Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulista realiza Campanha Nacional de Imunização contra a Influenza


Os moradores do Paulista, na região metropolitana do Recife, tiveram um compromisso importante neste sábado (30.04).  A data é o dia D da Campanha de Imunização contra a Influenza. Ao todo, 42 Unidades Básicas de Saúde envolvidas com a coordenação da Secretaria de Saúde do município através do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. O público- alvo da campanha envolveu idosos, crianças, gestantes, crianças de seis meses a cinco anos e profissionais de saúde.
A nossa equipe de reportagem percorreu alguns pontos de vacinação. Entre eles, a Unidade de Saúde da Família Josino Guerra, localizada na Praça Emílio Russel, em Maranguape I. Logo cedo, as pessoas já aguardavam na fila. Como o casal Jademilson José e Elenaide de Queiroz. Foram os primeiros a chegar. Os pais trouxeram a filha Andreza Biank, de 5 anos, para tomar a vacina. “ A vacinação é importante porque vai proteger minha filha da gripe. Procuro deixar em dia o cartão de vacina dela”, ressaltou a mãe.
Em Jardim Maranguape, na Unidade de Saúde da Família Jurandir Freire II, a vacinação transcorreu normalmente. A psicóloga da Polícia Militar de Pernambuco, Elza Andrade, de 55 anos, tomou a vacina contra a gripe. “ Por ser da área de saúde, no dia a dia, estou exposta a situações de risco. Lido com muitas pessoas em hospitais e cemitérios”, disse.
A campanha de Imunização contra a Influenza continua até o dia 20 de Maio. De acordo com o Superintendente de Vigilância à Saúde Fábio Diogo, o  município recebeu menos de 40% das doses necessárias para atender o público-alvo de Paulista, que corresponde a mais de 58 mil pessoas.  “ O restante das doses será enviado pelo Estado. É importante tranquilizar aquelas pessoas que não tomaram a vacina neste sábado que poderão se dirigir aos postos de saúde até o final de maio”, ressaltou.
 A imunização protege contra três subtipos do vírus da gripe, incluindo o vírus tipo A, causador da gripe H1N1. A campanha segue até o dia 20 de maio.

Escola de Saúde Pública de Pernambuco, UPE e Hospital Dom Moura: Residentes apresentam TCC em Garanhuns‏

Durante dois dias, representantes da Secretaria Estadual de Saúde estiveram em Garanhuns acompanhando as apresentações dos TCC (Trabalhos de Conclusão de Curso) dos Profissionais Residentes do Programa de Residência da ESPPE, realizado em parceria com a UPE - Campus Garanhuns e do Programa Multiprofissional do Hospital Regional Dom Moura. A SES foi representada pela Secretária Executiva de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Dra. Ricarda Samara; por Dra. Célia Borges, Diretora Geral da Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco; Dra. Juliana Siqueira, Diretora Geral de Educação na Saúde; Leila Navarro, Coordenadora Assistencial do Programa de Residência da ESPPE/UPE Garanhuns. A Universidade de Pernambuco/Campus Garanhuns, esteve representada por Dra. Régia Leite, Coordenadora Acadêmica do Programa Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva com Ênfase em Gestão de Redes de Saúde da ESPPE/UPE Garanhuns, e por docentes que participaram como orientadores e convidados das bancas de defesa do TCC. 

Na quarta-feira, 27, foram realizadas as apresentações das bancas de defesa dos TCC dos Residentes em Saúde Coletiva da V GERES,que defenderam trabalhos na área de Gestão Pública e das políticas estratégicas de saúde, apontando contribuições para análise e intervenções dos gestores, objetivando melhoria na prestação dos serviços à população. Os residentes contaram com o apoio de Fátima Godoy e Vanessa Leandro, no acompanhamento das atividades teórico-práticas do Programa.


Na quinta-feira, 28, a Residência Multiprofissional do Hospital Regional, que conta com especialidades como Fisioterapia, Enfermagem, Nutrição, Assistência Social, Psicologia e Odontologia, mostrou os trabalhos da turma que concluiu o curso neste semestre. Sob a coordenação de Bruna Souza, a residência já iniciou nova turma.

O diretor do Hospital Dom Moura, Luiz Melo, afirmou que os trabalhos revelaram o compromisso com a Gestão do SUS. "A Residência do Dom Moura recebeu o Prêmio INOVASUS, do Ministério da Saúde, o que revela o investimento exitoso da Secretaria de Saúde do estado, e a determinação com a qual nossa equipe coordena as equipes de residentes, com olhar especial para o acolhimento no SUS."

