Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Abertas inscrições para o Programa de Incubação do Marco Pernambucano da Moda

Sua empresa pode ser um destaque na dinâmica cadeia têxtil e de confecções no Estado. Estão abertas as inscrições para o Programa de Incubação do Marco Pernambucano da Moda 2017-2018. A iniciativa conta com parcerias de instituições de ensino superior próximas do setor. A nova edição contará com um corpo técnico de excelência e a seleção buscará iniciativas com efetivas características de sustentabilidade ambiental, social e econômica, além de comprometidas com a alta qualidade em design e inovação. Edital, informações, inscrições e toda a interação dos candidatos com o Programa de Incubação será exclusivamente online, no site (www.ntcpe.org.br) do Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções de Pernambuco - NTCPE, organização social responsável pela gestão do Marco Pernambucano da Moda; e no Facebook do Marco (www.facebook.com/marcopemoda/), equipamento de economia criativa vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Serão selecionadas 25 propostas de negócios relacionadas com a cadeia têxtil e de confecções. O programa de Incubação 2017-2018 vem cumprir uma das missões do Marco Pernambucano da Moda, de ser um centro de referência em profissionalização para novas empresas, oferecendo oportunidades de incubação de negócios, infraestrutura e formação complementar. O presidente do NTCPE, Fredi Maia, vê na incubação uma forma de fortalecer o empreendedorismo e a manifestação criativa via qualificação. “A cadeia têxtil e de confecções é uma das mais importantes no mundo e Pernambuco tem tradição, produção e competência nesse setor. Precisamos estimular a inovação e a incubação de novos empreendedores, com projetos sustentáveis. Essa é uma das formas de contribuirmos para aumentar a qualidade da nossa participação”, diz. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Thiago Norões, a estruturação de novos negócios na cadeia da moda é estratégica para que o trabalho desenvolvido em Pernambuco ganhe ainda mais peso no cenário nacional. “O Governo de Pernambuco entende como fundamental o estímulo à qualificação e inovação dentro desse segmento, que é um dos mais importantes da nossa economia. O Marco Pernambucano da Moda é um equipamento que foi concebido pelo Governo do Estado com a missão de desempenhar esse papel estratégico, de oferecer subsídios para a ampliação da qualidade e da competitividade da cadeia têxtil e de confecções do Estado”, avaliou Norões. (PERÍODO E MÉTODO) As inscrições devem ser feitas até o dia 20 de novembro, quando começa a qualificação das propostas de negócios selecionadas para o programa. A incubação ocorrerá ao longo de 18 meses, divididos em três fases: pré-incubação, incubação e pós-incubação. A metodologia adotada para este processo é baseada na criação de valor por meio de infraestrutura, conhecimento e rede. Cada projeto receberá como infraestrutura física uma estação de trabalho; salas de reuniões e de múltiplo uso; suporte tecnológico, de inteligência de informação e de equipamentos para prototipagem têxtil, com o pessoal de apoio do NTCPE. O conhecimento transmitido terá três níveis de complexidade com avaliações contínuas de capacitação integrada em gestão, produto, produção e marketing; consultorias especializadas; participação monitorada em palestras, seminários, oficinas e eventos de comercialização. Os empreendedores terão facilidades na construção de suas redes profissionais, com conhecimento de todos os atores envolvidos, tanto os elos anteriores como os elos posteriores da corrente de valor dos empreendimentos incubados. O programa de Incubação 2017-2018 prevê articulação de relacionamento c