Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Como escolher a melhor escola para o filho?

É nesta época do ano que os pais começam a planejar o ano seguinte, seja estabelecendo metas, ajustando a contabilidade, planejando as próximas férias, etc... Muitos deles, principalmente os que têm filhos pequenos, começam a pensar na melhor instituição do ensino para o pequeno ingressar. É nessa hora, que pesquisa, paciência e muita atenção, são necessários para que não sejam feitas escolhas erradas.
Para procurar – e achar -  o melhor espaço para a criança, é preciso estar atento às necessidades delas. Os pais precisam ter atenção nas atividades que a escola oferece e o quanto isso vai ajudá-la no desenvolvimento psicomotor, que é desenvolvido nas crianças de idade escolar. Uma boa escola, preocupada com as necessidades individuais de cada aluno, influencia no comportamento escolar dos anos seguintes.
De acordo com a psicóloga educacional do Colégio Motivo, Sara Bragg, os pais precisam pesquisar, não somente a grade curricular, mas também as atividades extracurriculares: “São essas atividades que serão o diferencial na educação do filho deles, assim, eles podem ter um melhor aproveitamento no período de estudo. ”
Os pais que estiverem insatisfeitos com o ensino da atual escola do filho também devem ter atenção. Especialistas e pedagogos explicam que fazer uma lista com o que você busca na escola ajuda a encontrar a melhor instituição. Antes de levar em consideração a mensalidade, é preciso também pensar no custo-benefício, comparando a grade curricular de cada escola. “O pai que está insatisfeito com a atual escola, precisa definir o que está realmente incomodando na instituição atual e assim identificar se é um problema da instituição ou de adaptação do aluno, feito isso, ele pode buscar uma outra escola que atenda às necessidades específicas do filho ” explica a psicóloga.
Ao passar por esse processo também é indicado conversar com outros pais, assim dá para se ter uma ideia de como é o funcionamento da escola, o relacionamento com os pais e os alunos e ainda como será o desenvolvimento educacional do filho durante o período letivo. “No Colégio Motivo, temos uma coordenação de psicologia e de atendimento aos pais e alunos que faz com que os novos alunos sejam acolhidos e se familiarizem com as atividades propostas pelo colégio” exemplifica.
Ainda de acordo com Sara, é preciso escolher um espaço em que os pais tenham segurança em deixar os filhos e que os filhos se sintam confortáveis e acolhidos, assim, o aluno conseguirá se empenhar mais na escola e os pais, consequentemente, mais tranquilos.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.