Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Silvio cobra respostas do governo para problemas do estado

Silvio cobra respostas do governo do estado na Alepe. Foto: Roberto Soares.
O deputado Silvio Costa Filho (PTB), em nome da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), cobrou nesta segunda-feira (1º) que o Governo do Estado apresente respostas para as pendências que ficaram do ano passado. Para o parlamentar, 2015 foi um ano em que as conquistas de Pernambuco começaram a ficar para traz.
Durante o pronunciamento, por ocasião do retorno aos trabalhos do Poder Legislativo, o parlamentar levantou alguns pontos para reflexão dos integrantes da Casa Joaquim Nabuco. O primeiro ponto destacado pelo deputado foi o Pacto pela Vida, que pelo segundo ano consecutivo não conseguiu êxito no combate à escalada da violência no Estado. “Fecharmos 2015 com 3.891 homicídios, o pior resultado desde 2009, mais de 13% a mais que em 2014. Só este ano, até o último dia 24, já foram registrados 273 assassinatos”, destacou.
Silvio também chamou a atenção para a atual crise no sistema prisional. “O ano de 2016 começou da mesma forma que o ano passado, em meio a uma crise no sistema prisional. Isso apesar de o Estado ter passado, em 2015, seis meses em estado de emergência no sistema prisional e de ter prometido resolver o imbróglio da PPP de Itaquitinga. Mas o que vemos, é que nada foi feito nesse último ano para mudar esse quadro”, reforçou. Além da PPP de Itaquitinga, a Oposição prometeu um olhar mais crítico, este ano, sobre a PPP do Saneamento, que não vem conseguindo cumprir seu cronograma, e a Arena Pernambuco.
Na Saúde, o deputado destacou a situação de colapso do sistema público de saúde, onde faltam desde materiais básicos, como gaze e esparadrapo, a medicamentos para o tratamento de câncer. “Pernambuco terminou 2015 devendo mais de R$ 200 milhões às organizações sociais que administram as UPAs e os novos hospitais, registrando fechamento de leitos e uma quadro desolador em vários hospitais da Região Metropolitana, Agreste e Sertão do Estado”, destacou.
Silvio Costa Filho encerrou seu pronunciamento afirmando que a Oposição na Alepe manterá a mesma postura de 2015. “Nós da Oposição continuaremos na mesma direção, com unidade, seriedade, e respeito ao povo de Pernambuco. Continuaremos a cumprir em 2016 o nosso papel de legislar, fiscalizar e mostrar aos pernambucanos o Pernambuco de Verdade, o Pernambuco da vida real das pessoas, não o Pernambuco que o governo apresenta nas campanhas publicitárias”, ressaltou, destacando ainda que o governador Paulo Câmara pode contar com o apoio da Oposição sempre que os interesses do Estado estiverem em jogo, como foi o caso da mobilização pelo Hub da Latam.

Alguns problemas que ainda aguardam resposta do Governo de Pernambuco:
Situação do Sistema Prisional
- Explosões e fugas em massa da Penitenciária Barreto Campelo e do Complexo Priosional do Curado expuseram a precariedade do sistema carcerário de Pernambuco.
PPP de Itaquitinga
- O Governo do Estado passou todo o ano de 2015 promete apresentar uma solução para a PPP de Itaquitinga, um centro de ressocialização que acrescentaria mais de 3 mil vagas ao atual sistema penitenciário do Estado.
Arena Pernambuco
- O Estado encomendou, à Fundação Getúlio Vargas, um estudo sobre a viabilidade da PPP Arena de Pernambuco. O estudo foi entregue no final do ano passado, mas mesmo assim o Governo decidiu adiar sua decisão.
Pacto pela Vida
- O ano de 2015 terminou com 459 homicídios a mais que no ano anterior, no pior resultado desde 2009. Além da troca do comando da Polícia Militar, o Estado não apresentou nada de concreto para resgatar os princípios do Pacto pela Vida.
Colapso da saúde.
- Fechamento de UTIs, falta de material básico, de medicamentos e situação precária de atendimento foram as marcas do sistema público de saúde do Estado em 2015. Infelizmente, o Estado nada apresentou de concreto para reverter o quadro, a não ser dizer que é vítima da conjuntura econômica nacional.

