Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Colégio Motivo realiza Revisa Enem em Pernambuco

Boa tarde!
O Colégio Motivo Boa Viagem irá realizar um dia voltado para a revisão do Enem, que já acontece em novembro. O aulão será realizado sábado (22), a partir das 7h30. A entrada é gratuita e cada estudante poderá levar um colega para assistir a revisão. Ainda dá tempo de participar!!!

Seguem mais informações:
Colégio Motivo realiza Revisa Enem em Pernambuco

As unidades do Colégio Motivo em Pernambuco irão realizar o Revisa Enem, um dia totalmente dedicado as revisões dos principais conceitos aplicados no Exame Nacional do Ensino Médio, que este ano ocorre em novembro. Em Recife, o Revisa Enem será realizado, amanhã - sábado (22) no Colégio Motivo, 
com início às 7h30 da manhã, na quadra da unidade Boa Viagem. Durante toda a manhã serão revisadas as disciplinas de Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Códigos e Matemática.
Irão participar do aulão alunos dos 2°e 3° anos e pré-vestibulares do 9ª ano do Fundamental. Cada aluno tem direito a levar um amigo para a revisão, bastando apenas solicitar o voucher na secretaria do colégio.As unidades de Petrolina, no Sertão, irá realizar a revisão no dia 22 e no Agreste, Caruaru, a revisão será no dia 27 de Outubro. A participação é gratuita e os alunos deverão levar itens de higiene pessoal que serão doados a uma instituição de caridade.

Greve da Polícia Civil é reflexo do descaso do governo com a segurança

A greve dos policiais civis de Pernambuco, anunciada nesta quinta (20) pela categoria, é mais um capítulo da crise da segurança pública vivida no Estado e do colapso do Pacto pela Vida. A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa (Alepe) lembra que, desde o ano passado, foram muitas as tentativas de sensibilizar o governo para a situação da insegurança, tanto dos parlamentares da oposição, de alguns deputados da base do governo e de sindicalistas e profissionais da área.

Líder da Oposição na Alepe, o deputado Silvio Costa Filho (PRB) lembra que desde o início de 2015 o grupo parlamentar tem feito alertas no plenário da Assembleia, cobrando uma atitude do governador Paulo Câmara para solucionar a crise. “Pernambuco não pode ficar refém da violência. O Pacto pela Vida está em colapso e estamos caminhando para o terceiro ano consecutivo de aumento na criminalidade, além da alta generalizado na quantidade de assaltos a ônibus, explosões de caixas eletrônicos, roubos de carros, estupros e outros tipos de violência contra a mulher. Isso não pode continuar”, cobrou.

Segundo dados da própria Secretaria de Defesa Social, até o mês de setembro o número de homicídios no Estado apresenta um crescimento de 12,3% este ano. Depois de uma alta de 9,6% em 2014 e de 13,3% em 2015. Este ano, entre 1º janeiro e 30 de setembro, já foram registrados 3.151 assassinatos, contra os 2.807 casos contabilizados no mesmo período do ano passado.

Silvio lembra que a Bancada de Oposição decidiu tomar a iniciativa de buscar o entendimento para tirar Pernambuco da situação em que se encontra. “Depois de muitas tentativas de fazer esse debate avançar, procuramos, no início de agosto, o presidente da OAB de Pernambuco, Ronnie Duarte, para pedir seu apoio nesse debate. Também entregamos, há quinze dias, um pedido de audiência com o governador Paulo Câmara, que ainda está sem resposta”, relata o deputado, acrescentado que os próximos passos serão procurar o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Leopoldo Raposo, e o procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Carlos Guerra.

A Oposição mantém o compromisso com a sociedade pernambucana de buscar o amplo debate sobre o Pacto pela Vida e sobre o crescimento do clima de insegurança no Estado. “Esse, infelizmente, é o Pernambuco de Verdade, do aumento da criminalidade, que preocupa e atinge a todos, independentemente de classe social e tendência política”, disse.

CURSO GRATUITO DE CINEMA EM PAULISTA

Os admiradores da sétima arte que residem na cidade do Paulista terão uma ótima oportunidade de aprendizagem. A Secretaria de Educação do Paulista abriu inscrições para oficina de cinema. São 30 vagas disponibilizadas ao público a partir dos 14 anos. As aulas irão acontecer nas quartas, no período da tarde. A aula inaugural ocorre no dia (26.10), das 14 às 17h.

Para garantir a vaga, os interessados devem munidos de cópias do RG, CPF e comprovante de residência, comparecer ao Centro Cultural Ariano Suassuna, que fica na Rua Manoel Gonçalves da Silva, n°.76, Vila Torres Galvão. O atendimento é de segunda a sexta, das 8 às 17h. Outras informações pelos fones: 9.8863.6135 e 9.98351064.

