Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

PAULISTA COMEMORA 81 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA NESTE DOMINGO

O município do Paulista completa 81 anos de Emancipação Política neste domingo (04.09). E para celebrar a data a Secretaria de Turismo e Cultura vai promover uma programação marcada por hasteamento da bandeira, missa solene, entrega da Comenda Padre João Ribeiro e de Título de Cidadão Paulistense. As atividades começam, às 8h, em frente à sede da Prefeitura, no Centro da cidade.

Confira a agenda:

Data – 04/09/16 (Domingo)
Hasteamento da Bandeira - 8h (em frente à sede da Prefeitura).
Entrega de Título de Cidadão Paulistense - 09h (Matriz de Santa Isabel)
Missa Solene - 9h20 (Matriz de Santa Isabel).
Entrega de Título de Cidadão Paulistense - 10h30 (Matriz de Santa Isabel).
Entrega da Comenda Pe. João Ribeiro - 10h50 (Matriz de Santa Isabel).


Endereços:


Prefeitura do Paulista / Matriz de Santa Isabel - Avenida Marechal Floriano Peixoto, s/n, Centro. 

AÇÃO DA SAÚDE BENEFICIA MORADORES DA AURORA

A Escola Municipal Presidente Kennedy, localizada na Aurora, em Paulista, recebeu hoje (02.09), uma ação realizada pela Secretaria de Saúde da cidade. O trabalho foi coordenado por uma equipe de funcionários da Unidade de Saúde da localidade com o objetivo de estar mais perto da população. Diversos atendimentos de saúde foram oferecidos.

O público teve acesso a serviços de mamografia; testes de HIV, sífilis e hepatites; saúde bucal; avaliação do câncer de boca, aferição de pressão e glicose. Os moradores também puderam fazer o cartão SUS.

Os exames de sífilis, HIV e hepatite têm o resultado imediato, os demais serão entregues na própria unidade de saúde do bairro.  

A dona de casa, Elizabete de Souza de 33 anos, aprovou os serviços e aproveitou para fazer o máximo de exames possíveis.  “É muito importante mobilizar a população a ter consciência e fazer estes exames, entre outras coisas que a prefeitura vem fazendo. Todos os anos eu faço, pra me prevenir, acho uma ótima iniciativa, e melhor, perto da gente”.

A Secretaria de Saúde do município tem trabalhado para interagir nas comunidades, com ações integradas, atendendo a população com múltiplos serviços, sem que ela precise se deslocar até as unidades de saúde.  Euricélio Ferreira de Souza, 36, foi um dos moradores da Aurora beneficiado pela ação. “Tudo aqui é muito bem-vindo, pois traz esclarecimentos e alcança as pessoas que, muitas vezes, não podem ir fazer os exames, pois nem sempre podem sair de casa, ou estão trabalhando. Está tudo muito bem executado, o que é muito importante”, destacou. 

UPE perde diretor do Multicampi Garanhuns

O Magnífico Reitor da Universidade de Pernambuco, Pedro Henrique de Barros Falcão, vem a público informar, e lamentar, a morte prematura do professor Clóvis Gomes da Silva Júnior, diretor do Multicampi Garanhuns (Arcoverde, Salgueiro, Serra Talhada e Caruaru), ocorrido nesta quinta-feira (01), em Caruaru, onde residia, e acontecerão velório e funeral.

"A perda de professor Clóvis abre uma lacuna no Campi Garanhuns, pela dinâmica de sua gestão, mas principalmente por sua presença e a amizade, e tantas ideias e objetivos que estavam ainda em construção, e que serão motivo de muito orgulho dar continuidade com a nossa Comunidade Acadêmica. Perco mais que um colega, mais que um amigo, perco um irmão que a vida e a Universidade me deram. Meus sinceros sentimentos a Euélia e demais família enlutada" - Pedro Falcão.

Há cerca de um mês, Profº Clovis Gomes, recebeu a reitoria e o Governador Paulo Câmara, para a inauguração da Clínica de Psicologia da UPE Garanhuns, marcando mais uma importante ação, que deixa como marca de sua gestão, profícua e humana.

Artesãos realizam exposição e comercialização no Cine Teatro Polytheama

Nesta sexta-feira, 02, será realizado no Cine Teatro Polytheama, a partir das 8h, a exposição e comercialização de produtos produzidos por homens e mulheres, que participaram de uma oficina de xilogravura, por meio do projeto cultural “Fortalecimento da Cultura Regional Através do Artesanato”.

Ao todo foram duas semanas de capacitações, totalizando 30horas/aulas, onde foram apresentadas as mais diversas técnicas e possibilidades, tendo destaque para a ligação com as vertentes culturais do município. 

