Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Alunos da Escola Municipal Maria Luzia participam de feira internacional de ciência e tecnologia no Recife

Mostrar que é possível equipar um laboratório de química usando sucata e materiais recicláveis é o grande desafio dos estudantes da Escola Municipal Maria Luzia Pessoa de Andrade, em Paratibe, Paulista, durante a 22º edição do Ciência Jovem, uma feira internacional que reúne trabalhos científicos e tecnológicos de todos os estados brasileiros e de outros países, no Shopping Paço Alfândega, em Recife. O evento, que é aberto ao público, tem a coordenação do Espaço Ciência.

A missão de representar a unidade de ensino é dos alunos do 9º ano, Leydiane Conceição, e Elton da Silva, ambos com 14 anos, e do professor e orientador do projeto, Neônio Duque. Até sexta-feira (11.11), o grupo pretende convencer o público e os jurados de que a iniciativa é viável, sustentável e colabora de forma significativa com o processo de ensino aprendizagem em sala de aula.

Para isso, eles estão apresentando os equipamentos que foram preparados para o laboratório de química da escola. Dentre os quais, centrífuga, bico de Bussen, condensador, tela de amianto e dessecador. Todos produzidos com materiais que seriam jogados no lixo. Mas, que agora, servem para auxiliar os experimentos realizados na unidade de ensino.

Nesta quarta-feira (09.11), durante a abertura oficial do Ciência Jovem, os estudantes e o educador orientador receberam a visita do secretário de Educação de Paulista, Carlos Ribeiro Jr. O gestor aproveitou a oportunidade para parabenizar o grupo e conferir de perto os equipamentos e suas funcionalidades.

“Temos que enaltecer bastante essa equipe por este projeto inovador. Tenho certeza que além de ajudar o planeta, resgatando os materiais que iriam para o lixo, eles estão enriquecendo o conhecimento e a superando as limitações financeiras da escola com criatividade”, frisou Carlos Ribeiro Jr. Para equipar um laboratório de química, a Secretaria Municipal de Educação precisa investir de R$ 35 a R$ 40 mil reais. Um valor considerável, levando-se em conta o tamanho da rede municipal de ensino.

Foto: Jorge Macrino
O professor e orientador Neônio Duque está satisfeito com o trabalho da Escola Maria Luzia no Ciência Jovem. Ele disse que conseguiu levar mais de dez equipamentos ao evento, onde foram investidos muito pouco. Essa é a primeira vez que uma escola da rede municipal participa de um evento dessa relevância. O projeto da escola foi escolhido entre uma lista mais de 550 trabalhos científicos e tecnológicos.

“Aproveitamos vários matérias para construir os equipamentos. Para fazer a centrífuga, por exemplo, usamos seringas, maçaneta de porta, cano de ferro, molinete de pesca. Ela custou menos de R$ 40 reais pra ficar pronta. Hoje, no mercado, não sai por menos de R$ 6,5 mil. E a nossa funciona do mesmo jeito. É essa a ideia que queremos passa aqui na feira. Esperamos que outras escolas públicas sigam o nosso exemplo, criando alternativas para superar os obstáculos e tornando o ambiente educacional cada vez mais prazeroso para os estudantes”, destacou.

O estudante Elton da Silva explicou que a participação nesse projeto trouxe grandes aprendizados. “No nono ano a gente ainda não se aprofunda na disciplina de química. Apenas no Ensino Médio é que teremos a oportunidade de conhecer mais sobre essa matéria. Tenho certeza que vou chegar muito mais preparado após participar desse projeto na Escola Maria Luzia. Espero que outros alunos tenham a mesma oportunidade que estamos tendo”, frisou.

            A ideia é de que todos os estudantes matriculados no 9º ano possam participar da iniciativa na unidade de ensino, desenvolvendo o conhecimento de forma concreta por meio das atividades práticas. A Escola Municipal Maria Luzia Pessoa de Andrade fica na comunidade da Vila Invadida e possui mais de 300 alunos, entre as turmas do Grupo 3 e 4, além do ensino fundamental.

