Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

PAULISTA SEGUE COM COMEMORAÇÕES A III SEMANA DA SAÚDE

As ações em comemoração a III Semana da Saúde do Paulista continuam a todo vapor. O evento, ocorreu na última terça-feira Faculdade Joaquim Nabuco, Centro, foi voltado a saúde e qualidade de vida da pessoa idosa. Apresentações culturais com o grupo Saúde em Movimento, além de palestras que abordaram temas como: importância da alimentação para o envelhecimento saudável e atendimento ao idoso na perspectiva da Atenção Básica, fizeram parte da programação.

De acordo com a secretária de Saúde do Paulista, Fabiana Bernart, umas das políticas mais importantes a serem trabalhadas é a dos idosos e isso requer uma atenção especial.  “Nós não trabalhamos com essas pessoas focados apenas nas doenças e necessidades, mas sim buscamos ampliar o nosso olhar para o espaço onde cada um está inserido, a comunidade em que vivem. Isso tudo para que a gente consiga fazer um trabalho conjunto”, ressaltou. 

“Outro diferencial que ocorreu na III Semana da Saúde foi à participação multidisciplinar desses profissionais. Tivemos médicos, enfermeiros, nutricionistas, terapeutas, educadores físicos... Isso, podemos dizer, que foi um dos nossos maiores pontos positivos, pois nossa abordagem foi completa. Discutimos temas que foram desde à saúde das crianças aos idosos”, completou Fabiana.

Nesta quarta-feira (26.10) será o último dia da iniciativa. Entre os assuntos que serão discutidos estão: autoestima – Cuidando de mim para cuidar do outro, auriculoterapia – Uma nova abordagem para profissional de saúde, entre outros. Os participantes também poderão se divertir com uma apresentação de zumba. Durante toda a ação, que teve início no dia 18 de outubro, o público contou com apresentações de grupos de dança com crianças e adolescentes, além do compartilhamento de experiências exitosas.  

Pró-Vaquejada Legal supera expectativas e sensibiliza sociedade e autoridades

A ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha) e a ABVAQ (Associação Brasileira de Vaquejada) consideram que o ato em defesa da Vaquejada Legal, realizado ontem (25), em Brasília, superou todas as expectativas e cumpriu com os objetivos de suas lideranças e dos manifestantes. Além de chamar a atenção da sociedade para a importância dessa prática cultural e esportiva secular do Nordeste, o ato sensibilizou autoridades para a necessidade de sua regulamentação.
Durante os últimos dois dias, representantes das associações tiveram dezenas de encontros com parlamentares e ministros. Destaque para as reuniões com os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Rodrigo Maia; o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e seu chefe de assuntos Jurídicos, Gustavo do Vale Rocha; os ministros da Agricultura, Blairo Maggi; Turismo, Marx Beltrão; Trabalho, Ronaldo Nogueira; Cultura, Marcelo Calero; Saúde, Ricardo Barros;  Transportes, Maurício Quintella; e das Cidades, Bruno Araújo.  Além disso, o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, que estava fora de Brasília, já expressou interesse em recebê-los em audiência pessoalmente.
Todos eles se posicionaram em favor da vaquejada e se dispuseram a apoiar a busca de uma solução para a manutenção da atividade, garantindo o cuidado e as boas práticas com os animais.  Uma das grandes preocupações que envolve o tema é o fato de que uma eventual proibição da prática no país ameaçaria o sustento de mais de 700 mil pessoas e suas famílias no Brasil.
Após ouvir as sugestões de caminhos por parte das autoridades, os representantes das associações se reunirão nos próximos dias para discutir os passos a seguir e oficializar uma posição.    “Vamos fazer nossa lição de casa. Recolhemos muitas informações e sugestões em Brasília, agora é estudar qual o melhor caminho para que a solução seja ágil e boa para o país”, afirmou o presidente da ABVAQ, Paulo Fernando Cavalcante de Morais Filho, o Cuca.
Para  Fabio Pinto da Costa, presidente da ABQM, o ato de ontem mostrou não só a  importância dessa atividade, mas a disposição das associações para o diálogo e o consenso.  “Nós queremos que a sociedade e as entidades defensoras dos animais participem conosco de um pacto.  Só nos interessa uma prática em que os animais são cuidados e bem tratados. E isso já vimos fazendo faz tempo”, afirmou.

Para expressar essa abertura para o diálogo e apresentar a sugestão de pacto em defesa de uma vaquejada com regras claras e sem agressões aos animais, a ABQM e a ABVAQ protocolaram pedido de audiência com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),  ministra Cármen Lúcia, e com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
A manifestação — Milhares de pessoas em mais de 1.000 cavalos, 500 caminhões e 80 ônibus viajaram de todo o Brasil para a manifestação que ocupou a Esplanada dos Ministérios ao longo de toda a terça-feira.  Apesar do evento superlativo, nenhum acidente ou briga foi reportado ao longo de todo o dia, demonstrando o caráter pacífico dos grupos defensores da vaquejada. Entre as atividades que ocuparam o coração da capital federal, foram realizados ato político, cavalgada, missa e apresentações artísticas.

ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha) e 
ABVAQ (Associação Brasileira de Vaquejada)

Miguel encerra agenda no Planalto com reunião e apoio do presidente da República

Após percorrer quase metade dos ministérios da República em busca de recursos, o prefeito eleito de Petrolina, Miguel Coelho, teve audiência na noite desta quarta (26) com o presidente Michel Temer. A conversa teve como foco a aliança política com o Governo Federal para realizar obras e programas a fim de resgatar o desenvolvimento da capital do São Francisco. O encontro foi acompanhado também pelo senador Fernando Bezerra e o ministro das Minas e Energia, Fernando Filho.

Miguel foi um dos primeiros prefeitos eleitos em Pernambuco a ter uma audiência com o presidente da República. O socialist