Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulista vai realizar pós-campanha de vacinação antirrábica


Donos de cães e gatos compareceram neste sábado (02.04), das 8 às 17h, a um dos 80 postos montados pela Prefeitura do Paulista para vacinar seus bichos de estimação. A data marcou o início da Campanha de Vacinação anual. As pessoas que por algum motivo deixaram de vacinar terão outra oportunidade na pós-campanha. A previsão é de que o trabalho seja deflagrado ainda na próxima semana. A Secretaria Municipal de Saúde mobilizou, hoje, um contingente de quase 350 profissionais na ação. Há 11 anos não há registro de raiva animal no município e no restante da Região Metropolitana do Recife. 
   
Postos de saúde, escolas, igrejas, associações de moradores funcionaram como pontos de vacinação. Quem foi imunizar seu animal teve de levar o cartão de vacina para registrar a nova dose. Mesmo quem não apresentou o documento não deixou de vacinar.
  
O comerciante Alex Wellington Alves foi uma das primeiras pessoas a procurar a sede da Secretaria de Saúde, na Rua Cleto Campelo, 59, para vacinar a cadela dele. Batizada de Preta, a mestiça de Rottweiler, nem estranhou para tomar a vacina. Antes morando na rua, a cachorra foi acolhida há três meses pelo comerciante. “Ela vivia perambulando por aí. Peguei ela, cuidei dos ferimentos e aproveitei, hoje, para vacinar”, comentou. 

As pessoas que não levaram seus animais neste sábado a um dos locais de vacinação podem consultar o Departamento de Vigilância Ambiental da cidade. O público pode tira suas dúvidas pelo fone: 3437.4174. O atendimento acontece de segunda a sexta, das 8 às 16h.  “Estamos definindo um esquema de pós-campanha para não deixar nenhuma área descoberta”, afirmou o superintendente de Vigilância em Saúde, Fábio Diogo.

Famílias do Paulista irão deixar barracos improvisados e concretizar o sonho da casa própria

“Ter uma casa é uma vitória pra mim. Agora eu sei que vou oferecer uma moradia digna para os meus filhos. Essa gestão da prefeitura está fazendo a diferença. O prefeito sabe honrar os compromissos”. Com essas frases, a dona de casa Marília Leal Araújo, 25 anos, residente na comunidade Bicho do Mato, na Jaguarana, em Paulista, externou a satisfação de ter acesso à casa própria. 


Ela faz parte da lista de pessoas que deixarão de morar em barracos – sem o mínimo de condições-, para residir num núcleo habitacional estruturado. A iniciativa vai beneficiar 120 famílias e o investimento é no valor de aproximadamente R$1,2 milhão. O trabalho é oriundo do Programa de Subsídio de Habitação de Interesse Social (PSH) e conta com o engajamento do Ministério das Cidades, Companhia Estadual de Habitação e Obras (CEHAB) e a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Habitação.       


Neste sábado (02.04), pela manhã, o prefeito Junior Matuto, o vice-prefeito Jorge Carreiro e o secretário de Habitação da cidade, Alcides Leitão (Jesus), estiveram na localidade. A visita dos gestores foi marcada pela assinatura dos contratos para construção dos imóveis. O processo de edificação será desenvolvido em três tapas. No primeiro momento, serão levantadas 48 habitações. 


“Quando estivemos aqui em 2012 muitos nos criticaram. Disseram que a gente não honraria com os nossos compromissos. Mas hoje estamos de volta para mostrar o resultado e olhar direto nos olhares dessas famílias”, destacou o prefeito Junior Matuto. Na ocasião, o gestor assegurou que a prefeitura está focada na realização de intervenções voltadas, principalmente, para os mais pobres. “Vamos tirar essas pessoas de moradias deploráveis e oferecer casas dignas”, reforçou. 


O vice-prefeito Jorge Carreiro aproveitou o momento para enaltecer a luta da comunidade por melhores condições de vida. “Não foi em vão a luta persistente e esperançosa do povo. Nós sabemos do sofrimento que essa gente passa. Mas tudo isso está com os dias contados”, comentou. 


