Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Silvio volta a cobrar solução para impasse do Detran


O deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, voltou a cobrar nesta terça-feira (05) uma solução para a greve dos servidores do Detran, que entrou no 30º dia. O parlamentar fez um apelo ao Governo do Estado e ao líder da Bancada Governista que retomem o diálogo coma a categoria.
Silvio destacou que a folha de pagamentos do órgão compromete hoje apenas 23% da receita líquida, o que significa espaço para negociação. “Ao que tudo indica, a determinação do Estado é não negociar. Além dos servidores, esse impasse tem prejudicado a todos, da população que precisa dos serviços aos empresários do comércio de automóveis”, reforçou.

Prefeitura investe 60 mil na melhoria do sistema de iluminação da Estrada de Manepá


A Avenida João Pereira de Oliveira, mais conhecida como Estrada de Manepá, no Engenho Maranguape, está ainda mais iluminada. A via ganhou 124 lâmpadas novas com potência de 400 watts vapor metálico em substituição as antigas de 250 watts vapor sódio. Durante o trabalho, os técnicos também realizaram a troca de reatores, relés e bases danificados. O serviço executado ao longo da via custou aos cofres municipais R$ 60 mil.

A iniciativa, coordenada pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos, também beneficiou a Rua Poeta João Neves. As duas vias formam um importante binário, ligando as rodovias PE-22 e PE-01. Nesta ação, a prefeitura contou com o apoio de sete profissionais da Diretoria de Iluminação Pública, um caminhão do tipo munck e um veículo sky.

Reformas transformaram o Hospital Regional Dom Moura‏‏‏


O Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns, vem passando por reformas estruturais, aquisição de equipamentos e implantação de novas rotinas de acolhimento nos últimos anos, ampliando sua capacidade de realizar cirurgias e qualificando o atendimento de urgência. Em 2014 foram entregues as reformas da emergência geral, bloco cirúrgico, central de material esterilizado, almoxarifado e arquivo médico, em um total investido de R$ 7 milhões, sendo R$ 2,6 milhões em equipamentos e o restante em obras civis. Com a reforma, a emergência da unidade passou de 28 para 42 leitos, implantando o acolhimento com classificação de risco, com priorização para os casos graves.

Além destes investimentos, o HRDM conta com uma UTI com 10 leitos. Também foram reformadas a emergência pediátrica e a farmácia.  São ações que credenciam o Dom Moura como Centro de Ensino e Pesquisa, para formação, com qualidade, para os alunos do curso de medicina da UPE Garanhuns.
 
O bloco cirúrgico passou a contar com três salas de cirurgia (antes eram duas), aumentando em 50% a capacidade para realização de procedimentos. Para possibilitar esse aumento da produção, a sala de recuperação passou de 3 para 7 leitos, inclusive já iniciaram as cirurgias eletivas, geral e urologia. Já o almoxarifado e o arquivo médico foram readequados, melhorando as condições de trabalho para os profissionais.

O gestor do Hospital Dom Moura, Luiz Melo, registra a mudança do hospital nos últimos tempos: "Além das obras físicas, o Dom Moura renovou seu parque tecnológico, com a compra de arco cirúrgico, e equipamentos como termodesinfectora, autoclaves, cama ortopédica cirúrgica, bisturis elétricos, monitores multiparâmetros, respiradores pulmonares, carro de anestesia e carro de parada, entre outros."

Os investimentos possibilitaram o avanço na Residência Multiprofissional, além de proporcionar o campo para os estudantes da UPE utilizarem o hospital como escola, em projeto que se encontra no Ministério da Saúde.

"É preciso que as pessoas tenham conhecimento sobre a grandiosidade que representa o Hospital Dom Moura, que não é somente emergência, trata-se de um dos mais completos e complexos hospitais do estado, que vem servindo diariamente à população de todo o Agreste, e em especial de Garanhuns" - registra Luiz Melo.

Mesmo com todos estes investimentos, vez por outra algum meio de comunicação publica fotos antigas como sendo atuais. A direção do hospital pede aos meios de comunicação que, caso tenham necessidade de ilustrar alguma informação, pode solicitar através da assessoria de comunicação, ou mesmo direto à direção, imagens atuais do hospital, passando para a população a real situação da unidade.

"Vemos que alguns jornais e blogs, usam imagens antigas, anteriores às reformas, e isto causa uma impressão equivocada para a população, por isto nos colocamos à disposição de todos para mostrar este novo momento do nosso hospital" - Finaliza o gestor do HRDM.

Autismo é tema de palestra no Paulista

Com o objetivo de orientar à população sobre os sinais, causas e tratamentos para as crianças com autismo, a Secretaria de Saúde do Paulista realizou na tarde desta terça-feira (05.04), na Policlínica William Nascimento, bairro do Janga, uma ação que reuniu agentes de saúde e pais de crianças que sofrem com o transtorno. O autismo, que é um distúrbio neurológico caracterizado por comprometimento da interação social e comunicação verbal e não-verbal, atinge cerca de 150 mil pessoas por ano no Brasil.

