Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Em Paulista, cultura e animação marcam final do 1º Festival de Dança na cidade


Teve forró, maracatu, dança de rua, balé clássico e muita animação no encerramento do 1º Festival de Dança do Paulista, que aconteceu nesta quinta-feira (16.06), no Cine Teatro Paulo freire, Centro. O evento, que foi repleto de cultura e ritmos para todos os gostos, agitou o público presente que vibrou a cada apresentação.

Durante a festa os 20 grupos de dança, que participaram do festival, durante todo o mês de maio, comemoraram com muita música e alegria o sucesso do evento. A ação contou com a participação de crianças e adolescentes, entre 07 e 17 anos, de escolas, associações e igrejas. No final da festividade todos receberam medalhas de participação.

Para a pequena Heloísa Sales, sete anos de idade, tamanho não é documento. Ela, que adora fazer aulas de balé, estava animada e ansiosa para subir logo ao palco. “Sempre fico muito contente quando tem apresentações do grupo. Gosto de dançar para as pessoas, é uma sensação mágica”, completou.

Já Renato Víctor, que também tem sete anos de idade, revelou que apesar da timidez ficou com vontade de participar do próximo festival. “Estou gostando bastante de estar aqui. Esse ano não dancei porque sou um pouco envergonhado. Mas agora, olhando de perto, fiquei com vontade de subir no palco também”, disse.

“É uma satisfação olhar para essas crianças e vê a alegria de cada uma. Sempre buscamos resgatar a dança e a música como forma de tirar essa garotada do ócio, além de levar cultura para todos eles de maneira divertida e saudável”, ressaltou a secretária de Políticas Sociais Esportes e Juventude do Paulista, Mércia Falconeri.

Com a realização do festival a Prefeitura pretende contribuir com a inclusão social de crianças e adolescentes através da dança, fortalecendo o resgate da cultura brasileira, bem como promover uma maior interação social e a difusão de saberes oriundos da cultura popular. A iniciativa faz parte de uma parceria entre a Prefeitura do Paulista e a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude.

Senador Fernando Bezerra vai a ministro pedir ajuda para melhoria da educação em Pernambuco

Brasília, 16/06/16 – O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) foi recebido, nesta quinta-feira (16), pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. Durante a audiência – que também contou com a participação dos secretários nacionais de Educação Básica, Roffieli Silva, e de Educação Profissional e Tecnológica, Marcos Viegas Filho – o parlamentar solicitou a atenção de Mendonça Filho em relação ao Instituto Federal do Sertão de Pernambucano (IF-Sertão) e a escolas públicas do estado.
“Precisamos valorizar e melhorar as condições estruturais dos campus do IF-Sertão”, destacou Fernando Bezerra. Na ocasião, o senador solicitou que o ministro receba a reitora da instituição, professora Leopoldina Veras, o que deve ocorrer no próximo mês de julho, segundo Mendonça Filho. Criado em 2008, o Instituto é sediado em Petrolina – cidade natal de Bezerra Coelho – e formado pelos campus de Ouricuri, Floresta, Salgueiro, Serra Talhada e Santa Maria da Boa Vista, além da unidade Petrolina Zona Rural.Uma das emendas individuais apresentadas pelo senador ao Orçamento da União deste ano, no valor de R$ 1 milhão, é destinada à expansão e estruturação de instituições federais de ensino.
Na audiência com o ministro, Fernando Bezerra Coelho também pediu a liberação de recursos para a conclusão de duas escolas municipais em Arcoverde – que vão beneficiar cerca de 1,2 mil alunos – e a priorização de projetos para a construção de outras duas, em Lagoa Grande. Em Arcoverde, as obras foram iniciadas por meio de convênio da prefeitura com o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão ligado ao Ministério da Educação, no valor total de aproximadamente R$ 4,5 milhões.
BASE CURRICULAR – Durante a reunião com Mendonça Filho, o senador tratou, ainda, da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – uma proposta do Ministério da Educação para unificar as bases dos ensinos infantil, fundamental e médio em todo o país. Em 2015, Fernando Bezerra atuou, no Senado, para o aprimoramento da BNCC apresentada pelo governo federal.
A estimativa é que mais de 190 mil escolas brasileiras sejam abrangidas pela Base Nacional, que vai definir 60% da grade de ensino em quatro grandes eixos: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. Na avaliação do senador, o projeto representa um avanço para a educação brasileira. “Com um currículo de ensino unificado de Norte a Sul, poderemos ter os mesmos parâmetros de qualificação profissional dos professores para a melhoria da qualidade do material didático e da educação em todo o país”, analisa o socialista pernambucano.

Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2016 abre inscrições


Desde 2007, o concurso de amplitude nacional vem consagrando novos talentos cervejeiros e reiterando seu posicionamento de valorizar e democratizar a cerveja especial brasileira
O mais tradicional concurso do setor, o Mestre Cervejeiro Eisenbanh, que é promovido pela marca de cerveja especial, pertencente a indústria de bebidas Brasil Kirin, acaba de abrir suas inscrições. Os interessados de qualquer localidade do país podem realizar sua candidatura até o dia 30 de junho ou atingir 1000 inscritos, pelo site https://mestrecervejeiro.eisenbahn.com.br. Para a 7ª edição foi escolhido o estilo Altbier em comemoração aos 500 anos da lei da pureza Alemã – A Reinheitsgebot.

“A Eisenbahn sempre se preocupou em manter a qualidade da cerveja que leva aos seus consumidores. Já são quase 15 anos de história, reproduzindo no Brasil a pureza das cervejas alemãs. A Eisenbahn é a maior representante cervejeira que segue essa lei no país e acreditamos que essa é uma ótima oportunidade de comemorar e divulgar esse estilo”, comenta Juliano Mendes, um dos fundadores da cervejaria Eisenbahn.

Os candidatos terão que desenvolver uma receita dentro dos três principais ingredientes determinados pela lei Reinheitsgebot - água, malte e lúpulo.Para isso, os aspirantes a Mestre Cervejeiro poderão se inspirar no portfólio da Eisenbahn que, atualmente, mantém 12 rótulos regulares e outros especiais que contemplam uma cuidadosa seleção dos melhores tipos de cerveja, desenvolvidos para satisfazer os mais exigentes apreciadores da bebida:Pilsen, Pale Ale, Strong Golden Ale, Weizenbier, Weizenbock, Kölsch, Eisenbahn 5, Dunkel, e Oktoberfest, seguem rigidamente a Reinheitsgebot, Lei Alemã da Pureza.
“Nos orgulhamos de poder ser referência no Brasil dentro da escola cervejeira alemã. Em 2016, queremos continuar essa história, valorizando os cervejeiros, mas também a tradição da marca Eisenbahn”, afirma Alexandre Candido, gerente de cervejas especiais da Brasil Kirin.


Como participar da edição 2016
Os interessados poderão realizar sua inscrição pelo portal www.mestrecervejeiro.eisenbahn.com.br onde haverá um passo a passo. O concurso é nacional e sem taxa de inscrição. Após a realização da candidatura o candidato recebe as instruções e os próximos passos. Apenas cervejeiros caseiros podem participar com receitas de sua autoria.

O julgamento das cervejas é realizado por um time de profissionais ligados à área cervejeira como jornalistas, mestres cervejeiros, comerciantes de cerveja, entre outros, que são convidados a compor o júri. Todas as cervejas são avaliadas em degustação às cegas e nenhum juiz tem acesso às informações referentes ao autor da cerveja.  A receita vencedora será produzida pela Eisenbahn como edição limitada e distribuída pelo país trazendo grande visibilidade para seu criador.

Sobre o Concurso Mestre Cervejeiro Edição 2015
A 6ª edição do Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn levou como desafio o estilo Irish Red Ale, uma cerveja Irlandesa muito apreciada em diversas partes do mundo. O carioca Leandro Ribeiro Marques conquistou o prêmio após 8 meses de concurso e enfrentando mais de mil inscritos.

O concurso é uma iniciativa da Eisenbahn, cerveja especial produzida