  Na visão do secretário de Habitação, Alcides Leitão (Jesus), a prefeitura deu mais um passo decisivo para diminuir o déficit habitacional na cidade. Além disso, ele enfatizou a preocupação que a atual gestão vem tendo em oferecer qualidade de vida às famílias que residem em locais impróprios. “A nossa gestão participou de modo decisivo para atrair o programa para a cidade e permitir que o povo viva com qualidade”, destacou.

Beto Accioly fortalece chapa proporcional no Recife e filia Carlinhos Bala

O deputado Beto Accioly vai ampliando o seu grupo político na cidade do Recife com vistas à eleição municipal de outubro. O parlamentar está preparando uma chapinha com nomes competitivos e garante que poderá fazer até três vereadores.

“Estamos formando um grupo forte para disputar as eleições do Recife com bastante equilíbrio entre os pré-candidatos. O nosso objetivo é eleger até três vereadores para a Casa de José Mariano”, garante Accioly. O grupo já conta com nomes conhecidos da população, como os ex-vereadores Alexandre Lacerda e Edna Costa, o empresário Paulo Pacífico e o suplente Tassio Rennalli.

A novidade do grupo é o ingresso do jogador Carlinhos Bala. Com passagem pelos três grandes clubes pernambucanos, Santa Cruz, Náutico e Sport, o “Rei de Pernambuco”, como é apelidado pelos torcedores pernambucanos, também vai disputar uma vaga na Câmara de Vereadores do Recife.

“Entro na política com a mesma motivação que sempre entrei em campo. Os recifenses conhecem a minha história de amor pela cidade que nasci. Chegou a hora de eu retribuir todo o carinho e respeito que conquistei no futebol com uma nova forma de fazer política”, disse Carlinhos Bala.

Conferência da Cidade do Paulista debate o desenvolvimento do município


Com o tema “A Cidade que Queremos e a Cidade que Temos”, foi realizada, nesta sexta-feira (01.04), a 6ª Conferência da Cidade do Paulista. O evento foi realizado na quadra do Sesi de Paratibe, e reuniu representantes do Executivo municipal, palestrantes e debatedores convidados. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano do Paulista, João Luiz Junior, a conferência atende a uma determinação do Ministério das Cidades.

Para o evento, foram convidados alguns técnicos, engenheiros, advogados, e professores, que falaram sobre plano diretor, mobilidade, ocupação desordenada de espaços, adensamento populacional. “É um momento de reflexão muito importante. Daqui nós iremos tirar várias diretrizes, e várias reivindicações da população que vão contribuir, inclusive, para o aprimoramento e elaboração do plano diretor do município”, ressaltou o secretário.

 Ao todo, foram inscritos 250 delegados e outros 50 convidados, todos estes representantes de organizações, sindicatos, empresas, indústrias e comércio. “Uma das etapas é eleger os delegados que irão nos representar na Conferência Estadual das Cidades. E, consequentemente, aqueles que forem para a Estadual, também disputarão para a Conferência Nacional”, explicou João Luiz Junior.

Presente no evento, o vice-prefeito do Paulista, Jorge Carreiro, destacou que o encontro celebra todos os momentos democráticos vividos no município, sobretudo, com a participação popular. “São nesses momentos de reflexão coletiva que a gente pensa na cidade que desejamos. Mas não podemos fazer esse tipo de proposta de caminhada sem reunir as pessoas, para que elas não só digam o que querem, mas, sobretudo, como querem, e qual caminho que temos de percorrer. É esse o propósito de debater a cidade que queremos”, completou Carreiro.

Dentre os delegados participantes estava Alexsandra Ferreira, que representou um dos movimentos sociais presentes no evento. Para ela, o momento é de grande importância para o município. “Acho muito importante essa conferência, pois as pessoas precisam discutir o desenvolvimento da cidade, habitação, saneamento básico, e outras questões”, disse ela. Além dela, o coordenador de outro movimento, Pedro Salviano, foi um dos que ressaltaram a relevância do encontro entre a gestão municipal e a sociedade civil. “É uma discussão muito importante para o município, para a sociedade, estar dentro desse contexto do que vai acontecer a partir de hoje”, concluiu.

Ao término do evento, ficou acordado que, as informações resultantes dos grupos de trabalhos serão sistematizadas para compor as propostas do município, que seguirão para a Conferência Estadual.