Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Atento comemora o Dia das Mães com mais de 4 mil bebês assistidos em programa para gestantes

São Paulo, 04 de maio de 2015 -  Com a proximidade do Dia das Mães, celebrado no próximo dia 08, a Atento, uma das empresas líderes mundiais em serviços de gestão de clientes e terceirização de processos de negócios (CRM/BPO), comemora mais um período de sucesso do seu Programa Mamãe Nota 10, criado há cinco anos com o intuito de garantir o nascimento de crianças saudáveis, diminuir os riscos durante a gestação e acabar com os preconceitos internos em relação à gravidez.
Desde a sua criação, o Mamãe Nota 10 já atendeu mais de 4,5 mil gestantes, com redução de 41% das internações de recém-nascidos fora de UTIs, sendo 1.728 só em 2015Atualmente, 784 funcionárias estão em atendimento por meio da iniciativa, que promove uma série de atividades para o acompanhamento de todas as fases da gestão de suas colaboradoras.
“A preocupação com a qualidade de vida dos funcionários é a nossa principal diretriz na gestão de pessoas e, numa empresa como a Atento, em que mais de 70% do quadro de funcionários é composto por mulheres, não podemos deixar de prestar um apoio especial para as grávidas e mamães de primeira viagem”, afirma Majô Martinez, Diretora-Executiva de Recursos Humanos da Atento, companhia que hoje figura entre as maiores empregadoras do Brasil.
O Mamãe Nota Dez
Além dos atendimentos individuais, por meio da intranet corporativa, todas funcionárias recebem informações sobre o projeto e encontram conteúdos especializados sobre a gravidez. No ambulatório, são realizadas as instruções prévias e a gestante é direcionada para o ginecologista-obstetra, vinculado ao plano de saúde da empresa. Também são distribuídos gratuitamente polivitamínicos recomendados, mediante receita médica, e as grávidas recebem, ainda, um kit com fraldas, roupinhas de bebê e bolsa para complementar o enxoval.  Participando do Programa Mamãe Nota 10, as mamães funcionárias ficam isentas da coparticipação mensal do plano de saúde durante o período de gravidez, um incentivo a mais para aderir ao projeto.
Como fonte de conscientização e promoção da qualidade de vida das gestantes, o Programa realiza ainda palestras e cursos sobre métodos contraceptivos, exercícios físicos específicos durante a gestação e dicas de alimentação, entre outros temas. Além disso, informa sobre questões legais pertinentes e quais benefícios são oferecidos pela companhia, como o auxílio-creche para crianças até os três anos de idade e o auxílio para crianças com necessidades especiais.  Para sanar dúvidas, receber sugestões ou mesmo críticas, há um canal específico, por e-mail, para atendimento das participantes.
Sobre Atento 
A Atento é a maior empresa de serviços de gestão do relacionamento com clientes e processos de negócios (CRM / BPO) na América Latina e um dos três maiores provedores mundiais com base em seu faturamento. A companhia é também líder em serviços de CRM/BPO para companhias que desenvolvem suas atividades nos Estados Unidos Desde 1999, desenvolveu seu modelo de negócio em 14 países e emprega mais de 160 mil funcionários. A Atento tem mais de 400 clientes aos quais oferece uma ampla gama de serviços de CRM/BPO por meio de múltiplos canais. Seus clientes são empresas multinacionais líderes em setores como telecomunicações, bancário e financeiro, saúde, varejo e administração pública, entre outros. As ações da Atento são negociadas sob o símbolo ATTO NYSE (New York Stock Exchange). Em 2015, foi reconhecida como um dos 25 melhores locais de trabalho multinacionais do mundo pelo Great Place to Work. Para mais informações, acesse www.atento.com.br.

Professor Lupércio critica descaso na preservação do patrimônio histórico de Olinda


O deputado estadual Professor Lupércio se mostrou preocupado com o mau funcionamento do sistema de preservação do patrimônio histórico de Olinda. Durante sessão nesta quarta-feira, 4, o parlamentar criticou o modo como o serviço é realizado no município.

Professor Lupércio foi informado pelo Ministério público, através de visita técnica, de que a Prefeitura de Olinda, o Corpo de Bombeiros e as Polícias Civil e Militar se comprometeram a realizar um plano de ação para melhorar a situação no Sítio Histórico. O acordo foi firmado entre as partes no mês passado, durante audiência judicial.  Alerta ao caso, o deputado denuncia que a situação dificilmente será solucionada. “Fico muito cético em acreditar que um problema que vem desde 2006 vai ser resolvido da noite para o dia”, afirmou.

