Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Agentes encontram focos do Aedes aegypti em 1,3 milhão de imóveis do país

Soldados do Exército começaram a reforçar as ações de combate a focos do Aedes no Recife/ Foto de Bobby Fabisak/ JC Imagem
Equipes de combate ao Aedes aegypti visitaram na última semana 14,1 milhões de imóveis, totalizando 41,5 milhões de casas e prédios comerciais vistoriados desde janeiro. Ao todo, foram encontrados focos do mosquito transmissor do vírus Zika e da dengue em 1,3 milhão de imóveis, o que representa 3,3% dos visitados.
Ao todo, foram vistoriados 61,8% dos imóveis previstos. No balanço da semana passada, 27,4 milhões de imóveis tinham sido percorridos pelos mais de 300 mil agentes comunitários de saúde e de controle de endemias, com apoio dos militares das Forças Armadas, destacados para identificação e eliminação de focos do mosquito.
A meta é reduzir esse índice de infestação para menos de 1% de imóveis com foco. A Sala Nacional contabilizou a recusa de acesso a 155,2 mil imóveis, além de 9,2 milhões de domicílios fechados.
Micreocefalia
O último boletim do Ministério da Saúde informa que 583 recém-nascidos foram diagnosticados com microcefalia e mais 4.107 casos estão sendo investigados para confirmação ou descarte do diagnóstico da malformação. A pasta ainda investiga quantos casos estão relacionados ao vírus Zika.

Danos provocados por Zika em bebês são maiores do que se pensava, diz pesquisa

Pesquisadores e médicos baianos confirmaram que os danos causados pelo vírus Zika nos bebês é maior do que se sabia e que as gestantes podem não ter sintomas da doença. Segundo artigo publicado em parceria com a Universidade do Texas, o vírus não afeta exclusivamente o sistema nervoso central, hipótese sustentada até agora.

A descoberta ocorreu após pesquisas feitas em um feto, morto na 32ª semana de gestação, depois que a mãe de 20 anos, sem identidade revelada, e moradora do interior da Bahia, foi atendida no Hospital Regional Roberto Santos, em Salvador.

O feto foi retirado em 20 de janeiro, cinco semanas depois de ter sido diagnosticado com microcefalia e hidranencefalia (condição rara em que o crânio é preenchido por um líquido).

Além das complicações no sistema nervoso, consideradas graves, outros problemas afetaram o bebê. Ele apresentou quadro de artrogripose (doença congênita que deforma os membros e as articulações) e hidropisia (presença de líquido em cavidades do corpo, provocando inchaços no bebê).

Um dos responsáveis pelo estudo publicado pela revista científica PLOS Neglected Tropical Diseases e diretor do Hospital Regional Roberto Santos, Antônio Raimundo de Almeida classificou a descoberta como “a ponta do iceberg”.

“Descrevemos no dia 9 de fevereiro, as primeiras lesões causadas pelo vírus da Zika no sistema ocular (nos olhos) e as alterações auditivas. Além disso, alguns bebês com o vírus da Zika não têm microcefalia. Então, chamamos isso de síndrome da Zika congênita e dizemos que é 'apenas a ponta do iceberg'”, relatou o médico.

Outro ponto que chamou a atenção dos pesquisadores foi a ausência de sintomas do vírus Zika na mãe. O artigo científico explica que ela pode ter sido exposta ao vírus, mas não desenvolveu nenhum sintoma, apesar de o feto ter adquirido “complicações graves”, segundo os especialistas.

“Como isso não havia sido, ainda, descrito na literatura [médica], nós achamos que seria interessante comunicar a comunidade científica internacional sobre esse achado e estudamos detalhadamente, detectamos o vírus, fizemos o sequenciamento com os colegas e detectamos que esse vírus da Zika é uma variante asiática que circula aqui no Nordeste”, completou o diretor do Hospital.

Necrópsia
A partir da necrópsia feita no bebê, os cientistas encontraram a presença do Zika no líquido amniótico, no líquor (líquido que reveste o cérebro) e na medula espinhal. Já em outras partes, como coração, pulmão, fígado, placenta e no sangue, não encontraram o vírus.

Um dos médicos que acompanhou de perto o caso da mãe de 20 anos, Manoel Sarno, é especialista em medicina fetal e classificou as lesões no bebê morto como muito graves e a quantidade de líquido na cabeça além do comum para a hidranencefalia.

“É importante a gente alertar que o vírus não causa apenas microcefalia, mas causa danos também em outras partes. É o que chamamos de síndrome da Zika congênita. Sugerimos essa terminologia para tirar o foco da discussão da microcefalia: não é apenas a microcefalia, mas uma potencial lesão para outros órgãos”, alerta o profissional.

