Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Cinema pernambucano gratuito em Paulista

Buscando a valorização do cinema pernambucano e nacional, o deputado estadual Aluísio Lessa (PSB) é o autor da emenda responsável pela criação do projeto Cinema na Estrada. A iniciativa tem como foco a interiorização da produção cinematográfica pernambucana e brasileira e viabilizar a criação de novas salas no Estado. O público de Paulista vai conferir a mostra em Maranguape II, neste domingo, na Praça José Lopes.

SOBRE O PROJETO - Nas palavras de Aluísio Lessa: “O Cinema na Estrada é uma ação estratégica para promover a difusão das obras audiovisuais pernambucanas em todo o estado, possibilitando a inclusão de novos públicos e contribuindo para diminuir os gargalos da distribuição.”

O  projeto será executado nos seguintes municípios: Mata Norte: Goiana, Paudalho, Vicência, Itambé, Nazaré da Mata, Condado; Sertão Central: Salgueiro; Agreste Setentrional: Bom Jardim, Limoeiro; Agreste Meridional: Saloá, Garanhuns(comunidades quilombolas); Sertão do Pajeú: Afogados da Ingazeira, Tacaratu; Agreste Central: Belo Jardim, Bezerros, São Bento do Una, Lagoa dos Gatos; Mata Sul: Palmares, Primavera, Ribeirão, Jaqueira, Catende; RMR: Camaragibe , Itamaracá.

Filmes a serem exibidos:

Salu e o Cavalo Marinho (Animação, 2014, 14 minutos, PE), de Cecília da Fonte

A Clave dos Pregões (Documentário, 15 minutos, 2015), de Pablo Nóbrega

Olhos de Botão (Ficção, 18 minutos, 2015) de Marlom Meirelles

Psiu! (Documentário, 20 minutos, 2014), de Antônio Carrilho e Juliana Lima

João Heleno dos Brito (Ficção, 20 minutos, 2014), de Neco Tabosa

Sexta Série (Ficção, Digital, 18 minutos, 2014), de Cecília da Fonte

Exília (documentário, 24 minutos, 2015), Renata Claus

Papo amarelo – o primeiro tiro (ficção, 15 minutos, 2015), de Anildomá Willans de Souza

Lua (Ficção, 17 minutos, 2013) de Paulo Caldas

A promessa (Ficção, 13 minutos, 2013), de Marcos Carvalho e Alisson Souza.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.