Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Yves e Ninho são recebidos por Sileno

O presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, recebeu, ontem, os ex-prefeitos de Igarassu, Yves Ribeiro e Ninho, ocasião em que foi analisado o quadro eleitoral no Litoral Norte e especialmente em Igarassu, no que se refere às eleições de 2016. Durante o encontro, foi comunicado oficialmente a Sileno a composição da chapa que irá disputar a eleição para a prefeitura de Igarassu, com Yves na cabeça da chapa e Ninho na vice.

Estado já pagou R$ 8 milhões à Arena em 2016, denuncia Silvio

O Governo do Estado já destinou cerca de R$ 8 milhões à Arena Pernambuco este ano, mesmo antes de o governador Paulo Câmara apresentar à população pernambucana que tratamento será dado ao empreendimento, após a realização de um estudo de viabilidade encomendado à Fundação Getúlio Vargas (FGV). A denúncia foi apresentada pelo deputado Silvio Costa Filho (PTB), nesta quarta-feira (24), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

“O Estado fechou 2015 com mais de R$ 1 bilhão em restos a pagar, hospitais enfrentando falta de material e de medicamentos, escolas de referência sem merenda... mas, no mês de janeiro e parte de fevereiro, já foram aportados quase 8 milhões para a Arena Pernambuco. Isso para um contrato que está sendo questionado pelo Tribunal de Contas do Estado e investigado pela Polícia Federal”, destacou o líder da Bancada de Oposição.

A Oposição vem questionando os repasses feitos a Arena Pernambuco desde o início de 2015. A preocupação é que não se repita o que aconteceu em 2015, quando foram pagos R$ 50,9 milhões ao empreendimento, enquanto os débitos com fornecedores só se acumularam.
A Arena Pernambuco voltará a ser tema de audiência pública na Alepe em março. “Na tarde de ontem (terça-feira, 23), fechamos um acordo de lideranças para debater a situação da Arena Pernambuco, já que o Governo deu como prazo o final deste mês para apresentar o resultado do estudo realizado pela FGV”, disse Costa Filho.

O deputado destacou ainda o debate na Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação, realizada pela manhã, quando o secretário da Fazenda, Márcio Stefani, apresentou o balanço orçamentário de 2015, Silvio questionou o crescimento do endividamento do Estado, lembrando que entre agosto e dezembro do ano passado a Dívida Consolidada Líquida do Estado cresceu R$ 1 bilhão, passando de R$ 11,2 bilhões para R$ 12,23 bilhões. “Vale lembrar, que no fim de 2014 essa mesma dívida era de 10,6 bilhões”, lembrou o parlamentar.

Silvio Costa Filho voltou a cobrar o detalhamento dos cortes de R$ 940 milhões anunciados pelo Governo do Estado. “O secretário (Stefani) destacou a redução de 2,5% no custeio, mas não detalhou onde se deu efetivamente esse corte. O que nos preocupa, é que no custeio, além do material de consumo, também estão despesas com a merenda escolar e com medicamentos”, ponderou, lembrando que desde agosto espera o envio desses dados pelo Governo do Estado.

1ª cruzada Paulista para Jesus


Programa AtuaAção pela igualdade chega ao bairro do Tururu


O Programa ATUAAÇÃO pela Igualdade, da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, chega ao bairro do Tururu. Nesta quinta-feira (25.02), das 9h às 11h, quem comparecer ao espaço localizado na Rua Nossa Senhora do Carmo, em frente ao posto de saúde Dom Helder Câmara, terá a oportunidade de participar de uma série de atividades voltadas à saúde e ao bem-estar.
Serão disponibilizados serviços como mamografia, aferição de pressão arterial, exame de glicemia, rápido de HIV/Sífilis, limpeza de pele, além de orientações sobre a Lei Maria da Penha e programas de enfrentamento à violência contra o segmento feminino.

Argentina e Brasil querem financiamento europeu para pesquisa sobre Zika

Monica Yanakiew - Correspondente da Agência Brasil
O governo brasileiro propôs hoje (23) uma parceria com a Argentina para apresentar à União Europeia (UE) um projeto conjunto de pesquisa sobre o vírus Zika. O bloco europeu vai lançar um edital em março para financiar, com até dez milhões de euros, investigações científicas sobre o vírus. “A ideia é disputarmos juntos esse edital”, disse o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, após encontro com seu par argentino, Lino Barañao, em Buenos Aires.
Pansera destacou o recente avanço dos cientistas brasileiros, que identificaram a proteína responsável pela diferença entre o vírus da dengue e o vírus Zika. No entanto, segundo o ministro, ainda se sabe pouco sobre os efeitos da doença e como ela atua no sistema neurológico. “Não é algo que um país pode resolver sozinho”, disse. “É preciso a colaboração de cientistas do mundo inteiro e os argentinos têm interesse e experiência nessa área”, acrescentou.
Cooperação
Em outra parceria, os argentinos também participarão da construção do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB) – um reator nuclear, que será usado na produção de biofármacos, atualmente importados do Canadá. “O Canadá vai sair desse mercado ate 2022 e o governo brasileiro decidiu começar a fabricar esses produtos, que pesam na nossa balança comercial”, disse Pansera.
Os dois principais sócios do Mercosul também vão atuar em cooperação em projetos de financiamento de startups. O Brasil ofereceu à Argentina o uso de seu supercomputador Santos Dumont. Um comitê científico dos dois países manterá reuniões mensais para dar seguimento aos projetos conjuntos.
Edição: Luana Lourenço

