Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulo sugere ao BNDES investir na Educação Integrada

RIO – O governador Paulo Câmara sugeriu nesta segunda-feira (05.09) à presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, que o setor da Educação passe a ser beneficiado pela parcela dos financiamentos do banco que as empresas têm de destinar à área social. No caso de Pernambuco, Paulo falou do Projeto Educação Integrada, pelo qual o Governo do Estado começou, em parceria com as prefeituras, a levar o Ensino em Tempo Integral para as escolas da rede municipal. Hoje, 0,5% dos financiamentos do banco são reservados para bancar ações na área social.

Deixa a vida me levar?

Júlio Correia Neto, coach e gestor de mudanças


Vivemos uma existência aonde grande parte das pessoas tem o seu tempo conduzido no automático. Por exemplo, ficam 10, 12 horas ou mais fora de casa por dia, na grande maioria das vezes, realizando tarefas automáticas e repetitivas em empregos com baixa remuneração. Vivem num sistema que sugam suas energias e tempo, ao invés de dedicarem a si mesmos e à família.

Por outro lado, há pessoas que já possuem o suficiente e, mesmo assim, ficam preocupadas o tempo todo em querer mais e mais. Em acumular, acumular, ao invés de pensar em apreciar e contemplar a vida.

Em um planeta onde bilhões estão mergulhados em miséria, doenças e fome, quem já tem um teto para morar, comida para se alimentar e um trabalho para sobreviver, não precisa ficar pensando quase 100% do tempo em ter mais e mais. Acreditam que não há nada na vida que tenha mais valor do que entesourar bens e guardar fortunas.

Porém, muitos se esquecem que a vida é de ganhos e perdas e de surpresas constantes ao longo da trajetória.

Eu fico me questionando como há aqueles que destroem não só suas vidas como de pessoas próximas, de famílias, mergulhando em dívidas impagáveis, destruindo patrimônios, por conta de espíritos pequenos e mal resolvidos que só sabem ser vaidosos, orgulhosos. Vivem de pompa, de luxúria e de aparência.

Pelos inúmeros relacionamentos que tenho no mundo corporativo, observo comportamentos de empresários que vieram do nada, que construíram impérios, mas que continuam com almas pobres, apegados à avareza. Costumo dizer que eles ‘saíram da pobreza, mas a pobreza não saiu de dentro deles’. Isso não só de empresários, mas de muitos que conseguiram vencer na vida.

Só pensam em acumular terras, propriedades. Só pensam em ostentar vinhos caros, restaurantes e hotéis VIPs. São verdadeiros reféns da matéria, com suas teses pré-históricas, alimentadas pelo colonialismo.

Além disso, há aqueles que buscam o dinheiro por outras vias. Hoje observamos aqueles que ‘prostituem’ as suas vidas em troca de fama, de dinheiro fácil, de riqueza e do sucesso. Para eles, o importante é aparecer, é ser o tal, é se mostrar, não importa como.

Não se interessam se a fama foi pela venda do corpo escultural ou se foi furtando, fraudando ou poluindo a mente de milhões de pessoas. No final das contas, o que importa é quanto de dinheiro terá na conta para continuar a saga de luxúria e futilidade consumista.

Como costumo dizer para pessoas próximas: tudo isso cansa. Cansa por termos nos tornado robôs repetidores de rotinas, rotinas estas, na grande maioria, impostas por terceiros.

Cansa estar ao lado de pessoas que agem e pensam assim, embora tentem de toda a forma nos induzirem a acreditar que é o melhor caminho.

Afinal, cada um sabe de suas escolhas e saberá o preço a ser pago lá na frente. O mundo é uma bola e nunca saberemos que fim teremos no dia de amanhã. Mas pouquíssimos se importam com isso. Preferem viver alucinadamente o hoje.

Entra ano, sai ano, e tudo continua, na maioria das vezes, da mesma forma. Repetido e repetido. Quem rompe com esta corrente é logo taxado de louco, sem falta de temperança e equilíbrio. Tudo isso me cansa.

BRASIL DIVIDIDO

Da política maniqueísta do PT surgem dois Brasis antagônico. Os petistas construíram a ideia de que o povo brasileiro é separado  por ricos e poderosos que desde sempre exploram o povo, de um lado, e por uma massa de pobres e oprimidos, de outro. Os opressores são todos aqueles que não são petistas. Trata-se de uma visão simplista do país. Prova disso é que muitos integrantes da elite, alguns dos quais estão entre os mais ricos do Brasil, são visceralmente ligados ao PT, como ficou comprovado nas investigações de corrupção na Petrobras. 

