frente à sede da Orquestra Meninos do Ipojuca.
19h

Ipojuca-Centro
23 de dezembro de 2015 (quarta-feira)
Convento de Santo Antônio, na Rua do Convento, 1.
20h

Porto de Galinhas
30 de dezembro de 2015 (quarta-feira)
Praça das Piscinas, no centro da Vila de Porto de Galinhas.
20h

Foto: Danilo Luiz/ Secom

Casinha do Papai Noel e iluminação do Forte de Pau Amarelo é inaugurada



A casinha do Papai Noel e a iluminação do Forte de Pau Amarelo foi inaugurada nesta quarta-feira (16.12) com o Papai Noel, banda municipal Aristides Borges e pastoril. Presentes na ocasião: Secretário de Serviços Públicos Jaime Domingos, Vereadores Robertinho e João Mendonça, e o Secretário de Educação Carlos Julio.



Clique AQUI para visualizar mais 40 fotos da matéria acima por meio do Facebook de José Carlos Alves


Aviso: para ter acesso às fotos terá que enviar-nos um pedido de amizade no Facebook,
caso já seja nosso amigo ignore esse aviso. 

Banda Eva, Club Banditz e Leo Verão comandam 12ª edição do Natal Carvalheira


A festa pós-ceia conta ainda com show da dupla Felipe & Gabriel e sets dos DJs José Pinteiro e Doubleminds, dia 24, a partir das 23h na Cachaçaria Carvalheira

Na próxima quinta-feira (24) a sede da Cachaçaria Carvalheira será palco para a 12ª edição da já tradicional festa de Natal do Padrão Carvalheira. A balada vai animar o pós-ceia da turma jovem com uma verdadeira mistura de ritmos que inclui axé, música eletrônica, pop e sertanejo com atrações nacionais e internacionais. A Banda Eva, o duo europeu Club Banditz, o cantor Leo Verão, a dupla Felipe e Gabriel e os DJs José Pinteiro e Doubleminds foram os escalados para comandar o agito, que acontece a partir das 23h.

A grande atração da festa é a banda Eva. O grupo baiano eternizado pelos hits “Eva”, “Me Abraça”, “Coleção”, “Leva eu” e “Beleza Rara”, vai apresentar no Recife o show do seu novo DVD intitulado “Eva Sunset”, lançado em Novembro deste ano. O trabalho é quarto DVD da história do EVA e o primeiro sob o comando do vocalista Felipe Pezzoni. A bolacha reúne 16 faixas, incluindo as inéditas “Brindar”, “Sem Você” e “Duas Almas”, regravações e algumas músicas de álbuns anteriores já conhecidas pelo público, como “Simplesmente”, “Não Vá Embora” e “Tudo Bem Pra Mim”. No repertório da noite no Natal Carvalheira, a banda vai apresentar o setlist do novo álbum, com as canções inéditas, regravações e alguns sucessos que marcaram a trajetória do grupo.

Vindo diretamente de Portugal, o duo de DJs da Club Banditz é outra atração que vai comandar o agito na Carvalheira. Também conhecidos como CBZ, em cinco anos de carreira, a dupla já conquistou as pistas de todo o mundo com seus sets enérgicos e hoje são considerados como um dos projetos mais promissores da Europa. Atualmente, a Club Banditz trabalha seu novo single intitulado “Open Your Eyes”, que em apenas duas semanas já se encontra em número 5 dos 40+ da Rádio Nova Era (Maior Rádio de música electrónica da Europa).

O cantor sul-mato-grossense Léo Verão vai agitar a noite pós-ceia com seus famosos mashups, que mesclam hits de artistas de diferentes ritmos. Ele já uniu sucessos de Maroon 5 com Jota Quest, Magic com Jorge e Mateus, Coldplay com Paralamas do Sucesso e Jason Mraz com João Bosco e Vinícius.

Quem também vai se apresentar na balada é a dupla Felipe & Gabriel, já conhecida pelo público recifense, que vai levar muito sertanejo para a pista de dança. O repertório da dupla visita grandes hits do sertanejo universitário e inclui algumas canções autorais como “Aumente o volume” e “Roupa de Academia”. Os DJs pernambucanos Doubleminds e José Pinteiro completam o line-up da noite.

O Natal Carvalheira tem início marcado para as 23h. O agito contará com grande estrutura, decoração temática, buffet e serviço de open bar premium que inclui whisky Chivas Extra, vodka Absolut Elyx, cerveja Heineken, cachaça Carva, água e refrigerantes. Os ingressos custam R$270 (masculino) e R$250 (feminino) à venda no site Ingresse.com e nas lojas Jogê Recife. Informações: (81) 3081-8130.

Serviço:

Natal Carvalheira – Banda Eva, Club Banditz, Leo Verão, Felipe e Gabriel, Doubleminds e DJ José Pinteiro
Quinta-feira, 24 de dezembro, às 23h na Cachaçaria Carvalheira.
Endereço: Rua Manoel Didier, 53 - Imbiribeira, Recife.
Ingressos: R$250 (feminino) e R$270 (masculino), à venda nas lojas Jogê Recife.

Fernando Bezerra apresenta propostas para solução da crise Hídrica e para setores de Saneamento e Energia

Brasília, 16/12/15 – Foi aprovada nesta quarta-feira (16), na Comissão de Serviços de Infraestrutura, rela