Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Despertar do cidadão consciente

*José de Paiva Netto

No artigo “Apocalipse e Genoma do Universo”, procurei, de forma sucinta, analisar com Vocês as diversas teorias a respeito do surgimento da Terra e do Universo, pelo prisma do Apocalipse de Jesus que, libertado do estigma catastrófico recebido pelos séculos, traz boa sorte aos seres humanos.
O despertar do cidadão incorruptível também está associado às profecias. Observemos a ilustrativa palavra do Apóstolo Paulo, na sua Epístola aos Romanos, 13:11 e 12: “E digo isto a vós outros que conheceis o tempo: já é hora de vos despertardes do sono; porque a nossa salvação está, agora, mais perto do que quando no princípio cremos. Vai alta a noite, e vem chegando o dia. Deixemos, pois, as obras das trevas e revistamo-nos das armas da luz”.
Urge demonstrar que Profecia não é forçosamente sinônimo de flagelo, mas a exposição das correlações entre causa e efeito. Ela é somatório daquilo que antes realizamos de bom ou de mau. Faz-se necessário que aprendamos isso a fim de torná-la elemento para o progresso consciente, de modo que nos transformemos, em completo juízo, em agentes do nosso futuro, na Terra e no Céu. Não é vão o comentário do escritor francês Joseph Joubert (1754-1824): “Quando de um erro nosso surge uma infelicidade, injuriamos o destino”.

Temer o Apocalipse?
A Lei de Causa e Efeito é onisciente, para dar a cada um de acordo com as próprias ações. Nem sempre vemo-la agir de imediato, visto que sua atuação é natural, orgânica. Por isso, raras vezes conseguimos perceber sua mecânica. No momento certo, segundo o Relógio de Deus, todos colhemos o que semeamos. Este aforismo do ensaísta francês, Luc de Clapiers (1715-1747), o Marquês de Vauvenargues, é bem apropriado para esta oportunidade: “A perfeição de um relógio não reside no fato de andar depressa, mas no fato de regular perfeitamente”. Portanto, não é contra o Apocalipse que nos devemos precatar; ao contrário, porque ele é, para os que o leem sem ideias preconcebidas, um belo recado divino com dois milênios. Maléficos são, estes sim, os atos humanos, quando desvairados, particulares ou coletivos.


*José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor. paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Coaf/AFCP fortalece cooperativismo rural em PE // Nos últimos 12 meses, a cooperativa agrícola já faturou R$ 11 milhões BC Bel Coutinho Responder| Hoje, 10:14

Apesar da grave crise econômica ainda em curso, uma cooperativa rural pernambucana não para de crescer. Tanto que acaba de ampliar suas instalações no Recife, triplicar postos de trabalho e elevar faturamento. Embora a previsão anual fosse de faturar R$ 8 milhões, a cooperativa já atingiu nos últimos 12 meses o montante de R$ 11 milhões. O segredo do desempenho está no método que a Cooperativa do Agronegócio da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (Coaf/AFCP) aplica em favor dos seus agricultores cooperativados. Ela aposta na diversificação do portfólio de produtos agropecuários comercializados   com preços abaixo dos praticados no mercado, já que atua para baixar  custos de produção da cana e de pastagens, estratégicos para entidade.  

Mais Direitos Menos Zika: ONU e OAB-PE promovem seminário sobre epidemia de Zika e direito à saúde reprodutiva

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), organismo da ONU responsável por questões populacionais, e a Comissão da Mulher da OAB-PE (CMA) promovem, na próxima segunda-feira (10), no auditório da OAB-PE, o seminário “Mais Direitos, Menos Zika”. O evento tem como objetivo discutir os direitos sexuais e reprodutivos de mulheres, adolescentes e jovens no contexto da epidemia de vírus zika, incluindo o direito de acesso à informação correta e aos métodos contraceptivos. O seminário reúne operadores do direito, governo, sociedade civil organizada e o movimento de mulheres afetadas pela epidemia, incluindo mães de crianças com microcefalia e outras doenças e agravos da síndrome congênita ligada ao zika.