Convite para inauguração do Centro Integrado de Segurança


O Prefeito a Cidade do Paulista, Gilberto Gonçalves Feitosa Júnior (Junior Matuto), através da Secretaria de Segurança Cidadã e Defesa Civil, junto com o Governador de Pernambuco, Paulo Henrique Saraiva Câmara, convidam para a inauguração do Centro Integrado de Segurança, e sua moderna Central de Monitoramento, além do programa do 17º Batalhão da Polícia Militar, o Garupa.

Justiça dá 48 horas para Prefeitura e Galo se explicarem sobre caso dos camarotes privados

O juiz Andrelino Nogueira Júnior, da Quarta Vara da Fazenda Pública, intimou hoje a Prefeitura do Recife e o bloco Galo da Madrugada a se explicarem sobre a exploração comercial de espaço público sem que tenha havido licitação. A decisão é fruto de uma ação popular de autoria do advogado Pedro Josephi. O despacho saiu na tarde desta segunda-feira (1º de fevereiro) e dois réus tem 48 horas para se posicionar. Além desta ação que corre na Justiça Estadual, Pedro Josephi também é autor de uma outra na Justiça Federal. Nesta última, os réus são o Porto do Recife e  a empresa Porto Novo Recife S/A, que terceirozou o espaço para o Camarote Parador.
Foram protocoladas  duas ações populares que pedem o fechamento imediato de camarotes e outros espaços privados que estão instalados em áreas públicas no Carnaval do Recife. As ações afirmam que as autorizações dadas pelo poder público (Prefeitura do Recife e Porto do Recife) são ilegais. O foco são operações na Praça Sérgio Loreto, avenidas Dantas Barreto e Guararapes, durante o desfile do Galo da Madrugada; além de uma outra, instalada numa área pertencente ao Porto do Recife, próximo à antiga Ponte Giratória, no Recife Antigo, onde está instalado o Parador.
A referente aos camarotes privados do Galo da Madrugada, que foi protocolada hoje (sexta-feira, 29 de janeiro), está na Quarta Vara da Fazenda Pública e foi distribuída para o juiz Djalma Andrelino Nogueira Júnior, sob o processo 0003065-93.2016.8.17.0001. Já a do Parador foi protocolada ontem (quinta-feira, 28 de janeiro) junto na Justiça Federal da 5ª Região, sob o número 0800595-57.2016.4.05.8300. Para ambas, a justificativa é que o interesse privado está se sobrepondo ao público em detrimento da população, que deveria usufruir dos espaços sem qualquer ônus.
Pedro Josephi alega  que nas duas ações  falta de amparo legal para as concessões públicas. No caso do Galo da Madrugada, cujo desfile acontece no sábado de Carnaval, a área pública é simplesmente ocupada por grupos privados que cerceiam o acesso dos foliões, “exceto aqueles que obviamente pagam ingressos para os camarotes”, observa.  Ele reconhece que a lei até permite a cessão de espaço público para exploração por entes privados, mas mediante licitação prévia, o que não ocorreu.
Josephi diz que no caso do Recife Antigo a distorção é ainda mais esdrúxula, já que a área de fato foi licitada, mas vem sendo terceirizada e até quarteirizada para outros fins. “Não é razoável que espaço público, destinado à sociedade, seja utilizado para angariar recursos com a sua exploração comercial, advindos da promoção de eventos no local, do interesse de poucos empresários, ficando ao livre arbítrio da empresa Porto Novo Recife S/A (vencedora da licitação)”, enfatiza.
O advogado insiste que tudo leva a crer que a outorga do uso daquele bem público do Recife Antigo vem sendo sucessivamente formalizada de forma errônea, por meio de instrumento jurídico inadequado, sem prévia licitação, vez que a concessão na forma como está não se coaduna com o interesse público, tratando-se em verdade de flagrante prejuízo ao patrimônio público.
Tanto no caso dos camarotes do Galo da Madrugada quanto na área do Bairro do Recife, Pedro Josephi destaca que a circulação dos foliões fica bastante prejudicada. “Os shows do Parador, acontecerão a menos de 500 metros do Marco Zero, onde ocorrem os shows gratuitos, o impacto será imenso, não apenas no ir e vir das pessoas, mas no som da festa privada sobre os blocos que desfilam por ali. Serão mais de 15 mil pessoas só para esse evento, durante os três dias”, prevê.

