Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Pais e professores discutem sobre prevenção ao uso de álcool e outras drogas em escola no Paulista


Como uma maneira de sensibilizar coordenadores, professores, pais e alunos em relação ao enfrentamento ao uso do álcool e outras drogas, estão sendo realizadas palestras sobre o tema na Escola Municipal Ministro Marcos Freire, no bairro de Maranguape I, no Paulista. A segunda etapa do projeto ocorreu na tarde desta terça-feira (14.06), e contou com a participação dos familiares dos alunos da unidade.

De acordo com a orientadora educacional da escola, Francisca Roselane, a iniciativa foi desenvolvida pelo Departamento de Psicologia e Orientação Educacional, e abrange os alunos do 8º e do 9º ano. Para ela, o encontro é uma forma de diálogo sobre como lidar em situações delicadas de envolvimento com as drogas.

“Nosso objetivo é poder alertar para que não haja o primeiro contato com a droga, e explicar para eles o quanto é prejudicial para a saúde. Porém, se houver esse primeiro contato, para que ele saiba e tenha consciência de que tem tratamento, e de que ele pode sair dessa vida”, ressaltou Roselane.

Dentre os participantes da palestra, alguns alunos também estiveram presentes e falaram sobre a importância da aproximação da comunidade com a escola. Foi o caso do estudante Diego Santana, de 17 anos, que é do 9º ano. “Esse diálogo eu acho legal porque também conscientiza os pais de que o álcool e as drogas entre os jovens são errados e os pais precisam estar conscientes disso”, disse Diego.

Segundo a gestora da unidade escolar, Aparecida Souza, a receptividade do projeto tem sido muito boa entre os pais dos alunos e tem sido, inclusive, alvo de elogios por conta do que vem sendo desenvolvido. 
“Maranguape I vem sendo considerado um bairro de grande vulnerabilidade social, e temos vários casos de alunos, tanto do turno da tarde quanto da noite, que precisam, cada vez mais, de orientação, ajuda e apoio, no que refere-se ao álcool e drogas. E esse projeto só vem a melhorar o crescimento e essa interação da escola com a comunidade”, concluiu a diretora.

OUTROS TEMAS – Outros assuntos foram discutidos na ocasião, entre eles, o descarte inadequado de lixo na frente na escola. “Estou achando que essa é uma discussão que leva a comunidade para dentro da escola, e isso é muito importante para chamar a atenção da comunidade. O envolvimento dos alunos nessa iniciativa é fundamental”, enfatizou o estudante Esdras Gabriel Gomes de Oliveira, de 13 anos, aluno da turma do 8º ano.

Reflexão sobre sexualidade

Como psicólogo sou questionado sobre o comportamento humano e comumente se as crenças populares são verdadeiras. Dentre elas as referentes ao relacionamento amoroso e ao sexo estão entre as mais questionadas. Uma vez um jovem cliente me questionou o que ele poderia fazer para conquistar sexualmente sua namorada. Isto me motivou a fazer uma pequena pesquisa entre clientes e mulheres que participavam de grupos em quais coordenava e o questionamento era o que a deixava mais propícia ao sexo junto ao seu companheiro. Em resumo foi possível agrupar as respostas em três pontos:
A importância de detalhes carinhosos: Desejava sentir-se especial, a partir de pequenos cuidados durante o dia: um bilhete, uma mensagem, uma flor, um beijo ardente de bom dia, um abraço que a faça sentir-se viva, mostrasse que ela, entre milhares de outras, era a escolhida. E que esses mimos, fossem expostos de forma que a fizesse pensar com carinho no outro durante todo o dia.
Fundamental sentir-se escutada: poder falar dos seus projetos, do seu trabalho, dos seus estudos, saber que está sendo valorizada como pessoa. Perceber que o companheiro está também enxergando sua alma, seu conjunto de valores, conhecimentos e projetos que desenvolve no mundo. Que é considerada como mulher, como cidadã, com alguém que decide e é levada em consideração. Sentir que o companheiro tem orgulho dela.
Escutar coisas bonitas a seu respeito e que não sejam falsas. A mulher já é crítica e detalhista, não precisa alguém ficar apontando seus defeitos; por si só sabe distinguir e já se incomoda o suficiente para mais alguém apontar algum defeito. Mas quer sim escutar que é bonita, quer sentir que é atraente ao outro, que é desejada, que excita o outro. Porém quer saber isso através de atitudes, por carícia, por frases que a faça desejar continuar na relação. Quer ter confiança em si através do seu corpo, saber que o outro se excita como ela é. Que a faça ter certeza que essa relação vale a pena.
Tendo essas três coisas, o sexo vem naturalmente. Quem concorda compartilha, quem discorda deixe sua contribuição.

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449


A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia

Silvio e Sindserpe apresentam reivindicações de servidores do Estado em audiência no Palácio


O deputado Silvio Costa Filho (PRB), em nome da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), participou de mesa de negociação dos servidores civis do Estado, no Palácio do Campo das Princesas, ao lado dos representantes do Sindicato dos Servidores Público Civis de Pernambuco (Sindserpe). No encontro, o secretário-executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, se comprometeu a levar as reivindicações ao secretário de Administração, Milton Coelho.

Silvio defendeu que o Governo do Estado olhasse com mais atenção à demanda dos funcionários públicos das secretarias, autarquias e fundações. “Estamos cientes da situação financeira adversa e das imposições da Lei de Responsabilidade Fiscal para quem fica acima do limite prudencial de comprometimento da folha, mas acreditamos que há espaço para a negociação. Sobretudo nas questões não financeiras apresentadas pelos servidores”, destacou.

O presidente do Sindserpe, Renílson Oliveira,