Bancada de Oposição na Alepe realiza audiência pública sobre crescimento da criminalidade em Pernambuco

Imagem meramente ilustrativa da internet
A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) convida para entrevista coletiva sobre os resultados do Pacto pela Vida e sobre a convocação de uma audiência pública para discutir o crescimento da criminalidade em Pernambuco. Segundo dados. Segundo levantamento da Oposição, com base nos dados da Secretaria de Defesa Social (SDS), Pernambuco caminha para o terceiro ano consecutivo de crescimento no número dos homicídios. Este ano, o número de homicídios apresenta uma alta acumulada de mais de 12%, sobre um crescimento de 13,5% já registrado em 2015 e de quase 10% em 2014. Além dos parlamentares da Oposição, também foram convidados para o encontro os representantes da Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco, Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco e Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco.


PAULISTA - Na noite dessa quarta-feira, às 20h30, uma mulher foi assaltada enquanto espera ônibus em uma parada no bairro de Jardim Paulista Baixo, na cidade de Paulista, Região Metropolitana do Recife (RMR). A mulher teve o celular roubado perto da Avenida E. Os dois bandidos chegaram de repente, e estavam com roupas sociais montados em uma moto preta. 

Paulista realiza Seminário de abertura do Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa

Foto: Almir Martins
Profissionais da rede pública de ensino do Paulista participaram, nesta quarta-feira (09.11), do Seminário de Abertura do Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). O evento, que aconteceu na Escola Estadual Polivalente, em Jardim Paulista Baixo, contou com a participação de professores que trabalham com estudantes das turmas do 1º ao 3º ano, além de supervisores escolares, gestores, vices e técnicos da Educação.
A diretora de ensino do Paulista, Marilúcia Francisca, destacou a importância do programa na cidade. “As parcerias com o PNAIC são compromissos formais assumidos pela nossa gestão, que asseguram que as crianças sejam alfabetizadas. A ideia é que possamos elevar os índices de alfabetização no nosso município”, disse. 
Ainda de acordo com Marilúcia, os diferenciais do programa para o ano de 2017 são, o foco no fortalecimento da gestão, a inclusão dos supervisores na formação continuada e o monitoramento reforçado desse trabalho.
“Embora o município já venha realizando, desde 2013, um trabalho de formação continuada. Hoje estamos oficializando o PNAIC, a nível nacional, aqui na cidade”, completou Ângela Araújo, coordenadora do PNAIC no Paulista. 
A iniciativa promovida pela Secretaria de Educação do Paulista em parceria com o Governo Federal, através do Ministério da Educação, tem por objetivo discutir a qualidade de ensino nas unidades municipais e promover a formação continuada dos profissionais. 

FÓRUM DISCUTE INCLUSÃO ESCOLAR DE CRIANÇAS COM MICROCEFALIA EM PAULISTA


A Secretaria de Educação do Paulista realizou nesta quarta-feira (09.11), pela manhã, o VI Fórum de Educação Inclusiva da Cidade do Paulista. Nesta edição foi abordado o tema Microcefalia: Expectativa no Processo de Inclusão Escolar. O evento foi voltado para professores do ensino regular e do Atendimento Educacional Especializado (AEE), orientadores e supervisores educacionais, estagiários, gestores escolares, técnicos da Secretaria de Educação, pais de alunos e sociedade civil. 
O fórum foi aberto pelos alunos da rede municipal de ensino, que fizeram uma performance em Libras. Entre os componentes da mesa estava o secretário de Educação do município, Carlos Ribeiro Junior, que destacou a necessidade de discutir a temática. “É importante intensificar o debate na área de educação sobre a inclusão e é necessário agir em conjunto com a Secretaria de Saúde para minimizar os impactos sociais no dia a dia dessas crianças”. 
A fisioterapeuta da Fundação Altino Ventura, Tatiany Brandão trabalha com crianças com microcefalia, e abordou diversos temas como os desafios dos profissionais que cuidam das crianças portadoras da síndrome, a importância de entender o que é microcefalia e a relação com o zika vírus. Ela comentou também sobre o papel da estimulação dessas crianças e a necessidade delas serem acompanhadas desde o nascimento por uma equipe multidisciplinar. 
Professora do Atendimento Educacional Especializado, Nilma Gonçalves desenvolve trabalhos com alunos portadores de vários tipos de deficiências em três escolas do Paulista. “Esse tipo de evento vem despertar o interesse nas pessoas de uma maneira geral a buscar informações e aprender a lidar com a deficiência. Além disso, a iniciativa possibilita aos profissionais da educação a se preparar da melhor maneira possível”, comentou.