A programação terá início às 9h da manhã e segue até as 13h. Além da equipe do Fundo de População das Nações Unidas, a programação também terá a participação de representantes dos poderes executivo e legislativo. Da OAB-PE, estarão presentes as comissões da mulher, da saúde, das pessoas com deficiência e da educação.

O seminário “Mais Direitos, Menos Zika” também pretende abordar as necessidades, demandas e expectativas de mulheres e famílias diretamente afetadas pela epidemia, os fatores evitáveis e os desfechos que caracterizam a emergência sanitária pela epidemia de zika, que contribuem para o agravamento da vulnerabilidade das populações, em especial das mulheres negras.

SERVIÇO
Data: Segunda, 10 outubro de 2016.
Hora: Das 9h às 13h.
Local: Auditório da OAB/PE, Recife, Pernambuco.
Endereço: Rua do Imperador D. Pedro II, nº 235, Santo Antônio, Recife.

BOSSA NOVA E BLUES

A cantora e compositora Fatima Castro lança o seu terceiro CD – Bossas e Blues – que já está disponível no mundo digital. O Álbum conta com a participação especial dos músicos Beto do Bandolim, Beto Hortis, Edson Rodrigues, Fábio Valois, Luciano Magno, Maestro Forró e Spok. O Bossas e Blues será lançado em mais de 10 plataformas digitais. Fátima Castro, aluna do violonista Henrique Annes, é esposa do compositor Braulio de Castro e, que tem no seu acervo mais de 200 composições e sucessos nacionais na voz de diversos intérpretes.

Lista completa das plataformas onde o cd pode ser adquirido: - 24/7, 7 Digital, 8Tracks, CD Baby Brasil, Akazoo, Amazon, Apple iTunes, Awa, Deezer, EMusic, Google Music Store, GreatIndieMusic, Groove, IHeartRadio, KDigital, Kkbox, Kuck, Medianet, Rhapsody, Shazam, Slacker Radio, SoundExchange, Spotify, Tidal, Tradebit, Yandex

Economia pernambucana começa a se recuperar no 2º trimestre do ano

A Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco - Condepe/Fidem divulgou nesta quinta-feira (6/10), durante entrevista coletiva, o relatório com dados do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado referentes ao segundo trimestre do ano, onde se evidenciam sinais de recuperação da economia. O documento mostra uma elevação real de 0,5% na comparação com o primeiro trimestre de 2016, considerada a série com ajuste sazonal. Na comparação com o segundo trimestre do ano passado, a queda é de 3,5%.  Em valores correntes, o PIB do segundo trimestre de 2016 alcançou R$ 38,5 bilhões.

“O cenário atual da economia pernambucana é de estabilização e aponta para uma retomada do crescimento, que deve ocorrer realmente em 2017”, acentua o presidente da Agência Condepe/Fidem, Flávio Figueiredo. Dos três setores econômicos que compõem o PIB, a indústria foi o que apresentou o melhor desempenho, com um crescimento de 8,8% com relação ao primeiro trimestre do ano.

O diretor executivo de estudos e pesquisas da Agência Condepe/Fidem, Maurílio Lima, explicou que o desempenho positivo foi impulsionado pela melhoria nas indústrias da transformação e da construção civil. “Houve uma reação na área de construção civil, que mais contrata mão de obra”, registra Lima. O setor de serviços registrou um aumento de 0,8% e na agropecuária os índices mostram que houve um decréscimo de 4,1%. Com relação ao setor de serviços, maior vocação econômica de Pernambuco, comenta o gestor, os dados mostram que o empresariado voltou a investir no mercado, porém o consumidor ainda não confia para voltar a consumir como antes. “Mas a tendência é melhorar e retomar o crescimento”, avalia. O decréscimo na  agropecuária deu-se principalmente a fatores climáticos que afetaram tanto as lavouras quanto a pecuária.