Prefeitura do Paulista embarga obra na Praia da Conceição e aplica multa por crime ambiental

Fiscais da Secretaria de Meio Ambiente do Paulista embargaram nesta sexta-feira (21.10) a construção de um muro de arrimo na faixa de areia da Praia da Conceição. O responsável pela obra recebeu uma multa no valor de R$ 80 mil por crime ambiental e terá de demolir o muro, recuperando os danos causados à área pública.  Os recursos serão destinados ao Fundo Municipal de Meio Ambiente.


                A medida foi adotada porque a realização de obras de contenção sem qualquer tipo de estudo ou controle prejudica a situação do litoral.  Esse tipo de intervenção – o muro possuía mais de dois metros de profundidade – atinge a faixa de areia e altera fortemente os processos naturais da praia. O infrator também terá de responder administrativamente à Secretaria do Patrimônio da União (SPU).


                O secretário de Meio Ambiente do Paulista, Leslie Tavares informou que a obra vinha sendo feita com máquinas pesadas. “Este tipo de ação pode até resolver a erosão costeira em curto prazo no local da instalação, mas agrava o problema imediatamente nas vizinhanças pela transferência de energia das ondas”, explicou. 

Fernando Coelho Filho apresenta em Londres e Tóquio investimentos no setor energético-mineral

O ministro das Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, participou da agenda da missão para a atração de investimentos coordenada pelo Programa de Parceria em Investimentos (PPI), para Londres (Inglaterra) e Tóquio (Japão), ao lado do presidente da república Michel Temer. O ministro, nessas duas semanas, esteve presente em mais de 15 eventos, entre reuniões e apresentações, com os principais investidores, empresas e bancos da Europa e do Japão.

Na área de energia e mineração, entre as oportunidades que foram apresentadas estão as discussões das novas rodadas do pré-sal e a venda das distribuidoras de energia elétrica, além de perspectivas de reanimar o setor de mineração, com a disponibilização de áreas para pesquisa.

Em Londres, a agenda de reuniões e eventos teve início no dia 12, quando o ministro esteve com investidores e agentes do setor de infraestrutura e energia. No dia seguinte, Coelho Filho participou de reuniões com Jesse Norman, ministro de negócios, Energia e Estratégia Industrial da Inglaterra. Sobre o encontro, o ministro afirmou que o objetivo é demonstrar interesse em aprender sobre as experiências inglesas na área de armazenamento de energia, o que é fundamental para os sistemas isolados no Brasil, por exemplo, e como forma de aproveitar esse armazenamento de forma complementar à nossa geração solar e eólica no Nordeste, de forma a dar mais estabilidade. O ministro também esteve com o Secretario Especial para Assuntos Comerciais no Brasil, Mark Prisk.

Em suas apresentações, Coelho Filho reforçou que o Brasil entrou em um novo momento, onde o investimento privado será fundamental para retomar o crescimento do país. Nesse novo cenário, a retomada da confiança e a reinstitucionalização serão fundamentais, e o Ministério de Minas e Energia vem atuando para garantir a independência de empresas como a Petrobras e a Eletrobras.

Coelho Filho também destacou aos investidores que a redução do preço da gasolina e do diesel pela Petrobras, anunciada na semana passada, já indica que o Governo Federal defende a autonomia dessas instituições. "A Petrobras não é uma agência de desenvolvimento, é uma empresa de petróleo. Deve tomar decisões que façam sentido para ela e seus acionistas", afirmou Coelho Filho, em evento na London Business School.
A agenda do ministro em Londres ainda contou com encontros com investidores e operadores de infraestrutura; reunião com empresários e investidores selecionados pelos bancos JPMorgan e Banco do Brasil; Reunião com Ang Eng Seng, CIO do GIC, e Stuart Baldwin, responsável pelo fundo soberano do governo de Singapura; reunião com Anthony Julien, CEO, e Peter Weidmann, diretor, ambos do Sentient Group; reunião com Marcelo Castillo, head of Business Development for the Global Network Business da ENEL Energia; almoço com investidores de Fundos Pensão/Fundos Soberanos/Estratégicos em Infraestrutura; Palestra junto aos ministros do PPI;  e reunião com Andrew Brown, executivo da Royal Dutch Shell.

Japão
Em Tóquio, onde esteve de 17 a 20 de outubro, o ministro participou de extensa agenda com autoridades japonesas, empresários e investidores. Além de cumprir as agendas propostas dentro da missão do PPI, Fernando Coelho também acompanhou a comitiva do presidente Michel Temer em diversos eventos. A parceria de negócios entre Brasil e Japão já dura mais de 50 anos e há muitas oportunidades a serem exploradas.