Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Justiça proíbe construção de empreendimento em terra indígena no Ceará

Divulgação/Funai
A Terra Indígena Barra do Mundaú, pertencente ao povo Tremembé, em Itapipoca (CE), obteve a portaria declaratória expedida pelo Ministério da Justiça, em agosto de 2015, com 3.580 hectares. Desde 2002, a comunidade do povo Tremembé travava uma disputa contra a construção de um megaprojeto turístico, denominado Nova Atlântida, em seu território.

Em 2005, o Ministério Público Federal no Ceará entrou com uma ação contra a empresa, solicitando também a anulação da licença ambiental expedida pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) para a instalação do projeto. Nesta terça-feira (27), foi divulgada a decisão da Justiça Federal impedido a construção do empreendimento turístico e anulando a licença ambiental.

Na sentença, o juiz Marcelo Sampaio Pimentel Rocha, da 27ª Vara, citou o pronunciamento da Relatora da ONU para os povos indígenas, Victoria Tauli Corpuz, em recente visita ao Brasil, sobre a ameaça à subsistência das comunidades indígenas diante da implementação de grandes projetos de infraestrutura e a exploração pela iniciativa privada, em seus territórios.

O projeto Nova Atlântida seria constituído por um consórcio entre oito grupos empresariais, formado por 27 empresas nacionais e estrangeiras, coordenado por um grupo espanhol. O grupo pretendia erguer o maior complexo turístico-residencial do mundo, cujos idealizadores passaram a denominar de "Cancun brasileira". Pela divulgação, o empreendimento ocuparia uma área de 3,1 mil hectares, a fim de comportar 27 complexos hoteleiros cinco estrelas, com quase 100 mil leitos, residenciais de luxo, sete campos de golfe e uma marina.

Fonte: Funai

SHOPPING COSTA DOURADA LANÇA PROMOÇÃO PARA O DIA DOS PAIS



Que tal levar o pai para passear e ainda concorrer a grandes prêmios? A promoção do Dia dos Pais do Shopping Costa Dourada promete presentes que mesclam emoção e aventura: Um Renault Sandero 04 portas e duas motos Shineray Fire 150. Para participar do sorteio, basta comprar nas lojas do mall, trocar as notas fiscais por cupons e depositar na urna. A promoção é válida de 25/7 a 27/8. Cada R$ 200 em compras pode ser trocado por um cupom. Apresentando o aplicativo do shopping baixado no celular ou tablet, o cliente terá direito a cupons em dobro. Durante o período da promoção, as peças alusivas à campanha ficarão distribuídas em todo shopping. "Escolhemos modelos da região para ilustrar as nossas peças promocionais. Essa é uma forma de prestigiar os nossos clientes", destaca Edesio Alves, gerente de Marketing do Shopping Costa Dourada. O carro e as motos ficarão expostos nos corredores do mall. “Este ano, saímos na frente e vamos dar três prêmios aos nossos clientes. Certamente, esta campanha tornará o Dia dos Pais inesquecível para as famílias vencedoras. Com a promoção, além de aumentar o fluxo de pessoas e as vendas, queremos estreitar os laços de amizades entre pais e filhos”, finaliza Edesio Alves. O sorteio dos prêmios será no domingo (28/8), às 18h, na praça de alimentação do shopping. A divulgação dos três sortudos será feita no site do centro de compras (www.shoppingcostadourada.com.br) e nas redes sociais (@shoppingcostadourada).

Como fazer orçamento familiar e sair do vermelho

Colocar as contas em dia pode ser um desafio, principalmente para quem não tem o hábito de planejar. Para ajudar os iniciantes na educação financeira, o Portal Brasil procurou um professor de finanças para explicar como começar.
José Kobori é professor de finanças no curso de pós-graduação do Ibmec Brasília. Ensina todos os dias a gerentes de bancos e empresários. Segundo ele, os princípios básicos são os mesmos e ter tudo anotado é fundamental. Por isso, ele aconselha criar um orçamento.
“Assim como tudo na vida, se você tem só a ideia na cabeça, corre o risco de esquecer”, pondera. “O ideal é que se anote tudo. É preciso ter uma planilha onde se discrimina todas as receitas e despesas”, recomenda o professor.
Ter um orçamento, na avaliação de Kobori, ajuda a manter o foco e a atingir um objetivo final. Ele lembra que hoje em dia montar um orçamento foi facilitado pela tecnologia. Existe uma série de planilhas para computador e programas para celular que podem ser baixados.

