Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Em novo endereço, família de bebê com microcefalia precisa de doações



Pais de Gabriel, nascido há um mês com microcefalia, ganharam um novo lar, mas precisam de móveis, alimentos e roupas 
 A família do menino Gabriel, nascido há um mês com microcefalia, já foi “abraçada” pela solidariedade. Apadrinhados por um doador que os presenteou com um novo lar, deixarão a “casa” de lonas sustentadas por pedaços de madeira e ferro onde viviam na comunidade Alto do Catita, em Moreno, por outra com teto e paredes, no município de Feira Nova, no Agreste pernambucano. O aluguel da moradia será pago pelo padrinho. Porém, para ter "cara de casa”, o espaço precisa de móveis e eletrodomésticos.

Desempregado, o pai de Gabriel, Deyvid José, 21 anos, afirma: “O que chegar vai ser bem-vindo. Pode ser novo ou usado, para gente não tem importância. De tudo que se precisa numa casa a gente está precisando”. Com mudança prevista para a próxima sexta-feira (1º) de janeiro, a família precisa de geladeira, fogão, sofá, armários, cama de casal, berço e cama para a filha mais velha do casal, Eduarda, de 2 anos. Além disso, alimentos, leite para Gabriel (Camponesa) e roupas para toda a família são bem-vindos.

O apoio à família na cidade está sendo prestado pelo idealizador do Projeto Tênis para o Futuro, Tiago Moura. Os telefones para contatos são (81) 9.9880-5188 ou 9.9176-5702. Já o contato com o pai de Gabriel, Deyvid, pode ser realizado através do número (81) 9.8617-6344.

Paulista implanta reajuste nas tarifas dos táxis da cidade


Atendendo a um desejo antigo da categoria dos taxistas do Paulista, o município acompanha as demais cidades da Região Metropolitana e implanta o reajuste dos valores da tarifa de táxis, se igualando com o que começa a valer a partir de janeiro de 2016. O reajuste anual atende a Decreto Municipal e foi calculado com base na média do aumento de custos dos taxistas.
O valor da bandeirada inicial, que era de R$ 4,00 passou para R$ 4,75. Além da bandeirada, foi ajustado o preço da hora parada, que antes era de R$ 13,75 e passou para R$ 16,35. Já o quilômetro rodado vai de R$ 1,95 para R$ 2,31 na bandeira 1, e de R$ 2,35 para R$ 2,79 na 2. Atualmente o município conta com uma frota de mais de 550 taxistas registrados.  
Os táxis do Paulista estavam sendo prejudicados e com a tarifa defasada, em relação aos outros municípios. Tendo em vista essa situação foi decidida a regulamentação e adequação das tarifas no serviço.”, explicou o secretário de Mobilidade e Trânsito, Evanil Belém.   
Vale salientar que a verificação dos taxímetros é um serviço realizado pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado (IPEM-PE), que estabelece um cronograma para a adequação dos taxímetros da frota.

MOBILIDADE – Ao longo da gestão a prefeitura do Paulista investiu em inúmeras ações que contribuíram para a melhoria da mobilidade na cidade. Entre elas estão projetos educativos que envolveram alunos da rede municipal, abordando temas como segurança e paz no trânsito.
A atual gestão também realizou outras ações significativas como a regulamentação do cargo de agente de trânsito no município. Com a nova legislação, Paulista passa a ser a primeira cidade do Brasil a atribuir aos agentes à exclusividade no ordenamento do trânsito, após a Emenda Constitucional 82/14 (trata da inserção dos agentes na segurança pública e da estruturação da profissão em carreira).
Outro importante trabalho envolveu uma série de mudanças no tráfego de veículos em cinco vias do Centro da cidade. Os corredores que receberam as modificações deixaram de ser mão dupla para evitar congestionamentos e estacionamento irregular. A principal intervenção foi adotada na Avenida Marechal Floriano, que passa a funcionar exclusivamente no sentido Paulista/Olinda.

Em Paulista, prefeitura finaliza implantação do Portal da transparência


Com a proposta de traçar estratégias para a implantação do portal da transferência, gestores da Prefeitura do Paulista se reuniram nesta terça-feira (29.12), na Secretaria de Planejamento e Gestão, em Jardim Paulista Baixo. O encontro serviu para definir o passo a passo deste processo, que vai permitir à população ter acesso a dados importantes sobre a gestão municipal, como receitas, despesas, convênios, licitações, entre outros. A ideia é de que a ferramenta esteja em funcionamento no início de 2016.

Durante a reunião, ficou estabelecido que cada secretaria envolvida terá de indicar representantes para compor um grupo de trabalho, que terá a missão de tocar o processo de implantação do portal. Esses servidores serão responsáveis, entre outras coisas, pela alimentação de dados no sistema. Antes de usar a ferramenta, eles serão capacitados por técnicos da Controladoria Geral da União (CGU).

O portal da transparência que será usado por Paulista é o mesmo adotado pela Prefeitura do Recife, por meio de convênio com a Emprel (Empresa Municipal de Informática do Recife). O sistema, inclusive, chegou a ser premiado, em 2014, como o melhor de todas as capitais brasileiras e o segundo mais bem conceituado do País.