Jaboatão esclarece ausência de vacinas em Postos de Saúde

O desabastecimento se iniciou ainda em 2015. Justificativa do Ministério da Saúde é de que não há previsão para normalizar o atendimento
Desde o final de 2015, o município de Jaboatão dos Guararapes vem enfrentando, juntamente com os demais municípios brasileiros, o desabastecimento de algumas vacinas, dentre as quais, cita-se: Hepatite A, Dupla Adulto (dT), Hepatite B, Tetra viral, dTp, dTpa (gestantes), vacina antirrábica humana, além do Soro antirrábico humano.
Esse desabastecimento se dá pelo fato de que o Ministério da Saúde (MS) não está repassando aos Estados a quantidade de doses necessárias para atender à população estadual para início e término do esquema vacinal, conforme é preconizado pelo próprio MS.
De acordo com o Ministério da Saúde /Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunização, através da nota informativa de Nº 198/2015, não há previsão concreta de normalização da situação do atual cenário nacional de repasse desses imunobiológicos aos Estados e Municípios.
Dessa forma, o município está adotando algumas estratégias para atender aos grupos de maior risco. Para a vacina contra Hepatite B, a Coordenação do Programa Municipal de Imunização passa a centralizar as doses desta vacina nas Policlínicas e Unidades Básicas de Saúde. E deverá ser aplicada apenas em crianças (Recém Nascidas), gestantes em qualquer idade gestacional e pessoas com doenças renais crônicas.
Para a vacina antitetânica (dT), também foram centralizadas as doses dessa vacina nas Policlínicas e Unidades Básicas de Saúde, bem como só deverá ser aplicada em gestantes em qualquer idade gestacional e acidentes graves com risco eminente de contrair o tétano.
A vacina contra raiva humana teve a sua centralização temporária na Policlínica José Carneiro Lins, em virtude do reduzido quantitativo de doses repassadas ao município, o local servirá como referência municipal para a realização da profilaxia da raiva humana através da administração deste imunobiológico até à normalização do abastecimento. As demais vacinas do calendário básico estão com seu abastecimento normalizado.

Veja a seguir, uma lista das vacinas que estão com problemas de abastecimento e as justificativas tanto da Secretaria Municipal de Promoção da Saúde quanto do Ministério da Saúde:
Hepatite A: A vacina não é recebida na quantidade necessária desde novembro de 2015, no entanto, já no mês de outubro o repasse das doses ao município foi cerca de 30% da cota mensal (cota mensal necessária: 700 doses. Doses repassadas em outubro de 2015: 200 doses). Em fevereiro de 2016 foram repassadas ao município apenas 20 doses da vacina.
Justificativa do Ministério da Saúde: (Nota Informativa nº 198/15) não houve envio devido indisponibilidade de estoque.

Dupla Adulto (dT): A vacina foi recebida pela última vez em janeiro de 2016, porém só foi repassado ao município cerca 50% das doses solicitadas (Doses solicitadas: 6.000. Doses dispensadas pelo Estado: 2.700).
Justificativa do Ministério da Saúde: Nota Informativa nº 198/15) não houve envio devido à indisponibilidade de estoque.

Hepatite B: A vacina foi recebida pela última vez em janeiro de 2016, porém foram repassadas apenas 210 doses (Doses solicitadas ao Estado, em Janeiro de 2016: 7.000 doses).
Justificativa do Ministério da Saúde: (Nota Informativa nº 198/15) não houve distribuição devido à indisponibilidade de estoque ocasionada pelo atraso na entrega por parte do laboratório produtor.

dTp:  Em fevereiro de 2016 não foram recebidas vacinas. Foram solicitadas 4.000 doses para atender à demanda do município no mês de fevereiro e nenhuma dose repassada.
Justificativa do Ministério da Saúde: (Nota Informativa nº 198/15) não houve distribuição devido à indisponibilidade nos mercados nacional e mundial.

dTpa (gestantes): Apenas 25% da cota mensal do município foi recebida (Cota mensal:700 doses. Doses disponibilizadas ao município: 170 doses).
Justificativa do Ministério da Saúde: Nota Informativa nº 198/15) não houve envio devido à indisponibilidade de estoque.

Vacina antirrábica humana: Até o momento foram recebidas 100 doses para a demanda do mês de fevereiro/16. (Doses solicitadas ao Estado: 700).
Justificativa do Ministério da Saúde: (Nota Informativa nº 198/15) não houve envio devido ao estoque reduzido.

Soro antirrábico humano: Estão acontecendo problemas no abastecimento, pois as doses só são repassadas ao município após criteriosa avaliação da equipe técnica do Estado.

Olinda em Ação chega com serviços gratuitos no bairro de Santa Tereza

Nesse sábado (27), acontece o primeiro Olinda em Ação do ano! Dessa vez, o programa vai ao bairro de Santa Tereza, e traz consigo cidadania e serviços públicos de forma gratuita para os moradores da comunidade da Ilha do Maruim, e de toda a cidade que comparecerem à Escola Municipal Santa Tereza, localizada ao lado do Convento de Santa Tereza, a partir das 8h da manhã até às 12h.
Lá, você pode tirar a partir da segunda via de RG, CPF, segunda via de certidão de nascimento e casamento, dentre outros documentos. Além disso, quem comparecer tem acesso a serviços de saúde, cadastro em programas governamentais, atendimento ao contribuinte, consulta ao SPC e SERASA, apresentação de grupos culturais, torneio de futebol, corte de cabelo, oficinas educativas, atendimento do PROCON Municipal, assistência jurídica, dentre outros.