Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Sentido da Solidariedade

A Solidariedade anima o ser humano. Alguns pensam que seja uma coisa abstrata. Não é. Você de repente está muito bem de vida, daqui a pouco não está mais. Um vizinho lhe arranja alimento para seus filhos. Veja a Solidariedade ativa nesse ato! Você vive distante, de súbito, sente no coração o desejo de se formar, digamos, em medicina, não tem o apoio de ninguém. Põe o pé no caminho, chega ao destino procurado e encontra pessoa amiga que o incentiva. E, depois de muita luta, alcança a vocação ambicionada. Apesar de haver quem diga: “Não, eu me fiz sozinho!”. Duvido! Esses deveriam olhar para si próprios e ver se estão nus, porque as roupas que vestem passaram por muitas mãos…
Mas ainda existem aqueles para quem esse fator não seja ação de política social.
Por isso é que, se pararmos um pouco e meditarmos, voltados para a História, poderemos concluir a razão pela qual, talvez, ideologias brilhantes, na hora do “ver para crer”, apresentam resultado aquém do previsto, deixando os seus mais nobres idealistas frustrados. Por quê? Porque faltou Solidariedade no coração de alguns dos seus executores. Isso para não falar em Caridade, poderoso sentimento que soberanamente envolve todos os demais. (...) Há os que até agora a consideram delírio de “desvairados” religiosos ou místicos “impostores”. Binet-Sanglé (1868-1941), autor de A loucura de Jesus, de certa forma pensava assim. Hoje, na Vida Espiritual — onde fatalmente caem as escamas que ensombrecem o entendimento dos Assuntos Divinos enquanto permanecemos na carne — pode estar revendo seus conceitos.
Sem Solidariedade e sem espírito de Caridade, estratégias de Deus, ninguém irá para a frente. O tempo mostrará aos mais céticos (...). Um dia serão quesitos fundamentais da Política (com P maiúsculo). 

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.  

CENTRO DE ASSISTÊNCIA ENTREGA CERCA DE 500 BRINQUEDOS A CRIANÇAS DE COMUNIDADES OLINDENSES



Papai Noel chega neste sábado (19), para fazer a alegria de mais de 500 crianças residentes nas localidades de Amaro Branco, Ouro Preto/Vila do Embrião, Jardim Fragoso e Cidade Tabajara, em Olinda. As festas para a garotada - com brincadeiras, jogos, lanches e distribuição de brinquedos - são promovidas pelo Centro de Assistência Social de Ouro Preto, que tem como patrono o Professor Marcelo Melo.
A maioria das crianças contempladas com as festas "préNatal" de hoje (19) são assistidas pelos centros de assistência social e atividades esportivas mantidos pelo Professor Marcelo Melo e que oferecem, gratuitamente, atividades esportivas, cursos e artes marciais (judô, karatê, taekwondo e jiu jitsu). As atividades acontecem diariamente, nos três turnos.
"Este ano, com a ampliação das nossas atividades e a instalação de núcleos assistenciais e várias comunidades da cidade, pudemos aumentar a oferta de serviços à população", explica o Professor Marcelo.
Os centros coordenados e mantidos pelo Centro de Assistência Social de Ouro Preto oferecem (além de atividades esportivas e artes marciais), cursos de Logística, Informática, Doces e Salgados, Bijouterias, Cabeleireiro, Tortas, Manicure e Artesanato (nos três turnos) e ginástica para a terceira idade (duas vezes por semana).

Para participar, os moradores das comunidades assistidas (Ouro Preto, Amaro Branco, Jatobá, Cidade Tabajara, Vila do Embrião e Jardim Fragoso) devem se inscrever, levando um documento de identificação (com foto) e comprovante de residência. Os jovens até 18 anos também devem apresentar um comprovante de matrícula escolar. Informações pelo telefone: 81. 3439.1588.