Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Acessibilidade é tema de evento gratuito sábado (26) na FG

No próximo sábado (26), a Faculdade dos Guararapes (FG) – integrante da rede internacional de universidades Laureate – realiza encontro gratuito e aberto ao público para discutir a acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência no ensino superior. O público-alvo são educadores, pedagogos e profissionais que lidam com pessoas com deficiência.

De iniciativa do Núcleo de Acessibilidade da FG (NAG), a programação envolverá palestras, oficinas e lançamento de livros e de cartilha sobre acessibilidade, além de apresentações culturais. Uma delas é com Amanda Lima, primeira bailarina com Síndrome de Down a usar sapatilhas de ponta do Norte-Nordeste. Também haverá aula de Zumba com Priscila Mesquita, aluna de Educação Física da FG com Síndrome de Down.

livros

A programação envolverá ainda apresentação de dois livros. Um deles é intitulado de ‘Receitas de Brincadeiras : A arte de desenvolver vários tons azul !’, de autoria da psicóloga Frínea Martins da Costa Andrade e da pedagoga Ana Cláudia Prazeres França Cavalcanti de Albuquerque. A obra trata de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). O outro é ‘A Política de Inclusão na Educação Profissional’, da pedagoga Kátia Cristina B. Moura dos Santos. A publicação trata da educação profissional a partir de núcleos de acessibilidade como complemento.


Pioneirismo
A Faculdade dos Guararapes é pioneira em acessibilidade no ensino superior. No campus Piedade, por exemplo, a infraestrutura física e arquitetônica permite inclusão no seu ambiente educacional. Conta, entre outros, com sinalização acessível, plataformas elevatórias para cadeirantes, rampas acessíveis, piso e mapa tátil e sanitários acessíveis.

Além de disponibilizar estrutura física que permite a mobilidade e acessibilidade de alunos, funcionários e visitantes, a instituição de ensino conta ainda com o Núcleo de Acessibilidade, formado por 12 pessoas para auxiliar, orientar e permitir que pessoas com deficiência ou necessidades específicas sejam atendidas e desenvolvidas suas habilidades em sala de aula e demais atividades, com cidadania. A equipe é formada por tradutor e intérprete de libras, psicopedagogos, fonodiaudiólogo e tiflólogo, que lida com pessoas com baixa visão ou cegas.

Descrição: bocha 1.jpeg

Referência nos esportes
A FG também é referência no mundo esportivo para a realização de atividades esportivas paralímpicas. Já sediou, por exemplo, Campeonato Brasileiro de Bocha Paralímpica com atletas de todas as regiões do País, incluindo os que participaram dos Jogos Paralímpicos de Londres. Outro destaque foi receber o Campeonato Brasileiro de Basquete em Cadeira de Rodas, da Confederação Brasileira de Basquetebol em Cadeira de Rodas (CBBC).



Confira abaixo a programação completa do I Acessibilidade em Foco: “Incluindo no Ensino Superior”:

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.