Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Profissionais da Educação participam do formação sobre meio ambiente na Estação Ecológica Caetés


Professores e técnicos da rede municipal de ensino do Paulista estão participando do projeto “Educadores Ambientais”, promovido pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), em parceria com a Transpetro e Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). A iniciativa tem por objetivo formar os participantes multiplicadores de diversos temas sobre meio ambiente. A ideia é de que os conteúdos possam ser trabalhados pelos profissionais em sala de aula e na comunidade, beneficiando alunos e seus familiares.
  
   O processo de formação é dividido por módulos, seguindo até dezembro, com um encontro por mês, onde são aplicados exercícios teóricos e práticos. O grupo também assiste a filmes, participa de rodada de debates e discute sobre temas como cidadania, educação ambiental, preservação da natureza, cultura de paz, relação de consumo e sustentabilidade. As atividades acontecem na Estação Ecológica de Caetés, na rodovia PE-18, em Paratibe.

     Ao todo, 17 profissionais do Paulista estão envolvidos no curso. Esta é a segunda edição do projeto, que também conta com a participação de profissionais de outros municípios, a exemplo de agricultores e escoteiros. A iniciativa faz parte das comemorações do Dia Mundial de Meio Ambiente, celebrado no último domingo, dia 06 de junho. 

ESEC CAETÉS – Localizada em Paulista, divisa com o município de Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife, a Estação Ecológica de Caetés (Esec Caetés) possui uma área de 157,1 hectares e além de contribuir para proteção dos recursos hídricos, a Esec Caetés abriga atividades de educação ambiental conservacionista e de investigação científica, através de pesquisas sobre sua diversidade.

Alunos da rede municipal e estadual disputam seletiva para os Jogos Escolares de Pernambuco

Site da prefeitura do Paulista

Com o propósito de disseminar a pratica de atividades esportivas, prevenir o uso de drogas e promover a integração de estudantes da rede municipal e estadual, a Prefeitura do Paulista vem apostando todas as fichas no esporte. Para isso, o município está realizando uma seletiva onde serão escolhidas equipes com alunos da cidade para disputar os Jogos Escolares de Pernambuco.

As competições estão sendo realizadas, no Clube Municipal do Nobre e Paratibe, das 8h às 15h, e seguem até esta sexta-feira (10.06). Na ocasião os estudantes estão disputando as categorias mirim e infantil, nas modalidades de futsal, handebol, vôlei, basquete e futebol de campo. A iniciativa envolve alunos com idade entre nove e 17 anos.

A ação, que é coordenada pela Secretaria de Políticas Sociais, Esportes e Juventude, fortalece o compromisso da atual gestão com os jovens, buscando tira-los do ócio, através da pratica de esportes.

Senador Fernando Bezerra defende que Bacen reduza ganho dos bancos e diminua custo do crédito no Brasil


Brasília, 07/06/16 – Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) defendeu nesta terça-feira (7), na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, a redução da margem de lucro dos bancos nas operações de crédito, tecnicamente denominada “spreadbancário”. A reflexão do senador, que sugeriu a revisão do marco regulatório deste segmento, ocorreu durante a sabatina do economista Ilan Goldfajn à presidência do Banco Central (Bacen), aprovado ao cargo por 19 parlamentares que integram a CAE e participaram da reunião de hoje (foram oito votos contrários).
Spread bancário é a diferença entre o que as instituições pagam na captação de recursos e o que elas cobram ao conceder um empréstimo para uma pessoa física ou jurídica. Conforme destacou Fernando Bezerra, o Brasil possui um dos maiores spreads do mundo. “Atualmente, os bancos comerciais brasileiros captam recursos a taxas médias de 14,25% ao ano (índice alinhado à Taxa Selic) e emprestam a taxas anuais de aproximadamente 150% para empréstimo pessoal, 300% para cheque especial e 400% para cartão de crédito”, observou.

Para ilustrar os altos índices de juros captados pelos bancos, o senador demonstrou que uma fatura de cartão de crédito no valor atual de R$ 2 mil, por exemplo, pode ser transformar em uma “dívida impagável” no decorrer de quatro anos, quando terá ultrapassado R$ 1 milhão. “Enquanto que uma pessoa que aplicar os mesmos R$ 2 mil alcançará pouco mais de R$ 3 mil, no mesmo período; e isso numa aplicação de boa rentabilidade”, comparou o socialista pernambucano. “Fica claro, deste modo, o lucro excepcional obtido pelas instituições bancárias sobre os brasileiros, tanto na ponta da captação quanto no empréstimo de recursos”, acrescentou Fernando Bezerra.

Na avaliação do senador, esta é uma questão “muito sensível”; principalmente, àqueles que pagam juros de cartão de crédito e de cheque especial. “Sobretudo, para a classe média brasileira, que está muito machucada com essa recessão, com essa desaceleração das atividades econômicas”, afirmou. “Em um país com mais de 11 milhões de desempregados, eu acho que esta deveria ser uma prioridade”, assinalou.

EXPECTATIVA POSITIVA – Na avaliação de Fernando Bezerra Coelho, a confirmação de Ilan Goldfajn à presidência do Banco Central “cria uma expectativa muito positiva de que o Brasil vai se reencontrar com a trajetória de crescimento”. Ao destacar o currículo do sabatinado – que dedicou mais de 11 anos a estudos superiores em Economia, tendo feito doutorado pelo renomado Instituto de Tecnologia de Massachussetts/EUA (IMT); atuado como economista do Fundo Monetário Internacional (FMI), entre 1999 e 2009; ocupado o cargo de diretor de Política Econômica do Bacen, entre 2000 e 2003; e sido sócio de dif