Flávio Figueiredo afirmou que o aumento da credibilidade por parte do empresariado na economia pernambucana  deve-se especialmente à atual política de austeridade adotada pelo Governo do Estado. “Estamos mantendo o custeio e investindo na construção de escolas, por exemplo. Para este ano está previsto um investimento de R$ 1 bilhão, além disto está prevista a chegada de vários empreendimentos públicos e privados. A tendência é a de mantermos este ano estes índices econômicos e no próximo voltarmos a um crescimento real”.

NACIONAL - O Brasil teve um decréscimo de 0,6% no PIB do segundo trimestre de 2016 na comparação com o primeiro trimestre, considerada a série com ajuste sazonal, e de 3,8% se comparado ao mesmo trimestre no ano anterior. Os números pernambucanos também são positivos diante de outros Estados que avaliam o PIB através da metodologia sazonal, adotada pelo IBGE, entre eles a Bahia (- 3,7) e Minas Gerais (-2,8).

Novo programa de incubação do Marco Pernambucano da Moda

O Marco Pernambucano da Moda, equipamento estratégico para promoção e aperfeiçoamento da moda pernambucana, abrirá inscrições para o seu Programa de Incubação 2017-2018. Os detalhes serão apresentados, logo mais, às 11h, durante coletiva de imprensa que contará com as participações do secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Thiago Norões, e do presidente do Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções de Pernambuco (NTCPE), Fredi Maia.

O anúncio com as informações sobre o Programa de Incubação 2017-2018 ocorrerá, às 11h desta sexta-feira (dia 7), no próprio Marco Pernambucano da Moda, localizado na Rua da Moeda, Nº 46.

Ação no Shopping Boa Vista orienta crianças sobre uso correto de escadas rolantes e elevadores

Envio sugestão de pauta sobre a ação Faça a Coisa Certa, da Thyssenkrupp Elevadores, que orienta crianças, pais e demais responsáveis sobre o uso seguro de escadas rolantes e elevadores. A ação gratuita ocorre neste sábado (8), a partir das 10h, no Shopping Boa Vista. Qualquer dúvida, estamos à disposição. Obrigada!

Ação no Shopping Boa Vista orienta crianças sobre uso correto e seguro de escadas rolantes e elevadores

  • Em sua 9ª edição, objetivo da Faça a Coisa Certa é impactar mais de 25 mil crianças
  • Atitudes preventivas podem ser aplicadas no dia a dia
  • Pais também são alvos da iniciativa que acontece no dia 08 de outubro
  • Shopping Boa Vista participa da ação

Ir ao shopping é sinônimo de diversão para as crianças e muitas têm verdadeiro fascínio por escadas rolantes e elevadores. No entanto, é importante alertar à garotada que os equipamentos não são “brinquedos” e que é preciso atenção ao utilizá-los, para que o sobre e desce tão rápido e divertido seja seguro.

Dentre os cuidados que devem ser repassados para as crianças talvez o principal seja que elas não devem utilizar escadas rolantes e elevadores sem o acompanhamento de um adulto, já que o universo lúdico desconhece riscos. Outras dicas importantes são que evitem subir e descer a escada no sentido contrário; sentar nos degraus ou deslizar sobre o corrimão das escadas; segurar a porta do elevador ou pular dentro do equipamento. As recomendações também servem para os adultos. Por exemplo, andar com o carrinho de bebê nas escadas rolantes, atitude corriqueira, também deve ser evitada.

Para orientar as crianças e conscientizar os pais sobre como usar de forma correta e segura os elevadores, as escadas rolantes e as esteiras rolantes, acontece no dia 08 de outubro a Ação Faça a Coisa Certa. Em sua 9ª edição, a inciativa é da Thyssenkrupp Elevadores, uma das maiores fabricantes de tecnologias de elevação e mobilidade urbana do Brasil, e já faz parte do calendário de eventos da semana do Dia das Crianças de vários shopping centers do país.