Foto: Almir Martins

Centro Cultural Ariano Suassuna abre inscrições para cursos gratuitos de música em Paulista

Moradores do Paulista interessados em iniciar ou aprimorar os conhecimentos musicais podem se inscrever, a partir desta quinta-feira (10.11), no Centro Cultural Escritor e Professor Ariano Suassuna. A unidade, administrada pela Secretaria de Educação do Paulista, está com inscrições abertas para 120 vagas em cursos gratuitos de diversas modalidades no campo musical. Outras informações no telefone: 9.8744.7355
As pessoas têm como opções bateria, percussão, violão, violino, teclado, acordeon, baixo, trompete, trombone, voz, entre outras modalidades. Para se inscrever, basta ter idade a partir dos oito anos e apresentar cópia de comprovante de residência, um documento de identificação e uma foto 3x4. 
O atendimento acontece de segunda a sábado, nos turnos da manhã e da tarde. O centro funciona na Rua Manoel Gonçalves da Silva, n.º 76, na Vila Torres Galvão, Paulista. 

"Fernando Bezerra recebe pernambucanos eleitos ou reeleitos, sugere cautela com gastos públicos e comemora projeto de repatriação de recursos"

Brasília, 09/11/16 – Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) recebeu nesta manhã (9), no gabinete do Senado, em Brasília, mais 11 prefeitos atuais, eleitos ou reeleitos para a gestão de municípios pernambucanos. No encontro, o senador reforçou orientação para que os gestores – a maioria, do PSB – tenham prudência com os gastos públicos; especialmente, no próximo ano, quando, na avaliação de Fernando Bezerra, a economia do país deverá dar os primeiros sinais de recuperação.

“Sugiro bastante cautela com as despesas municipais”, alertou Fernando Bezerra. Como boa notícia para os próximos meses, o parlamentar destacou a chegada hoje, no Senado, do novo projeto de repatriação de recursos do exterior – o PLS 405/2016 – que, conforme destacou o socialista, “dará mais ânimo e fôlego às finanças do país”. Apresentado pela Comissão Diretora do Senado, o PLS 405 reabre (em 1º de fevereiro de 2017) o prazo para a legalização de bens de brasileiros no exterior. AComissão de Constituição de Justiça (CCJ) será o único colegiado do Senado a analisar a matéria que, se aprovada na CCJ, seguirá para votação no Plenário, possivelmente ainda este ano.

Estiveram no gabinete do senador Fernando Bezerra, nesta quarta-feira, os gestores dos municípios de Água Preta (prefeito reeleito), Eduardo Coutinho (PSB); Salgueiro (eleito), Clebel Cordeiro (PMDB); Escada (reeleito), Lucrecio Gomes (PSB); Paulista (reeleito), Júnior Matuto (PSB); Terezinha (eleito), Matheus Calado (PSB); Passira (eleita), Rênya Carla (PP); Bom Conselho (reeleito), Danillo Godoy (PSB); Angelim (eleito), Douglas Duarte (PSB); e Ribeirão, Marcello Maranhão (PSB). Os atuais prefeitos dos municípios de Cedro, Neguinho de Cedro (PSB), e de Moreilândia, Jesus Felizardo de Sá (PRB), também participaram do encontro.