O especialista ainda recomendou cuidados sobre o assunto, para não gerar pânico. “É o primeiro caso relatado, no mundo, com essas características. É importante frisarmos que é um quadro extremamente grave, atípico, mas isso não pode ser extrapolado para toda a população”.

Os especialistas explicaram, ainda, que a descoberta pode aumentar o número de casos notificados dos efeitos do Zika nos bebês, já que era registrada apenas a microcefalia. Segundo eles, bebês com Zika já apresentaram complicações mais leves, que não foram associadas ao vírus.

Ligações de telefones fixos para celulares estão mais baratas a partir de hoje

Começou a valer hoje (26) a redução das tarifas para ligações locais e interurbanas feitas de telefone fixo para móvel. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as tarifas das chamadas fixo-móvel local ficaram entre 14,95% a 22,35% mais baratas, dependendo da operadora de origem da chamada.

Também foram unificadas as tarifas das chamadas fixo-móvel local. Assim, o usuário de telefone fixo pagará o mesmo valor para uma chamada local, independente da operadora móvel de destino. Por exemplo, o valor a ser pago por um usuário ao realizar uma chamada local fixo-móvel em São Paulo variava entre R$ 0,26 e R$ 0,46 e agora será de R$ 0,24. No Rio de Janeiro, variava entre R$ 0,27 e R$ 0,45, e agora será de R$ 0,23.

Nas chamadas de fixo para móvel, em que os DDDs dos telefones de origem e de destino da ligação têm o primeiro dígito igual (exemplo: DDDs 61 e 62), haverá reduções entre 9,15% e 14,04%, a depender da operadora de origem da chamada. Antes da revisão tarifária, um cliente do plano básico da Brasil Telecom (DF) pagava R$ 0,77 para fazer uma chamada de DDD 61 para DDD 62. Agora, este mesmo usuário pagará R$ 0,69 para este tipo de chamada.

Nas ligações em que os primeiros dígitos dos DDDs do telefone fixo e do telefone móvel são diferentes (como DDDs 31 e 41), a redução será entre 7,73% a 11,80%, a depender da operadora de origem da chamada. Antes desta revisão, um cliente do plano básico da Telemar Norte Leste, em Minas Gerais, pagava R$ 0,87 para originar uma chamada. Agora este mesmo usuário pagará R$ 0,77 para este tipo de chamada.

A redução é consequência do Plano Geral de Metas de Competição da Anatel, e abrange chamadas da telefonia fixa para celular, sejam ligações locais ou de longa distância, originadas nas redes das concessionárias da telefonia fixa - Oi (Telemar e Brasil Telecom), Telefônica, CTBC/Algar, Claro/Embratel e Sercomtel - e destinadas às operadoras móveis.

Paulo inicia negociação para empréstimos do Banco Mundial

Governador quer firmar novas parcerias com o Bird nas áreas de Recursos Hídricos, Educação, Saúde e Segurança



BRASÍLIA – Na expectativa de o Governo Federal autorizar operações de crédito para Estados e municípios, o governador Paulo Câmara se reuniu, nesta quinta-feira (25.02), com o novo diretor do Banco Mundial (Bird) para o Brasil, Martin Raiser. No encontro, Paulo relatou as parcerias bem sucedidas que Pernambuco tem com o Bird em diversas áreas, como Recursos Hídricos e Educação, mas também citou novas possibilidades, como Saúde e Segurança.

Raiser, por sua vez, disse que o banco tem interesse em atuar em projetos relacionados aos problemas causados pelo Zika vírus e também dos casos relacionados à microcefalia em bebês.

“Temos uma parceria de muito tempo, que já deu bons frutos nas áreas de Educação, da parte hídrica. E, diante desse cenário, esse aceno do Governo Federal da possibilidade de reabertura das negociações em torno de operações de crédito, é muito importante já iniciarmos conversas com os parceiros, tanto os nacionais quanto os internacionais, porque tão logo seja decidido, cumprimos uma primeira etapa que é apresentar projetos” explicou Câmara.

“O Banco Mundial vai receber do Estado de Pernambuco todo um conjunto de ações que entendemos que é importante para os próximos anos. E se houver a possibilidade de fazer a pactuação de novas operações ou projetos que já estão em andamento serem aumentados – e indo em outras frentes – é muito importante”, explicou o governador de Pernambuco, que acrescentou: “Esse encontro permanente com os organismos internacionais que têm ajudado Pernambuco nos últimos anosm, vai continuar no nosso governo e vai ser aprofundado, diante da possibilidade de novas operações de crédito”.

