Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Mobilização solidária da LBV por um Natal mais feliz a milhares de famílias pernambucanas

A Legião da Boa Vontade iniciou a Campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, com o objetivo de oferecer um Natal digno e feliz a milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social. 

A iniciativa visa arrecadar mais de 900 toneladas de alimentos não perecíveis a serem entregues, em cestas, no mês de dezembro, a 50 mil famílias atendidas pelos programas socioeducacionais da LBV e as apoiadas por organizações parceiras da Instituição em todo o país. 

Em Pernambuco, as cidades a serem beneficiadas serão Buíque, Arcoverde, Venturosa e a Região Metropolitana do Recife. 

Cada cesta é composta de itens de acordo com os costumes de cada região tais como: arroz, feijão, óleo, açúcar, leite em pó, macarrão, farinha de mandioca e de trigo, fubá, goiabada, massa para bolo, extrato de tomate, milharina, entre outros. As doações para a campanha podem ser feitas pelo site www.lbv.org, pelo telefone 0800 055 50 99 ou na unidade de atendimento da Instituição no Recife, que está localizada na Rua dos Coelhos, 219 - Bairro dos Coelhos.

Dezenas de artistas também estão apoiando a campanha em uma grande mobilização por meio da #QueroDoar. Saiba mais acessando os perfis da LBV nas redes sociais: Facebook (LBVBrasil), Twitter (@LBVBrasil) e Instagram (@LBVBrasil). 

Natal Permanente da LBV
Movida pelo ideal de Fraternidade Ecumênica que a sustenta, sentimento inspirado nos ensinamentos e exemplos do Divino Mestre Jesus, a Legião da Boa Vontade trabalha, desde seus primórdios, para melhorar a qualidade de vida das populações menos favorecidas. Desde a década de 1940, realiza uma campanha diária e ininterrupta contra a fome e a pobreza, instituindo seu Natal Permanente. A partir daí, além do amparo imediato e da constante atuação nos campos da assistência social e da educação, que vêm mudando o destino de milhares de pessoas no Brasil, a LBV tem tradicionalmente mobilizado a população a fim de proporcionar um Natal melhor às famílias em situação de risco social. 

Idosos de Arthur Lundgren II ganham polo de atividades físicas

Os idosos que moram no bairro de Arthur Lundgren II, em Paulista, ganharam nesta sexta-feira (04.11) um polo de atividades físicas do programa Saúde em Movimento. As aulas, que são gratuitas, ocorrem sempre nas terças e sextas, às 6h, no pátio da Unidade Básica de Saúde da comunidade, que fica na Rua Serra Talhada, s/n, próximo à Escola Estadual Eraldo Gueiros Leite. A inauguração do novo núcleo contou com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Saúde, profissionais do posto e moradores da localidade.
Esse é o 27º polo do programa Saúde em Movimento da cidade. Atualmente, 3,5 mil pessoas da terceira idade são beneficiadas pela iniciativa, que promove o bem-estar por meio da prática de exercícios. Todas as atividades são supervisionadas por um profissional de educação física. Além disso, os idosos contam com o apoio das equipes das unidades de saúde das localidades onde existem os grupos.
Os interessados em participar do Saúde em Movimento devem procurar o educador físico do polo mais próximo de casa. Ele acionará a equipe do posto de saúde para viabilizar uma avaliação médica no idoso. Após o atendimento, a pessoa poderá participar das atividades normalmente. 
O coordenador de Saúde da Pessoa Idosa do Paulista, Valdir Santos, disse que o programa tem mudado a vida de muita gente. “Muitas pessoas que chegam à terceira idade enfrentam a solidão e isso compromete a saúde do corpo e da mente. Por isso, acreditamos que os grupos de atividades revelam um mundo novo, com compromisso com o bem-estar e a valorização da autoestima, da amizade e do companheirismo”, destacou.

Grupo Votorantim premia escolas no Paulista

Uma comemoração repleta de emoção e alegria para os colaboradores da Educação do Paulista, alunos da rede municipal e os parceiros da Votorantim. Nesta sexta-feira (04.11), pela manhã, no Senac de Jardim Paulista, o grupo realizou um encontro para comemorar o sucesso dos 10 anos da parceria da Secretaria de Educação de Paulista e do Projeto Votorantim pela Educação (PVE).

Durante o evento houve apresentação cultural dos alunos da Escola Dra Gelda Amorim, exposição de relatos sobre gestão educacional, retrospectiva do eixo gestão escolar, exibição do vídeo do projeto Criativos da Escola, que emocionou a todos que participaram do trabalho e acompanharam a realização de diversas mudanças positivas no cenário escolar. O encontro culminou com a premiação das escolas vencedoras do projeto.

A coordenadora do PVE em Paulista, Ângela Araújo, destacou a importância da parceria em beneficio da educação no município. “Essa união de forças resulta em um trabalho colaborativo e coletivo dentro da Secretaria de Educação e na rede de ensino. Finalizamos tudo isso com o saldo muito positivo”.

O projeto Criativos da Escola teve a proposta de promover soluções alternativas para problemas encontrados nas escolas. E o desafio era que o município apresentasse cinco projetos, e Paulista cumpriu o desafio. As escolas idealizadoras foram: Dra Gelda Amorim, Ministro Marcos Freire, Brigadeiro Aldo Pinho Alves, Firmino da Veiga e Manoel Gonçalves da Silva. A elaboração foi realizada pelos alunos e comunidade com a instrução dos diretores e professores.

Segundo o técnico em Gestão Ambiental da Votorantim, Diogo Erick, “os projetos foram todos pensados em prol do meio ambiente e a ação das escolas promoveu a mobilização social, e deixará um ótimo legado”. As escolas vencedoras foram: Dra Gelda Amorim, que montou uma oficina de transformação de óleo de cozinha em sabão, e Ministro Marcos Freire – responsável pela realização do projeto da Praça Ecoteca, onde numa área que os moradores colocavam lixo em frente à unidade de ensino os alunos transformaram em um local destinado à leitura.

Diretora da Escola Municipal Ministro Marcos Freire, Aparecida Souza, ressaltou que o projeto elevou a autoestima dos alunos e proporcionou a união da comunidade. “Estão todos comprometidos com a manutenção do lugar. Acabamos com o lixo na frente da escola e a ecoteca é um sucesso”, comentou. 

CONSELHO TUTELAR, REALIZA AÇÕES DE PREVENÇÃO AS DROGAS E COMBATE AO TRABALHO INFANTIL NOS CEMITÉRIOS DA CIDADE DO PAULISTA/PE

Por Cícero Delhany

Por recomedação do MP/PE, especificamente da Promotoria da Infância e Juventude da Cidade do Paulista, representada pelas Sras. MARIA IZAMAR e RAFAELA VAZ, através de inúmeras denúncias, foi deflagada ações emergênciais por parte do Conselho Tutelar da Cidade do Paulista, no intuito de orientar e prevenir uso de entorpecentes e no combate ao trabalho infantil nos cemitérios de nosso município, bem como: (São José e Morada da Paz).
A ação contou, com o apoio da Polícia Militar, Prefeitura da Cidade do Paulista, Guarda Muncipal e das administrações dos cemitérios, com isso, obtendo resultados e a satisfação popular.
Se encontrava nessa atividade, os Conselheiros Tutelares: ILO COSTA, CICERO DA ONG, LAUDICEIA LIRA, TOINHO DO RACKEL, WIDAMISON VITORINO E CLAUDINHO, todos das regionais Paratibe e Centro, inclusive da presença do Prefeito Júnior Matuto.
Nessa ação, promovida por essa equipe de trabalho, houve orientação e prevenção direta, inclusive conversando com os pais e as próprias crianças e adolescentes, sobre os possíveis ricos de vida e outros danos.
Segundo o Conselheiro Cícero Delhany (CÍCERO DA ONG), destaca, que a sociedade tem que entender que o trabalho infantil não traz benefícios, pelo contrário, atrapalha o desenvolvimento de crianças e adolescentes, causando prejuízos à saúde, à educação, ao lazer e à convivência familiar, além da perda de direitos básicos como educação, lazer e esporte, as crianças e adolescentes que trabalham podem sofrer consequências irreversíveis, que por sua vez, o trabalho infantil cobra seu preço na saúde física e mental, bem como na inclusão socioeconômica das crianças e adolescentes.
 Por outro lado, vem o vilão da destruição humana, principalmente nessa área da infância e juventude, ou seja, as drogas, que na verdade, questões envolvendo crianças e adolescentes sempre tiveram destaques entre profissionais de diversas áreas, assim, como também de familiares. Contudo a preocupação com esses jovens vem aumentando nos últimos tempos, pois nota-se que cada vez mais, crianças e adolescentes estão envolvidos em crimes e atos de violência, dos quais, grande parte envolve o uso de drogas, tanto licitas como ilícitas.
Os prejuízos no âmbito da saúde do indivíduo são irreparáveis e muitas vezes incontroláveis, há um prejuízo imensurável no que diz respeito à vida social, familiar, emocional e psicológica da pessoa, dessa forma, precisando fazer uma grande corrente do bem, a fim de amenizar o sofrimento e a dor de nossas crianças e adolescentes, bem como das suas respectivas famílias.
Vale destacar, que em consenso geral dos Conselheiros Tutelares da Regional Paratibe,  estarão executando na sua área de abrangência,  o projeto social NOVO TEMPO, um projeto próprio, de autoria dos Conselheiros Tutelares, que terá como objetivo, ofertar palestras, mostras, eventos e outros, de uma forma dinâmica, diferenciada e atrativa nas escolas públicas e privadas, principalmente as que existem grandes indicadores de atos infracionais, decorrente das drogas.
O projeto NOVO TEMPO, terá a participação direta e efetiva, dos Ex.mos Dres. SEVERINO RODRIGUES e ISÂNIA MARIA, ambos, Juízes de Direito da Vara da Infância e Juventude da Cidade do Paulista/PE, e das ilustres representantes ministerial.
Enfatizando, que tal projeto estar no plano de Trabalho do Conselho Tutelar como propostas para Fevereiro de 2017, dessa forma, terão como meta, diminuir a evasão escolar, uso de entorpecentes, trabalho infantil e atos infracionais.
Trabalhos como esses, merecem todo apoio e aplausos da sociedade.

Saiba o que é a doença de Gaucher

Doença rara é bastante confundida com outros males mais comuns.Diagnóstico precoce garante mais qualidade de vida - 

Estima-se que existam pelo menos 7.400 enfermidades raras distintas¹, entre elas, a doença de Gaucher, muito confundida com a leishmaniose visceral (LV), patologia comum, principalmente no Nordeste² do Brasil. “Por terem sintomas semelhantes, muitas enfermidades raras acabam sendo confundidas com outras mais comuns. Para não errar na interpretação e conseguir um diagnóstico preciso, é necessário que o especialista investigue com cautela e paciência”, explica a dra. Luciana Giangrande, diretora médica da Sanofi no Brasil.
A doença de Gaucher é uma das patologias mais frequentes entre as relacionadas ao depósito lisossômico (DDL), com incidência internacional estimada em 1:57.000 nascidos vivos³ . Essas condições genéticas raras são causadas por deficiências enzimáticas – no caso da doença de Gaucher, a enzima deficiente é a glicocerebrosidase. Em uma DDL, determinadas estruturas das células, chamadas lisossomos, não conseguem romper moléculas de gordura específicas. Como resultado, elas se enchem dessas moléculas não digeridas comprometendo a capacidade da célula de funcionar adequadamente. Já a leishmaniose visceral, também conhecida como calazar, é caracterizada por febre de longa duração, perda de peso, anemia, dentre outras manifestações. No Brasil, são quase 3 mil pessoas infectadas anualmente pela doença, que, quando não tratada, pode evoluir e levar à morte em mais de 90% dos casos4A similaridade entre as duas, é que ambas afetam o fígado, o baço e a medula óssea do paciente.
O diagnóstico da doença de Gaucher tem como base a história clínica do paciente e o exame físico. A confirmação se faz pela dosagem da enzima glicocerebrosidase no sangue. “É de extrema importância que os médicos conheçam a doença de Gaucher e não a confundam com outras enfermidades. Por ser evolutiva, quanto mais cedo o paciente for diagnosticado e começar o tratamento, melhor”, completa a especialista.
A doença de Gaucher é classificadem três tipos5. O tipo 1 (também chamado de forma não neuropática) é o mais comum, e não compromete o cérebro ou o sistema nervoso. Os sinais e sintomas, que podem aparecer em qualquer momento, desde a infância até a idade adulta, são: aumento do fígado e do baço, deficiência de células vermelhas no sangue (anemia), hematomas – causados por diminuição do número de plaquetas –, doença pulmonar e anomalias ósseas, tais como dor óssea, fraturas e artrite. Já os tipos 2 e 3 são conhecidos como formas neuropáticas – afetam o sistema nervoso central. Além dos sinais e sintomas descritos acima, essas condições podem causar movimentos anormais do olho, convulsões e lesões cerebrais. É importante ressaltar que o tipo 2 geralmente causa problemas de saúde, com risco de vida, que começam na infância, e o tipo 3 tende a piorar de forma mais lenta do que o tipo 2.
A Sanofi Genzyme, unidade de cuidados especializados da Sanofi dedicada ao desenvolvimento de terapias para doenças raras e debilitantes, foi a primeira empresa a desenvolver um tratamento para a doença de Gaucher. Feito por meio de reposição enzimática (TRE), é oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) desde 1996 e normatizado com o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT), em 2002. Com a TRE, as manifestações da doença têm melhora gradativa, assim como a qualidade de vida do paciente.

Referências bibliográficas
1. Jornal Brasileiro de Saúde. Publicação da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma) - Edição especial sobre Doenças Raras. http://www.interfarma.org.br/uploads/biblioteca/58-jbes-doencasraras.pdf. Acessado em outubro de 2016.
2. Universidade de Pernambuco. Artigo “Calazar no Brasil e em Pernambuco”. http://www.ufpe.br/biolmol/Leishmanioses-Apostila_on_line/brasil_pernambuco.htm. Acessado em outubro de 2016.
3. Doenças Raras de A a Z. Publicação da Associação Paulista de Mucopolissacaridose.
4. Portal do Ministério da Saúde. http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/leia-mais-oministerio/727-secretaria-svs/vigilancia-de-a-a-z/leishmaniose-visceral-lv/l1-leishmaniose-visceral-lv/11856-leishmaniose-visceral. Acessado em outubro de 2016. http://www.scielo.br/pdf/csp/v32n6/1678-4464-csp-32-06-e00087415.pdf
5. Genetics Home Reference: Health Conditions – Gaucher disease - http://ghr.nlm.nih.gov/condition/gaucherdisease. Acessado em outubro de 2016.

Sobre a Sanofi
A organização está presente no Brasil desde 1919, a partir de diversas aquisições ao longo dos anos. A Sanofi é a maior multinacional no mercado farmacêutico brasileiro, com 5 mil colaboradores e sólida plataforma industrial no País. Possui um portfólio diversificado que abrange medicamentos isentos de prescrição e produtos de consumo; tratamentos em áreas terapêuticas como dor e inflamação, alergias, diabetes, doenças cardiovasculares, doenças metabólicas, pediatria e oncologia; vacinas, com a atuação da Sanofi Pasteur; genéricos e similares, com a Medley; e doenças raras e esclerose múltipla, com a Sanofi Genzyme. Entre as marcas da Sanofi estão: Dorflex, Dorflex IcyHot, Novalgina, Cewin, Vitawin, Depura, Targifor, Os-Cal e Os-Cal Kids, Enterogermina, Naturetti, Dermacyd, Allegra, Profenid, Puran, Clexane, Jevtana, Taxotere, Lemtrada, Aubagio, Lantus, Toujeo, Praluent, FluQuadri e Dengvaxia.
Este material é dirigido exclusivamente à imprensa especializada como fonte de informação. Recomendase que o conteúdo não seja reproduzido integralmente. As informações veiculadas neste documento têm caráter apenas informativo e não podem substituir, em qualquer hipótese, as recomendações do médico ou farmacêutico nem servir de subsídio para efetuar um diagnóstico médico ou estimular a automedicação. O médico é o único profissional competente para prescrever o melhor tratamento para o seu paciente.

Congressos trazem mais de cinco mil turistas para Maceió

Durante a primeira quinzena de novembro, os congressos captados ou apoiados pelo MC&VB em parceria com a Sedetur e Semptur, movimentam a capital alagoana

Mesmo com o final do ano se aproximando, o Turismo de negócios e eventos continua em alta e movimenta Maceió durante a primeira quinzena de novembro. Isso porque o calendário do Maceió Convention & Visitors Bureau conta com cinco congressos que trazem para a capital alagoana mais de 5.000 congressistas. 

            Por serem nacionais, os próximos congressos que acontecem em Alagoas, trazem turistas de todo Brasil. “Contamos com um leque variado de especialidades para os próximos dias, desde a área médica à jurídica, que trazem para Maceió mais que participantes, mas turistas que aproveitam a estadia para desfrutar das belezas do nosso estado”, diz a superintendente do MC&VB, Danielle Novis.