Este ano a ação contará com a participação de 31 shoppings, totalizando 23 cidades de 14 Estados participantes. Nos últimos quatro anos, a ação sensibilizou mais de 125 mil crianças. No Recife, a Faça a Coisa Certa acontecerá no Shopping Boa Vista, parceiro da Thyssenkrupp Elevadores desde o início da ação Faça a Coisa Certa.

“A segurança e a prevenção de acidentes estão em nossa base de atuação como prestadora de serviço de manutenção em elevadores e é esta mesma filosofia que queremos levar aos pais e às crianças, por meio da ação Faça a Coisa Certa. Escolhemos as crianças como nosso principal público-alvo porque acreditamos no poder da transformação por meio da educação. Além disso, sabemos que as crianças são multiplicadores e levarão adiante as informações sobre atitudes seguras”, afirma Paulo Manfroi, Vice-presidente de Serviços da área de negócios Elevator Technology da thyssenkrupp para o Brasil.

Em algumas cidades brasileiras, as crianças menores de 10 anos só devem usar o elevador se estiverem acompanhadas de um adulto, por determinação de leis municipais. No caso das escadas e esteiras rolantes, a Norma Brasileira (NBR NM 195/1999), determina o uso de avisos de alerta sobre situações de perigo nos locais onde os equipamentos estão instalados para chamar a atenção da população. Adesivos fixados junto às escadas rolantes também são usados para indicar as situações que são proibidas por Norma, como transportar o bebê no carrinho na escada rolante. 

Faça a Coisa Certa

O público-alvo da Ação são as crianças de 5 a 12 anos, os pais e os familiares responsáveis pela educação dos pequenos, como avós e tias, entre outros. No formato de blitz, equipes de funcionários da empresa – que atuam na área de prestação de serviço de manutenção – abordam a população com informações sobre o uso seguro dos equipamentos.

Materiais educativos e lúdicos integram a ação, como o gibi “As aventuras do SUPER ZERO & Segurita” que será entregue às crianças no dia da ação. Outros materiais também foram criados para auxiliar no processo de aprendizagem dos pequenos, como os vídeos que ensinam a usar corretamente o elevador e a escada rolante e que estão disponíveis no YouTube.

Prevenção

Os acidentes são a principal causa de morte de crianças e adolescentes de 0 a 14 anos no Brasil, segundo levantamento feito pela ONG Criança Segura, com dados do Ministério da Saúde.  O número de internações por conta de acidentes aumentou 8% nos últimos sete anos, mas, felizmente, o número de mortes caiu quase 31% nos últimos 13 anos.  O levantamento mostra que o número de mortes de crianças e adolescentes passou de 6.190 em 2001 para 4.316 em 2014.

No mundo, 830 mil crianças morrem vítimas de acidentes por ano, segundo o Relatório Mundial sobre Prevenção de Acidentes com Crianças e Adolescentes, publicação da Organização Mundial da Saúde e do UNICEF – Fundo das Nações Unidas para a Infância. Dentre as causas de acidentes estão a falta de informação e de prevenção, bem como a ausência de ambientes adequados às crianças e leis específicas.

A prevenção ainda é o maior aliado contra os acidentes. Estudos da ONG Safe Kids Worldwide mostram que 90% dos acidentes podem ser evitados com medidas simples, como mudar o comportamento dos adultos, adequar os espaços para as crianças, criar e fiscalizar leis para inibir práticas inseguras, desenvolver e promover o uso de equipamentos de segurança e de políticas públicas que tenham a prevenção como objetivo. 

Para acessar os materiais da Faça a Coisa Certa basta clicar nos links abaixo:




SERVIÇO: AÇÃO FAÇA A COISA CERTA

Shopping Boa Vista
Data: 08 de outubro, sábado.
Horário: A partir das 10 horas
Local: Primeira etapa
Endereço: Rua do Giriquiti, 48 – Boa Vista – Recife (PE)