Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Fenearte segue o dia 17 de julho

A Fenearte segue até o próximo dia 17 de julho, abrindo os portões para o público de segunda a sexta, das 14h às 22h. Já aos sábados e domingos, a visitação será das 10h às 22h. Os ingressos, de segunda a sexta, custam R$ 10 (inteira) R$ 5 (meia), já nos finais de semana será R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Os visitantes ainda vão contar com o tradicional traslado gratuito saindo do Shopping Tacaruna, em Santo Amaro. Este ano, o serviço de transporte foi reforçado com o "Expresso Fenearte", que oferecerá saídas do shopping RioMar, no Pina. Neste último caso, o serviço custará R$ 10 e dará direito à viagem de ida e volta. As passagens poderão ser compradas no  1º piso do mall ao lado da loja Kalunga. 

A Fenearte é uma realização do Governo do Estado, através do Programa do Artesanato de Pernambuco (PAPE), da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (AD Diper) / Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDEC); da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur) / Secretaria Estadual de Turismo; da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) / Secretaria de Cultura e do Recife Convention & Visitors Bureau (RCVB). 

-- 

Autoescolas passarão a ter reconhecimento facial e biométrico nas aulas práticas

Detran Biometrico 
Com o objetivo de diminuir a quantidade de fraudes no processo de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), a Secretaria Estadual das Cidades (SECID), por meio do Departamento de Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE começa a exigir, a partir de agosto, o monitoramento biométrico e facial dos alunos e instrutores. Pioneiro no país, a medida que deverá ser adotada em todas as aulas práticas realizadas pelos Centros de Formação de Condutores – CFC’s, foi inspecionada nesta sexta-feira (8) pelo diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro.
Para a execução dessa nova ferramenta os veículos serão compostos com um smartphone e um tablet com GPS, que servirão para realizar a telemetria com imagem para reconhecimento facial e biometria dos alunos. “O sistema SuperPrático é composto por três módulos e segue toda legislação da categoria conforme as regras dos órgãos federais e estaduais”, enfatizou Saulo Gomes, consultor técnico da empresa que desenvolve o serviço para os CFC’s.
Ainda de acordo com Gomes, o sistema funciona a partir do acesso do aluno e instrutor ao veículo, onde realiza a validação dos procedimentos de treinamento no início e final das aulas. Além disso, o software registra o percurso, faz a marcação do plano de aula, de conteúdos ministrados, da avaliação do instrutor, marcações de faltas, gravação de imagens internas e externas, registros de velocidades, entre outros dados. 
“Todas as informações ficarão em um banco de dados por até cinco anos, possibilitando que nosso órgão tenha esse acompanhamento antes das provas práticas. Isso muito nos ajuda, pois teremos a possibilidade de saber como os alunos estão sendo capacitados e ter a garantia que eles serão bem treinados pelos CFC’s. Com essa medida, teremos melhores motoristas nas vias e um trânsito cada vez mais seguro”, defendeu Charles.

Paulo: "Com a Fenearte, o Brasil e o mundo se rendem aos encantos da cultura pernambucana"

Fenerarte

Governador destacou a influência do segmento durante a abertura oficial da maior feira de artesanato da América Latina, que funciona de hoje (07) até o próximo dia 17, no Centro de Convenções 

Apresentando o universo brincante e encantador das antigas tradições, a 17ª edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) foi aberta ao público oficialmente, na tarde desta quinta-feira (07.07), em uma cerimônia comandada pelo governador Paulo Câmara e pela primeira-dama Ana Luíza Câmara, no Pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco. Com o tema “Artesanato. Arte Brincante”, a mostra vai reunir mais de 5 mil expositores, entre artesãos de Pernambuco, do Brasil e do mundo, nos 800 espaços distribuídos em uma área de 30 mil m².

Com investimento de R$ 5 milhões e expectativa de movimentação financeira superior a R$ 40 milhões, a edição deste ano espera atrair cerca de 300 mil pessoas durante os 11 dias da exposição. Em seu discurso de abertura, Paulo defendeu a valorização dos saberes tradicionais como elemento estruturador do desenvolvimento produtivo e econômico do artesanato local. 

"Pernambuco vai mostrar mais uma vez para o Brasil e para o mundo que essa feira reúne o que há de melhor em termos de cultura, artesanato e geração de renda. É uma alegria muito grande para mim, como governador, poder realizar um evento tão grandioso como este, que vai, com certeza, fomentar a atividade econômica e, consequentemente, promover o sustento de milhares de pernambucanos", destacou Paulo.  Ao lado da primeira-dama Ana Luiza, das duas filhas, Clara e Helena, e da ex-primeira-dama Renata Campos, o chefe do Executivo estadual visitou os estandes de cada um dos mestres artesãos da Alameda dos Mestres. 
 Fenearte1
Uma das novidades desta edição é o I Salão de Arte Popular Religiosa, no mezanino. Com curadoria do Frei Rinaldo Pereira, gestor do Museu de Arte Sacra de Pernambuco (Maspe), o espaço reúne 50 peças que traduzem a pluralidade de representações religiosas de diversas crenças. A primeira-dama Ana Luíza, que participou de todo o processo de organização do evento, comentou sua satisfação em contribuir com o fomento do multiculturalismo regional. "Uma programação cultural de raiz que conta nossa história e que traz à tona os patrimônios vivos do nosso Estado. O povo de Pernambuco se sente feliz e prestigiado com essa homenagem", afirmou.
 
NEGÓCIOS - A Rodada de Negócios realizada na mostra também foi ampliada, passando de três para 11 dias de atividade. A ação, organizada pelo Sebrae pernambucano, tem o objetivo de agregar compradores e promover comercialização do artesanato durante a Fenearte. A expectativa é superar a marca de R$ 5 milhões de negócios gerados em 2015. O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco também montará o Armazém Sebrae de Artesanato, onde vai apresentar o trabalho de 22 unidades produtivas de diversas regiões do Estado, em 18 estandes, com artesanato utilitário, decorativo e acessórios