Em agosto de 2015, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) instaurou um inquérito para investigar irregularidades na conservação dos monumentos, imóveis e outros espaços ligados à cultura da cidade. A medida considerou dados de três auditorias realizadas pelo Tribunal de Contas de Pernambuco em 2006, 2010 e 2014.

Segundo o documento, mais de 25% dos imóveis localizados no Sítio Histórico foram modificados sem autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).  O relatório identificou ainda erros na gestão urbana, falta de controle da ocupação comercial e monumentos que foram alvo de depredação.

“O relatório do Ministério Público mostra a falha do plano de gestão para a preservação do Sítio Histórico de Olinda. Infelizmente, o sistema de proteção do patrimônio histórico só fez piorar. Já são vários anos sem verdadeiras mudanças. Isso é um verdadeiro descaso com a sociedade”, avaliou o parlamentar.

Inconformado com a má conservação do patrimônio histórico da cidade, Lupércio não escondeu sua decepção com o caso. “O que vamos deixar para nossos filhos, para nossos netos? Olinda é a única cidade do Estado que é patrimônio da humanidade. Não podemos permitir que Pernambuco seja destituído deste título. Estou à disposição para ajudar no que for necessário. Meu sentimento, no momento, é de frustração e indignação”, lamentou o deputado.

JOHNSON’S® DISTRIBUI INGRESSOS GRATUITOS PARA SESSÕES DO DOCUMENTÁRIO “O COMEÇO DA VIDA”

A ação será realizada em parceria com a Maria Farinha Filmes, Cinemark e Espaço Filmes em diversos cinemas de todo o Brasil

São Paulo, 02 de maio de 2016 – JOHNSON’S®, marca especialista nos cuidados com a pele e o cabelo dos bebês, distribui gratuitamente ingressos para sessões do documentário “O Começo da Vida”, da renomada diretora Estela Renner, nos dias 5, 6, 7 e 8 de maio.
Ao todo, a marca disponibiliza mais de 16 mil ingressos para sessões gratuitas nas redes Cinemark, Itaú Cultural, Cinearte e Cinespaço em diversas cidades do Brasil, como São Paulo, Belo Horizonte, João Pessoa, Porto Alegre, Curitiba, Manaus e Brasília (confira abaixo a lista completa de cinemas).
Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria dos cinemas antes da exibição do filme. Qualquer pessoa pode participar, basta checar os horários das sessões nos sites dos cinemas e chegar com antecedência para garantir o ingresso.
Sobre “O Começo da Vida”
Apoiado por JOHNSON’S®, o filme percorre os quatro cantos do mundo para mostrar a importância dos primeiros anos de vida na formação de cada criança.  A diretora Estela Renner (“Muito Além do Peso”, “Criança, a Alma do Negócio”) mostra como os relacionamentos nessa fase são fundamentais para o desenvolvimento do ser humano.

São Paulo - Augusta
São Paulo - Augusta
São Paulo - Frei Caneca
São Paulo - Pompéia
Rio de Janeiro - Botafogo
Porto Alegre - Bourbon Shopping Country
Curitiba - Shopping Crystal
Brasília - Shopping Casa Park
Salvador - Praça Castro Alves

Florianópolis Beiramar
João Pessoa Mag Shopping
Santos Cinespaço

Juiz de Fora
Belo Horizonte

Manaus- Studio 5 Shopping
Natal - Midway Mall
Campo Grande – Shopping Campo Grande
Aracaju - Shopping Riomar
Palmas - Capim Dourado
Vitória – Shopping Vitória
Goiânia - Flamboyant
Cuiabá - Goiabeiras Shopping
Boa Vista Roraima
Recife – Riomar Shopping

Mutirão de iluminação percorre vários bairros do Paulista


Dando continuidade ao mutirão de iluminação, consiste na troca de lâmpadas, reatores e cabos de fios danificados, a Secretaria de Serviços Públicos tem mantido sua programação, e somente nesta semana, já beneficiou vias e praças de 11 bairros da cidade.

Desde a última segunda-feira (02.05), os técnicos passaram por Pau Amarelo, Engenho Maranguape, Janga, Jardim Maranguape, Alameda, Nossa Senhora do Ó, Conceição, Jardim Paulista, Maria Farinha, Poty, e Mirueira.

