Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

ABA English, o único aplicativo onde se aprende inglês através de filmes



 Aplicativo para aprender inglês de onde e quando quiser
Max Felipe
Jornalista

Finalmente, comecei a fazer o curso de inglês online ABA English, que conta com uma metodologia única de ensino intuitivo e que permite aprender inglês através de filmes. Assistindo a curtas-metragens exclusivos, o curso oferece uma "viagem didática", como se estivesse aprendendo inglês no exterior.

O curso disponibiliza, ainda, um aplicativo para aprender inglês de onde e quando quiser. A ferramenta recebeu o prêmio de “Melhor App Educacional de 2015”, atribuído pela Reimagine Education (conhecido como os “Óscares da educação’) e foi eleito pela Apple como o melhor novo aplicativo em dezenas de países.

O melhor é que o app também funciona em locais sem internet (off-line), o que permite estudar em qualquer lugar, através do celular ou tablet, já que nem sempre é fácil ter wi-fi por perto. O app pode ser baixado aqui: App Store ou Google Play.

As aulas estão disponíveis em diferentes níveis do idioma, do iniciante ao avançado, para que cada pessoa possa aprender ao seu ritmo e de acordo com o tempo que tem disponível por semana. Aliás, este é o único aplicativo para aprender inglês com um guia do professor. Inclusive, ele conta com uma professora brasileira, a Priscila Oliveira, com quem você pode esclarecer qualquer dúvida. Veja aqui o site www.abaenglish.com.

O aplicativo da ABA English foi desenvolvido para aprender inglês sem esforço. Isso é feito através do método natural único da academia: primeiro ouvir e compreender para depois aprender a falar e a escrever.

As unidades de ensino do aplicativo são baseadas em curtas-metragens: os ABA Films. Cada lição começa com a visualização de um filme, que narra situações da vida real, na Inglaterra ou nos Estados Unidos. Os filmes com qualidade cinematográfica foram filmados em Londres e Nova Iorque, com atores americanos e britânicos, o que torna a aprendizagem bem mais descontraída e divertida.

Imagine que você pode aprender Inglês com ABA Filmes, praticando os diálogos, aprendendo a pronunciar e a escrever, interpretando os personagens do roteiro, dublando os diálogos e falando o inglês como um nativo. O aluno vive uma experiência autêntica a da vida real.
   
E você pode escolher o dispositivo que pretende usar para o curso: pode começar o dia com o tablet, continuar no iPhone e à noite seguir o curso no computador. Acessando através do Campus, os alunos da ABA English podem ver o seu progresso no curso, independentemente do dispositivo que tenham.

O aplicativo oferece duas modalidades: ABA Free e ABA Premium. A versão gratuita permite realizar a primeira unidade completa de cada nível para provar a metodologia e dá acesso às 144 vídeo-aulas com a gramática inglesa, explicada pelos professores da academia.

Com a modalidade paga, o aluno pode desfrutar de todos os conteúdos e ferramentas do curso completo, como os 144 ABA Films, obter certificados por cada nível de inglês concluído e fazer consultas ilimitadas com o professor no Campus da ABA English.

A ABA English se associou recentemente à Cambridge English Language Assessment e se tornou a primeira academia digital autorizada para atribuir certificados oficiais da Cambridge English. O que é bem legal para procurar um emprego, em que seja necessário dominar o idioma.

Geraldo tem 36% e João Paulo, 34%, em disputa pelo Recife, diz Datafolha

Geraldo tem 36% e João Paulo, 34%, em disputa pelo Recife, diz Datafolha


Portal G1 Recife

Reprodução TV Globo
Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (9) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Prefeitura do Recife:
Geraldo Julio (PSB) – 36%
João Paulo (PT) – 34%
Daniel Coelho (PSDB) – 11%
Priscila Krause (DEM) – 2%
Edilson Silva (PSOL) – 2%
Carlos Augusto (PV) – 1%
- Branco/nulo – 10%
- Não sabe/não respondeu – 4%
A candidata Simone Fontana (PSTU) foi citada, mas não alcançou 1%. O candidato Pantaleão(PCO) não foi citado.
No levantamento anterior, realizado pelo Datafolha entre os dias 23 e 24 de agosto, João Paulo tinha 32%; Geraldo Julio, 28%; Daniel Coelho,10%; Priscila Krause, 6%; Edilson Silva, 3%; Carlos Augusto, 1%. Os candidatos Pantaleão e Simone Fontana foram citados, mas não alcançaram 1%. Brancos e nulos eram 13%, enquanto indecisos eram 7%.
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”.
Datafolha ouviu 816 eleitores no dia 8 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral Pernambuco (TRE-PE) sob o protocolo PE-06364/2016.

