Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Pró-Vaquejada Legal supera expectativas e sensibiliza sociedade e autoridades

A ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha) e a ABVAQ (Associação Brasileira de Vaquejada) consideram que o ato em defesa da Vaquejada Legal, realizado ontem (25), em Brasília, superou todas as expectativas e cumpriu com os objetivos de suas lideranças e dos manifestantes. Além de chamar a atenção da sociedade para a importância dessa prática cultural e esportiva secular do Nordeste, o ato sensibilizou autoridades para a necessidade de sua regulamentação.
Durante os últimos dois dias, representantes das associações tiveram dezenas de encontros com parlamentares e ministros. Destaque para as reuniões com os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Rodrigo Maia; o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e seu chefe de assuntos Jurídicos, Gustavo do Vale Rocha; os ministros da Agricultura, Blairo Maggi; Turismo, Marx Beltrão; Trabalho, Ronaldo Nogueira; Cultura, Marcelo Calero; Saúde, Ricardo Barros;  Transportes, Maurício Quintella; e das Cidades, Bruno Araújo.  Além disso, o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, que estava fora de Brasília, já expressou interesse em recebê-los em audiência pessoalmente.
Todos eles se posicionaram em favor da vaquejada e se dispuseram a apoiar a busca de uma solução para a manutenção da atividade, garantindo o cuidado e as boas práticas com os animais.  Uma das grandes preocupações que envolve o tema é o fato de que uma eventual proibição da prática no país ameaçaria o sustento de mais de 700 mil pessoas e suas famílias no Brasil.
Após ouvir as sugestões de caminhos por parte das autoridades, os representantes das associações se reunirão nos próximos dias para discutir os passos a seguir e oficializar uma posição.    “Vamos fazer nossa lição de casa. Recolhemos muitas informações e sugestões em Brasília, agora é estudar qual o melhor caminho para que a solução seja ágil e boa para o país”, afirmou o presidente da ABVAQ, Paulo Fernando Cavalcante de Morais Filho, o Cuca.
Para  Fabio Pinto da Costa, presidente da ABQM, o ato de ontem mostrou não só a  importância dessa atividade, mas a disposição das associações para o diálogo e o consenso.  “Nós queremos que a sociedade e as entidades defensoras dos animais participem conosco de um pacto.  Só nos interessa uma prática em que os animais são cuidados e bem tratados. E isso já vimos fazendo faz tempo”, afirmou.

Para expressar essa abertura para o diálogo e apresentar a sugestão de pacto em defesa de uma vaquejada com regras claras e sem agressões aos animais, a ABQM e a ABVAQ protocolaram pedido de audiência com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),  ministra Cármen Lúcia, e com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
A manifestação — Milhares de pessoas em mais de 1.000 cavalos, 500 caminhões e 80 ônibus viajaram de todo o Brasil para a manifestação que ocupou a Esplanada dos Ministérios ao longo de toda a terça-feira.  Apesar do evento superlativo, nenhum acidente ou briga foi reportado ao longo de todo o dia, demonstrando o caráter pacífico dos grupos defensores da vaquejada. Entre as atividades que ocuparam o coração da capital federal, foram realizados ato político, cavalgada, missa e apresentações artísticas.

ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha) e 
ABVAQ (Associação Brasileira de Vaquejada)

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.