Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Em pré-campanha, Professor Lupércio ouve queixas contra Prefeitura de Olinda


O deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Olinda, Professor Lupércio, aproveitou a manhã deste sábado, 4, para ir ao Mercado de Peixinhos. A visita ao centro de compras aconteceu com o objetivo de fazer um mapeamento do local e, com isso, apresentar propostas de solução ao caso no plano de governo que o parlamentar está elaborando. Durante a ocasião, ele ouviu várias reclamações de comerciantes e consumidores e constatou que o espaço se encontra em situação precária.  Além de encontrar falhas na parte elétrica e banheiros funcionando sem manutenção, o postulante identificou ainda que parte do teto do local se encontra sem telhas.

Lupércio também ouviu de pessoas que trabalham no local que funcionários da gestão municipal encarregados de cuidar da limpeza do lugar assinam o ponto, mas não executam o serviço. Com as fortes chuvas que caíram hoje na cidade, os comerciantes e consumidores que frequentam o espaço tiveram que dividi-lo com poças de água e lama. Devido à situação encontrada, o parlamentar constatou que o mercado não recebe a devida atenção por parte da prefeitura e, com isso, o comércio na área está sendo prejudicado.

Lupércio lamentou o que viu durante a visita. “Fico preocupado com o que observo aqui. O Mercado de Peixinhos é um espaço muito importante para a economia local. É necessário que sejam tomadas providências para que o mercado volte a funcionar de forma adequada”, afirmou.

Comerciante do Mercado de Peixinhos há 35 anos, Valmir Herculano reclamou que a atual gestão de Olinda tem negligenciado na manutenção do local. “Aqui, há vários problemas na estrutura. A parte elétrica funciona com defeito, os banheiros estão quebrados e o teto está com buracos. Falta política de conservação por parte da prefeitura”, lamentou.

O comerciante Roberto do Santos criticou a atual situação dos banheiros e denunciou que funcionários do Governo Municipal não executam a limpeza do espaço de forma correta. “Aqui é horrível. Fezes boiando, banheiros sem torneira, e o pior é que tem zeladores que vêm aqui, assinam o ponto e caem fora. Como é que o povo vem comprar aqui numa situação dessa?”, questionou.