Recital no Paulista North Way Shopping

O Paulista North Way Shopping realiza a primeira edição do recital Shopping com Poesia na próxima sexta-feira( 9), às 19h30. O evento é promovido em parceria com a Academia de Letras e Artes da cidade do paulista e contará com a presença dos poetas Amaro Poeta, Elizabeth Brandt, Bernadete Serpa Lopes, Isabel Maia, Josias Alexandre, Ângela Paiva, Selma Ratis, Edgar Diniz, Lucélia Gomes e Luciene Gomes. A entrada é grátis.

Projeto Olhar Paulista vai contemplar mais 50 alunos com óculos de grau

Nesta sexta-feira (09.09), 50 alunos da rede municipal de ensino realizaram exames oftalmológicos gratuitos. O atendimento ocorreu no Centro de Visão de Pernambuco (Cevipe), que fica no prédio da Faculdade Joaquim Nabuco, área central do Paulista.
Participaram dos exames alunos de cinco escolas municipais que já passaram pelo processo de triagem feita pelos agentes de saúde escolar. O próximo passo será a entrega dos óculos.

O Programa é uma parceria entre as Secretarias de Educação e Saúde do Paulista e o Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco (Lafepe). A iniciativa contempla estudantes na faixa etária de 6 a 12 anos matriculados na rede municipal. O projeto vem oferecendo exames oftalmológicos e óculos de forma gratuita, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida, aprendizagem dos alunos e contribuir para a redução das taxas de repetência e evasão escolar. 

Moradora de 70 anos ganha apelido de “fiscal de obra” em Jardim Velho

Sonho antigo da comunidade, o calçamento da Rua Jardim Velho, em Paratibe, está perto de se tornar realidade. Em obras desde o final do mês passado, a via será calçada em paralelepípedo e terá passeios com acessibilidade. Para que o projeto seja executado com perfeição, os moradores da localidade estão fiscalizando o serviço de perto. A aposentada Maria Madalena Oliveira, 70 anos, é uma das mais atentas ao trabalho dos operários. Por conta disso, ela ganhou o apelido de “fiscal de obra”.
            “Moro há mais de 60 anos nessa comunidade e nunca imaginei que o calçamento dessa rua fosse sair do papel. Temos que agradecer a gestão e fiscalizar. Sabemos que esse é o papel da prefeitura, mas é preciso fazer a nossa parte”, brincou a moradora, que também lembrou da revitalização do posto de saúde da comunidade – mais uma ação do governo municipal na localidade.
            O calçamento da Rua Jardim Velho faz parte de um pacote de obras orçado em R$ 4,8 milhões. O recurso, que está sendo empregado na pavimentação de outras sete vias na cidade, faz parte do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM). 

É hora de começar com o inglês de vez

ABA Film 133
Este mês de setembro, comece com o inglês de vez. Além de nosso curso, você vai ter o suporte de seu professor particular, que vai-lhe ajudar a resolver qualquer dúvida. O que você está esperando?

Pernambuco tem a melhor educação pública do Brasil

O governador Paulo Câmara destacou o desempenho da Rede Estadual de Ensino Médio de Pernambuco no ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) relativo ao ano de 2015, divulgado nesta quinta-feira (08.09), em Brasília, pelo Ministério da Educação. Pernambuco pulou da quarto colocação para o primeiro lugar, com um índice de 3,9, contra os 3,6 obtidos no levantamento anterior – divulgado em 2014, referente a 2013.

“É imensa a nossa satisfação com esse resultado porque é fruto de um trabalho de muitos anos. Um trabalho consistente, que vem sendo compreendido pelo corpo técnico da Secretaria de Educação e também pelos estudantes e suas famílias”, avaliou Paulo, acrescentando: “o IDEB comprova o acerto do nosso Governo em dar prioridade absoluta à área da Educação. Estamos satisfeitos, mas não acomodados. Sabemos que muito ainda precisa ser feito na Educação”.