Dr. RIANZI GUERRA SOARES, NOVO PRESIDENTE DO ISBRAPT PAULISTA/PE

O farmacêutico Bioquímico,  Dr. Rianzi Guerra Soares, assumi o ISBRAPT com o grande compromisso de dar continuidade ao brilhante trabalho de CICERO DA ONG (Conselheiro Tutelar da Cidade do Paulista/PE),  em 18 anos de vida público o líder social alcançou indicadores surpreendentes a favor dos direitos sociais e da inclusão de pessoas em situação de vulnerabilidade social, pobreza extrema e egressos do sistema prisional.

Segundo o novo Presidente do ISBRAPT, substituir Cicero da Ong, será uma honra, mais ao mesmo tempo uma tarefa muito difícil por se tratar de uma grande referencia das políticas assistenciais dos Estado do Ceará e Pernambuco, más com ajuda de Deus e sobe a orientação do mesmo, irei honrar a confiança a me creditado.

Em conversa com o nosso blog CICERO DA ONG, destacou a importância de Deus em sua vida, bem como da ajuda e companheirismo da esposa Angélica Sales (Angélica da ONG), e da sua irmã Valdenice Lima (NEGA), para lograr todos esses méritos, inclusive enfatizou que sempre dará sua contribuição ao ISBRAPT. 

Ipojuca realiza o tradicional Baile Municipal nesta quinta-feira (04)

A prévia mais esperada do carnaval Ipojucano, o Baile Municipal, promete, ser a grande diversão para o carnavalesco da cidade. A folia de Momo será aberta, oficialmente, às 19h, da quinta-feira, 04.02. A tradicional festa tem como objetivo resgatar a brincadeira saudável de rua no Clube local. 
Para a tão esperada brincadeira, antes das atrações artísticas haverá apresentação cultural dos idosos do Projeto Vida Ativa, da Secretaria de Bem Estar Social, em seguida, o tão esperado concurso de Rei e Rainha do Carnaval Ipojucano. A programação contará ainda com as apresentações musicais de André Rio, Gustavo Travassos e Patusco. 
SOLIDARIEDADE 
A solidariedade também será uma característica do Baile Municipal do Ipojuca. A organização da festa fechou uma parceria com a comunidade católica do município, cujos ingressos poderão ser trocados por alimentos nas igrejas católicas dos cinco distritos. Porém, quem não puder levar os donativos para as instituições religiosas, poderá entrar normalmente no Baile. A distribuição dos alimentos arrecadados será realizada pela própria igreja. 
Capoeirista Mestre Cascavel é o grande homenageado do Baile Municipal 2016
Uma expressão cultural genuinamente brasileira servirá de inspiração para o Baile Municipal do Ipojuca de 2016, que ocorrerá no próximo dia 04 de fevereiro no Clube Municipal (Distrito sede). Grande incentivador da Capoeira no município, Manoel João de Oliveira Filho, natural de Ipojuca, será o grande homenageado do carnaval ipojucano este ano. Já falecido, mestre Cascavel, seu nome da capoeira e como era carinhosamente conhecido pela população, realizava um trabalho social bastante sólido em Camela. 
Adolescentes e jovens da localidade que estavam indo para o mundo das drogas, muitas vezes eram resgatados pelo trabalho de Mestre Cascavel, que dava aula gratuita de capoeira para os moradores de Camela. “Mestre Cascavel não morreu, pois será sempre lembrado por aqueles que viveram a história do Ipojuca, ele apenas partiu antes de nós. Uma bela iniciativa da Prefeitura em homenagear meu pai neste carnaval, ele era uma pessoa muito querida e as pessoas irão lembrar dele com muita alegria”, destacou Patrícia Cardoso, filha do homenageado. 
PERFIL 
Nascido em 09 de setembro de 1964, mestre Cascavel era filho de Manoel João de Oliveira e Amara Maria de Santana. Aos 49 anos de idade, prestes a pegar sua corda de mestre, veio a falecer em Camela, local em que viveu boa parte de sua vida. Quando Manoel trouxe a capoeira para Camela, foi quando ele se casou com Maria Cristina Cardoso no ano de 1993, com poucos alunos, treinavam no canavial de Camela e posteriormente passou a dar aulas no Futebol Clube de Camela. Ele trabalhava como pedreiro durante o dia, e dava aulas de capoeira à noite, onde tinha mais ou menos 40 alunos. 
Ele se associou no Grupo Associação Nossa Capoeira com o grande mestre: Pêu, o mestre que ele tinha uma grande admiração, onde se tornou seu contramestre. 
EXPRESSO FOLIÃO
Este ano a festividade contará com uma novidade: o expresso folião. O serviço gratuito, fornecido pela Prefeitura, disponibilizará transporte saindo de Camela, Nossa Senhora do Ó e Ipojuca-Sede em direção ao Baile. 
Em Camela, os ônibus sairão de 18h30 e 20h da capela de Santo Antônio, retornando às 3h. Em Nossa Senhora do Ó, as saídas também serão às 18h30 e 20h, tendo como partida a igreja matriz do distrito, retornando às 3h. Já em Ipojuca-Sede, haverá transporte saindo a partir das 19h da Caixa Econômica Federal e Praça Getúlio Vargas, em um intervalo de 10 minutos.
Fotos: Danilo Luiz/Prefeitura do Ipojuca