Planejamento financeiro com o celular
Alguns desses programas de celular fazem o trabalho praticamente sozinho. Se a pessoa usa internet bank, esse App faz uma conexão com ele e separa todos os seus gastos por mês e avalia se você precisa gastar menos.
Para quem não gosta do mundo virtual, a opção pode ser imprimir uma tabela ou o bom e velho caderninho de anotações. “O importante é dar o primeiro passo”, afirma o professor.
Como cortar gastos
Pensar em um fluxo de gastos também ajuda. Se você recebe um salário mensal, imagine as despesas que terá dentro dos próximos meses. Registre em cada mês tudo o que você imagina que precisa gastar e veja se os seus ganhos são suficientes para aquele estilo de vida.
Prever um valor para gastos extraordinários também é recomendado. “Sempre ter um dinheiro a mais para remédio ou alguma emergência. Se isso não for previsto, a pessoa fica no vermelho”, argumenta.
Como guardar dinheiro
Kobori recomenda ainda fazer uma poupança para os gastos de início de ano, como as despesas com IPTU, IPVA, material e escolar e matrícula. São valores que normalmente já se sabe com antecedência e, por isso, é possível planejar esses gastos.
Poupar também pode entrar na tabelinha de planejamento financeiro. O professor sugere que a pessoa defina um valor a ser aplicado mensalmente e que o torne uma obrigação, como se fosse uma prestação. O depósito tem de ser feito todo início de mês, quando o salário entrar.


Dia dos Pais deve movimentar R$ 4,2 bilhões no comércio

Divulgação
O Dia dos Pais deve movimentar R$ 4,2 bilhões em vendas no comércio. O número faz parte de uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgada nesta segunda-feira (1º).
“O Dia dos Pais figura entre as seis datas comemorativas mais importantes do calendário varejista”, observou Fábio Bentes, economista da CNC. Ainda segundo ele, sapatos masculinos, tênis, CDs e DVDs devem ter maior demanda em função de preço.
A expectativa é de que mais da metade das vendas do Dia dos Pais venham dos segmentos de hiper e supermercados (36,3%), vestuário e calçados (19,7%).
Artigos de uso pessoal e doméstico ocupam o terceiro lugar, com 13,2%, seguidos de produtos de farmácias e perfumarias, com 10,1%. Neste ano, o Dia dos Pais será em 14 de agosto.

FIG 2016 celebra a diversidade cultural e a educação

Depois de intensos dez dias de atividades artísticas, culturais e de formação, pela 26ª vez, o Festival de Inverno de Garanhuns se consagra como um dos maiores do país, pela qualidade, diversidade e público visitante. Homenageando o músico Naná Vasconcelos, pela sua brilhante contribuição à arte e a cultura do país, o 26º FIG foi um sucesso e atraiu visitantes e turistas de todo Agreste e outras partes do país.
Tendo como grande vitrine o palco da Praça Mestre Dominguinhos – onde se apresentaram grandes nomes da música nacional, a exemplo, este ano, de Gal Costa, Elza Soares, Elba Ramalho, Alceu Valença, Zeca Baleiro, Otto, Margareth Menezes e Biquini Cavadão – o FIG é cada vez mais, também, das artes visuais, do teatro, do circo, da dança, da literatura, do audiovisual, do artesanato, dos patrimônios culturais, dos pontos de cultura e também da educação. 
 
Foram 500 ações artísticas de todos os segmentos, em mais de vinte polos de programação, e um público circulante que girou em torno de 350 mil pessoas. O orçamento reduzido não impactou na qualidade das ações e no incremento do formato. Este ano, algumas novidades foram apresentadas: o projeto Som na Rural, que durante oito dias apresentou uma mostra de músicos e bandas da cena contemporânea mais autoral e experimental de Pernambuco.

Obra vai garantir abastecimento de água em Surubim

Divulgação
O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa, Roberto Tavares, visitou  hoje (01) o canteiro de obra  para  reativar a Adutora de Palmeirinha, em execução na Estação de Tratamento de Água - ETA Buraco do Tatu, no município de Bom Jardim. A obra irá permitir a continuidade do abastecimento de água do município de Surubim, caso a Barragem de Jucazinho entre em colapso. Iniciados na semana passada, os trabalhos serão finalizados em 60 dias. A cidade é atendida hoje pela Barragem de Jucazinho, que se encontra com apenas 0,3 % da sua capacidade, consequência da falta de chuvas na região pelo sexto ano consecutivo. A solução viável encontrada pelos técnicos da Compesa foi a retomada da operação da antiga Adutora de Palmerinha, que atendia Surubim até 2001, a partir da barragem de mesmo nome, também conhecida como Pedra Fina.
Segundo Roberto Tavares o governador Paulo Câmara autorizou o investimento de R$ 2,8 milhões para a reativação da Adutora de Palmerinha e solicitou que a obra fosse realizada  em caráter emergencial, no menor prazo possível. “Estamos vivenciando a pior seca dos últimos 50 anos e, de acordo com as previsões da Agência Pernambucana de Clima - APAC, não deverá chover nos próximos meses o suficiente  para reverter o quadro, na Bacia do Rio Capibaribe, que alimenta a Barragem de Jucazinho, localizada em Surubim”, pontuou o presidente.
 