Paulista avança com projeto que envolve duplicação da Ponte do Janga

Mais uma das intervenções que englobam o conjunto de obras de duplicação da Avenida Cláudio José Gueiros Leite (PE-01) foi analisada, nesta quinta-feira (08.09), por dirigentes da Prefeitura do Paulista. A equipe discutiu os pormenores do alargamento da Ponte do Janga e o Projeto de Restauração Florestal de Bosque de Mangue na Bacia do Rio Paratibe. O documento já está sendo alvo de estudos da Agência Pernambucana de Meio Ambiente (CPRH) para fins de aprovação.
           Para duplicar a ponte com estruturação de duas novas faixas de rolamento, o que será feito do lado Leste da rodovia, será necessária a supressão de uma área de manguezal. Em contrapartida, o projeto prevê a realização de uma compensação florestal no setor Oeste. Cerca de 3.000 mudas devem ser utilizadas.
           O plano irá adotar duas técnicas de compensação florestal. A retirada de tensores para a recuperação natural do ecossistema e a promoção das condições hidrodinâmicas (aberturas de seis canais), através de serviços de engenharia; e o plantio de mudas de mangue.
           Na opinião do prefeito Junior Matuto, a duplicação da PE-01 é uma das ações mais esperadas pelos moradores dos bairros da orla e das pessoas que circulam por Paulista. “Estamos tirando do papel um projeto histórico e uma das mais significativas obras da nossa gestão. Atualmente, é mais cansativo para os condutores chegarem ao destino final do que trabalhar”.  
           
DUPLICAÇÃO – As obras de duplicação da PE-01 estão na fase de aplicação de asfalto. O serviço de ampliação compreende o trecho que vai da Ponte do Janga até o Conjunto Beira Mar, no mesmo bairro. A extensão beneficiada é de 4,5 km. A via irá ganhar mobilidade e beneficiar aproximadamente 120 mil pessoas. O investimento gira em torno de R$ 16 milhões. A iniciativa é resultado de uma parceria firmada entre a Prefeitura do Paulista e o Governo do Estado.   


OBRA A TODO VAPOR NA AV. HONORATO F. DA PAZ NO JANGA


Importante obra para a mobilidade na área das praias, a pavimentação da Avenida Honorato Fernandes da Paz, no Conjunto Beira-Mar, Janga, está a todo vapor. Ao todo, 15 homens estão empenhados no serviço diariamente. Distribuídos por equipes, eles já conseguiram fazer a drenagem e compactar um trecho de 700 metros da via, lançando uma camada espessa de brita corrida para consolidar a base. O mesmo trabalho – que antecede a imprimação e aplicação do asfalto – está sendo executado em outros pontos da pista, que será transformada num binário com a Av. Dr. Ignácio de Andrade Lima, desafogando o trânsito na localidade.
            A Av. Honorato Fernandes da Paz é uma das maiores vias do município, com aproximadamente 1,7 km de extensão. Ela faz importante ligação com a PE-01 (Av. Cláudio Gueiros Leite), que também passa por obras de duplicação. O alargamento da via compreende um trecho de 4,5 km, entre a ponte do Janga e a entrada do Conjunto Beira-Mar, onde será criado o binário. Integrados, os novos corredores viários vão contribuir com a mobilidade na região, dinamizando o tráfego de veículos e encurtando o tempo perdido nos congestionamentos.
         O representante comercial Ubiratan Bione, 44 anos, comprou uma casa na Av. Honorato Fernandes da Paz há quase dois anos. “Quando comprei esse imóvel teve gente que já dava como certa a minha saída daqui no primeiro inverno. Afinal, o sofrimento era grande por conta da lama e da possibilidade de entrar água dentro de casa. Mas hoje vejo que foi a melhor coisa que eu fiz na minha vida. Estou muito satisfeito. Essa pavimentação vai valorizar ainda mais a minha casa”, comentou.
O investimento público na obra alcança a cifra de R$ 2,8 milhões. O recurso é oriundo de um convênio entre a Prefeitura do Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, e o Governo de Pernambuco, através da Secretaria Estadual das Cidades.

Recital no Paulista North Way Shopping

O Paulista North Way Shopping realiza a pr