Dra. Catarina Tenório, gestora da V GERES, acompanhou os dois dias de trabalhos. "Trata-se de um investimento de interiorização da gestão em saúde, quando Garanhuns e outras regionais se tornam campo de formação e prática para os estudantes da área de saúde, que vêm conhecer a realidade local, e na maioria das vezes acabam se instalando nos municípios depois de formados. A Residência da V GERES tem esta característica, desenvolvendo os estudantes para a Gestão Pública em Saúde" -finalizou.

Gestão do Trabalho e Educação em Saúde

Dra. Ricarda Samara, Médica Sanitarista, foi gestora da V GERES, em Garanhuns, por dois anos, quando foi convocada para assumir novos desafios na Secretaria Estadual de Saúde. "Estamos agora na Secretaria Executiva, mas há um sentimento de "pertencimento" a esta região, e por isto, buscamos atender novas demandas que tenham resultado na gestão da saúde regional. Temos na Escola de Saúde Pública, com Célia Borges, uma grande parceria, que vai possibilitar novas ações no Agreste".

Karynna Spinelli é do Samba e do Terreiro

A sambista Karynna Spinelli  é uma das convidadas do "Feijão de Ogum", festa realizada pelo  Afoxé Omô Nilê Ogunjá, no bairro do Ibura, Zona Sul do Recife, a partir das 16h, neste sábado (30).
Nesta edição, o evento conta também com um legítimo representante do Afoxé Filhos de Gandhy: Pedro Kóyákóyá, vocalista principal deste que é o maior afoxé do mundo, padrinho da entidade. No palco com o Omô Nilê ainda teremos a presença iluminadade Karynna Spinelli e do Grupo Voz Nagô.
Ainda durante a festa, a Banda de Leão, o Afoxé Babá Orixalá Funfun e o Grupo Pérola, fazem mais samba e mostrar a força de Ogunjá.

Serviço: 
Feijão de Ogum, com Karynna Spinelli, Grupo Voz Nagô,  Banda de Leão,  Afoxé Babá Orixalá Funfun e o Grupo Pérola
Local:  Rua Engenho Bondade, 79, UR-3, Ibura, Recife
Horário: 16h
Evento Gratuito

Em Maranguape I, Junior Matuto participa de reunião de prestação de contas


Encerrando a semana em mais uma rodada de prestação de contas da administração municipal, o prefeito Junior Matuto esteve reunido, nesta sexta-feira (29.04), com moradores e lideranças do bairro de Maranguape I. O encontro aconteceu na Avenida Manoel Quirino onde foi apresentado o balanço das ações executadas desde o início da sua gestão.

Durante o encontro Matuto destacou as ações que estão transformando Maranguape I em um lugar ainda seguro para morar. Graças à implantação de projetos ligados a segurança pública, o bairro tem reduzido a cada dia os índices de violência e criminalidade. As iniciativas são coordenadas pela Secretaria Municipal de Segurança Cidadã e Defesa Civil.

Nesse sentido, a atual gestão criou o Centro Integrado de Segurança (CIS). O serviço funciona com uma central de vídeomonitoramento composta por 15 câmeras e tem o suporte de um programa de Motopatrulhamento, com dez motos e 20 PMs – batizado de Garupa. A estrutura operacional é resultado de uma parceria firmada pela Prefeitura do Paulista e a Secretaria de Defesa Social, através do 17.º Batalhão da Polícia Militar.

O prefeito também citou outras ações governamentais no bairro, a exemplo da instalação de nova iluminação pública nas principais vias do comércio e nos corredores viários, desassoreamento do Canal Sítio do Jorge e a inauguração de um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

O gestor revelou ainda que a reforma da Policlínica Josino Guerra, localizada na Praça Emílio Russel, também na comunidade, está na fase final. “Essa vai ser a 31° revitalização de unidade de saúde na cidade. Seis novos postos de saúde também já foram construídos e entregues a população. Além disso, foram implantados programas que têm importância significativa na vida das pessoas, como o Remédio em Casa e o Segue Cuidando”, frisou o prefeito.

“É satisfatório e reconfortante participar de um momento como esse, onde as pessoas participam, questionam e também agradecem a nossa gestão pela realização de obras espalhadas nos quatro cantos da cidade. Estamos todos juntos, trabalhando por um único objetivo, o de querer sempre o melhor para Paulista”, finalizou Junior Matuto.