Na última segunda-feira (7), o senador Fernando Bezerra Coelho participou, em Gravatá, no agreste pernambucano, de seminário promovido pelo PSB com prefeitos eleitos ou reeleitos nas últimas eleições municipais. Os socialistas conquistaram 70 das 184 cidades de Pernambuco, saindo da disputa eleitoral como a legenda mais forte do estado.

Mês passado, após o primeiro turno das eleições, o senador recebeu, no gabinete do Senado, dez prefeitos pernambucanos eleitos ou reeleitos no último dia 2 de outubro. Naquela ocasião como também hoje, Fernando Bezerra reforçou que a estrutura e o quadro técnico do gabinete dele, em Brasília, está à disposição dos gestores, tanto para auxiliá-los em demandas junto ao governo federal quanto para o acompanhamento de programas e ações coordenados pelos ministérios.

Inscrições para vestibular de Medicina na Uniderp encerram em 18 de novembro

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de Medicina da Uniderp, em Campo Grande (MS). São oferecidas 120 vagas e os interessados podem se inscrever até 18 de novembro e acessar o edital completo pelo portal www.consultec.com.br.

Destaque nacional, o curso de Medicina da Uniderp possui o maior CPC Contínuo (Conceito Preliminar de Curso) entre as instituições de ensino superior públicas e privadas que oferecem a graduação e é reconhecido como o melhor do país segundo avaliação do Ministério da Educação. O curso segue as tendências mundiais contemporâneas para o ensino da área da saúde, utilizando o método de Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) que considera o aluno no centro do processo de ensino-aprendizagem, com formação humanizada e alta qualificação. O vestibular de Medicina acontece no dia 27 de novembro, às 14h, na Uniderp – unidade Matriz.

SERVIÇO:
Vestibular Medicina Uniderp

Inscrições: Até 18 de novembro
Prova: 27 de novembro
Local: Uniderp Matriz - Rua Ceará, 333, Bairro Miguel Couto, Campo Grande (MS)
Portal: www.consultec.com.br
Informações: (67) 3348-8177 / 3348-8332 / 3348-8198 / 3348-8269

Escolha Profissional

Flavio Melo Ribeiro (Foto: Arquivo Viver – Atividades em Psicologia)

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

A psicologia apresenta várias atividades, dentre elas a Orientação Profissional. Esta é voltada para orientar pessoas, principalmente jovens, na sua escolha diante das diversas profissões. Busca alinhar as características pessoais, seu projeto de vida com as das profissões e suas possibilidades, identificando possível realização pessoal no futuro.
Orientação profissional é um tema delicado, pois, implica uma das mais importantes escolhas que um jovem pode fazer e muitas vezes o faz sem um amadurecimento, tanto emocional quanto de informações, para definir a profissão a seguir, e muitas vezes para o resto das suas vidas. Nesse processo de escolha vejo alunos do ensino médio se guiando simplesmente por testes ou questionários voltados para a escolha da profissão. Tomam os resultados desses instrumentos como uma verdade absoluta sem levar em conta sua história, seus desejos, conhecimentos, habilidades, competências, preferências e tantos outros fatores que influenciam na vida profissional. Não significa que a pessoa não possa se utilizar desses instrumentos, mas ele é apenas um indicativo do que a pessoa se identifica e não a definição suprema do que ele deve seguir profissionalmente.
A escolha da futura profissão geralmente se dá por volta dos 15 aos 17 anos, período de grandes mudanças na forma de pensar e consequente alteração do ponto de vista em relação ao mundo e a sua própria vida. Bem como, a gama de famílias que educam de forma diferentes seus filhos quanto a liberdade, estudo, valores. Por sua vez, os jovens apresentam características diferentes entre si, enquanto alguns são astutos, curiosos, buscando aprender com suas ações, outros são tímidos, não se aventuram e evitam enfrentar desafios. Mas todos querem escolher uma profissão. Mas o que cursar? Qual a certeza de se realizar? Diante dessa situação o que fazer? Esse será o tema do próximo artigo.
Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449


A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia