Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

PSDB conquistou 14 prefeituras no 2º turno; PT perdeu nas 7 cidades que disputou

Mariana Jungmann, Iolando Lourenço e Paulo Victor Chagas - Repórteres da Agência
O segundo turno das eleições municipais mostrou crescimento do PSDB e queda do PT na conquista de prefeituras.

O desempenho petista no segundo turno confirmou a tendência de queda que já havia sido apontada no primeiro turno. O partido não elegeu nenhum dos sete candidatos com os quais disputou hoje (30). Na região do ABC, onde nasceu o partido, nenhum dos dois candidatos conseguiram vitória.

No Recife, única capital em que disputou a prefeitura no segundo turno, o PT viu o atual prefeito Geraldo Júlio (PSB) vencer João Paulo (PT) por uma grande margem de votos, quase 200 mil. Já na gaúcha Santa Maria, a disputa foi apertada: o petista Valdeci Oliveira perdeu para o tucano Pozzobom por apenas 226 votos.

Candidatos petistas também disputaram em Mauá (SP), Anápolis (GO), Juiz de Fora (MG) e Vitória da Conquista (BA).

PSDB

Por outro lado, o maior rival do Partido dos Trabalhadores, o PSDB conseguiu eleger 14 das 19 prefeituras que disputou em segundo turno. Os tucanos concorreram em oito capitais e venceram em cinco delas: Porto Alegre (RS), Belém (PA), Maceió (AL), Porto Velho (RO) e Manaus (AM).

Além disso, embora tenham sido derrotados em Belo Horizonte (MG), residência eleitoral do presidente do partido, senador Aécio Neves, os tucanos tiveram bom desempenho no ABC paulista. Em São Bernardo do Campo (SP), cidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Orlando Morando (PSDB) ganhou com 59% dos votos válidos.

Em Santo André, Paulo Serra (PSDB) teve 78% dos votos, enquanto o petista Carlos Grana alcançou apenas 21%. Os tucanos levaram ainda Ribeirão Preto, cidade do ex-ministro da Casa Civil Antonio Palocci, com Duarte Nogueira sendo eleito por 56% dos votos válidos.

PMDB

Já o PMDB, maior partido do país, elegeu prefeitos de três das seis capitais que disputou: Goiânia (GO), com Iris Rezende sendo eleito prefeito pela quarta vez; Florianópolis (SC), com Gean Loureiro; e Cuiabá (MT), com Emanuel Pinheiro.

No total, o partido levou oito das 15 cidades que disputou no segundo turno. Em Macapá (AP), residência eleitoral do ex-presidente da República e uma das principais lideranças peemedebistas, José Sarney, o partido perdeu a disputa da prefeitura para a Rede.

Comparação com 2012

Em 2012, quando a ex-presidenta Dilma Rousseff ainda governava, o desempenho do PT nas eleições municipais foi muito superior ao de agora. O partido tinha eleito, naquele ano, 630 prefeitos em primeiro tuno, e levou 21 para o segundo turno. Desses, oito foram eleitos.

Mantendo a tendência de crescimento já apresentada no primeiro turno desta eleição, o PSDB continuou em trajetória ascendente neste segundo turno em relação a 2012. Nas últimas eleições, o partido elegeu 686 prefeitos em primeiro turno e enviou 17 para o segundo turno, tendo eleito oito prefeitos na segunda fase. Este ano, foram eleitos 14 dos 19 candidatos tucanos que disputaram o segundo turno.

Nas eleições municipais passadas (2012), o PMDB elegeu 1.015 em primeiro turno e disputou com 16 candidatos o segundo turno, elegendo mais seis. Agora, o partido disputou o segundo turno com 15 candidatos e conquistou oito prefeituras.

Edição: Carolina Pimentel

EDITORIAL: Em Olinda, a festa é do 77!


Editorial do Blog Paulista Atualizado


Olinda, a cidade patrimônio da humanidade vive um momento marcante na história da política municipal. Depois de 16 anos, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) saiu da vitrine e agora prepara as malas para sair no dia 31 de dezembro de 2016.

Quem assume é o partido da Solidariedade (SD) sob o comando do professor Lupércio. Um exemplo de liderança para todos os cidadãos, até de outras cidades. Com o slogan o povo quer o liso, ele ganhou a confiança dos olindenses. 

Com o pé no chão, Lupércio enfrentou diversas barreiras para chegar até hoje. Há 16 anos, fazia seleção para conseguir um minicontrato numa escola do estado e ensinar matemática. Após enfrentar a vida difícil de docente, entrou na política e pleiteou a vaga de vereador de Olinda. Depois não quis deixar a política, alcançou a façanha de ser um deputado do estado de Pernambuco.

Hoje, muita gente ficou surpreendida com o que viu. As urnas foram a favor de um sonho e o resultado final comprovou o laranja das bandeiras e azul do 77, número ao qual concorreu à eleição e lhe garantiu a realidade da vitória.

Max
Editor 

Raquel Lyra reforça PSB no interior; eleita com 53,15% dos votos

A Capital do Agreste agora tem uma prefeita. Raquel Lyra, do PSDB, recebeu 53,15% dos votos válidos, enquanto Tony Gel (PMDB) ficou com 46,85%. 

Anderson Ferreira é eleito em Jaboatão

Jaboatão dos Guararapes escolheu Anderson Ferreira, do PR, para ser o novo prefeito da cidade. Ele recebeu mais de 58% dos votos contra 41% de Neco (PDT).


Geraldo Julio reeleito no Recife

Com mais de 80% de votos apurados, Geraldo Julio (PSB) é reeleito prefeito do Recife.
Foto: Divulgação
Divulgação: UOL

Depois de 16 anos do PCdoB Olinda tem novo prefeito

Foto: Divulgação
Professor Lupércio (SD) assume a prefeitura de Olinda em 2017.

Divulgação UOL

Raquel Lyra na frente em Caruaru

Arte: NE10

Anderson Ferreira na frente em Jaboatão

Arte: NE10

Lupércio na frente em Olinda


Olinda PE

URNAS APURADAS29,40%259.328ELEITORES 92,17%VOTANTES 7,83%AUSENTES

PREFEITO

Antônio Campos
45,17 %Antônio CamposPSB28.153 VOTOS
Professor Lupercio
54,83 %Professor LupercioSD34.172 VOTOS

Crivela ganha disputa eleitoral no Rio de Janeiro

Marcelo Crivela (PRB) teve 59% dos votos, enquanto Marcelo Freixo 40%.