BALANÇO – Além das ações na comunidade, Junior Matuto tem apresentado um conjunto de programas e projetos que estão transformando a vida dos paulistenses. Na área da infraestrutura urbana, a prefeitura tem trabalhado para realizar o sonho de muitas famílias, com o calçamento, pavimentação e revestimento asfáltico de quase 60 vias. Destaque ainda para a contenção do avanço do mar na orla com o bagwall (R$ 28 milhões), desassoreamento do Rio Paratibe (R$ 26 milhões), duplicação da PE-01 e Ponte do Janga (R$ 16 milhões) e construção do Mercado de Paratibe (R$ 12 milhões). A Educação também vem recebendo grandes investimentos do poder público municipal. Na reforma de 12 unidades de ensino, a prefeitura investiu cerca de 2,3 milhões. Os estabelecimentos de ensino ganharam oito mil novas bancas. Os estudantes estão indo estudar com novos fardamentos (bermuda, calça, camisa malha fria, tênis/alpargatas) e kits escolares.

Paulista recebe Empresa Arla que vai gerar mais emprego e renda para o município


Graças à política de atração de investimentos para o município, mais um empreendimento chegou a Paulista nesta sexta-feira (29.04). Foi inaugurada nesta manhã, em Paratibe, a empresa Arla Brasil. A marca, que faz parte do Grupo Dislub Equador, funcionará realizando a produção de Arla 32 – um reagente usado em caminhões para reduzir em 98% as emissões de NOx (número de oxidação). A iniciativa foi possível graças ao esforço da gestão municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da cidade.  

A inauguração oficial contou com a participação do prefeito Junior Matuto e do vice- prefeito Jorge Carreiro. Também compareceram ao evento diretores do Grupo Dislub Equador. Na ocasião Matuto ressaltou que a chegada da fábrica irá ampliar a geração de renda e empregos no município.

“Fui pessoalmente falar com o governador, para garantir que a fábrica não saísse de Paulista, pois, sabemos a importância dela para o município. Estamos fazendo gestos como esse, que vão ajudar o povo da nossa cidade. A exemplo do shopping que gerou 2,5 mil empregos, sendo mais de 90% moradores do município e o Mirabilândia, que está vindo para Paulista, e que também deverá empregar muita gente daqui”, frisou.

Esta é a primeira de quatro fábricas que entram em operação até setembro no Brasil. Além de Paulista, na RMR, a marca estará presente em Porto Velho (RO), Manaus (AM) e Belém (PA). Em operação desde o final de fevereiro, a fábrica pernambucana já ultrapassou a produção e vendas de mais de 1 milhão de litros de Arla 32, um reagente sustentável, não poluente, abastecido em tanque próprio na proporção de 5 para cada 100 litros de Diesel. 


Sobre o produto - O produto é comercializado a granel, na quantidade desejada pelo cliente, com a vantagem de não ser nocivo. Não é inflamável, é de fácil limpeza e abastecimento e não oferece nenhum risco. Imprescindível para caminhões – especialmente para adequação às normas do IBAMA e do CONAMA em vigor desde 2012 (que obriga o uso do produto em veículos a diesel) – o Arla 32 também pode, e deve, ser usado em ônibus, máquinas agrícolas, geradores de energia, termelétricas e transporte fluvial. Para a produção do reagente foram investidos R$ 15 milhões.

Silvio denuncia abandono do Bidu Krause


O deputado Silvio Costa Filho (PRB), realizou uma visita surpresa hoje ao Centro Social Bidu Krause, no bairro do Totó, abandonado pela administração da Prefeitura do Recife. Segundo relatos da comunidade, o equipamento, que já foi referência na área de esportes, lazer e assistência social; vem funcionando precariamente, por causa da falta de investimentos da gestão Geraldo Júlio.

No local - que hoje abriga posto de saúde, junta militar, centro de assistência social, creche, escola profissionalizante e unidade tecnológica – os serviços vêm funcionando precariamente, sobretudo no período da noite, por causa da falta de iluminação. “A última intervenção nesse espaço foi feita há mais de dez anos. A atual gestão investiu R$ 14,2 milhões em um único Compaz, mas se nega a fazer a manutenção de um equipamento como o Bidu Krause, bastante importante para toda a RPA 5”, avaliou Silvio.