Sobre a decisão de o Governo Federal autorizar novas operações de crédito, Paulo Câmara afirmou que as negociações se iniciaram agora, a partir da apresentação de uma proposta concreta por parte da União. “Isso precisa ser muito bem pactuado, muito bem visto, pois pode ajudar os Estados, realmente. Nós temos total interesse de fazer parcerias, de ter condições de voltar a investir com a velocidade necessária para gerar emprego e renda para o nosso povo”, destacou.

Acompanhado dos secretários Márcio Stefanni (Fazenda), Thiago Norões (Desenvolvimento Econômico) e José Neto (Assessoria Especial), o governador Paulo Câmara disse que Pernambuco vai acelerar, como o próprio Governo Federal sinalizou para que, ainda no mês de março, existam as condições necessárias para avançar, em 2016, “com mais obras, investimentos e dotando o Estado de Pernambuco de prioridades que precisam ser enfrentadas, principalmente na questão hídrica, da saúde e da segurança”.

Foto: Ennio Benning/Divulgação

Beto Accioly anuncia saída do Solidariedade

O deputado estadual Beto Accioly confirmou, na tarde desta sexta-feira (26), sua saída do Solidariedade. O parlamentar comunicou pessoalmente o presidente estadual da legenda, o deputado federal Augusto Coutinho, durante encontro em seu escritório político, na cidade do Recife.

“Quero gradecer aos membros do Solidariedade pela relação de respeito e pelas parcerias, em especial ao deputado federal Augusto Coutinho. Deixo o partido motivado para assumir uma nova missão, respeitando todos os compromissos já assumidos anteriormente com os pernambucanos”, disse.

Pai pela terceira vez, o deputado tem aproveitado o curto período de licença paternidade para se dedicar a sua filha Isabela Accioly, nascida na última segunda-feira (22), e a sua família. Com retorno marcado para a próxima segunda (29), Beto Accioly informou que conversará com o seu grupo e anunciará o novo partido.

Senador Fernando Bezerra recebe sugestões da sociedade para MP que refinancia crédito rural e setor de transportes

Recife, 26/02/16 – Presidente da comissão mista do Congresso Nacional que irá analisar a Medida Provisória 707/2015, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) iniciou, um dia após ser eleito para conduzir a referida comissão, uma série de diálogos com a sociedade para recolher contribuições ao texto da MP, que deverá ser apreciada no próximo mês de abril. Nesta sexta-feira (26), em Recife (PE), Fernando Bezerra conversou com o presidente da Federação dos Trabalhadores em Agricultura Familiar (Fetraf), João Santos, e com o presidente da Federação em Agricultura do Estado de Pernambuco (Faep), Pio Guerra. A Medida Provisória 707 autoriza o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a refinanciar as dívidas rurais – com atenção especial à área abrangida pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) – como também os contratos para aquisição de caminhões e equipamentos de transporte.  
“Acredito que seja importante abrir o debate e ouvir o que o setor tem a dizer sobre o tema. Hoje, conversamos com representantes do segmento rural; mas, iremos debater também com sindicatos e associações ligadas ao transporte. O objetivo é reunir sugestões e propostas que possam nos ajudar a produzir um documento representativo e democrático”, explicou o senador. Bezerra Coelho antecipou que pretende articular uma agenda de reuniões em Pernambuco, Brasília e outros estados para tratar dos dois assuntos.  “Sofremos muito com a seca nesses últimos anos e amargamos perdas muito grandes. Se ficarmos sem crédito ou formos obrigados a pagar valores altos, não teremos como voltar a produzir”, afirmou João Santos. “A agricultura familiar gera milhares de empregos no Brasil e precisa de uma atenção diferenciada. A inciativa do senador Fernando Bezerra em nos procurar para conversar é muito importante e merece ser destacada”, completou o presidente da Fetraf. Pio Guerra também mostrou disposição em colaborar com os diálogos. “Iremos reunir nossos filiados para discutir e levar nossos pleitos ao senador”, disse.
MP 707 – A Medida Provisória 707/2015  autoriza o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a refinanciar contratos para aquisição de caminhões, chassis, tratores, carretas, cavalos mecânicos, reboques, tanques e carrocerias para caminhões novos e usados. O benefício é direcionado a pessoas físicas, empresas individuais, sociedades, associações e fundações cuja receita ou renda anual seja de até R$ 2,4 milhões. As empresas arrendadoras que se enquadram neste perfil também poderão refinanciar equipamentos. A prorrogação do prazo para a cobrança sobre o crédito rural vai até 31 de dezembro deste ano. A medida provisória beneficia especialmente os pequenos produtores do Nordeste, que perderam lavouras inteiras com a seca iniciada em 2011.
ABREU E LIMA – Após os encontros com os presidentes da Fetraf e da Faep, Fernando Bezerra Coelho seguiu para cidade de Abreu e Lima, na Região M