De acordo com a enfermeira da rede municipal, Paula Carolina, a palestra serviu para informar e conscientizar os pais sobre o distúrbio, e também a respeito das leis e direitos que essas crianças têm. “Muitas famílias não conhecem bem o distúrbio, nem tão pouco os direitos que são assegurados por lei. Temos que orientar os pais para que eles possam oferecer uma atenção ainda maior para os seus filhos. Poucos sabem, por exemplo, que um estudante com Autismo pode pedir acompanhamento especial nas salas de aula, em caso de necessidade comprovada. Além do acesso ao ensino profissionalizante, e ao mercado de trabalho”, disse.

Dona Rosa Maria, 54 anos, contou que a ação ajudou bastante para que possam ser esclarecidas dúvidas sobre o tema. “Meu neto tem oito anos de idade e tem Autismo. Como se trata de uma situação bastante delicada é essencial que aconteça com frequência essas palestras. Eu mesma nunca entendi muito sobre o assunto, e participar dessas ações, que o município realiza só me deixa mais preparada”, disse.

Já a agente de saúde Vanessa Cabral, 31 anos, revelou que a realização do evento é uma conquista para ela. “Antes ninguém ouvia falar sobre o assunto e agora isso mudou. Eu, como mãe de uma menina de oito anos, que sofre do distúrbio, estou aqui exercendo o meu papel de colaboradora. Sinto-me na obrigação de ajudar outras pessoas. Tanto é que já pesquisei muito sobre o autismo, com a intenção de me especializar cada vez mais”, finalizou.

Sob a presidência do senador Fernando Bezerra, comissão da MP 707 apresenta ao governo saídas para a renegociação da dívida rural


Brasília, 05/04/16 – A comissão mista do Congresso Nacional responsável pela Medida Provisória 707/2015, que prorroga o prazo para a renegociação das dívidas dos produtores rurais e dos transportadores autônomos de cargas, vai apresentar nesta quarta-feira (6), ao governo federal, o relatório preliminar da comissão. O documento contém 96 emendas que preveem, entre outras medidas, a fixação de novos prazos e mecanismos para a quitação dos débitos, beneficiando, principalmente, os agricultores do semiárido nordestino; normas diferenciadas para o atendimento a associações e cooperativas, especialmente, a de produtores familiares; a implementação de um Seguro Rural Específico e a renegociação das dívidas com recursos dos Fundos Constitucionais.

O relatório preliminar foi apresentado hoje (4) pelo relator da comissão (CMMPV 707), deputado Marx Beltrão (PMDB-AL), e é resultado de três audiências públicas promovidas em Brasília e três Ciclos de Debates realizados em Petrolina (PE), Fortaleza (CE) e Arapiraca (AL), com a participação de parlamentares que integram a CMMPV 707 e de representantes dos trabalhadores, do governo e de bancos oficiais. “O aperfeiçoamento da MP permitirá que o país vire esta página para que o setor produtivo possa não só quitar seus débitos como também voltar a investir em suas propriedades para a retomada do crescimento econômico e a geração de emprego e renda”, analisou o presidente da comissão, senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE).
No próximo dia 12 e após a reunião de amanhã com o Ministério da Fazenda ou a Casa Civil da Presidência da República, a CMMPV 707 volta a se reunir para apreciar e aprovar o relatório final, que, posteriormente, será submetido à votação pelos Plenários da Câmara dos Deputados e do Senado. “O maior trabalho agora será convencer o governo a atender a todas as demandas e não vetar as alterações que estamos propondo à atual MP”, afirmou o deputado Marx Beltrão.
Além do relator da comissão, também deverão participar do encontro de amanhã com representantes do Executivo Federal o senador Fernando Bezerra; o líder do governo no Congresso Nacional, senador José Pimentel (PT-CE); o relator-revisor da comissão, senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN); e o coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste na Câmara dos Deputados, deputado Júlio César (PSD-PI).
De acordo com o deputado Marx Beltrão, a comissão estuda, ainda, a possibilidade de incluir, no texto final da MP 707, medidas em benefício aos produtores de cana-de-açúcar, cafeicultores e agricultores da região sul afetados por enchentes. O relator também informou que a ideia é se criar uma nova legislação ao invés de apenas alterar a Lei 12.844/13, que deu origem à medida provisória. "Para evitar conflito em sua aplicação ou alterações inconsistentes", argumentou Beltrão.
MP 707 – Editada no final de 2015, a MP 707 prorroga, até 31 de dezembro deste ano, o prazo para a cobrança sobre o crédito rural. A medida provisória beneficia, especialmente, os pequenos produtores do Nordeste, que perderam lavouras inteiras com a rigorosa seca iniciada em 2011.
A MP também amplia, até 30 de junho, o prazo para o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) refinanciar contratos para aquisição de caminhões, chassis, tratores, carretas, cavalos mecânicos, reboques, tanques e carrocerias para caminhões novos e usados. O benefício é direcionado a pessoas físicas, empresas individuais, sociedades, associações e fundações cuja receita ou renda anual seja de até R$ 2,4 milhões.

Enxergando pelo coração