Caso não chova até outubro, a Compesa deixará de explorar a Barragem de Jucazinho, o que significaria o atendimento da cidade de Surubim apenas por carros-pipa. “Para que a cidade continue recebendo água pela rede de distribuição, a operação da antiga adutora é imprescindível para evitar o colapso”, revela Roberto Tavares.
Antes de 2001, essa adutora transportava água da Barragem Palmerinha para as cidades de Surubim, Bom Jardim, João Alfredo, Limoeiro e Orobó. A partir desta data, Surubim passou a ser atendido pelo Sistema Jucazinho, o que permanece até hoje. Com a implantação do Sistema Jucazinho, o ramal da adutora que atendia Surubim foi desativado. A Barragem de Palmeirinha/Pedra Fina, situada em Bom Jardim, está hoje com 80% da sua capacidade, que é de 6,2 milhões de metros cúbicos de água.
 
A situação desta barragem melhorou muito no inverno deste ano. “Estávamos com apenas 25% da capacidade, mas, felizmente, choveu no entorno da Barragem de Palmerinha. O aumento do volume deste manancial irá garantir a operação da antiga adutora para socorrer Surubim, sem prejuízo ao abastecimento das demais cidades hoje atendidas pelo Sistema Palmerinha”, avalia o  diretor Regional do Interior, Marconi de Azevedo, que também acompanhou a visita ao lado de outros técnicos da Compesa. 
Ele adianta que será necessário trocar alguns trechos da adutora, que tem 30 quilômetros de extensão, e refazer a travessia da tubulação sob o Rio Caiaí, levada pela enchente de 2004, situada próxima a cidade Surubim. Com a reativação  da antiga adutora, o município de Surubim contará com uma produção de  até 150 litros/segundo. A Estação de Tratamento de Água Buraco do Tatu, em Bom Jardim, também será reformada dentro do projeto da obra de melhoria do abastecimento de água da cidade de Surubim.

Mensagem anteriorPróxima mensagemVoltar para as mensagens Oposição manterá atuação firme no segundo semestre, afirma Silvio‏



Na primeira reunião ordinária após o recesso da Assembleia Legislativa de Pernambuco, realizada nesta segunda-feira (1º), o deputado Silvio Costa Filho afirmou que a Bancada da Oposição manterá sua forma de atuação nesse segundo semestre, fiscalizando o Poder Executivo e exigindo soluções para os problemas da sociedade. O parlamentar antecipou a solicitação do pedido de audiência pública para rediscutir o Pacto pela Vida, modelo que tem apresentado sucessivos índices negativos, como aumento de homicídios, e a crise no sistema prisional, com rebeliões e mortes de detentos.
“Nesse segundo semestre, continuaremos comprometidos com o Pernambuco de Verdade, iniciativa da Bancada de Oposição para mostrar que o que o PSB apresenta não condiz com a realidade. A gestão não conseguiu atender as expectativas da população e o que ela mostra na publicidade não corresponde com o dia a dia dos pernambucanos”, destaca Silvio.
De acordo com o deputado, a Bancada de Oposição está bastante preocupada com a piora nos índices de segurança pública. “O crescimento na criminalidade é um dos assuntos mais urgentes a serem discutidos. Em 2015, havia sido registrado um aumento de 13% na violência. Nos sete primeiros meses de 2016, ela já é 5% maior em relação ao mesmo período do ano passado. Julho representa bem a situação, com 73 investidas contra bancos e caixas eletrônicos, mais casos de violência contra a mulher, rebeliões e mortes no sistema prisional”, detalha.
A segunda alteração consecutiva no calendário de pagamento do funcionalismo estadual, que deixa a todos apreensivos quanto a não receber pelo serviço prestado, também mereceu a atenção do parlamentar, assim como o desabastecimento da Farmácia do Estado. “Queremos que o governo preste esclarecimentos sobre as finanças públicas e seus desdobramentos em relação ao pagamento de servidores e da manutenção de áreas estratégicas como a saúde. De que adianta oferecer hospitais de primeiro mundo e ter serviços sem qualidade, nos quais faltam de médicos a medicamentos?”, questiona o deputado.
De acordo com Silvio, a PPP do Saneamento e Esgotamento Sanitário, com cronograma de obras extremamente comprometido; as obras relacionadas aos corredores do BRT e o de Navegabilidade do Capibaribe, com atrasos superiores a um ano; e os resultados da Arena Pernambuco são outros temas que seguirão em debate neste semestre. “A Oposição continuará exercendo o ser papel, promovendo o bom debate e buscando a construção de um estado justo para toda a sociedade. Manteremos as discussões sempre pleiteando solução para os problemas que cada vez mais se acentuam em Pernambuco, atualmente sem rumo e sem direção”, completa. 

ALUNO CONSCIENTE

Mais uma vez o Projeto Casa da Criança comemora o sucesso da Campanha Aluno Consciente em parceria com o Colégio Motivo PE . A campanha envolveu os alunos do Infantil e do Ensino Fundamental  que doaram roupas diversas e livros às crianças do abrigo Casa da Madalena e casa Vovó Geralda. O Aluno Consciente tem como obje