Um exemplo das dificuldades enfrentas pela população, a dona de casa Ingrid Araújo relata a completa desassistência à comunidade, que além da reforma do Bidu Krause, cobra melhores serviços. “Cheguei aqui às 6 horas da manhã. Já são mais de 11h e ainda estou esperando para marcar uma consulta pediátrica para meu filho. Se tiver sorte consigo para quinta ou sexta-feira. Se não, só na semana que vem”, relatou.

Segundo o líder comunitário Ednaldo Rogaciano, à noite o espaço é proibido para a população. “Sem iluminação, falta segurança para as atividades noturnas. A regularização depende de uma subestação, mas a Prefeitura alega falta de recursos”, contou.
Mesmo reconhecendo que o Compaz, inspirado nas experiências de Bogotá, é um equipamento importante, Silvio destaca que recuperar o Bidu Krause teria um custo de apenas um terço de uma dessa unidades. Segundo relatos da comunidade, falta disposição da Prefeitura para solucionar o problema. “Na área esportiva, recuperar a iluminação do campo de futebol custaria R$ 300 mil, mas a mesma prefeitura que investe milhões no Compaz diz não dispor de R$ 300 mil para cá”, comparou o deputado. Além do campo sem iluminação, as piscinas estão abandonadas e a pista de cooper sem manutenção.

“Em momentos de restrição orçamentária, mais importante que inaugurar obras para aparecer na TV e no guia é cuidar dos equipamentos já existentes, para que eles continuem servindo à população. Gerir uma cidade é fazer escolhas, e nesse caso parece mais efetivo recuperar o Bidu Krause, e usar os recursos remanescentes para reforçar o atendimento à população, do que construir um novo Compaz”, pondera o deputado.

COMPLEXO DO CURADO
Depois da visita ao Bidu Krause, o deputado Silvio Costa Filho participou de reunião com os moradores do entorno do Complexo Prisional do Curado, junto com o deputado Edilson Silva (Psol) e com a vereadora Marília Arraes. Os parlamentares propuseram a criação de uma frente em defesa da comunidade e avaliaram algumas propostas para evitar a desapropriação das 52 casas anunciada pelo Governo do Estado.

“Uma alternativa que vamos levar ao Governo é o recuo da muralha do presídio. Pelas imagens do complexo, há espaço para que se faça a área de segurança recuando o muro, que segundo explicou o secretário Pedro Eurico, é de tijolo singelo, sendo mais fácil de ser deslocado”, destacou Silvio.

Creme vegetal: Você sabe o que é? Confira mitos e verdades!

Variar a alimentação é muito importante e benéfico para o corpo e a saúde. Entretanto, há quem confunda quais nutrientes devem ser consumidos para obter uma refeição saudável. A gordura “boa”, por exemplo, é aconselhada numa dieta equilibrada, principalmente para manter a saúde cardiovascular em bom estado.
O creme vegetal contém gorduras “boas” que podem ser grandes aliadas do organismo e da saúde do coração. É feito à base de óleos vegetais e contém gorduras poli-insaturadas, que não são produzidas pelo nosso corpo e podem colaborar na redução da formação da aterosclerose.
Alguns cremes vegetais, por sua vez, também contêm fitoesteróis, compostos vegetais que auxiliam na redução da absorção do colesterol. Estes estão presentes naturalmente, em pequenas quantidades, em alimentos de origem vegetal como frutas, verduras e óleos vegetais.
Conversamos com Lara Natacci, nutricionista da DietNet, que falou um pouco mais sobre as principais características desse alimento. Confira os mitos e verdades sobre o creme vegetal, a seguir:
1. Creme vegetal contém lactose
Mito. O creme vegetal não possui lactose, por ser derivado de óleos vegetais. No entanto, é necessário se atentar aos sabores Manteiga, pois estas variações podem conter leite e/ ou derivados de leite em sua composição, e consequentemente, conter lactose.
2. Creme vegetal pode ser utilizado em diversas receitas:
Verdade. O creme vegetal é versátil e pode ser utilizado na preparação de lanches, saladas e pode ser passado no pão e na torrada.
3. Creme vegetal contém gordura trans:
Mito. O creme vegetal não contém gordura parcialmente hidrogenada, chamada de gordura trans. Sua composição é formada, em sua maior parte, por ácidos graxos insaturados, as chamadas “gorduras boas”. A OMS – Organização Mundial da Saúde recomenda que 15% a 30% do valor energético de uma dieta seja composto de gorduras, destas sendo preferencialmente as mono e poliinsaturadas.