De acordo com coordenadora geral do projeto, Maria da Conceição Santos, “essa formação foi de fundamental importância por possibilitar a ampliação do conhecimento dos participantes e consequentemente a geração de renda, inserindo-os no protagonismo do artesanato da cidade”.

O projeto que conta o incentivo do Funcultura, através do Governo do Estado, contemplou também as cidades de Limoeiro (Agreste), Cabo de santo Agostinho (Região Metropolitana do Recife) e Arcoverde (Sertão).

Narciso acha feio o que não é espelho

Num mundo em que a solidão e o vazio interior parecem ser cada vez mais presentes, os seres humanos seguem imaginando que a não manutenção de relações estáveis e duradouras será a grande solução para o labirinto da existência.

Puro engano. A já tão comum prática do troca-troca sentimental e relacional, ao que tudo indica, acaba mesmo agindo justamente ao contrário, ou seja, não como uma solução, mas como uma causadora e mantenedora destas solidões e vazios, que parecem multiplicarem-se feito epidemia.

Assim como trocamos de roupas, de carro, de eletrodomésticos, começamos também a mudar constantemente de ideias, sonhos, projetos e, principalmente, de amigos e amores. Há até os que são mais radicais e chegam a deletar parentes de suas vidas. Aos poucos, foi se consolidando a “cultura do descarte”, na qual não só os bens materiais, mas também os “bens” tidos - em outros tempos - como sólidos e essenciais, são defenestrados: amizades, amores e relações de consanguinidade; enfim, tudo pode ir parar no lixo, sem dificuldades.

Está nítido que trouxemos para o campo afetivo as práticas que, antes, ditavam o mundo do consumo e do capitalismo como um todo. Por um lado, se algo mostra ter defeitos, ao invés de consertar, trocamos por outro algo novinho em folha.

Por outro lado, outra característica da sociedade do Capital, que passou também do campo econômico para o afetivo e relacional, foi a questão acumulativa. Hoje em dia, bom mesmo é ser rico, ostentar grandeza e quantidade.

Ter cinco mil amigos no Facebook, mesmo que só conheçamos uns cem deles. Deu problema com algum? É só deletar e, na maioria das vezes, bloquear. Pronto. Resolvido o problema bem rápido e sem maiores complicações. Infelizmente, a nossa sociedade moderna não liga mais para a qualidade, mas sim para a tão “deliciosa” e ambicionada quantidade. Ou seja, quanto mais relacionamentos tivermos, melhor. Quanto mais dinheiro tivermos, melhor também. Quanto mais tudo, melhor parecerá ser o meu mundo.

Não é à toa que percebemos tão claramente, em nossos dias, o egocentrismo, o narcisismo, a egolatria e os egoísmos se multiplicarem tão assustadoramente. Fica claro que tudo isso faz parte de um processo de constante busca da autoafirmação e da autossatisfação.

O atual sistema de rotatividade, de inclusão e exclusão constantes nas relações afetivas, se coloca cada vez mais contra a potência unificadora do amor, o Eros teorizado por Freud. O amor-próprio, agora agigantado de forma assustadora, tornou-se o amor cego de um Narciso pós-moderno. Cego este que só enxerga a si mesmo, mas que, tal qual o mito grego, afoga-se por não querer a ajuda de qualquer salva-vidas que haja ao seu redor.

(*) Mourão é pós-graduado em Literaturas de língua portuguesa, poeta, escritor, crítico literário e produtor cultural.

O suicídio não resolve

Paiva Netto


Ensinava Alziro Zarur (1914-1979): “O suicídio não resolve as angústias de ninguém”. Estava com a razão o autor de Poemas da Era Atômica.
Matar-se abala, por largo tempo, a existência do Espírito, pois ofende a Lei Divina, que é Amor, mas também Justiça.
Quando a dor apertar, por favor, lembre-se desta página de André Luiz, na psicografia do venerando Francisco Cândido Xavier (1910-2002):

Mais um pouco*
“Quando estiveres à beira da explosão na cólera, cala-te mais um pouco e o silêncio te poupará enormes desgostos.
“Quando fores tentado a colaborar na maledicência, guarda os princípios do respeito e da fraternidade mais um pouco e a benevolência te livrará de muitas complicações.
“Quando o desânimo impuser a paralisação de tuas forças na tarefa a que foste chamado, prossegue agindo no dever que te cabe, exercitando a resistência mais um pouco e a obra realizada ser-te-á gloriosa bênção de luz.
“Quando a revolta espicaçar-te o coração, usa a humildade e o bom entendimento mais um pouco e não sofrerás o remorso de haver ferido corações que devemos proteger e considerar.
“Quando a lição oferecer dificuldade à tua mente, compelindo-te à desistência do progresso individual, aplica-te ao problema ou ao ensinamento mais um pouco e a solução será divina resposta à tua expectativa.
“Quando a ideia de repouso sugerir o adiamento da obra que te cabe fazer, persiste com a disciplina mais um pouco e o dever bem cumprido ser-te-á coroa santificante.
“Quando o trabalho te parecer monótono e inexpressivo, guarda fidelidade aos compromissos assumidos mais um pouco e o estímulo voltará ao teu campo de ação.
“Quando a enfermidade do corpo trouxer pensamentos de inatividade, procurando imobilizar-te os braços e o coração, persevera com Jesus mais um pouco e prossegue ajudando a todos, agindo e servindo como puderes, porque o Divino Médico jamais nos recebe as rogativas em vão.
“Em qualquer dificuldade ou impedimento, não te esqueças de usar um pouco de paciência, amor, renunciação e Boa Vontade, a favor de teu próprio bem-estar.
“O segredo da vitória, em todos os setores da vida, permanece na arte de aprender, imaginar, esperar e fazer mais um pouco”.