As próximas ruas e avenidas a receber serão nos bairros de Vila Torres Galvão, Tabajara, Maranguape II e Janga, e a Avenida Estados Unidos, em Pau Amarelo, na quinta-feira (05.05). Já na sexta-feira (06.05), será a vez dos bairros de Arthur Lundgren I e II, Avenida B - Maranguape II, Avenida Estados Unidos, Pau Amarelo e Conceição.


Considerada essencial pela população, a iluminação pública passou a ser vista como fator preponderante na prevenção de investidas criminosas. Não à toa, a administração municipal tem investido nesse quesito para tornar as vias da cidade cada vez mais iluminadas e garantir mais tranquilidade aos moradores. O trabalho conta com o envolvimento de engenheiros elétricos, eletricistas, auxiliares, técnicos e motoristas. Os profissionais fazem parte da Diretoria de Iluminação Pública.

Paulista vacina rebanho contra a febre aftosa


Embora esteja situado na Região Metropolitana, o município do Paulista também está engajado na Campanha Contra a Febre Aftosa. A meta é imunizar 1,1 mil animais de 58 criadores da cidade. A vacinação vai contemplar o rebanho bovino (bois) e bubalino (búfalos) independente da idade. A primeira etapa da campanha segue até o dia 31 deste mês. A ação faz parte da parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e a Agência de Defesa Agropecuária de Pernambuco (ADAGRO).
            A febre aftosa é uma doença viral, altamente contagiosa, que afeta animais como bois, búfalos, cabras, ovelhas e porcos. Ela pode ser transmitida principalmente pelo contato entre os animais doentes e sadios. Normalmente, o vírus é transportado pela água, ar, alimentos, pássaros e o próprio ser humano.
                 A segunda etapa da vacinação acontece no mês de novembro. No últimos anos, Paulista tem conseguido vacinar 100% do rebanho. Até o momento não houve registro de casos da doença no município. 

Deputados repudiam fechamento de abatedouro público em Petrolina

Os riscos à saúde pública dos moradores do Sertão do São Francisco por conta da desativação do matadouro público gerido pela Prefeitura de Petrolina foi tema de debate acalorado na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (04). O problema foi levantado pelo deputado estadual Miguel Coelho (PSB) e condenado também por outros parlamentares que consideraram irresponsável o processo de fechamento do abatedouro sem oferecer uma estrutura alternativa.

Para Miguel, a prefeitura de Petrolina está negligenciando a preservação da saúde da população ao não assegurar o tratamento da carne em condições de higiene ideais. “Petrolina nunca passou por uma questão de saúde pública tão séria como essa. O próprio produtor é quem está fazendo o abate sem as devidas condições. Se o matadouro de antes não era o mais adequado, então vamos ver uma nova área. Mas não vamos fechar sem dar uma solução para a cidade. A Prefeitura não pode cruzar os braços e dizer que não tem nada a ver”, criticou o socialista.

O fechamento do Matadouro foi criticado ainda pelos deputados Odacy Amorim (PT), Lucas Ramos (PSB) e Romário Dias (PSD). “Não se pode fechar uma unidade de abate sem construir outra. O abate está sendo clandestino. Era para ter sido feito um termo de ajustamento de conduta para que só se fechasse o matadouro com outro funcionando”, reforçou o petista. “Até dois anos atrás, Pernambuco estava enquadrado como zona amarela em relação à febre aftosa. Só ano passado o Estado passou para a zona verde livre de aftosa. Mas a qualquer momento, pode haver uma infestação e o nosso gado pode voltar a ter esse problema”, alertou Lucas Ramos.

Romário Dias foi ainda mais duro em relação à decisão da Prefeitura fechar o matadouro. “Eu fico sem entender como um prefeito fica oito anos e agora, às vésperas de entregar, faz isso. Petrolina é uma cidade linda, mas lamentavelmente o atrativo da cidade vai se perder se continuar com essa irresponsabilidade porque muito da carne vendida é clandestina. Você não sabe se a carne é de jumento, de cavalo, se o boi tem aftosa. Tudo isso envergonha Pernambuco”, reclamou o deputado do PSD.

O matadouro público foi desativado pela Prefeitura de Petrolina desde o início de fevereiro. Até o momento, a gestão municipal ainda não definiu um espaço para funcion