Para Paulo Câmara, o resultado do IDEB comprova definitivamente a figura visionária do ex-governador Eduardo Campos. “Onde ele estiver, estará feliz, como já falei antes. Eduardo dizia que o Brasil que ele sonhava seria aquele no qual os filhos do pobre e do rico, do político e do cidadão, do empresário e do trabalhador estudarão na mesma escola. Estamos construindo esse futuro. Esse é o Brasil que todos queremos”, apontou.

“Pernambuco é o Estado brasileiro que mais melhorou seus resultados no Ensino Médio, nos últimos dez anos”, informou Paulo. O governador citou, por exemplo, que o Estado foi quem mais diminuiu a distorção idade-ano para o Ensino Médio e também o que mais avançou na redução do abandono escolar. “Pernambuco é, hoje, o Estado com menor abandono, ou seja, temos a escola mais atrativa do Brasil”, acrescentou. "Esse resultado é uma conquista de todos os pernambucanos, que acreditam nesse projeto educacional", concluiu Paulo Câmara.

A SUSTENTABILIDADE GANHA FORÇA NO CAMPO

* Por Paulo Figueiredo
As discussões em torno de temas como a preservação do meio ambiente e o uso consciente dos recursos naturais ganharam muito mais força nos últimos anos. O Brasil, por exemplo, tem a meta de reduzir a emissão de gases do efeito estufa em 43% até 2030. Além disso, o país pretende, até 2020, acabar com o desmatamento ilegal e promover a restauração e o reflorestamento de 12 mil hectares, a recuperação de 15 milhões de hectares de pastagens degradadas e a integração de 5 milhões de hectares de lavoura-pecuária-floresta.

Para atingir essas metas, o país dependerá de um trabalho conjunto entre iniciativa privada e pública, em prol de ações capazes de rever processos, otimizar soluções e minimizar os impactos causados ao meio ambiente ao longo das últimas décadas.

Nesse sentido, podemos destacar o trabalho das indústrias de equipamentos destinados aos setores agrícola, de jardinagem e florestal. Ao avaliarmos o segmento, identificaremossoluções que permitem a realização de inúmeras atividades com desempenho muito superior aos modelos que existiam no passado, economizando energia e água, diminuindo a emissão de poluentes e ainda reutilizando detritos. Afinal, essa é uma necessidade do mercado e quem não se adaptar a essa tendência, certamente, perderá oportunidades de negócios a longo prazo.

No setor de jardinagem, por exemplo, um dos destaques é a tecnologia existente em alguns modelos de cortadores de grama, a chamada TrioClip® 3 em 1, capaz de coletar, descartar ou reciclar a grama. A proposta é que ela seja recolhida e transformada em pequenos pedaços, que rapidamente se decompõem, retornam ao gramado como fertilizantes e ajudam a fortalecer a área verde.

No campo, também é muito comum que os produtores utilizem motosserras, para a poda de galhos e a construção de cercas, roçadeiras, para a manutenção das áreas verdes, e sopradores, para a limpeza de galpões e maquinários. Nessas atividades, também já temos alternativas mais limpas, como equipamentos com a tecnologia X-TORQ®, um sistema capaz de proporcionar reduções de até 20% no consumo de combustível e de até 75% na emissão gases nocivos.

Além disso, diante dos problemas que algumas regiões do país enfrentaram ao longo dos últimos anos com a falta de água, a economia e o uso consciente se tornaram questões essenciais. A indústria de equipamentos aposta, então, nos sopradores, que podem ser utilizados na limpeza de colheitadeiras e pátios de armazenamento de grãos sem precisar de uma gota de água.

Uma das grandes vantagens do equipamento é que, com uma mangueira comum de três quartos de polegada, por exemplo, são gastos cerca 600 litros de água a cada 30 minutos - mais de quatro vezes o que uma pessoa deveria consumir por dia. Ao substituir a mangueira por um soprador, é possível reduzir o tempo gasto com a limpeza e, principalmente, retirar a água desse processo.