Bloco Patusco desfila nas ladeiras de Olinda no domingo e terça-feira de Carnaval

Homenageada deste ano será a porta-estandarte, que participa há 35 anos. Concentração acontece na Casa do Patusco, na Rua do Amparo

Tradição há 54 anos no Carnaval, o Grupo Anárquico Místico Carnavalesco Patusco desfila pelas ladeiras de Olinda no domingo e terça-feira. Nos dois dias de folia, o grupo sairá às 8h59 da Casa do Patusco, localizada na Rua do Amparo (ao lado da Igreja do Amparo, na Cidade Alta). O local continua sendo o quartel general do bloco durante o Carnaval, servindo também como ponto de apoio e camarote.

Patusco desfila com a bateria completa, formada por mais de 180 pessoas, incluindo madrinha, rainha, porta-estandarte e a Ala da “Velha Guarda”, esta última composta por diretores e antigos membros da agremiação. Todos os integrantes estarão vestidos nas cores do grupo, verde e preto. Neste ano, a homenageada será a porta-estandarte Zoraya Guimarães, que participa do desfile há 35 anos.

No repertório, o bloco traz novidades. Além das canções que já fazem parte do setlist, novas músicas de artistas pernambucanos e nacionais foram adicionadas. Os cantores Almir Rouche, Marrom Brasileiro e Ivete Sangalo são alguns deles. O Mascote do Patusco, boneco em forma de Pato (símbolo do bloco), que foi confeccionado por um artista plástico no estado do Paraná, também estará presente no desfile. A expectativa da diretoria é que uma multidão de foliões acompanhe o bloco, como já é tradição todos os anos. 

Abertas inscrições para seminário estadual sobre Microcefalia e Assistência Social

Estão abertas as inscrições para o seminário estadual “Microcefalia e os Cuidados Socioassistenciais”. O encontro é organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e terá o objetivo aprofundar as discussões das demandas de microcefalia com gestores e técnicos da área socioassistencial dos municípios pernambucanos e órgãos envolvidos.

O evento busca alinhar a importância do papel da assistência social no acompanhamento e inserção das famílias no Cadastro Único e demais programas sociais por meio da discussão de propostas e sugestões de ação. O seminário acontece no dia 25 de fevereiro, no auditório da Faculdade Frassinetti do Recife (Fafire), das 9h às 17h.

As inscrições poderão ser feitas até 24 de fevereiro. É só preencher o formulário online disponível nos sites da SDSCJ (www.sdscj.pe.gov.br) e do Sistema de Informação e Gestão da Assistência Social – Sigas/PE (www.sigas.pe.gov.br), ou através do link https://goo.gl/7VBd9u. Estão sendo disponibilizadas, ao todo, 500 vagas.

Além de gestores e técnicos da área socioassistencial, o evento é aberto para conselheiros municipais de assistência social e saúde, representantes de classes profissionais e estudantes de áreas relacionadas. Todos os participantes receberão certificado.

O seminário “Microcefalia e os Cuidados Socioassistenciais” é uma das ações desenvolvidas pela SDSCJ para fortalecer uma agenda de ações de atendimento aos casos de famílias com crianças, sejam elas nascidas ou intra-útero, identificadas com microcefalia em Pernambuco.

PARCEIROS – O encontro será realizado em parceria com vários órgãos. Além da Fafire, os conselhos regionais de Serviço Social (CRESS), de Psicologia (CRP), o Conselho Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (COEGEMAS), e os conselhos estaduais de Assistência Social (CEAS) e de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CONED).