Respeitar a própria vida
O Salmo 31:24 da Bíblia Sagrada adverte fraternalmente: “Tende coragem, e Ele fortalecerá o coração de todos vós que esperais no Senhor”.
O Rabino Henry Sobel pondera: “Não somos donos da Vida, mas apenas os guardiões dela”.
Honremos, pois, o extraordinário dom que Deus nos concedeu, que é a Vida, e Ele sempre virá em nosso socorro pelos mais inimagináveis e eficientes processos.
Substancial é que saibamos humildemente entender os Seus recados e os apliquemos com a Boa Vontade e a eficácia que Ele espera de nós.
A permanente sintonia com o Poder Divino só nos pode adestrar o Espírito, para que tenha condições de sobreviver à dor, mesmo que em plena conflagração dos destemperos humanos.
Do livro Billy Graham responde, emerge esta elucidação do respeitado pastor norte-americano: “A vida nos foi concedida por Deus e só Ele tem o direito de tirá-la. Além disso, até mesmo no meio das circunstâncias mais difíceis, Deus está conosco. (...) Devo enfatizar o fato de o suicídio ser um erro, não fazendo parte do plano de Deus”.
Na Quarta Surata do Alcorão Sagrado, encontramos este conforto numa admoestação do Profeta Muhammad — Que a Paz e as bênçãos de Deus estejam sobre ele: “29. Ó crentes, não defraudeis reciprocamente os vossos bens por vaidade, realizai comércio de mútuo consentimento e não pratiqueis suicídio, porque Deus é misericordioso para convosco”.
Santa Teresa d’Ávila (1515-1582), a grande mística da Espanha, incentiva-nos à perseverança:
“Que nada te perturbe, nada te amedronte.
“Tudo passa. Só Deus nunca muda.
“A paciência tudo alcança. A quem tem Deus, nada falta.
“Só Deus basta”.
A continuação da existência após a morte jamais poderá ser justificativa para o suicídio. Todos continuamos vivos.
Acertadamente escreveu Napoleão Bonaparte (1769-1821), quando lamentou essa inditosa escolha, que infelicita o Espírito de quem se deixa seduzir por ela, porque a chegada ao Outro Mundo daquele que destrói o seu próprio corpo é um grande tormento, porquanto não há morte após a morte: “Tão corajoso é aquele que sofre valentemente as dores da Alma como o que se mantém firme diante da metralha de uma bateria. Entregar-se à dor sem resistir, matar-se e eximir-se à mesma dor é abandonar o campo de batalha antes de ter vencido”.
(Apesar de Napoleão I ter pensado em suicídio durante sua atribulada carreira militar e política, não o praticou. Daí a importância do seu pensamento.)
Confiantes, sigamos o caminho apontado pelo Senhor no livro Deuteronômio, 30:19: “Como podes ver, coloquei hoje diante de ti a Vida e o Bem, a morte e o mal... portanto, escolhe a Vida, para que vivas tu e a tua semente”.
Meus Amigos e Irmãos em Humanidade, a grande fortuna é sabermos que Viver é melhor!

__________________
* “Mais um pouco” – Extraído da Antologia da Boa Vontade, 1955.

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

POR MOTIVO DE FALECIMENTO, INAUGURAÇÃO DE COMITÊ É CANCELADA

Devido ao falecimento da avó do candidato a vice da chapa encabeçada pelo deputado estadual Professor Lupércio, a inauguração do comitê do parlamentar, que disputa a majoritária em Olinda, foi cancelada. O ato, que aconteceria nesta sexta-feira, 02, está previsto para ser realizado no dia 09 deste mês.

Lupércio também definiu a agenda de compromissos que terá amanhã. O postulante vai se reunir com correligionários, fará uma caminhada em Aguazinha e conversará com moradores do Amaro Branco. Confira:

9h – Reunião com correligionários.

17h – Caminhada em Aguazinha. Concentração: Estrada de Aguazinha.